Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Galo financia protegidos do eixo

_Business_Class_250x250_SAO_ORLDaqui a pouco, às 11h, o Galo entra em campo para buscar mais três pontos. Com o Independência lotado, como sempre acontece nos nossos jogos, e a Torcida empurrando o time para a vitória. Assim que terminar o jogo, o blog – a exemplo dos dias de jogos neste horário – abre espaço para uma pequena resenha sobre a partida. Já na manhã de segunda-feira, aí sim, o debate fica mais amplo com a rodada praticamente fechada.

Como durante a semana, motivados pela postagem, alguns leitores Torcedores manifestaram sobre essa sacanagem de o Galo sempre jogar nos horários alternativos – domingo de manhã e segunda-feira –, por curiosidade ouvimos e lemos as opiniões acerca dessa preferência da televisão que impõe à CBF essa marcação.

Só existe uma explicação plausível. Se confirmada, torna ainda mais procedente as críticas feitas não só pelo Galo, como de resto pela maioria dos clubes sobre o privilégio dado aos times do eixo, de maneira especial a Flamengo e Corinthians. Afinal, como explicar que em 21 rodadas esta será a nossa sexta partida no domingo pela manhã. Além disso, por duas rodadas o Galo jogou na segunda-feira e ainda teve jogo naquele horário das 21h de sábado.

galo e corinthians
Fotos: UAI/EM

Os horários alternativos, nos quais os jogos são transmitidos apenas pela TV fechada, são os que mais vendem transmissão. Um leitor chegou a dizer que, salvo melhor juízo, até em Portugal o Galo é o que mais vende jogos.

Diante disso, a atitude calhorda da televisão e da CBF fica ainda mais exposta. Recebem vendendo nosso produto e investem em seus apadrinhados. Vale dizer, usam o dinheiro do Atleticano para financiar Flamengo e Corinthians. Isso é o que se chama de “espanholização” do futebol brasileiro. Cretinos!

Em tempo: Enfim, a CBF ganhou alguma coisa. O brasileiro, orgulhosamente, comemora a primeira medalha de ouro do futebol numa olímpiada. ObriGalo, Galvão! Foi só o narrador desdenhar os meninos do Brasil que eles cresceram em campo.

E lá estava o sangue Atleticano para garantir o pódio. Douglas Santos, Uilson e Rogério Micale. E a torcida brasileira ainda tomou emprestado o mantra “eu acredito”.

Agora, dos quatro últimos títulos internacionais que o Brasil conquistou, três são do Galo e o quarto tem o DNA Atleticano.

7 thoughts to “Galo financia protegidos do eixo”

  1. TEMOS QUE PARAR COM ESSA PALHAÇADA,OS JOGADORES GANHAM MUITO PARA RECLAMAR DOS HORÁRIOS DOS JOGOS,NA OLIMPÍADA TIVEMOS JOGOS NA MADRUGADA E NINGUÉM USOU ISSO PARA JUSTIFICAR A DERROTA.
    QUANTO AO UNIFORME 2 A VERDADE É QUE A FORNECEDORA ESTÁ COM PROBLEMAS FINANCEIROS E NÃO CONSEGUE SUPRIR A NECESSIDADE DO CLUBE,QUERO LEMBRAR QUE O SANTA CRUZ JÁ ROMPEU COM A MESMA FORNECEDORA E O FLUMINENSE ESTUDA TROCAR DE FORNECEDORA.
    VI EM UM DOS COMENTÁRIOS UMA RECLAMAÇÃO EM RELAÇÃO ÀS CONTUSÕES,NEM TODAS SÃO CONTUSÕES,NINGUÉM CONSEGUE SE RECUPERAR DE UMA RUPTURA DE TENDÃO EM 30 DIAS É NO MÍNIMO ESTRANHO.

  2. Pelo que estou sabendo forsm os jogadores que pediram para jogar com a camisa branca devido o calor. A oficial devido ser predominante preta é mais quente.
    Realmente não se pode jogar neste horário, pq a diretoria não recusa este horário?

  3. Isso é de somenos importância, o que nos interesse é vencer, vencer e vencer!!! De preferência jogando bem. Hoje não jogamos bem, mas vencemos. Precisamos de mais agressividade e competitividade quando jogamos no Horto. Mais gols pode significar uma melhor classificação no campeonato. De parabéns os Atleticanos. E viva o Galo!!!

  4. Ainda acho que já há alhuns anos nosso Galo não tem um armador que enfie uma bola , faça uma cavadinha e coloque um definidor como o Prato na cara do gol. Apesar de gostar dos volantes , defensivos apenas, nosso Galo precisa de um que segure a bola com inteligência e faça o time jogar como o futebol mundial. Será que nossos jogadores, dirigentes e técnicos não assistem jogos da Europa?

  5. Análise de forma diferente. A missão de médio prazo para o galo é ser considerado o 3 time mais popular e de importância mercadológica. Se ele vende mais isso é um bom sinal. Temos Pratto, Fred e Robinho. Dá audiência

  6. Mudando um pouco de assunto. Sabem o que me irrita ?
    O galo jogar em casa com o uniforme n° 2 , enquanto o visitante joga com o uniforme n° 1.
    Aconteceu de novo contra o Atletico genérico.
    Palhaçada isso.

    1. Concordo plenamente, Marcos! Em casa é camisa listrada, calção preto e meia branca, e fim de papo! Quem nos visita (inclusive na Liberadores aconteceu isso, contra Independente del Valle e São paulo), é que tem que se adaptar ao uniforme do Galo e não vice-versa. Está na hora do Daniel Nepomuceno acabar com essa palhaçada e com a folga dos visitantes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.