Skip to main content
 -
Daniela Piroli Daniela Piroli

Psicóloga clínica, graduada também em terapia ocupacional, curiosa sobre a vida e o mundo humano.

Eduardo de Ávila Eduardo de Ávila

Advogado e Jornalista sugere debater e discutir – com leveza – situações que vivemos no nosso dia a dia.

Guilherme Scarpellini Guilherme Scarpellini

Jornalista que se interessa por tudo o que a todos pouco interessa. E das beiradas, retira crônicas.

Rosangela Maluf Rosangela Maluf

Professora universitária na área de marketing e nas montanhas de Minas lê, escreve e sonha!

Sandra Belchiolina Sandra Belchiolina

Psicanalista, consultora de viagens, amante da vida, arte e cultura na sua diversidade. Vamos conversar de viagens: nossas e pelo mundo.

Taís Civitarese Taís Civitarese

Pediatra formada pela UFMG. Trabalha com psiquiatria infantil e tem um pendor pela filosofia.

Victória Farias Victória Farias

Jornalista e estudante de Relações Internacionais, além de editar o blog fará uma crônica semanal do nosso cotidiano.

Sem destinatário

Imagem de Free-Photos por Pixabay - Sem destinatário

Rosangela Maluf

era amor de fim do dia
amor de final de tarde
de seis horas, um pouco mais
com clarões de por do sol
tons vermelhos, arrebol
luzes de aurora boreal

era um amor sem mistério
sem palavras, sem andanças
um amor de quase noite
sem saudades
sem lembranças

amor que não fere mais
não alegra, nem atiça
amor sempre tão igual
amor de dar preguiça
sem paixão, desanimado
de tão sereno
angelical

um amor de quase noite
temendo a escuridão
um céu sem lua cheia
sem ondas molhando a areia
um amor sem metas, metades
amor de contemplação

era assim quase mentira
um amor de pedacinhos
amor de quase nada
juntado em retalhinhos
um monte de tiras em cores
trapinhos do que já fora
nada lembrando o namoro
o fogo, os temperos, os amores

amor que se foi com o tempo
(e o tempo não volta atrás)
e o amor se foi de tardinha
como um barquinho, solto
no cais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.