Skip to main content
 -
Daniela Piroli Daniela Piroli

Psicóloga clínica, graduada também em terapia ocupacional, curiosa sobre a vida e o mundo humano.

Eduardo de Ávila Eduardo de Ávila

Advogado e Jornalista sugere debater e discutir – com leveza – situações que vivemos no nosso dia a dia.

Guilherme Scarpellini Guilherme Scarpellini

Jornalista que se interessa por tudo o que a todos pouco interessa. E das beiradas, retira crônicas.

Rosangela Maluf Rosangela Maluf

Professora universitária na área de marketing e nas montanhas de Minas lê, escreve e sonha!

Sandra Belchiolina Sandra Belchiolina

Psicanalista, consultora de viagens, amante da vida, arte e cultura na sua diversidade. Vamos conversar de viagens: nossas e pelo mundo.

Taís Civitarese Taís Civitarese

Pediatra formada pela UFMG. Trabalha com psiquiatria infantil e tem um pendor pela filosofia.

Victória Farias Victória Farias

Jornalista e estudante de Relações Internacionais, além de editar o blog fará uma crônica semanal do nosso cotidiano.

Um Sonho Meu

Foto: Pixabay - Um sonho meu
Foto: Pixabay – Um sonho meu
Rosângela Maluf

Me agrada a ideia de um amor vivido gostosamente. Um amor sem cobranças, sem falsas ilusões, livre de expectativas por demais sonhadoras.

Me anima a construção de uma relação de afeto, madura, baseada em trocas e confiança mútua.

A responsabilidade compartilhada, o aprendizado sem pressa, estabelecido ao longo do caminho.

Me encanta a possibilidade concreta de uma entrega plena, fundamentada no desejo mais puro de se doar um ao outro, inteiramente.

Me conforta priorizar os acertos, ceder e recuar sempre que a paz for mais importante que a luta.

Trocar os erros do passado pela presença atenta ao cotidiano, observando sua rotina e vigilante diante de suas armadilhas diárias.

Me estimula a individualidade preservada, mantida a todo custo. Poder delimitar espaços, assegurar liberdade para as pequenas escolhas de cada um – que não necessitam obrigatoriamente, incluir o outro.

Me aquece o calor de uma relação suave, pacífica, quase música. A presença do peito amigo, dos longos abraços, sem palavras.

Os olhares cheios de ternura, de cumplicidade, os afagos, beijos com sabor de calmaria. Mãos entrelaçadas, porto seguro, afinidades de almas.

Me excita a proximidade de corpos ardentes, coração e mente no mesmo compasso, sincronizados no desejo único da entrega, sintonia fina – amor e paixão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.