Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

A arte e a leveza de ser Atleticano

O título foi inspirado numa das obras da amiga/prima/irmã/comadre e conterrânea Leila Ferreira. O livro fala sobre comportamentos e atitudes, como a gentileza, cortesia, bom humor, situações simples que nos levam ao caminho da felicidade. E são esses os princípios básicos que sempre nortearam a nossa saga e sentimento Atleticanos. Como ela, também galista na veia. Já fomos ao Mineirão juntos e Leila, com minha filha e sobrinhas nossas, assistiu ao jogo na Galoucura. Foi muita emoção!

Assim como agora. Estamos vivendo esse momento especial da nossa Atleticanidade. Forjados que somos na dor da injustiça, dentro das quatro linhas e em decisões unilaterais em desfavor do Galo, o Atleticano nunca abandonou o time e isso só fez fortalecer esse sentimento e paixão que fazem inveja. Mineiros e clubes do eixo, sempre beneficiados com essa maracutaia, estão conhecendo e aprendendo que a justiça “tarda, mas num farta”.

Não ganhamos nada e sequer sabemos como vamos fechar essa temporada, porém é fato que estamos vivos em todas as frentes. Líder do Brasileiro – diga-se, da série A – nas quartas de finais das Copas do Brasil e Libertadores – consequentemente flertando com as semi e finais – das duas competições eliminatórias. Se o time seguir jogando como vimos nas partidas recentes, não terá apito, TV, CBF ou Conmebol que irá segurar essa máquina que ainda continua contratando.

Os números dessa temporada e do time sob o comando do Cuca são animadores. Fantásticos mesmo, embora (ainda bem) não chamando a atenção da mídia do eixo – que só enxerga o seu umbigo sujo – e embalam nossos sonhos. Segundo levantamento feito pelo primo e amigo Luciano Santos Marques, o Muchacho lá do Araxá, foram 44 jogos até o momento somando 31 vitórias, sete empates e seis derrotas.

No Mineiro, única disputa encerrada, vencemos pelo segundo ano consecutivo. As finais foram Tombense no ano passado e essa última com o América. Para se ter uma noção da hegemonia em Minas Gerais, além de deter a maior quantidade de conquistas (46 ao todo e o segundo vem com 38) o Galo fez todas as finais desde 2007. Nesse período, 15 anos, conquistou oito títulos e decidiu com cinco equipes diferentes. Duas da capital e três do interior.

Agora vamos aos dados das três competições em andamento. No Brasileiro, que lideramos com 37 pontos, em 48 possíveis (16 jogos), o Galo venceu 12 vezes, empatou uma única partida e sofreu três derrotas. Por mais que muitos, inclusive eu, lamente o empate em casa com a Chapecoense e a derrota para o Fortaleza, somos líderes. Nosso ataque marcou 25 gols e o ponto forte dessa campanha – o sistema defensivo (menos vazado) – tomou apenas 11 tentos. Saldo de 14 gols e aproveitamento de 77%.

Na Copa do Brasil, em quatro jogos, vencemos três e perdemos para o Bahia. O time marcou sete vezes e sofreu três gols. A derrota, mesmo muito reclamada, não tirou a vaga pelo placar agregado. Que venha o Fluminense. Tá afunilando. Sou mais Galo!

Pela Libertadores, depois de uma fase de grupos espetacular – superando até a campanha de 2013 – fizemos 16 pontos em seis partidas (18 disputados), assegurando a liderança geral e com isso a possibilidade de decidir sempre em casa no mata-mata. Só a final, caso o time chegue, será num jogo único em Montevidéu.  Na fase eliminatória, depois de dois empates sem gols com o Boca Junior, superamos o adversário nas penalidades.

Já enfrentamos o River Plate, saímos na frente em Buenos Aires e decidimos depois de amanhã no Mineirão. No total, até o momento, foram nove jogos. Vencemos seis deles e empatamos três vezes. O time Atleticano marcou 16 gols e sofreu apenas três. São dados estimulantes para aguçar a nossa confiança.

Se vamos ganhar algum título não sei, confio no time e no papai do céu, talvez até mais de um. Quem sabe dois, três e até o quarto a ser disputado. O futuro está logo ali e cabe a mim como Torcedor confiar no trabalho que vem sendo realizado e fazer a minha parte. Torcer e participar. Sempre com os pés no chão. Sem arrogância ou descuido, assim como esperamos que se pautem os profissionais Atleticanos.

Em tempo: enfim, ainda que com desajustes, a venda de ingresso teve início. Algumas situações pedem e merecem ser reavaliadas. O longo período sem público, aliado ao bom momento do time, ajudam a aliviar esse transtorno. Mas temos de melhorar. Sobre isso, hoje 13h13m, retorno ao tema.

Ah! Com relação ao teste de covid, depois de avaliar valores e prestadores de serviços, optei pelo Hermes Pardini. É Laboratório, ágil e confiável, e ainda tem um precinho bem camarada para portador de GNV. Questão simples de custo/benefício.

Aqui é Galo, po##@!

*fotos: Pedro Souza/Atlético

30 thoughts to “A arte e a leveza de ser Atleticano”

  1. Boa tarde, amiGalo Euduaro.
    Muito bom ver o Galo forte em três competições.
    Finalmente aconteceu algo que eu sempre aguardei. Defesa forte. Por varias vezes comentei no seu blog que sem defesa forte o Galo não iria ganha nada. Veja ano passado. Deixou escapar o brasileirão por que perdeu de 3 times nível B. Agora, que maravilha. A defesa menos vazada e um ataque forte.
    Espero que o Diego Costa venha acrescentar. Vi os números dele. Nos últimos dois anos só marcou 6 gol. Não estava em sua melhor forma, como outrora. Espero que aqui ele seja um goleador com o Hulk. E pensar que Roger Guedes, em 28 jogos pelo Galo, marcou 13 gols e deu 3 assistências. São posições diferentes, mas o importante é fazer gol.
    Meu desejo é que o Galo seja campeão de tudo e, quem sabe, do mundial?
    Mas, o desejo pode ser contrariado. Sendo assim, vamos torcer e aguardar.
    Dois times me fazem muito feliz, nosso Galo e o pequeno time azul, cada vez afundando mais.
    É muita felicidade para o atleticano.
    Saudações alvinegras.

  2. Amigos, ainda bem que o Galo não está jogando bem, imagina a hora que começar a jogar tudo que os caras sabem. O que ouço é isto, podem jogar mais , apresentar melhor futebol!! como disse um colega acima, somos forjados no aço, temos Vasta experiência, não nos deixamos levar por boas campanhas, já fomos vice campeão invícto, quer mais? Cuca vai saber fazer este time ser campeão, esta fé ninguém nos tira, avante Galo, o maior de Minas, se bem que isto não é nenhuma vantagem nos tempos atuais.

  3. Não sei de nada que acontece na mídia corrupta e insana que vomita besteira a troco de migalhas. Desde jovem aprendi que se alguém pagar eles amaldiçoam Deus e louvam o diabo. O Galo nunca tem vez na boca suja deles. Então, porque eu deveria gastar o meu tempo ouvindo ou lendo o dizem? Não dou a mínima ideia para eles.

  4. TEOBALDO ,

    impressionante a campanha de melhor técnico do mundo que querem pregar no Cuca .

    Inclusive com a tropa de choque “determinando” que se guarde as cornetas .

    Ah! , se não fosse o HULK …

  5. A diretoria do Galo, poderia se manifestar, este diretor de futebol , por exemplo, pago pra isto , ir á mídia, bocar a boca no trombone. fazer barulho, blindar o time. É revoltante a cara de pau destes narradores e comentaristas do eixo, abduzidos pós jogo do mulambo contra o inter e agora voltam com carga total tentando desestabilizar o galo, A cada rodadas que avançamos, mauro cezar e caterva, até o ledio carmona, que perdeu meu respeito , endeusando este lixo, contra o zumbi morto sport não consegui assistir. Vá pro microfone , seja grosso e curto, berre que o time está blindado contra esta famigerada midia, a única coisa que detém estes bandidos do eixo é a resposta , o alerta , o silencio é cumplice deles. Trabalha, meu amigo diretor, defenda nosso time fora das quatro linhas, dentro estamos muito bem, obrigado

    1. Essa missão seria da área de comunicação e não da diretoria de futebol.
      O diretor anterior (Domenico) botava a cara, ao que vejo, o atual delega. E quem deveria fazer isso se mostra omisso. Enfim…

  6. Relaxa Afrânio

    Até o Jorge Nicola cara de muita credibilidade caiu nesta roubada. Jogada do empresário do Arascaeta para pressionar o flamerda a dar aumento pra ele.

  7. Saudações alvinegras!! 3 pontos na sacola. No BR isso é o que importa. Já viramos a chave pra quarta. Cada passo de uma vez, sem soberba, com os pés no chão e a certeza de que podemos fazer mais, sempre!! VAAAAMMMMOOOO GAAAAAAAAAALLLLLLOOOOOOO!!
    Muito boa essa reportagem da Cassia Eller, torcedora do Galo:

    1. Bom dia a todos os Amigalos!
      Parabéns Marcelo por trazer esta reportagem!
      Tamos juntos!
      GALO ACIMA DE TUDO, DEUS ACIMA DE TODOS!

      1. Rogério, outro músico torcedor do Galo, saudoso atleticano, era o Luiz Melodia. Pelo menos aqui em BH, ele era GALO. Isso foi um pouco antes do jogo da copa do brasil em 2014, quando o Galo ganhou do flalixo por 4×1. “Aqui eu sou Galo!” “Não tenho nada a ver com cru0”.

  8. Continuarei torcendo e comemorando a cada jogo, sem alimentar expectativas. O meu coro já está por demais endurecido pelas decepções ocorridas nos últimos 50 anos (salvo raras exceções) para entrar em arroubos por vezes descabido. Em relação a Diego Costa atenho-me, por ora, à realidade: 8 meses sem jogar, sendo que nesse prazo o cara não recebeu proposta de nenhum clube, nem mesmo de clubes do segundo e/ou terceiros escalões da Europa. Se este cara estiver bichado teremos um grande problema pela frente. Abraços!

    1. Teobaldo, ótimo dia amigalo

      Estou na mesa toada, um jogo por vez, sem expectativa nenhuma. Tenho 56 anos de Galo e já endureci o coro também ao longo do anos.

  9. Bom dia Massa, Max e Guru,

    A ascensão do time decorre principalmente pela resposta que alguns jogadores do banco de reservas estão dando dentro de campo. À exceção de Hyoran e Sacha que vivem de lampejos, todos os demais (inclusive o vacilão do Guga, que perdeu a vaga) tem entrado e dado conta do recado. E pasmem, até Dylan, que muitos de nós dávamos certos como mais um foguete molhado, e disponível para sair, tem entrado bem. E o que dizer de Dodô, que até teve preferência de alguns torcedores em disputa com Arana, o melhor lateral esquerdo do Brasil?
    Hoje quem entra, olha para o banco e sabe que se não correr, vai ficar no lugar para onde está olhando.
    Méritos para Cuca, que ao rodar o elenco coloca titulares e reservas em constante disputa e quem não tiver este espírito estará fora, prova disto foi a venda de Marrony, que o jogador desperdiçou inúmeras oportunidades de ser titular na ausência de keno.

    Ou seja, por mais que esteja brilhando, nada como uma boa sombra!

  10. Bom dia!
    Queimei a língua em relação ao Hulk.
    Queimei a língua em relação ao Allan.
    Queimei a língua em relação ao Savarino.
    Estou queimando a língua em relação a Everson, Tchê Tchê e ao Cuca.
    Como é bom queimar a língua em relação ao Galo!

    1. Queimei a lingua, muito bem queimada, com Mariano , agora estou queimando com Allan , pela entrega, disposição e luta. Hulk, Savarino, Everson (com um ou outro frango , acontece) , sempre acreditei e acredito. Tche tche não tenho opinião formada, às vezes joga bem, às vezes nem tanto. Segur o jogo

  11. Bom dia para todos!
    Será que com a vinda do Diego Costa nós vamos pra oto patamá?
    Abraços!

    1. Leila, querida, segue por aqui em meio a palestras e produções literarias. Uns dias em Araxá e outros em Cascais, mas sua base é BH. A Cidade do Galo.

  12. Bom dia a todos!
    Eduardo e amigalos, quanto mais houver uma não valorização do Galo pela mídia melhor. Ontem “assistindo” a um programa esportivo em canal por assinatura, falaram por uma hora sobre o flamengo. Obviamente eu não assisti ao programa, porém, sempre retornava ao canal para ver se havia algo a ser discutido sobre o Galo. Em vão. Nada disseram sobre o Galo e isso é muito bom. Mostra a confiança deles no time do flamengo e Palmeiras, então, como um bom mineiro, vamos comendo pelas beiradas. Nos deixem trabalhar em silêncio e sem holofotes.
    Cuca depois da exibição do time no segundo tempo frente ao River e em todo o jogo frente ao Palmeiras, ganhou um pouco da minha confiança. Se mantiver essa vontade de ganhar atrelada a qualidade do elenco, poderemos esperar por coisas boas ainda este ano.

    1. Caro Emerson, se não vierem fatores extracampo , as perspectivas para o Atlético são muito positivas e acho que teremos títulos neste ano. basta não perder o foco e estar vigilante para que não caiamos em factoides criados pela trupe do eixo. Abraços

  13. Bom dia meu querido amiGALO

    Que fase maravilhosa!!!!! Que alegria, Que vontade gigante e que inveja da melhor qualidade de vocês que podem ir no jogo quarta!
    Não sei, mas consigo ver o Galo campeão das três competições.
    Vamos curtir isso! Essa energia mágica que o Alvinegro das Alterosa emana .

    Abraço

  14. Bom dia Eduardo e Atleticanos! O Atlético assumiu a liderança isolada no brasileirão. Isso foi o suficiente para gente do eixo começar a vociferar que ganhamos garfado do tal de parmeiras, que passamos pelo boca com ajuda indevida da arbitragem, que teremos o futuro do que hoje é o rival. Veja a inveja que assolou essa gente do eixo. Como exemplo marcante o Ricardo Alencar postou ontem um vídeo, em seu canal do Youtube, onde dois torcedores do time da CBFLA estavam expondo sua versão de boquirrotos de plantão para esculhambar o Atlético, por uma alegação de alguém daquele time de que o Galo estaria interessado no ex-cruzeirenze uruguaio do elenco deles, o qual nem de graça desejo que venha algum dia vestir o manto sagrado do Atlético. Os caras nem se preocuparam em obter, por parte de alguém do Atlético, informação a respeito antes de iniciarem suas criticas ofensivas.
    Olhem que a coisa já começou a dar sinais de que não irá demorar para que a trupe do eixo influencie a tal de CBFLA e arbitragem para começarem a prejudicar o Atlético. Portanto, a diretoria tem de ficar de prontidão e de olhar bem aberto para tomar as devidas precauções e atitudes para que tal situação não se concretize. Saudações Atleticanas

    1. Bom Afrânio!
      O interessante nesse desespero deles é que o uruguaio ainda tem contrato até o final de 2023, ou seja, não sabem nem a respeito das coisas internas do clube deles. Querem tumultuar o ambiente no Galo.

      1. Bom dia Emerson! o mais impressionante disso é a coincidência de ver o Galo assumir a liderança e começar a disparar . então vão tentar de tudo para tumultuar e influenciar a CBFLA e arbitragem para prejudicar o Atlético . Abraços

    2. Afrânio, ótimo dia amigalo

      Eu também observei isso nos comentários dos canais esportivos sobre a expulsão do jogador do palmeiras etc e tal, minha ação imediata: troco de canal.

    3. Prezado Afrânio,

      Concordo contigo. A Diretoria que abra o olho.

      Quando o eixo reclama o que acontece a seguir, como jogadinha ensaiada, é o Atlético começar a perder pontos não para os adversários mas para os antigos e temidos “erros de arbitragem”…

      Estou preocupado.

      Bola por bola, time por time, o Atlético tem bala na agulha para disputar as finais das três Copas e chegar na frente no Brasileirão…

      Mas…

      No meio do caminho do Atlético sempre apareceu aquela velha pedra a minar nossas expectativas e esperanças.

      Sei não…

      Não confio naqueles caras!!!

  15. Prezados Ávila, atleticanas e atleticanos!
    Hora de sonhar, nada de lamentar!
    Muito boa resenha, caro blogueiro!
    Espírito leve e alma lavada.
    Vamos que vamos…
    Sem euforia exagerada mas sabendo da potencialidade do time do galo, voltamos a sonhar alto. Pelo menos 2 dos 3 títulos que estamos disputando, nos levam à glória.
    Hoje e Sempre, galo!!!

  16. Bom dia, Eduardo, atleticanas e atleticanos.

    Pois é Guru, bom texto que exala confiança sem otimismo exagerado o que nunca fez bem ao Galo. Sigamos, com confiança em alta, sentimentos em ebulição, mas dentro do peito, prontos para explodirem nos momentos certos nas comemorações.

    O Galo está vivo e ativo em todas as competições e, como você disse, continua contratando. Aproveitei o domingo de ressaca de Galo para ver alguns gols do Diego Costa. O cara marca gol de tudo quanto é jeito. É um tanque dentro da área e não respeita adversário. Pé direito, esquerdo, cabeça, calcanhar, tudo serve para enfiar bola no gol. E como é rápido.

    Bom, tem ressalvas. Os gols que vi, cerca de quarenta, foram feitos enquanto ele jogava pelo Valladolid, Rayo Valecano, Atlético de Madrid e Chelsea. Têm mais de cinco anos e ele estava magro e em forma, jogando sem parar. Hoje, ele tem pelo menos cinco anos a mais, o que pesa muito na vida de um atleta, está há oito meses sem clube e há quase um ano sem jogar. Pelas fotos recentes, dá para perceber que engordou, não deve estar em forma e dá até para notar uma bochecha saliente o que não condiz com vida de atleta.

    Vai, com certeza demandar um bom período para a recuperação física e retorno ao trato com a bola. Mas, como disse o presidente, ele agora é nosso e como tal vamos recebê-lo, apoiá-lo e aplaudi-lo. Que entre em forma logo, comece a jogar e a marcar gols como sabe e sempre fez.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.