Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Pra matar a saudade

Vestiu a camisa do Galo, independente de qual seja o adversário e as escolhas do treinador, sempre terá meu apoio. E é com esse sentimento, que no final da tarde de hoje, pego a estrada (Rodovia Januário Carneiro) para a vizinha e simpática Nova Lima. O time daquela cidade, o famoso Vila Nova – o Leão do Bonfim – que nos aguarde (time e parte da Massa), pois vamos ai buscar a primeira vitória da temporada.

São quase mês e meio sem ver o Galo atuando. Ao vivo, já tenho essa conta, mas hoje é dia de reencontro com a nossa paixão Atleticana. Sem problemas de registro no BID e coisas como esse tal de transfer ban, situação que só vive quem não quita compromissos, nosso time deverá entrar em campo com escalação toda diferente do final da temporada passada.

O treinador, oficialmente apresentado e registrado também no BID, optando por manter os considerados titulares em pré temporada, deverá promover as estreias de Ademir e Fábio Gomes, além de lançar os pratas da casa Vitor Mendes e Guilherme Castilho que voltaram de empréstimo. Os demais, salvo melhor juízo, todos reservas do time campeão Brasileiro e da Copa do Brasil.

Ao que parece, Rafael será o goleiro, tendo no Mineiro como boa oportunidade de ganhar ritmo de jogo para todo o ano de 2022. Contamos com Éverson, nas duas disputas, que felizmente não teve qualquer contusão e tampouco foi obrigado a cumprir jogos de suspensão. Rafael, que passou boa parte do tempo em recuperação, foi acionado na última partida – com o título já assegurando e festejado – demonstrando total falta de sequência naquela noite.

O sistema defensivo, além do goleiro e Vitor Mendes, creio, deverá ser completado por Guga, Igor Rabello e Dodô. No meio de campo, região que temos um número expressivo de opões, El Turco deverá escolher três ou quatro, sendo que Castilho será um deles, portanto dois ou três entre Neto, Borrero, Calebe, Tchê Tchê.

Dito isso, se optar pelo quadrado no meio de campo, restariam duas vagas; se a escolha for por um triângulo, aí seriam três no ataque. Pois bem, de uma ou de outra maneira, ao que tenho observado, Ademir e Fábio Gomes entram no jogo. Caso escale três atacantes, sacrificando uma das vagas do meio, terá para escolher entre Sasha e Echaporã.

Estão fora dessa partida e das duas seguintes, os convocados para as eliminatórias Godín (Uruguai) e Vargas (Chile). Nesse jogo de hoje e, possivelmente do final de semana – no Independência com a Tombense – Allan e Keno (titulares que a exemplo dos demais seriam mesmo poupados) e Savinho, todos contaminados com a covid.

É um time forte sim, não tenho dúvida, essa provável escalação Atleticana – se fosse o caso – teria todas as condições de vencer o campeonato estadual. Entretanto, como diz aquele ditado popular, “jogo é jogado, lambari é pescado”. Já vi nosso Galo vencendo jogos improváveis e perdendo partidas e campeonatos da maneira mais bisonha possível. Portanto, vamos dar rodagem a todo o elenco – lançar os jovens no Mineiro – sem perder a perspectiva de que o Torcedor quer e exige títulos. Esse estadual, digo isso tem tempos, não é o maior objeto dos nossos desejos, mas não admitimos a derrota.

*fotos: Pedro Souza/Atlético

9 thoughts to “Pra matar a saudade”

  1. boa tarde Eduardo e massa. enfim o galo volta a jogar. vamos entrar com time reservas e alguns jovens jogadores da base. aliás o savinho vive de férias quando tem chances de jogar pega o vírus. aff.estes jogos do mineiro é bom serve para ver se alguns jogadores mostrar se tem condições de jogar no time titular. vai galooooooooooo.

  2. Bom dia xará e amigalos!
    Finalmente o GALÃO joga novamente! Espero que seja uma mescla de jogadores titulares e reservas. Apesar de termos um time reserva muito bom acho que os titulares também tem que ganhar ritmo de jogo. E somente em treino isso não acontece. Principalmente o craque Nacho que precisa melhorar a forma física para o restante do ano. Vamos aguardar a escalação logo mais e torcer para que El Turco comece a mostrar suas qualidades hoje mesmo contra o Vila. GALO É GALO!!!!!!! OS OUTROS QUE CORRAM ATRÁS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  3. Bom dia, prezados atleticanos

    Bom demais rever o Galo em campo. Curiosamente, o Turco Mohamed (TM) estreia contra o mesmo adversário do início do trabalho de Sampaoli.

    Argentino por argentino, este parece mais simpático, mais bem humorado e aglutinador em vestiário.

    Gostei de sua entrevista quando afirmou que dará continuidade ao trabalho de Cuca. É o mais correto. Principalmente manter o sistema defensivo competente, capaz de sofrer poucos gols.

    O ataque não preocupa. Tem o DNA ofensivo por natureza e faz gols com técnica, precisão e habilidades coletivas e individuais como vibramos e nos emocionamos em 2021.

    Estou otimista em relação ao TM, já que nosso elenco é diferenciado e unido. Quanto aos “reservas”, alguns foram extremamente importantes nas conquistas de 2021. Cito, por exemplo, Dodô, Sacha, Réver e Nathan (hoje no Flu).

    Que outros mostrem seus valores, joguem com alma e personalidade para que o TM possa contar com eles ao longo de mais uma temporada repleta de jogos. Estrear com vitória, Gaaaalôôôô.

  4. Bom dia!!!

    O Campeonato Mineiro, embora pareça a mais desimportante das competições, tem sim muito valor.

    De 106 disputas, o Atlético venceu 46, o Cruzeiro 38, o América 16 e segue relação…

    Um maior número de conquistas pelo Atlético leva naturalmente a uma hegemonia da disputa no plano regional e isso importa muito, sim senhor…

    Além disso, o Mineiro, ao abrir as competições, prepara o time para a temporada e isso é muito bom.

    Poderia ser melhor utilizado pelo Clube para promover a Base, principalmente nas primeiras partidas, coisa que aliás funcionou muito bem na temporada passada e agora parece se repetir.

    Uma curiosidade da competição é que o Atlético já foi Hexacampeão e Pentacampeão, porém não tem nem o Tetra nem o Tri no Mineiro.

    Então, passou da hora de ser Tri e levar mais um Caneco para a Cidade do Galo…

    Se não fosse o Mineiro 21, o Atlético não teria conquistado o seu primeiro Triplete.

    Então, meus caros, essa história de que o Campeonato Mineiro não tem valor é lorota.

    Se o Atlético entrar em campo e faltar adversário, o atleticano torcerá contra o vento…

    Vamo que vamo…

  5. Bom dia Avila. Bom dia a todos. A folha salarial do Galo ( 13 milhões) , supera, e muito, a soma dos onze times desse campeonato semiamador. A disparidade financeira e técnica é avassaladora. Entao, com titulares ou reservas , o time tem de se impor em campo e passar o carro. Contra o CSA a meta é uma goleada. O Hulck tá nos devendo uns três gols no CSA. Resultado hoje: 4×0 no Vila.

  6. Até que enfim vamos falar de futebol, que pra mim nada mais é que time em campo .

    Falar de jogo, de jogador, de jogadas,
    de c@g@@s , de acertos, de dribles (isso existe ainda, eu acho) , cornetar à vontade .

    Chega de tanto bastidor e de “eu acho que” .

    Bora ver bola rolando.

  7. Bom dia Massa e Guru!

    Em que pese o desdenho de alguns para o Rural, para mim o torneio tem sua importância sim, a partir do momento de que, se ganhar é obrigação, mas se perder, a crise é certa e derruba treinadores.
    O rural serve também como preparativo para a temporada e principalmente, a oportunidade para jogadores mostrarem serviço.
    Foi assim com Zaracho e poderá acontecer o mesmo com os jogadores da base, com Vitor Mendes, Castilho além dos estreantes Fábio Santos e Ademir.

    Então, “hazana saeidan” (boa sorte) Muhamed el Turco!

  8. Bom dia!
    Hoje tem Galoooooooooooo!
    Rafael vivia na reserva no time B do Barro Breto e sempre que acionado se saía muito bem. Aqui no GAlo não pode ser diferente. Sem essa de “sem ritmo”.
    Grande expectativa pra ver Castilho e Ademir.

  9. Prezados Ávila, atleticanas e atleticanos!
    Hoje, de fato, começa o ano de 2022 para nós atleticanos. Qualquer que seja o time escalado para o jogo de logo mais, temos todas as condições de vencer. Vamos domar o Leão na sua arena!
    Hoje e sempre, galo!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.