Suco de laranja

Leānder Quadragesimae Às vezes eu me pergunto: como deve ser viver em outro corpo? Não me refiro aos pensamentos rápidos, que em momentos difíceis automaticamente nos fazem pensar na maior dificuldade do Luciano Hulk ou da Kim Kardashian (como se o dinheiro, a fama ou o sucesso fossem abrandar nossa angústia diante de nós mesmos). Porém, me refiro a ideia de viver em outro corpo … Continuar lendo Suco de laranja

Girondinos e Jacobinos dos tempos contemporâneos

  Eduardo de Ávila Desde 2013, quando teve início uma ação da elite conservadora – que contaminou grande parte da sociedade brasileira – estamos assistindo e vivenciando uma silenciosa luta de classes. Sem entrar em teorização com os fatos históricos, a realidade é que aqueles com poder financeiro, e, consequentemente de manipulação da mídia, contaminaram a classe média e ainda os fiéis de pragmáticas igrejas … Continuar lendo Girondinos e Jacobinos dos tempos contemporâneos

FOTO NATAL 2017 - Arquivo Pessoal

Natal em minha casa

Sandra Belchiolinasandra@arteyvida.com.br São deliciosas e com muitas algazarras as memórias do Natal em minha casa da infância. O da adolescência foi apagado e retorna quando eu iria ser mãe. No da minha infância, os preparativos começavam com a montagem do presépio e árvore de Natal.  O presépio era encantado para uma criança como eu.  Maria, José, o burrinho e a vaquinha ficavam postos diante do … Continuar lendo Natal em minha casa

Praça Sete de BH: uma boa surpresa

Sandra Belchiolina de Castro sandra@arteyvida.com.br Para quem é adepto a caminhadas não ficará surpreso com a opção que fiz de sair do alto do bairro Santo Antônio e ir até ao centro da capital mineira em marcha. A grande questão aqui não é a distância, que é de 5 km, mas os morros. Eu me aventurei a percorrer esse caminho e foi muito bom porque … Continuar lendo Praça Sete de BH: uma boa surpresa

Tela inversa - Fonte: Pixabay

Tela inversa

Daniela Piroli Cabral contato@danielapiroli.com.br Hoje parei para ver a vista A tela é mirante original Resultado de pulsões pungentes De viagens no tempo De mudanças (in)esperadas Horizontes sucessivos Camadas flexíveis De atravessar mares e sonhos Ela se revela genuína Mas o que pode ser tão autêntico neste mundo de milênios De histórias repetidas Inúmeras criações? O que ela quer me dizer? Você precisa de silêncio … Continuar lendo Tela inversa

O básico de mim - Fonte: Pixabay

O básico de mim

Daniela Piroli Cabralcontato@danielapiroli.com.br Nas manchetes dos meus dias, a repetição. Caminho a pé atravessando a árida rotina. O cotidiano está cristalizado no infinito das horas. Os mesmos hábitos se repetem na permanência do calendário. Estou cansada. Haverá uma brecha para o existir? Sigo o ritmo dos ponteiros do relógio e a cadência tediosa do que é ordinário, comum. Nas bordas da banalidade me construo. Me … Continuar lendo O básico de mim

Ser o que se é

Luísa Bahia Espontâneo: o que vem assim: “vim!” Adriana Falcão Numa certa manhã ensolarada de sábado, eu passeava com os meus sobrinhos, quando o mais velho, Luca, me disse: “Você é tão espontânea, né?” Seu tom não era de elogio, era de estranheza. Também com estranheza recebi o comentário pois, pra mim, a espontaneidade deve ser cultivada por toda a vida e estar presente, principalmente, na … Continuar lendo Ser o que se é

Doutor Wanderley, o coveiro e o defunto

Márcio Magno Passos Único médico na cidade, doutor Wanderley acabara de entrar em casa debaixo de um temporal nunca visto. Estava exausto após um dia inteiro de andanças pela zona rural, atendendo o sofrido e carente povo da roça. Médico exemplar e de alto espírito humanista, ele gozava de grande prestígio e respeito de toda a população. Mal esticara as pernas sobre o sofá, tocaram … Continuar lendo Doutor Wanderley, o coveiro e o defunto

A planta da filha de Dona Matildes

Márcio Magno Passos Reserva moral daquela pequena cidadezinha na Zona da Mata, Dona Matildes é cidadã cem por cento. Ministra da Eucaristia, ajuda em todas as atividades da igreja. No asilo presta serviço voluntário uma vez por semana, faz parte da lista de jurados pela Comarca, ajuda na apuração dos votos em todas as eleições municipais e participa da campanha do quilo. Aposentada, viúva e … Continuar lendo A planta da filha de Dona Matildes

Imagem de lil_foot_ por Pixabay - Estudos mostram

Estudos mostram

Tais Civitarese Minha irmã e eu fomos criadas para estudar. Estudar foi tudo o que nossos pais nos incentivaram a fazer a vida toda. Não éramos do esporte, apesar de o praticarmos (pessimamente) por obrigação. Não éramos da dança, apesar de minha irmã levar mais jeito do que eu. Não éramos também das artes, exceto pelas redações solicitadas na escola ou por desenhos feitos sem … Continuar lendo Estudos mostram