Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Três a um e é tricampeão

Esse tri se refere à conquistas de estaduais, nessa nossa Minas Gerais, sendo que atingimos agora a 47ª vitória. Nesse caminho da terceira vez consecutiva, decidimos pela ordem com a Tombense, depois América e por fim – ontem – com o CSA/MG. Disputamos 16 finais seguidas, sendo que delas vencemos nove vezes. Foram vices nesse período, além do concorrente de ontem, ainda América, Ipatinga, Caldense e Tombense. Os sete restantes – que fomos vice – foram distribuídos entre a concorrência.

Se mudarmos o corte para as últimas dez decisões, seguimos soberanos com seis conquistas contra quatro; diminuindo para as cinco mais recentes, são três do Galo. Faço esse devaneio, pois leio e ouço – por uma pequena parte da imprensa – opção por divulgar situações que tentam dissimular a realidade. Mas esse é um assunto que talvez eu traga amanhã. Hoje é o dia seguinte e ainda permito-me comemorar.

Se temos o maior número de títulos, estamos com mais de uma dúzia e meia de finais consecutivas e – em tempos recentes – mais vitórias que toda a concorrência, quem é o melhor de Minas? Passado e presente, que asseguram um belo futuro. Para fechar, antes de entrar no que vi na tarde de ontem, observem que o Galo ganhou – em menos de um ano – cinco títulos em seis disputados. Dois mineiros, um brasileiro, uma Copa do Brasil e a Supercopa – essa tanto badalada pela cbf e tv antes da decisão e que depois caiu no esquecimento – só não conquistando a Libertadores, onde avançamos até as semifinais.

Ontem, além do título que a Massa está no direito de festejar (até no embalo da saudosa Bete Carvalho), também o futebol mineiro – apesar da fmf – tem muito o que comemorar. Depois de anos, finalmente um clássico meio e meio, sem ocorrências que assustassem aos torcedores. Ficou provado, depois de tanto debate, que finalmente a Polícia Militar de Minas Gerais – nesses tempos atuais – está preparada para assegurar a tranquilidade de quem vai ao jogo. Méritos para a PM e todo seu comando. Que continue sendo dessa maneira, é bonito ver o Mineirão lotado. Evidente que, do lado Atleticano, como sempre, estava mais apertado para a acomodação da Torcida. Somos a maior do meu Estado.

E dentro de campo, vimos desde o início um time querendo jogar e o outro optando por cozinhar o tempo. Era essa a estratégia de uma equipe, reconhecidamente mais fraca, para tentar protelar o primeiro gol. Sabemos, quem acompanha futebol, que nesse sistema anti-jogo, quando se abre a porteira passa a boiada. E assim foram saindo. O primeiro, o segundo e o terceiro, levando a Massa a loucura que o Brasil todo reconhece. Hulk e Nacho comandaram a quase goleada, que teve dos demais companheiros o mesmo futebol de alto nível que o time vem apresentando.

Desde cedo nas ruas da cidade, o que se via era uma proporção de dez camisas do nosso time por uma do adversário da final. Essas poucas, na quase totalidade, com um cheiro forte de naftalina. Lá no Mineirão, dentro do gramado, parecia o mesmo enredo. Só dava Galo em campo. Se do lado de lá da lagoa se destacava a arrogância e provocação, do nosso lado imperava a humildade, equilíbrio que levam essa alegria contagiante das arquibancadas. Disse acima de Hulk e Nacho, pois os dois primeiros gols foram nessa ordem, com assistência um do outro. Já o terceiro, também do super herói, numa penalidade por ele sofrida e cobrada. Ninguém reclamou da marcação, que por pouco Felipe Fernandes deixou de assinalar. Demorou a apontar a marca fatal.

Ao final, na entrega das medalhas e da taça, o Atleticano não arredou o pé das arquibancadas. Foi quase uma hora dos jogadores interagindo com a Massa. Fechou o Mineiro, um campeonato que em tempos anteriores era disputadíssimo e motivava o torcedor e a própria rivalidade. Não sei se pelo fato de o Galo ser o único de Minas, o envolvimento do Atleticano não é mais o mesmo da minha juventude.

Em tempo: A Minas Arena precisa rever situações que causam desconforto ao torcedor. A passagem das mulheres na revista foi super lenta e ineficiente. Também pudera, devia ter em torno de 20 filas para homens e apenas quatro ou cinco para elas. Nas catracas, algo estranho aconteceu, pareceu que a leitura do QR Code não estava funcionando. Entrou gente sem ingresso nessa confusão. Pior, ai já volta para a federação e a administradora não pode ser responsabilizada. A proibição de faixas dos dois clubes deixou o lindo Mineirão com suas paredes frias e onde se abrigaria essas tiras de tecidos numa situação que contrastava com a beleza das arquibancadas. Feio mesmo!

Por fim, aqui é Gaaalooo, po##@! O campeoníssimo de Minas Gerais e do Brasil. Me aguardem as Américas e o mundo.

*fotos: Pedro Souza/Atlético

37 thoughts to “Três a um e é tricampeão”

  1. Eu queria saber o motivo de nenhum comentário meu ser publicado… Nenhum tem ofensa ou desrespeito.
    Agradeceria uma resposta para poder continuar prestigiando o blog

    1. Sabe dizer quando foi que (tentou) postar? Por curiosidade, entrei na lixeira, o último que encaminhei para a lá é datado de 29 de março e não veio de vossa pessoa. Sempre fui muito flexível com os comentários, tendo evitado tão e somente aqueles que não condizem com o propósito do blog. Muitas vezes, mas foram muitas mesmo, o blogüeiro foi atacado e o comentário postado. Dito isso, recomendo verificar a efetiva postagem, antes de deixar margem de duvida quanto ao comportamento de quem assina este espaço tem seis anos e sempre se pautou por dar vez e voz ao Atleticano. Dessa maneira, diria até ríspida de seu comentário, deixa no ar algo que não condiz com a dedicação que sempre tive com o espaço. Diga-se, por total e completa abnegação por ser em defesa do nosso Clube Atlético Mineiro. Talvez, aproveitando o tom de sua mensagem, uma aulinha sobre o uso dessa ferramenta evitasse esse comentário.

  2. Acabei de ver a decisão do paulistão. Que vergonha esse time do São Paulo. Por isso quero aproveitar para parabenizar o time do Cruzeiro que mesmo sendo inferior tecnicamente, não se acovardou e valorizou muito a vitória e conquista do Galo. Além disso as duas torcidas estão de parabéns pelo show que deram. Orgulho de ser mineiro!!!

  3. CAMPEÃO DE TUDO NO BRASIL. AOS INFILTRADOS CHOREM COMO O ROMULO. ACREDITAR SEMPRE, ARROGÂNCIA JAMAIS. QUEM ESTAVA CERTO OS INFILTRADOS OU OS VERDADEIROS ATLETICANOS VIU FESTEJAR, VOU FESTEJAR. FORA TURCO KKKKKK

    1. Na Europa há o Fair play financeiro. No Brasil, enquanto bancos continuarem a comprar federação, tribunal de justiça desportiva, haverá distorções como está se vendo. Pênaltis repetidos às escancaras, faltas não marcadas a vontade….

  4. Boa tarde! CAMpeao com muito merecimento, só queria saber quem foram os “Iluminados”que votaram na seleção do campeonato e que teve 5 jogadores do rival e 4 nossos, e craque do mesmo, deles! Só pode ser piada das mais sem graça!

  5. Começa a sequência de títulos,penso que teremos até o mundial.Acredito sempre,aqui é GALO.

  6. Olá amigos da bola!

    EU DISSE, RÉVER SUPER TITULAR, NOGA MUITO!…

    JOGO!

    Valeu pelo título, e apesar do gol não gostei da escalação do Nacho. Nunca joga bem e toda vez que entra, “anula” nosso excelente 10, ZARACHO.

    Outra coisa!

    Se nosso treinador fosse o Pezzolano, teríamos goleado de 7, 8 pra lá.

    Mohamed não implantou no Galo, boa estratégia de jogo. Vence por causa do baita elenco e só.

    Esse nosso elenco é sensacional, não pode deixar de jogar excelente futebol.

    Pena não termos bom treinador!….

    Ousado, ofensivo, arrojado, estrategista. Que ponha esse timaço do Galo, para marcar pressão, tocar a bola em velocidade, e tantos outros adjetivos…..

    PENA!

  7. Bom dia amigos do Galo. Foi um jogo típico do Campeonato Mineiro, daqueles que um time do interior joga contra o NOSSO GALO, não ser goleado já é motivo para comemoração.
    P.S.: Rômulo, um jogador mediano, com perfil de série B

  8. Bom dia para todos!
    O Gaganhô!!!
    Ganhou do “melhor” time do campeonato, o csa MG.
    Ganhou do time que tem 5 jogadores da “seleção” nao sei de onde.
    Ganhou do time que tem o “craque” do campeonato.
    Ganhou porque tem um cara aí que tá enfiando dinheiro igual água né, Romulo chorão!
    Ganhou só de 3 a 1 porque o csa MG é muito melhor!
    Ganhou SÓ porque tem jogadores decisivos, mas no “coletivo” o csa MG foi “superior”
    Ganhou de um time “brioso” que mesmo depois de uma derrota acachapante, parte da sua platéia ficou nas arquibancadas aplaudindo.
    Por favor, FMF, grobo, Itatiaia e csa MG, entrem com recursos porque esse TRICAMPEONATO do GALO foi muito “injusto”.
    Com a licença do Eduardo, queria sugerir aos amigalos que leiam a coluna Filosófia Futebol Clube, do Renato de Faria,publicada aqui neste portal ontem.
    Agora estou pensando no TETRA e Quadragésimo oitavo título ,ano que vem na nossa Arena MRV. Se Deus nos der vida e saúde,é claro!
    Saudações atleticanas!

  9. Bom Dia! Valeu pelo titulo! Mais é uma preocupação a quantidade de passes errados, reposição de bolas e gols de cabecas que tomamos. Inclusive o gol do adversário foi pelas substituições, no meu ver erradas do treinador. Qual foi a função do Sacha? Atacante, armador ou defensor? Que venha o Brasileirão e, que esse treinador mostre suas qualidades. Haja vista vai enfrentar equipes mais qualificadas. Pois até agora é uma versão Dudabel 2.

  10. Em Tempo: O jogador Rômulo do CSA-MG disse aos prantos no final do jogo que o GALO é superior porque entra dinheiro “igual água”. Ele tem que olhar para seu próprio time e recordar que aqui temos dinheiro sim limpo e bem administrado. O contrário do seu lado em que o dinheiro foi aplicado e “furtado igual água”! Olhe para trás Rômulo antes de vomitar bobagens!

    1. Pois é, eu também vi a entrevista, aliás, foi a primeira vez que um derrotado e perdedor, é entrevistado pela Globolixo Minas antes dos vencedores e verdadeiros Campeões.
      Sobre este jogador, depois do drible do Nacho, deve estar se recuperando no departamento médico do CSA.

  11. Bom dia,

    Campeão do Mineiro 2021, Campeão do Brasileiro 2021, Campeão da Copa do Brasil 2021, Campeão da Recopa do Brasil 2021, Campeão Mineiro 2022…….
    É o Galo enfileirando títulos.
    Bom domingo aos CAMpeões.

  12. Grande vitória. Não estamos jogando o futebol do ano passado, mas não está faltando garra para compensar a falta de bola em vários momentos. o grupo é muito unido, e isso é ótimo. Pensando já na sequência: Keno e Nacho não funcionaram ontem, e Everson errou todas as saídas de bola, até que chegou o ponto do Allan começar a bater todos os tiros de meta. Acredito que em poucas semanas, no mínimo, Vargas e Ademir, iram virar titulares absolutos nesse time

    1. Realmente não estamos jogando como o ano passado. No Mineiro 21 , empatamos duas vezes com o América, sendo q perderam 1 panalty. Foi no sufoco. Agora bem tranquilo e dizerem que foi pior? Pelo amor de Deus. Querem o Que?

  13. Bom dia a todos! Deu a lógica, tamanha a disparidade dos dois times. De um lado um time esforçado, bem organizado taticamente, porém limitado, e como sempre, muito falastrão antes do jogo. Do outro lado, um time muito bom tecnicamente, bem escalado e organizado, e apesar da incontestável superioridade, tem a humildade e sabe que o jogo se ganha no campo. Ninguém dá entrevista provocativa, nem entra na pilha antes do jogo. Este time, capitaneado pelo HULK Incrível, é completo. Dentro e fora do campo, com um diretor de futebol, que não entra em polêmica nem fica no microfone falando o que não deve. Todo o elenco é experiente e muito profissional. Quem não se enquadra, como o Diego Costa, não tem espaço e deixa o time. Não tem mi mi mi, ninguém reclama, e tudo se resolve internamente. Nunca ví um Galo tão organizado, dentro e fora do campo! Mais um viva para os 4R’s que sempre souberam do potencial do time amparado pela fantástica massa! Agora é começar a arrancada para o Bi da Liberta! VAMOS GALÔ!

    1. Excelente comentário! E o tal mascarado Diego Costa, onde anda? Só vejo notícias dele nas páginas da Polícia Federal.

  14. Bom dia xará e amigalos! GALO sobrou ontem! O time do CSA-MG queria realmente “cozinhar em banho-MARIA” e levar o jogo para disputa de pênaltis. Seria essa a única maneira de tentar ganhar alguma coisa em 2022. A diferença técnica entre o Campeoníssimo GALO e o CSA-MG é ABISSAL!!! E o olha que jogamos o primeiro tempo em ritmo de treino. HULK mais uma vez deixa sua marca de melhor jogador brasileiro da atualidade e um dos melhores do mundo! Parabéns El Turco que recuperou a maestria do futebol de Nacho. Parabéns Presidente Sérgio Coelho, diretoria e em especial Rodrigo Caetano! Parabéns comissão técnica! Parabéns mais apaixonada torcida do Brasil! Parabéns meu GALO QUERIDO! Que venham muitos e muitos títulos em 2022!!!!

  15. Bom dia Eduardo! Voce, perfeito como sempre. Queria citar apenas uma situação que eu vi durante todo o jogo e, talvez tenha passado desapercebido por muitos. O quarto árbitro, o Sr. Ricardo Marques Ribeiro, passou o jogo todo ao lado do treinador adversário (mala), conversando, explicando e sei lá mais o que fez eles ficarem tão próximos assim o tempo todo. Houve alguns momentos que até o bandeira (experiente que é) o Sr. Guilherme Dias Camilo, fez menção de que mudassem os árbitros adicionais de lado. Tudo em vão, o circo continuou até o apito final. Vale a pena ver quem não reparou essa situação patética. Agora vamos em busca da América. Abraços,

  16. Éramos o favorito e confirmamos no campo. CQD! Só faltaram as devidas homenagens, ao coro de VTNC, à rádio palanque, à rede esgoto e à fmf. No mais, cumprimos o protocolo, o que não dispensa a merecida comemoração. Ah, sim, antes que eu esqueça, Nacho Fernandes manda lembranças!

  17. Bom dia, Ávila e Canto do Galo!!!

    O Campeão voltou!!!

    Parabéns a esse elenco não só qualificado, mas também muito cascudo, quiçá o melhor de todos do Atlético, que soube cozinhar a raposa e conquistar mais um Caneco para a Galeria de Troféus do CAM…

    Parabéns Sérgio Coelho e Diretoria pela assertiva administração do Clube…

    Muito obrigado aos Mecenas, os Benfeitores Atleticanos, pelo apoio que tem sido fundamental!!!

    Parabéns à Massa pela presença absoluta de sempre!!!

    Parabéns FMF pela organização do Campeonato que tem melhorado ao longo dos anos e pela aposta certeira na realização do Clássico dividido, estilo raiz, que vai servir de inspiração e modelo para outras federações voltarem a permitir jogos finais 50 a 50 das torcidas…

    Parabéns à Polícia Militar pelo belo trabalho de garantir a segurança do espetáculo com eficácia, eficiência e efetividade!!!

    Valeu demais!!!

    Galooooooooooooo!!!

    1. Falou sobre a PM quem conhece bem aquilo ali. Nosso Ernest, no passado, já comandou o policiamento do Mineirão. Portanto, opinião com propriedade.

      1. Parabéns, a você, Eduardo, por nos oferecer o Galo nosso de cada dia!!!

        Não é fácil manter um Blog diário, 7 dias por semana e 365 dias do ano, sempre ativo e com alto astral.

        Siga firme e convicto que mais vitórias, triunfos, conquistas e canecos virão para a Cidade do Galo.

        E que Deus nos permita ver na sua coluna aqui do Canto do Galo o registro histórico do Galão BI da Liberta, Tri do Brasileirão e Campeão Mundial!!!

        Eu Acredito!!!

  18. Bom dia a todos!
    E o Galo ganhô e se consagrou campeão em uma competição que ele jogou para o gasto, sem fazer muito esforço.
    Discordo um pouco de você, Eduardo, quanto ao time rival ter tentado cozinhar o jogo. Vi o time deles com muita vontade, em alguns momentos até com mais posse de bola que o Galo e levando perigo ao Everson, porém, quando nossos jogadores disseram “acabou a mamata” (expressão do Atleticano Rômulo Mendonça da ESPN), os gols foram surgindo de forma natural e o adversário passou a figurar somente na defesa.
    Enfim, gostei do jogo e da atuação do Galo no segundo tempo.
    Se me permite, Eduardo, quero dar os parabéns aos torcedores dos dois times que foram ao Mineirão para torcer e incentivar suas equipes. Não vi nenhuma notícia sobre brigas antes, durante ou após o jogo e isso é um grande passo para o retorno definitivo das duas torcidas aos clássicos.
    Outro ponto que também merece menção é o fato de termos jogado o segundo clássico consecutivo sem que houvesse provocação dos dirigentes, nesse ponto a aquisição do CSA pelo Ronaldo, na minha visão, está fazendo bem ao futebol mineiro e postura séria dos nossos dirigentes também. Rivais sim, inimigos não.

    1. Observe, disse que tentavam cozinhar o jogo até sair o primeiro gol. Nesse lance foi interessante. O goleiro, que demorava a repor – até então – a bola em jogo imediatamente pega”la pelota” dentro das redes e manda para o meio de campo em busca da nova saída. Observe!
      No mais, o Galo ganhou.

  19. O jogo foi muito bom, mas o galo continua perdendo muitos gols desde o ano passado que isso está acontecendo, ontem com as chances perdidas eramos para ter metido uns 5 gols no Cruzeiro

  20. Tri campeão. Disse tudo Eduardo. Agora, para libertadores e BR temos que resolver o problema das bolas altas em nossa área, está um sufoco, perdemos todas. Quase todos os gols sofridos, neste ano, foram assim. No gol do Cruzeiro, tinha três jogadores deles e nenhum do Galo na bola.

    1. Concordo com o Genival. É preciso acertar a marcação da bola alta. Os gols adversários vêm acontecento com uma facilidade incrivel. Igual tomar sorvete de menino.

  21. Prezados Ávila, atleticanas e atleticanos!
    De alma lavada e coração leve!
    De um primeiro tempo claudicante e um segundo tempo impositivo, o GALO mostra quem é o dono das Minas Gerais.
    Não vou nominar os jogadores que estiveram abaixo do esperado. Apenas ressaltar aqueles que para mim fizeram a diferença: Hulk, um monstro, Nacho Fernandes, com grande atuação e o melhor dialogador com Hulk, o Zaracho, como sempre, o Jair pelo posicionamento em campo, Ademir que mudou o panorama do jogo e o Rever, com uma atuação quase perfeita não fosse o vacilo dele e do Natan, mal posicionados no gol das Marias.
    Registre-se a tendenciosa intenção dos comentaristas do Spotv em privilegiar o Cruzeiro.
    Agora é comemorar e dar créditos a El Turco pelo trabalho que vem desenvolvendo, apesar dos calafrios proporcionados nas saídas de bola da defesa para o ataque. Roca de bolas na defesa, muitas vezes desnecessárias.
    Agora é comemorar mais um campeonato mineiro.
    Hoje e SEMPRE, Galo!!!

  22. Tri CAMpeão!!!
    Tti CAMpeão!!!
    Tri CAMpeão!!!
    Réver! O capitão dos títulos!!!
    Hulk! O mais decisivo jogador da história do Galo!!!
    Nacho! Muito criticado por mim, é jogador de jogo grande!
    Ademir, chegou, vestiu a camisa do Galo que fisicamente parece grande pra ele, mas que não pesou. É como se ele tivesse nascido com ela e para ela.
    Que venham Libertadores, Brasileirão e Copa do Brasil!!!

  23. bom dia Eduardo e massa. muito bom vencer a freguesia cabulosas. mas não vamos ser cegos as cabulosas nos deu um grande sufoco. a saída da bola na zaga quase entregou gols para as tri rebaixadas se elas fossem melhor tinha nos dificultar e muito. ainda bem que temos Hulk o matador o nacho estava dormindo no jogo apareceu sua magia com um golaço.agora começa às pedreiras pela frente libertadores e brasileirão e copa do Brasil. agora esta FMFlixo fez tudo para as tri rebaixadas ser campeão colocaram 5 jogadores delas e 4 do galo na votação do mineiro, jogador delas o melhor do mineiro. piadas. aliás que vantagem foi de terminar em primeiro lugar sendo que a final o galo não teve vantagem nenhuma. abre o olho galo com esta FMFLIXO.otimo Domingo a todos amigalos. vai galooo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.