Asas

Marcela C. Piancastelli Asas. Quantas vezes precisamos das nossas? Quantas vezes parecemos precisar da do outro? Quantas vezes o outro nos lembrar que temos asas foi preciso? Quantas pessoas por perto de você te lembraram que você tem asas? Não precisamos de ninguém que nos ensine a voar, está no nosso espírito, mas è bom ter por perto alguém que nos lembre que temos asas. … Continuar lendo Asas

A felicidade é no caminho

Marcela C. Piancastelli O próximo emprego, a próxima viagem, o próximo amor, a próxima compra, o primeiro filho, trocar de carro, vícios de destino. Quanto boicotamos e adiamos nossa felicidade rotineira pensando que ela está no destino e não na trajetória? não é sobre a colheita futura, è a semente que plantamos hoje. * Curta: Facebook / Instagram Continuar lendo A felicidade é no caminho

A sorte do bom amor

Marcela C. Piancastelli “Eu quero a sorte de um amor tranquilo com sabor de fruta mordida”… Cazuza cantou e esse amor tranquilo acende a lâmpada da alma em cada um de nós. O anseio pelo amor calmo e doce com sabor de sua fruta preferida. Aquele amor que lhe permita voar sabendo que você é livre como passarinho, mas lhe permita voltar oferecendo o ninho … Continuar lendo A sorte do bom amor

Deixa rolar

Marcela C. Piancastelli Rolou, E quando rolou ela extravazou. Nela cabia a ambiguidade, Nela cabia sabor, Textura, Alívio, Tristeza ou alegria, Um o outro, Ou os dois. Nela cabia despedida, Ou saudade, Ou dores, Ou conquistas, Ou alegrias. Nela havia verdade, Ou a mentira da novela. Nela havia a ardência de uma cebola, ou a euforia de um reencontro esperado. Ela tem um microcosmo completamente … Continuar lendo Deixa rolar

Uai ou Why?

Marcela C. Piancastelli Quanto de mineiro cabe no inglês? 2015, Malta, colônia britânica, acordei atrasada e a pontualidade das aulas era britânica (das coisas que aprendemos a admirar e amar após certo tempo), cheguei apressada, me assentei na cadeira estudantil em meio a aula de conversação, e a professora ali com seus 70 e poucos anos e um inglês impecável que era seu por nacionalidade … Continuar lendo Uai ou Why?

Um quadro de Van Gogh e como isso me fez ver os amores.

Marcela C. Piancastelli Quantas vezes você já descobriu que ama depois de já ter amado? Seriam amores a segunda vista? Perda da identidade? Ou o amadurecimento do ser em constante renovação? Me peguei pensando nas coisas em que nos descobrimos apaixonados mesmo após termos amado tantas outras por muito tempo. Estamos falando de amor entre duas pessoas? não somente, mas do ordinário… sua cidade favorita, … Continuar lendo Um quadro de Van Gogh e como isso me fez ver os amores.