Skip to main content
 -
Daniela Piroli Daniela Piroli

Psicóloga clínica, graduada também em terapia ocupacional, curiosa sobre a vida e o mundo humano.

Eduardo de Ávila Eduardo de Ávila

Advogado e Jornalista sugere debater e discutir – com leveza – situações que vivemos no nosso dia a dia.

Guilherme Scarpellini Guilherme Scarpellini

Jornalista que se interessa por tudo o que a todos pouco interessa. E das beiradas, retira crônicas.

Rosangela Maluf Rosangela Maluf

Professora universitária na área de marketing e nas montanhas de Minas lê, escreve e sonha!

Sandra Belchiolina Sandra Belchiolina

Psicanalista, consultora de viagens, amante da vida, arte e cultura na sua diversidade. Vamos conversar de viagens: nossas e pelo mundo.

Taís Civitarese Taís Civitarese

Pediatra formada pela UFMG. Trabalha com psiquiatria infantil e tem um pendor pela filosofia.

Victória Farias Victória Farias

Jornalista e estudante de Relações Internacionais, além de editar o blog fará uma crônica semanal do nosso cotidiano.

Navio à Vista

Foto: Sandra Belchiolina - Navio à Vista
Foto: Sandra Belchiolina – Navio à Vista
Sandra Belchiolina
sandra@arteyvida.com.br

NAVIO à Vista! Essa é uma inversão da máxima do descobrimento do Brasil. O verão chegou no sul.

Aqui da terra olhamos os horizontes à espera de cruzeiros marítimos que atracam em nossas praias.

Os primeiros chegam em novembro. As últimas despedidas são em março. Normalmente pós-carnaval, claro! Não vão perder uma das maiores festas do planeta.

Escrevo embarcada num deles. Durante oito dias a vista do meu escritório será para o mar, sol, paisagens e cidades lindas.

Os navios são ao mesmo tempo, meio de transporte, hotel, centro de lazer com piscinas, cassinos, shows, teatro, biblioteca e cursos diversos, como dança de salão.

São apreciados principalmente por família e amigos que encontram neles momentos para estarem juntos. Ponderam que ficam mais unidos no cruzeiro do que em outros tipos de viagens.

É um modo de viajar prático. Não tem que ficar fazendo e desfazendo mala, deslocar para aeroporto, rodoviárias, ferroviárias ou de carro. Você entra para esse “hotel” e ele vai deslocando para os destinos escolhidos.

Foto: Sandra Belchiolina - Navio à Vista
Foto: Sandra Belchiolina – Navio à Vista

A maioria dos navios que navegam na costa brasileira deslocam a noite. Durante o dia ficam ancorados em um porto para que o viajante conheça o lugar. Rio de Janeiro, Santos, Salvador, Ilhéus, Ilha Bela, Ilha Grande, Camboriú são algum deles.

São cinco refeições: café da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia. Comida dia e noite. Água e café também são oferecidos 24 horas. Demais bebidas podem ser adquiridas comprando pacote conforme o tipo de consumo do cliente. Isso se o Cruzeiro não for “all inclusive.”

Os espaços kids são fofos. No que estou, Pepa e família fazem a decoração. Há áreas de agito. As piscinas e pontos de festas noturnas são o auge. Essas ocorrem todos os dias e são temáticas: branco, Tropical, de Máscaras, Dourada e Prata e demais temas ligados também às regiões que navegam.

O é lugar aprazível e de relaxamento. Muitos pacotes de massagens e tratamento são oferecidos.

Os cruzeiros são pontos de encontro de várias nacionalidades. O Costa Pacífica, que estou, é de bandeira italiana. Muitos da tripulação são desse país, há muitos brasileiros, indianos, tailandês, argentinos. A multiplicidade de quarenta e oito nações. O mesmo ocorre aos turistas.

Com essa representatividade mundial seguimos trilhando às águas do Atlântico rumo a Montevidéu e Buenos Aires.

Para saber mais:
Foto: Sandra Belchiolina - Navio à Vista
Foto: Sandra Belchiolina – Navio à Vista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.