Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Derrota fora de propósito

300x250 - Conecta S DuosFoi feio, sim. O Santos, que no primeiro turno vencemos por um a zero, com nosso time todo reserva, acabou – desfalcado – aplicando uma goleada no Galo. Ainda assim, apesar de tudo, seguimos no G4, agora a quatro pontos do líder e apenas um da vice-liderança. Em que pesem os conhecidos e manjados erros da arbitragem, o Galo não mereceu melhor sorte na partida. O treinador, que tem acertado mais do que errado, desta vez errou na dose. A meu juízo seria, como foi com o Palmeiras, jogo para três volantes.

Apesar do grande número de desfalques do time santista, jogar na Vila Belmiro, não sugere a ousadia pretendida. Contudo, mesmo com o péssimo futebol e, consequentemente, o resultado horroroso, seguimos na zona de classificação para a Copa Libertadores do próximo ano. E isso, ao contrário de outros, sem se preocupar com a parte de baixo da tabela. O Z4, como na região que o Galo se encontra, também promete uma briga acirrada. Mas não é assunto para Atleticano, embora o resultado nosso seja a tônica daquela gente.

Enquanto redigia para este nosso espaço onde “é SÓ Galo”, me divertia com os leitores não-Atleticanos que adoram tudo que se relaciona ao nosso time. Daí, por curiosidade, fui lá dar uma olha na tabela de classificação. Tudo como dantes no quartel de Abrantes. Já disse para alguns amigos americanos esquecerem do Galo, pois, a continuar como está, Minas Gerais pode passar pelo vexame de ter apenas um time na série A em 2017.

Fotos: Bruno Cantini/Atlético

Ontem, com todo respeito ao treinador, por quem tenho grande admiração e consideração, não merecemos sequer o empate. Mesmo considerando, como alguns amigos mais isentos do que eu, que os dois primeiros gols santistas foram irregulares. Ambos, na minha visão – e na do coronel Ernest Soares –, aconteceram com os jogadores santistas fazendo falta nos nossos atletas. Mas esperar que esses juizinhos brasileiros atuem com isenção e ou competência seria pedir muito. Enquanto não se passar a limpo a CBF, será sempre assim. Vergonha!

Que na próxima rodada, atuando em casa, o Galo atropele o xará do Paraná e volte a encurtar a distância para os times que estão à nossa frente. Sinto que o título está entre os quatro primeiros, e como existem dois paulistas, todo cuidado é recomendável. O outro, além do Palmeiras e Santos, é o Grêmio que sempre tem um time chato no Brasileiro. Não cabe mais qualquer vacilo daqui pra frente e a palavra de ordem está no nosso hino. Vencer, vencer, vencer!

26 thoughts to “Derrota fora de propósito”

  1. Tive o cuidado de ler os comentários antes do jogo contra o Santos. Ninguém, absolutamente ninguém, pediu a entrada do Lucas Cândido de cara. Depois da partida, muita gente critica duramente o Marcelo Oliveira por não ter feito isso. E olha que não estou nem falando daqueles que parecem ter uma birra pessoal e gratuita com o nosso (excelente) treinador. Ser profeta do acontecido é muito fácil. Difícil mesmo é entender que num campeonato duro como esse derrotas podem acontecer, como pode acontecer do time jogar mal e de as substituições do técnico não darem certo. Claro que todos têm o direito de emitir a sua opinião, mas entendo que o devam fazer com um mínimo de razoabilidade. A hora é de apoio incondicional ao Galo, que já demonstrou que pode buscar o título do Brasileirão sim! Vamos que vamos, pois estamos no páreo e há muita água para correr debaixo dessa ponte!

  2. Cara, na boa? Já tá chato esse negócio de reclamar de arbitragem! Já deu ne? Eu não vi o jogo. Mas pelo que eu estou lendo por aí o Santos foi melhor e mereceu ponto! Vamos ficar a vida toda choramingando por causa de juiz? A gente sabe que os caram querem ver a gente na lona po!! Temos é que jogar bola e pelo que e eu to vendo jogamos mal. Agora, também concordo que em jogos fora de casa, contra times do G4, não dá pra jogar com Fred e Pratto. Na minha opinião colocaria a Fred no banco e entraria com 3 volantes. E contra o Gremio tem que ser assim senão vamos tomar outra porrada. É meu ponto de vista.

  3. Uma semana antes do jogo Santos e Galo li um comentário de um paulista que o último time que havia jogado contra o Santos na Vila Belmiro com 4 atacantes tinha sido o São Paulo e havia sido goleado. Será que o Marcelo Oliveira não sabia disso?

  4. Grande de Ávila, concordo com vc, o nosso técnico dessa vez não fez a lição direito, achou q os desfalques do adversário eram suficientes pra entrar tão ofensivo. Os caras estavam pilhados. Era joga pra entrar com Lucas Cândido, deixando o Magossuel pra entrar no intervalo no lugar do Robinho – colocava o mago descanado e ainda preservava o Robinho das vaias. Enfim, vamos esperar q sirva de lição para o jogo contra o Grêmio. abs

  5. Boa tarde !
    Acredito sempre…o Galo é mestre de fazer estas atrapalhadas, 3 foi demais sim…porém sofremos faltas.
    Agora isso não importa.
    A pergunta que não quer calar!
    Porque o treinador faz treino secreto e entra com a mesma formação?
    Depois de uma derrota todos nós viramos profetas do acontecido, mais esta claro que existe sim proteção a favro do eixo Rio , SP.

    Foi como o amigo disse: Enquanto não fizer uma limpa na CB Flu e compania será isso ai que estamos até nos acostumando.
    Abraços massa.

  6. O time todo foi apático e jogou mal, em especial nossa defesa, particularmente Leonardo Silva, que há muito tempo vem refletindo sua lentidão nas corridas e reflexos. Está na hora de curtir um banco. No esporte, experiência é muito bom, mas aliada a condição física.

  7. Jogamos mal é verdade, mas fomos, como sempre, prejudicados pela arbitragem. Até quando meu Deus teremos que suportar isto ? Não seria o caso de juntar as federações de MG, Rio G do Sul , Paraná e Pernambuco e criarem uma confederação ?

  8. Quanto ao segundo gol a culpa foi toda do Victor. Como que um cara faz um gol de bola de escanteio de peixinho dentro da pequena área. SAIU DO GOL VICTOR!!!!

  9. temos um grande elenco,infelizmente nosso tecnico nao sabe disso,contra o esporte perdemos dois pontos ,e ontem perdemos mais treis pontos no final vai fazer falta.

  10. derrota horrorosa demais para um time que postula o título ..primeiro tempo ridículo ! …teve até chances no segundo tempo mas … faltou pontaria … o santos joga igual na vila desde da época do pele e o técnico parece não saber o que todo mundo sabe… haaaa se quiser brigar pelo título mesmo vai ter que ganhar esse jogos fora abrir no minimo 9 ou 10 pontos dessa turma do rio e de são paulo ..senão esqueçam !

  11. Por estas e outras que acho o Marcelo fraco tecnicamente. Além de ‘trupicar’ na escalação, a regra três utilizada piorou o que já estava mais ou menos . Vou pagar de isentão aqui não, GALO foi assaltado sim , mas o futebol do nosso time também deixou a desejar . Estamos no páreo e vamos ganhar esta bagaça na raça . SAN

    1. Concordo meu caro. A qualidade do Marcelo como treinador é não inventar. Pode até ser campeão dessa forma, fez isso 2 vezes no time da enseada das garças, mas quando o jogo necessita de uma mudança tática, um algo mais, que ele faça alguma coisa diferente, ele não tem capacidade nem conhecimento para isso. Ontem era jogo pra ter entrado com o Lucas Cândido no lugar do Fred. As substituições também foram péssimas. Outra coisa, espero que o jogo de ontem também tenha servido pros precipitados que querem Carlos César e Fábio Santos de titulares perceberem que nada como um jogo após o outro. Ambos até que marcaram mais ou menos, mas foram péssimos e erraram tudo no ataque. São bons reservas, mas Marcos Rocha e Douglas Santos são titulares absolutos! SAN

      1. Cirúrgico Barros ! Todo e qqer CAMpeão além de estar bem preparado naquilo que se propõe em fazer , trás consigo uma carta escondida na manga para usá-la no momento que menos se espera . Em termos estratégicos, no futebol é como no jogo de xadrez, existe o atacante maníaco – aquele que propõe o ataque insano – sem uma estratégia definida – buscando um grande ganho e/ou uma grande perda . Para vencê-los a abordagem é simples, toma-se o seu tempo,desacelera e encontra algo que eles perderam ao sacrificar a torre/cavalo/bispo ou dama , esta é a punição ao adversário pelo jogo impreciso que ele propôs . Foi assim que o Dorival venceu o jogo … Acredito que vamos lutar pelo título e o GALO tem força para isto …. SAN

  12. De fato, faltou humildade ao Galo. Marcelo Oliveira não pode iniciar um jogo contra os líderes do campeonato com dois centroavantes, e sim com três volantes. Mas preciso fazer duas observações ou indagações: a) o Rafael Carioca está proibido de chutar a gol? b) Porque as cobranças de faltas da intermediária não são feitas em direção ao gol, e sempre pelas laterais; quando a cobrança é direta em direção ao gol, se ninguém encostar na bola ela entra… Quanto ao Clayton nem merece comentário. E viva o Galo!!!

  13. Os gols foram irregulares.
    Se, o Léo Silva segura e imobiliza o atacante, subindo em suas costas, dentro da área, o juiz marcaria penalidade máxima. 🙁
    Se, o Pratto, de forma acintosa, joga o atacante do Santos no chão para tirar a bola da área, o juiz marcaria penalidade máxima. 🙁
    O bico do meião de Robinho estava impedido no lance em que ele, com categoria de sempre, cobriu o bom goleiro santista e marcou um belo gol, anulado pela arbitragem. 🙁
    Então!
    Com o José Roberto Wright, Moro, CUnha, Renan, Malta, Aloysio, FHC, Feliciano, Gilmar, Cármen e tantos outros iguais do Grupo Terrorista Rede Globo, haverá muito o que Temer, meu amigo Eduardo. 🙁 🙁

  14. Estaremos no topo ao final do campeonato. Mas falar que os lances dos dois primeiros gols foram lances de falta é forçar a amizade…em ambos os lances os jogadores dos dois times (defesa e ataque) se agarram e, em ambas, os jogadores do Galo desistem primeiro. Se os santistas desistissem primeiro estariam reclamando de penalidade máxima.

  15. Devemos agradecer ao Bauza por ter convocago o Pratto. E agora devemos agradecê-lo pela segunda vez se ele não deixar o Pratto voltar para cá. Já temos muitos artilheiros que não marcam gols. Não precisa de mais um. Chega.

  16. O mesmo ocorreu com Bruno Tabata, bom jogador da base que pediu 70 mil para renovar, mandaram ele ir embora. Mas, qual e explicação para vir um empresário e colocar Carlos Eduardo (mesma posição) no time ganhando 150 mil. Eduardo e Tabata não foram otários – moral da história: tem empresário dando cartas no Galo, e as cartas são Junior Urso e Carlos Eduardo.

    1. Muito bem colocado, Cláudio Rezende!!! Acho que a base do Galo está precisando de uma renovação em sua direção.

  17. O Galo perdeu um grande jogador para o Internacional “Eduardo”. Ótimo volante com passagens pela seleções de base e que inclusive neste ano foi convocado por Micale para o sub 23. Eduardo foi perfeito em sair do Galo,pois a muito esperava ter mais chances, mas, de repente chega um empresário e coloca o medíocre Junior Urso, que inexplicavelmente entra constantemente no time. segundo informações da imprensa o pensamento do Eduardo foi este: Jogo muito e ganho X, um empresário coloca um cara aqui que não joga nada e ganha 3X. Banana para o Presidente e para os técnico que compartilham com esta falcatrua.

  18. SAUDAÇÕES ALVINEGRAS. Derrota na vila nunca é anormal. Ainda mais se tratando da volta de um ídolo jogando por outro time. O clima era tenso e a torcida lotou a lata de sardinha de tal forma que eu não via a muito tempo. A partir de agora é bom o Galo ir se acostumando a encarar estádios lotados. Todo mundo quer ganhar do time com Fred- Robinho-Pratto e percebe-se que o Galo vem criando vários rivais nacionais ao ponto de nossos jogos serem tidos como jogo de vida ou morte dos adversários. Me lembra muito quando tinhamos R10. O apelo do jogo tem outro clima e com isso os times entram muito mais empolgados contra nós. E isso será uma constante. É bom o elenco se acostumar com isso. Agora é passar por cima do Atlético Paraguaiense, e após isto ir para o sul contra o Grêmio no esquema fechado igual boca de bode. Não podemos dar ao luxo de um quarteto tão ofensivo em jogos fora onde o Galo é tão pressionado. No mais a confiança continua e vamos com fé pois o Galão tá na Briga..

  19. Duro é saber que no próximo jogo o fraquíssimo Urso vai entrar no time, aliás ele não pode ser chamado de volante

  20. Infelizmente, nosso treinador errou na escalação, o Leonardo Silva, errou de forma bisonha no primeiro gol e o juizinho fez o serviço no segundo, que selou o resultado. Mas jogamos mal. Como você disse, não podemos mais falhar!

  21. Bom dia.
    Na minha humilde opinião a disputa pelo título está entre os 6 primeiros colocados, com muita atenção para o Corinthias e Flamengo pois a arbitragem ainda vai dar um jeito de colocá-los no G4, sendo que o Flamengo tem sim equipe para isso.
    Quanto ao Galo, errou quando podia errar…também perdemos ‘feio’ para o Flamengo e depois foram só alegrias…Eu acredito sempre!

    Ah, e para turma cheia de vaidade… ganhando, empatando e até perdendo, o bão da vida é torcer para o Galo SEMPRE!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.