Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Paixão e fé juntas são essenciais

Incrível. Ontem por onde passei o assunto era um só. A primeira partida do Galo com o Palmeiras pelas semifinais da Libertadores. E a Massa permanece dividida quanto ao desempenho e o resultado do jogo em São Paulo. Nas redes sociais e grupos de whatsapp esse debate dominou e ocupou o tempo do Atleticano.

Reafirmo meu pensamento. Foi um bom resultado. Lógico que preferia ter vencido, por um ou mais gols de diferença, mas – convenhamos – nosso concorrente é o atual campeão da mesma competição, foi também o campeão da última Copa do Brasil e está em segundo lugar no Brasileiro. Fosse na mão contrária, imagino, os torcedores do porco comemorariam o empate fora de casa.

Ah! O pênalti perdido! Caros, a bola – caprichosamente – beijou a trave. Hulk, que é artilheiro do Galo na temporada e lidera as assistências, marcou seis deles em penalidades. Perdeu dois. Esse e um daquela série que eliminamos o Boca Júnior nas oitavas, que nos classificou e seguimos vivos na mesma Copa Libertadores. Estamos a duas vitórias do segundo título do torneio continental. Invictos. Esse time e jogadores merecem o nosso apoio até o final.

Vencemos o Mineiro, onde perdemos apenas duas partidas, uma delas o antigo clássico mineiro. Na ocasião, li e ouvi, manifestações de desalento como agora estou acompanhando. No final, o que deu? Galo campeão mineiro outra vez. Na Copa do Brasil são seis jogos até o momento, vencemos cinco e perdemos apenas uma partida. Estamos nas semifinais, com grande chance de avançar à final e buscar o título.

No Brasileiro, em 20 partidas, o Galo venceu 14 vezes e teve três empates e igual número de derrotas. Um amiGalo, por quem tenho apreço e admiração, argumentou que já podia ter decidido na primeira partida. Argumentei que, nessa lógica, teríamos de ter 60 pontos no Brasileiro e não 45 (vale dizer, ter vencido todas as equipes que empatamos e perdemos), tendo recebido como resposta que seria mesmo o ideal. Aí parei!

Caríssimas e caríssimos, nos meus mais de 50 anos de vida Atleticana – tendo vivido o auge dos anos 70 e 80 (que a CBF nos sacaneou), as glórias de tempos recentes (2012 até 2014) – confesso que não me recordo de um ambiente tão favorável como esse que estamos atravessando. Disse numa roda de amigos, que o time dos anos 70/80 me encantou muito mais que o de 12/14, porém sinto um ambiente diferente nesse atual momento.

Elenco qualificado e com boas peças de reposição, situação que nas ocasiões anteriores tínhamos tão e apenas o time principal. No time atual, suspensão e contusão, não são tão preocupantes como naquelas temporadas. Os tempos são outros, apesar de ainda existir má vontade da CBF – arbitragem e STJD incorrigíveis – e mesmo da televisão a malandragem não consegue mais escancarar suas vísceras obscenas.

Já fomos muito prejudicados, por ações deliberadas e interesses escusos, agora chega. Nem clamo mais pelo reconhecimento tardio e mesmo alguma indenização por tanta maracutaia, mas – tão e somente – que não se repitam mais esses escândalos. Quero dizer, não estou pedindo para “errar” a favor do Galo, apenas que sejam corretos e não dissimulem em desfavor do nosso time para beneficiar paulistas e cariocas. Essa situação sórdida não será mais tolerada pela Massa. Que fiquem avisados.

Por fim, Atleticanas e Atleticanos, vamos fazer a nossa parte. Depois do empate de terça-feira, lotando as vagas disponíveis do Mineirão e incentivando os jogadores no gramado em busca da vitória. Um passo, refiro a um jogo, de cada vez. Seja pelo Brasileiro, Libertadores ou Copa do Brasil. Adversário por adversário, em busca do triunfo final. Se vamos ganhar um, dois, três ou até quatro títulos ainda neste 2021, ninguém pode afirmar, mas estamos vivos em todas as frentes.

Confiança e boas energias são estimulantes para a realização desses nossos sonhos. A paixão e a fé são essenciais. Aqui é Gaaalooo, po##@!

Em tempo: à tarde, naquele horário de 13h13m, pretendo trazer algo sobre a venda de ingressos em tempos de pandemia. Um caos!

*fotos: Pedro Souza/Atlético

29 thoughts to “Paixão e fé juntas são essenciais”

  1. Meu caríssimo conterrâneo: depois do resultado de terça-feira, fui remexer em 2013, antes da final, veja o que escrevi:

    “Me deu um branco… ”!
    São 5 da manhã e a noite foi uma merda!
    Sonhei com o Galo a noite toda!
    Cacete… jogamos mal um jogo que teimava em não acabar!
    Se não tomamos gol, infelizmente não me lembro de tê-los feito…
    Devo ter me revirado na cama 100 vezes!
    Acordei cansado e “me lembrei”: nada dava certo!
    Mas, uma coisa esta muito forte em minha lembrança:
    Quanto mais “nada dava certo”, mais a Massa gritava seu amor:
    GAAAAAAAALÔ!!!
    GAAAAAAAALÔ!!!
    GAAAAAAAALÔ!!!
    GAAAAAAAALÔ!!!
    Só aí tive a certeza de ter tido um pesadelo e que ainda poderia continuar sonhando!
    É isso que temos feito ao longo de cada uma de nossas vidas apaixonadas: sonhar!
    Tá na hora, GALO!
    Yes, we C.A.M.!
    Me deu um branco… e preto!!!

    Não está bem atual?
    Grande abraço!

    1. Meu Idolo, saudade de vcs. Seu saudoso pai, que carinhosamente o chamava de Del Pulo e da dona Elza. Aqui é Galo.

  2. Semifinal de Libertadores,jogo difícil,truncado, pênalti a nosso favor,e o Hulk consegue perder,acho que o Hulk não deu a devida importância que a oportunidade ofereceu, tentou tirar do goleiro errou, faltou concentração,foco,e pode custar a nossa classificação pra final.

  3. Como o “povo” do nosso marketing ñ dá palanque a gente q viveu aqla baita conquista relembra com muito orgulho e valoriza por ter sido uma página importante na História do CAM e tbm por ter sido a última comemoração de um título grandioso no Estádio Antônio Carlos. Detalhe : em frente a um telão com luz opaca e muita festa. No 23/09/1992 GALO levantava o primeiro caneco da Copa América de Clubes,tbm conhecida como Copa Conmebol. No primeiro jogo_ 16/09/1992_ no Mineirão diante de 60.116 Atleticanos. Negrini fez 2×0,placar q nos dava vantagem p o jogo de volta e no Paraguai,apesar do resultado negativo,o Esquadrão Alvinegro segurou a pressão e “trouxe a criança” em segurança para casa.
    Valeu GALÃO!
    O primeiro CAMpeão da Copa América de Clubes
    Recordar é viver!Os dois gols de Negrini na voz do saudoso Willy Fritz Gonser- in memorian- q colocava estes narradores atuais no chinelo,e ñ era pouco ñ.
    https://youtu.be/K9kq_Z5o0S8
    Créditos: Marcelo Galo – YouTube
    Saudações Atleticanas.

    1. Ótima lembrança, meu caro! Sempre digo que as conquistas das Copas Conmebol de 1992 e 1997 deveriam ser mais valorizadas pelo Clube. SAN

      1. Bem isso,caro! Se não fosse por feitos como estes,e outros,pq não, não teríamos chegado até aqui. Se eles ñ valorizam, o Atleticano q esteve junto ao time o faz; enfim, sigamos!
        Forte abraço
        Saudações Atleticanas

  4. Bom dia!!!

    Domingos Sávio,

    A tremedeira existe, sim, do lado de lá da lagoa, pela real possibilidade da chegada da Tríplice Coroa “B”…

    E há tremedeira também pela possibilidade do BI “B” + “C”…

    Dizem que os salários lá estão 2 meses em atraso e pode bater nos 3 meses…

    Será que a “C” vem aí?

    Se vier a “C” tudo que vier para o Galo nesta Temporada 21, para mim, será lucro…

    Imagina os caras na “C”?

    Para quê o Galo Campeão?

    É muita gula, não?

    Kkkkkkkkkkk

  5. BOM DIA EDUARDO E MASSA ATLETICANA.
    NÃO VEJO NENHUM MOTIVO PARA QUALQUER COMENTÁRIO NEGATIVO.
    O PALMEIRAS É UM TIME FORTE E PODEROSO , JOGOU NA RETRANCA E CONSEGUIU SEGURAR O RESULTADO.
    É CLARO QUE A VITÓRIA SERIA MUITO MELHOR , MAS TEMOS UM SEGUNDO JOGO EM CASA E AÍ É QUE TUDO SERÁ DEFINIDO.
    SÓ NOS INTERESSA A VITÓRIA E O FOCO DEVE SER TOTAL NESSE OBJETIVO.
    TEMOS UM TIME FORTE , SUPERIOR AO DO PALMEIRAS E ISSO DEVERÁ SER DEMONSTRADO NO PRÓXIMO JOGO.
    HULK CONTINUA A SER O MELHOR JOGADOR DO BRASIL.
    O LUGAR DO NOSSO CRAQUE NACHO FERNANDES É NO MEIO CAMPO , ARMANDO TODAS AS JOGADAS E SERVINDO OS NOSSOS ATACANTES .
    CUCA NÃO PODE DESPERDIÇAR O ENORME TALENTO DE NACHO , ESCALANDO ESSE CRAQUE ABERTO PELA PONTA , POIS NÃO É A POSIÇÃO DELE.
    ATENÇÃO CUCA , NACHO É NO MEIO.
    ANTES TEMOS UM DURO COMPROMISSO CONTRA O SÃO PAULO , E NÃO PODEMOS FACILITAR , PRECISAMOS VENCER ESSE JOGO.

  6. Bom dia a todos!

    Excelente postagem, Eduardo! O resultado acabou sendo bom, se levarmos em conta que foi um jogo de semi-final de Libertadores, na casa do adversário, que é o atual campeão.

    Também estou muito confiante com a fase do time. Mesmo que não ganhe nada, o que espero que não aconteça, o trabalho deve ser reconhecido. O time tem que continuar batalhando, com o mesmo comprometimento e vontade que vem demonstrando, e permanecer quietinho e caladinho, sempre na humildade.

    ps: Desde ontem estou viajando comigo mesmo que a lesão do Diego Costa é “migué pra enganar o adversário” e que ele vai pro jogo de terça. Não sei o motivo, mas estou com esse pensamento. E hoje ele postou uma foto na academia junto com o grupo. Espero que eu esteja certo e que possamos estar com força máxima na terça.

  7. Venceremos na terça=feira, não há dúvida. Agora o foco é no sábado em La Bambineira. Não podemos vacilar com escalação de time alternativo. Nesse jogo temos que contar com todos os titulares e só substituir depois de uns três a zero. O Brasileirão, depois de meio século é prioridade.

  8. Prezados Amigalos. Nossa trajetória pode ser a mais vitoriosa. só não podemos perder a Humildade e a confiança na equipe. Os jogadores deverão manter a cabeça no lugar como fizeram o Hulk e o Natan Silva quando provocados para levar o 3º amarelo. Pé no chão amigos, não ganhamos nada mas estamos em via de. Cuca é o melhor técnico, cabeça fria e saberá tirar proveito do jogo em casa, não será nada fácil porquê do outro lado tem uma grande equipe que tb sabe jogar estas competições. Tenhamos competência até a vitória final, respeitado nosso opositores.
    Abraços

  9. ÂNGELO ,

    o time estava ansioso demais, e quando tivemos a
    chance de mudar o jeito de jogar , vimos frustadas
    as nossas expectativas .

    Eu contei duas, apenas DUAS , chegadas á linha de
    fundo pela esquerda .
    As duas nos deram escanteios .
    Pela direita , tivemos a jogada do penal .

    Foi muito pouco , e a ansiedade fez o resto .
    Mas vamos recuperar nosso jogo na próxima .
    Eu confio !

  10. bom dia Eduardo e massa. para mim o empate sem gols foi péssimo para o galo se Hulk o melhor jogador do galo não não tivesse pipocado na frente do goleiro ai sim 1×0 éra bom resultado. então empate com gois digo porque foi ruim para o galo os porcos jogaram retrancado em casa imagina no Mineirão dever jogar por uma bola então cuca e jogadores abrem o olho e da próxima vez Hulk não pipoca. aff.estamos indo muito bem e ainda não ganhamos nada então cuca e jogadores pés no chão raça e vontade de ganhar. nacho Fernandes tem mostrar porque veio está apagado em vários jogos eo keno doronex vai jogar quando anda perdido dentro do campo igual uma vaca louca. rsrs. não percebi nada o galo vai jogar em São Paulo voltou para minas e volta para São Paulo que piada é está. aff.saiu os mandos dos jogos na semifinal da copa do Brasil para mim equipe para ser campeão tem que ganhar fora e em casa. a galo não nos decepcione mais. vai galoooooooooo.

  11. Bom dia!

    O Galo está muito bem em todas as frentes, seria sensacional ser campeão de tudo! Mas, sinceramente, se for campeão de pelo menos um dos campeonatos em aberto estarei feliz da vida…

    Abraço a todos!

  12. Bom dia Eduardo e Atleticanos! Realmente o momento atual do Atlético é bastante favorável, algo que não se via há muito tempo. esse momento está tão bom que que provocado em nos torcedores uma certa opulência em querer sempre vitórias. O empate contra o palmeiras de fato não é um resultado ruim, mas, como disse ontem, a falta de sorte e de uma postura mais incisiva no ataque, influenciou no resultado, que poderia ter sido tranquilamente uma vitória.
    O pênalti perdido pelo Hulk esta longe de ser uma mácula a sua qualidade e disposição, foi caso da fortuna. Mas o que este elenco tem mostrado em campo aliado à competência do Cuca, não me tiram a convicção e fé de que venceremos o palmeiras por dois ou mais gols. A certeza é quase absoluta na vitória, e nas melhoras produtivas dos jogadores do Galo sem exceção. Vamos em frente e apoiando nosso escrete que poderá nos brindar com títulos no final do ano. Saudações Atleticanas

  13. Não se trata de desanimo , nem de desacreditar no time , time compromissado , focado e jogando um futebol vistoso. Faltou sim, apesar do amasso no covarde adversário , encaminhar a classificação , tem jogos que não se admite vacilo, pelo tamanho, pela importancia . Aquele contra os suinos foi um destes , não se admite vacilo e não se deve terminar o jogo com a broxante sensação de que poderia ter sido melhor, muitissimo melhor. A sensação incômoda , a inquietude por momentos que já vivemos em nossa história , deiar porcos magros sujarem nossa agua. De que adianta encantar , encurralar, amassar e num descuido fatal deixar a naionese azedar, a vaca ir pro brejo? Não, não , mil vezes, não. A hora é de pouca conversa e a concentração total , chegou a hora mais importante das competiçoes e, no ultimo jogo, nada me tira da cabrça que faltou caprichar mais, buscar mais o resultado positivo. É o que penso e sinto. Sábado , jogaremos contra um time fraco, com brigas internas, estropiado, a vitoria é o unico resultado que interessa e na terça, jogar como jogou contra o river plate , passaremos, se Deus quiser

    1. Amigo, infelizmente, sou Galo, mas não está me cheirando nada bem esse jogo da volta, acredito que perdemos a grande chance no Allianz, acho que o time vai ficar mais nervoso ainda no jogo de volta, Palmeiras franco atirador, vai jogar por uma bola….sei não, nosso nervosismo está complicado, Hulk não pode tomar cartão, obrigação nossa de vencer, sei lá

    2. Vamos lá, vc diz:
      ‘apesar do amasso no covarde adversário’ .Weverton fez quantas defesas? ZERO.
      ‘De que adianta encantar, encurralar, amassar’. Quantos chutes no gol? ZERO tb.
      Atleticanos, vamos ser realistas, encantamos na terça?
      Aonde?
      Tb não foi um jogo brilhante de nossa parte, fomos cozidos no Allianz, não chegamos e na unica bola não matamos. Time nervoso demais. Vamos cair na real um pouquinho, abs

  14. O time jogol bem e a torcida confia e respeita Hulk, cobrou “bem demais” a penalidade. Achei um ERRO DE LOGÍSTICA, o Galo voltar a Belo Horizonte, treinar um dia e voltar a São Paulo, para jogar no sábado. O time deveria ter ficado em São Paulo e descansado/treinado/se preparado lá mesmo, Ir e voltar cansa mais . Bola mucha da Diretoria. Digo Diretoria, não aos nossos benfeitores, os quatro 4.
    Saudações Atleticanas.

  15. Ontem, li , com o enorme tempo que tenho, agora aposentado , mais ou menos, duzentos comentarios, em todas as midias esportivas, sobre o sorteio dos mandos de campo da copa do Brasil. ANTES DO SORTEIO ACONTECER , fique bem claro , na hora do almoço. Mais de 180 comentarios , apostando que galo faria o segundo jogo fora de casa e o mais favorecido, como sempre , time “sortudo”, em casa. Não deu outra. E todos dizendo pra que sorteio , todos sabem o final, o resultado. Alemanha, Alemanha , não tire o pé da proxima vez

  16. Eu também não me recordo de momento tão favorável. Sigo torcendo e vibrando a cada jogo e tento não criar ilusões, embora seja difícil não nos imaginarmos campeões de tudo. Oxalá consigamos marcar um X em todas as lacunas…

    ( X ) Rural
    (….) Copa do Brasil
    (….) Brasileiro
    (….) Libertadores
    (….) Mundial
    (./.) Tri na B

    obs.: Tri na B, por sugestão do amiGalo Ribeiro Galo, já coloquei metade da perninha do X

    Abraços

    1. kkkkkkkkkkk

      Isso aí, Teobaldo. Acho que daqui mais umas duas ou três semanas já dá pra fechar esse X.

  17. O que passou , passou .
    Acontece de a ansiedade por erros em fundamentos
    tirar o equilíbrio do time , quando não superados de
    imediato .

    Em 70 , aconteceu com Clodoaldo, contra o Uruguai,
    tendo ele errado muito até o gol que assinalou , que
    o trouxe de volta para o jogo .

    Em que pese a experiência de muitos jogadores em
    nosso time , a tensão falou mais alto na terça , pois
    o adversário estava fechadíssimo , e as jogadas não
    saiam a contento .

    Na próxima partida , no entanto , podemos esperar
    por mais controle emocional da rapaziada .
    Eles sabem do que são capazes .

    p.s.
    Alguns teclados ontem estiveram agitadíssimos em
    busca de superação de seus delírios .
    Crendeuspai !!!

  18. Bom dia!
    Ontem tinha muito atleticano torcendo contra os mulambos, mas eu quero os carniceiros na final tanto da libertadores quanto na CB. Ser campeões em cima deles 3 vezes, CB, Libertadores e brasileiro, vai ser inesquecível e um castigo e tanto pra essa imprensa sem credibilidade.
    Ontem comecei assistir um programa esportivo de rede nacional onde os comentaristas falavam sobre o jogo Galo x porco, não consegui assistir 5 minutos, tal o bairrismo desses caras.
    Vai pra cima Galo e mete a espora sem dó!!!

  19. Bom dia Eduardo. Sobre o resultado do primeiro jogo, ele nos oferece a condição de ser campeão invicto da Libertadores, pois eventual derrota nos dois jogos seguintes nos tira o título. Então ser campeão é ótimo. Invicto é sensacional. Na minha opinião, tem muito atleticano é com receio de o Galo perder as três competições e ai seriamos chacota nacional. Eu vejo no Hulck o cara com gana de ser campeão e esse espírito de campeão contaminou grande parte do elenco. Eles podem até perder mas empenho e luta não faltarão. Antigamente a torcida valorizava a luta de um time. Poxa o Hulck perdeu pênalti, mas luta e empenho não faltou. O Natan Silva tá de parabéns por não cair na pilha do Deyberssom. Sei não viu, mas parece que parte da torcida está tremendo às vésperas da decisão. Tomara que não contaminem o time ….

    1. DOMINGOS ,

      “… antigamente a torcida valorizava a luta de um time ”
      Era assim que nós nos comportávamos, não é mesmo ?

      Temos hoje um time com fortes lideranças em campo ,
      seja pelo comprometimento – Hulk – como pela técnica,
      caso do Nathan Silva , muito bem lembrado por você .

      Eles saberão como fazer as coisas no próximo jogo .
      Eu confio neles .

  20. Prezados Ávila, atleticanas e atleticanos!
    A minha frustração foi muito mais pelo jogo do que pelo resultado. Em situação normal. um empate na casa do adversário, não é um mau resultado. O Galo tem muito mais time que o Palmeiras. O Palmeiras se acovardou e jogou pelo empate, o que acabou acontecendo, e o Galo, não teve a competência necessária para se impor no campo de jogo. Um time que durante 90 minutos não teve uma finalização certa no gol, com o poderio bélico que possui, foi porque a tática empregada pelo Cuca, foi no sentido de não sofrer contra-ataques, e perder o jogo. Precaução excessiva! Não há porque duvidar da capacidade do time do Galo de se impor na próxima terça-feira, e sair com a classificação assegurada. Se perder, para mim, vai ser um vexame de todo tamanho, pois a disparidade atual entre o futebol praticado pelo Atlético e pelo Palmeiras, não permite outro resultado que não seja a classificação do Galo.
    Como já disse, o imponderável acontece, e o penalty perdido pelo Hulk foi decorrência disto e pode fazer falta, mas o galo tem todas as condições de se impor no jogo de volta.
    Penalty não configura a certeza do gol, mas apenas uma esperança!
    Rememorando uma frase antológica do “Nenem Prancha” sobre a responsabilidade de se bater um penalty: “O penalty é tão importante que quem deveria bater era o Presidente do time”.
    Estamos vivos e muito vivos na busca da libertadores.
    Hoje e sempre, galo!!!

    1. ÂNGELO ,

      o time estava ansioso demais, e quando tivemos a
      chance de mudar o jeito de jogar , vimos frustadas
      as nossas expectativas .

      Eu contei duas, apenas DUAS , chegadas á linha de
      fundo pela esquerda .
      As duas nos deram escanteios .
      Pela direita , tivemos a jogada do penal .

      Foi muito pouco , e a ansiedade fez o resto .
      Mas vamos recuperar nosso jogo na próxima .
      Eu confio !

  21. Bom dia, Eduardo, atleticanas e atleticanos.

    Foi muito bom observar ontem que o ânimo dos amigalos continua alto em relação ao jogo da próxima terça-feira. Entre críticas e desejos de maior afirmação do nosso time naquele jogo ruim no Allianz Parque, a aceitação do resultado e as afirmativas positivas foram a tônica dos comentários.

    É isso. Temos tudo para prevalecer no próximo jogo, buscando a vitória com determinação e bom futebol como temos mostrado em toda a trajetória nessa Libertadores. Não é à toa que estamos invictos na disputa com apenas quatro empates. Então não há motivo para preocupação e sim de muita confiança. Venceremos!

    Quanto ao Campeonato Brasileiro, nossa expectativa continua alta e bem correspondida pelo time e treinador. Sábado em La Bambineira faremos outra ótima partida e traremos o único resultado que interessa nesse momento decisivo. Se o mequinha conseguiu parar esse time ruim dos bambis e não venceu por mero detalhe, não tenho dúvida de que venceremos com relativa facilidade.

    Para quem se deu bem em La Bomboneira, jogar na Bambineira é diversão.

    O GALO CONTINUA VIVO E MUITO ATIVO E VAI MOSTRAR ISSO COM TODA FORÇA NA CASA DOS BAMBIS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.