Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Danilo, o cruel, convenceu

DAnilo - segundo gol sobre a Tombense - 04-02-17

Foi um grande alento, mas, da mesma forma que os dois jogos ruins da semana anterior não podiam servir de balizamento ao desespero, a vitória não sinaliza que o time encontrou finalmente o padrão desejado pelo Atleticano. É bem verdade que o time da Tombense é muito melhor do que o América de Teófilo Otoni e que a partida foi fora de Belo Horizonte.

O treinador finalmente ousou e parece ter ouvido a reclamação dos Torcedores. Escalou Pratto e Fred juntos, apesar de o segundo ter sido substituído. Durante o tempo em a dupla que esteve em campo deu pra perceber que é possível sim a escalação de ambos. E jogadores como Gabriel, Otero e até Felipe Santana parecem ter percebido que o Atleticano não permite desinteresse em campo: tiveram outra performance na partida. O novo zagueiro ainda cometeu um ou outro deslize, mas prefiro debitar a instabilidade ao tempo em que esteve inativo. Que cresça(m) muito ainda para a temporada.

Geovani jgo Tombense 04-02-17
Fotos: Bruno Cantini/Atlético

Entre os que atuaram nas três partidas, se tem um que é unanimidade nas resenhas, é o goleiro Giovanni. Reserva de Victor, desde a chegada do ídolo em 2012, o substituto nunca fez qualquer movimento de reação pela sua condição. Passou o ano de 2015 todo sem uma única atuação, pois Victor jogou todas as partidas da temporada. Jamais reclamou. É um exemplo para alguns que reclamam ou calçam chinelinho. Por outro lado, Carlos Eduardo, no tempo que ficou em campo, mostrou exatamente aquilo que todos já conhecem. Nada!

Entre os 14 jogadores que entraram em campo, destaco o estreante Danilo. Confesso que não coloquei muita fé no jogador, quando anunciada sua contratação. Via-o apenas como reserva imediato de Fábio Santos e para, eventual e emergencialmente, atender no meio de campo. Ontem foi escalado desde o início e marcou dois gols, sendo que o primeiro ainda no início da partida. Se foi cruel na decisão do Campeonato Mineiro de 2016, quando marcou todos (três) os gols do América e nos tirou o título, agora mostra que sua contratação foi acertada. Que continue assim.

Teremos nesta semana dois jogos com a presença do Atleticano em Belo Horizonte. Quinta-feira, pela Primeira Liga, e domingo, pelo Mineiro, pegamos Joinville e Uberlândia no Horto. Serão duas oportunidades para o time tentar apagar, definitivamente, aquela imagem das duas primeiras partidas. Vencendo e convencendo, os jogadores devolverão a confiança que o Torcedor sempre depositou na equipe. Afinal, para irritação de alguns, somos a Torcida do “eu acredito!”

Outro fator que irá motivar o Torcedor, na quinta e no domingo, é a provável escalação do Elias, nossa mais recente contratação, que deverá dar o equilíbrio que o meio de campo tanto precisa. Um meio de campo eficiente, com certeza, não deixará a nossa defesa tão exposta quanto nas duas últimas temporadas.

E na defesa, considerando que os dois zagueiros ontem tiveram atuação muito melhor que as recentes e ainda temos o Léo Silva (que ficou no banco) e Jesiel (virou uma esperança entre os Atleticanos), fica adiada, por enquanto, a necessidade de reforçar o setor. Tomara que a solução esteja em casa. Caso contrário, a diretoria terá de gastar com mais contratações.

Assim, a quase goleada de ontem, em que pese durante a partida o time ter sofrido dois apagões, no final de cada tempo, serviu para deixar o Atleticano ter um domingo mais leve e renovar suas esperanças na temporada. Queremos os dois títulos menores, Mineiro e Primeira Liga, e exigimos a Copa do Brasil, Brasileiro, Libertadores e, como consequência deste último, levantar o troféu no Japão.

Aqui é SÓ Galo!

A propósito, não posso deixar de registrar o enorme contingente de não-atleticanos aficionados pelas coisas do Galo. Diariamente, o monitoramento do Google e os comentários agressivos ao blog e ao blogueiro confirmam ser este blog leitura preferencial de torcedores de clubes menores.

ObriGalo!!! Voltem sempre!

27 thoughts to “Danilo, o cruel, convenceu”

  1. Bom dia caro Eduardo,

    Discordo apenas de duas coisas, entre os jogadores que citou que estavam fazendo corpo mole eu não acho que Gabriel seja um deles, o garoto pra mim está voando desde o ano passado e já é em minha opinião o melhor zagueiro do galo, claro que é fase, e ele está em ótima fase, com muita confiança. Além de técnico se posiciona muito bem e ontem ainda conseguiu uma assistência linda, digna de craque da zaga. E Otero, apesar de ter jogado pouco, mostrou que tem vontade, raça, voltando pra marcar e aproveitando-se de sua condição física superior já que entrou no segundo tempo com o time adversário já cansado e ajudou muito na marcação pra evitar surpresas desagradáveis, fora o golaço. Nessa lista coloco Rafael Carioca, que desde que foi convocado não entrou mais em campo, parece que aposentou depois de jogar pela Seleção e Cazares que até agora não foi o jogador que se esperava, inclusive concordo com outros ai que disseram que precisamos de um camisa 10, depender de Cazares pro ano todo vai ser triste.

  2. Longe do ideal o que esse time do galo está jogando, olha o que o time de Santos fez no último jogo, atacou bem, defendeu bem, tabelas rápidas etc…
    Galo não jogou com ninguém ainda, escapou de uma goleada contra o cruzeiro e ainda não mostrou um futebol vistoso.
    É cedo para criticar, espero que melhore logo.

  3. Boa tarde a todos,
    Meu Deus, meu Deus, meu Deus, a que ponto chegamos já tem gente achando que o Danilo é a resposta, a solução para o nosso meio de campo, o cara faz um bom jogo de estreia contra o poderoso Tombense e só. Ele é no máximo um reserva razoável para o Fábio Santos. Sobre o esquema do Roger ontem achei perfeito, só falta agora a contratação de mais um volante de qualidade para fazer o losango com Rafael Carioca, Elias, esse volante contratado e Robinho centralizado fechando o losango, no ataque eu colocaria Luan e Pratto. Com relação ao Danilo digo novamente, vamos com calma pelo amor de Deus.

  4. Fala Daniel Silva Atleticano dos dos bons!
    Eu já estava chutando o balde pois sei que precisamos de reforços e sei também que com a janela internacional fechada dificilmente virão agora, então comecei a pensar soluções dentro do próprio elenco e busquei inspiração no Chelsea que depois que mudou o esquema ficou imbatível com os mesmos jogadores em um 3-4-3 nesse esquema o Gabriel é nosso libero vai arrebentar pois tem muita qualidade para isso, fica assim:
    Leo Silva, Gabriel, Felipe Santana (3)
    Marcos Rocha, Elias, Danilo, Fábio Santos (4)
    Pratto, Fred, Robinho que pode tanto cair pela esquerda como flutuar entre as linhas formando um 3-4-1-2 percebeu que mesmo sem um camisa 10 estamos com o meio forte, percebeu a proteção na zaga, percebeu nossos melhores atacantes jogando junto, percebeu que os jogadores que não estão rendendo foi tudo pro banco Carioca, Clayton, Maicosuel, Cazares vai tudo comer um banquinho e suar para arrumar lugar no time.
    O Roger Machado ainda não comprou minha idéia mas esse esquema 4-3-1-2 também me agrada e me devolveu a confiança e a esperança vai pra cima deles Galooooo!

    1. Pois é Paulo, só falta arrumar uns gramados ao estilo que o Chelsea joga… heheh Brincadeiras a parte, acho que é uma boa opção também. O Roger vai ter que inovar, já que tem nas mãos alguns problemas como: Pratto e Fred, falta de um 10 de ofício, inconsistência de Cazares, Robinho sem perna pra jogar pelas beiradas.. enfim, acho que o nosso treinador tem capacidade pra isso, resta saber se os jogadores vão assimilar.

  5. Eduardo e amigos do blog, o que mais me deixou feliz não foi a vitória em si e sim a mudança do esquema isso sum foi fundamental para vitória e para o futuro do Atlético.
    Fiz campanha aqui mesmo no blog para o Roger Machado se inspirar no Chelsea e armar o time no 3-4-3 ainda acho esse sistema o melhor e o Chelsea e a Juventos são a melhor prova disso.
    Mas já é um começo o Roger Machado armou o time no 4-3-1-2 com variação para o 4-3-3 com três volantes no meio campo, é um esquema parecido com o 3-4-3 do Chelsea e o time foi muito bem.
    Lembrando que o time já tinha jogado assim várias vezes ano passado tanto com o Aguire quanto com o Marcelo Oliveira e o time foi muito bem nesse esquema inclusive ganhando do Palmeiras lá dentro.
    E por falar em Palmeiras o Palmeiras do Cuca só engrenou e foi campeão Brasileiro depois que o Cuca mudou o esquema e passou a jogar com três volantes no 4-3-1-2 com variação para o 4-3-3
    Esse é o caminho, com essa mudança no esquema mesmo sem os reforços pontuais que precisamos, que se vier vai ser só no meio do ano, vamos buscar os títulos o que vai estava atrapalhando o time era o esquema, o Marcelo Oliveira morreu abraçado nele 4-2-4-1 e o Roger Machado cometeu o erro de começar assim.
    Ainda bem que o Erro foi corrigido e eu acredito!
    Pra mim o Danilo ganhou posição o Carioca que abra o olho!
    Vamos apoiar o trabalho do Roger Oliveira nesse esquema vai dar certo, hoje percebo que fomos influenciados pela mídia que é formadora de opinião e injustos com o Aguirre, ele gostava desse esquema, obteve vitórias e foi criticado, mas hoje tirando o 3-4-3 no qual acho o melhor esse esquema do Aguirre, Cuca Palmeiras e Roger Machado Galo 2017 encaixou muito bem com esse elenco 4-3-1-2 com variação para 4-3-3 com três volantes
    Agora é apoiar e dar tempo ao Roger Machado espero que 4-2-3-1 com esse time NUNCA MAIS
    Saudações! !!

  6. Bom dia Eduardo e Atleticanos do blog. O Danilo ainda vai dar muitas alegrias ao torcedor pode apostar, principalmente porque veste o manto sagrado com orgulho. Roger parece que acordou que AQUIÉGALO e não Gremio, porque senão sua estadia seria curta, tem muito trabalho pela frente ainda , mais com o apoio da massa e escalando o time mais ofensivo temos tudo para conquistar os titulos tão sonhados este ano. Vamos Galoooooooooooo!!

  7. Danilo já tá perdoado pelo que fez ano passado.
    Gostei muito do Ralph. Só 18 anos e demonstra muita personalidade.

  8. Eu fixaria o Pratto na camisa 8 no
    papel que fazia o Leãodro Donizete. Ai o Fred vai rendcer bem mais se não me engano.

  9. Confio no elenco, falta encaixar melhor a marcação no meio de campo, de resto vai, é só uma questão de tempo.

  10. Discreta evolução do time. O ataque produziu bem, mas a defesa continua muito vulnerável.
    Pratto não pode ficar de fora nunca, afinal de contas é o jogador mais valioso do elenco. A posição que rende mais é segundo atacante, nada de ficar paradão entre os zagueiros, como foi escalado no clássico.

    Boa estreia do Danilo, jogou muito e certamente vai brigar por posição.
    Por outro lado, Felipe Santana foi mal de novo (terceira seguida). Ele é atabalhoado e está completamente fora de ritmo. Não sei se vai evoluir tanto como alguns pensam.
    Outro que mostrou toda sua falta de qualidade foi Carlos Edurdo. O empresário desse cara é um fenômeno! Por curiosidade, fui pesquisar e descobri que é o mesmo agente que trouxe Clayton. Lembram-se do leilão que houve entre Atlético, Palmeiras e Corinthians naquela negociação? Pois é, mui amigo este sujeito.

    Agora é torcer pela entrada rápida de Elias no meio campo (este sim será reforço) e aguardar a melhora do padrão de jogo até o início da Copa Libertadores.

  11. Bom dia, Ávila! 🙂

    Pratto e Fred serão os pratos da balança, tendo a MASSA como o fiel?
    Ano passado a coisa pegou!
    Marcelo desnivelou na tentativa de ajustar o equilíbrio no time! 🙁
    O Roger pode usar o Robinho, Elias e agora, até o Danilo para ajustar e não deixar a balança desequilibrada? Será?
    Victor é dona da posição
    Marcos Rocha, parece ganhar ritmo.
    Fábio Santos assumiu a responsabilidade.
    A zaga só precisa de “zaga” no meio para conter o bombardeio adversário com qualidade.
    Falava-se se muito do General, mas, sem o Pierre ele só ficou com os louros, perdendo.
    Vi evolução e passei acreditar, moço! 🙂
    Cabrito.

  12. Como a imprensa mineira tem má vontade com o Galo, apenas 2 jogos e um mês de trabalho e já estão crucificando o Técnico Roger Machado, tem jornalista que escreveu que a situação está preocupante, acredito e espero que daqui a algumas semanas quando o time estiver mais entrosado e usando a filosofia de jogo do treinador, a situação vai ficar preocupante será para os nossos adversários.

  13. Quanto ao jogo de ontem, prefiro somente pontuar a atuação do Danilo que através de obediência tática e muita vontade, conseguiu em sua estréia fazer dois gols e dar uma assistência para o lindo gol de Otero. Para destacar mais peças do time precisamos de tempo e mais partidas e isto servirá também para o próprio Danilo. Que o time vai evoluir isto é fato, visto que terminamos o ano mal e começamos mal também, só resta saber se a evolução transformará em time campeão.

  14. Parece que cada vez fica mais evidente: com as estrelas cadentes não vamos a lugar nenhum. Fred, dois jogos e nem o mísero chute a gol. Pratto, quando veio para o Galo chutava feito jogador europeu, chute forte. Ontem, frente a frente com o goleiro fez o que o Tardelli fazia o tempo todo, deu um peteleco anêmico (pelamordedeus não voltem com o Tardelli). Robinho é o Robinho de sempre. Sempre jogou muito no Estadão e na Folha de S.Paulo. Precisa voltar urgente para o Santos. Outro que tem tudo para entrar para o time das estrelas cadentes é o Elias. Tomara que eu esteja errado. Continuamos precisando de um atacante de verdade. Com Fred e Pratto, melhor esquecer os torneios de verdade. Rafael Carioca só é considerado craque pelo Tite. O mesmo que disse que Robinho está voando. Temos que nos lembrar todos os dias: raciocínio para 7 x 1.

    1. …JTF, vc acha que engana alguém?….que tremedeira em menino….kkkkkk…..atleticano criticando tardelli é quase impossível de se achar….aquele gol na final da Copa do brasil ainda tem maltrata por dentro hein amigo….kkkk

  15. Bom dia Eduardo! A vitória serve pra aliviar um pouco o estresse das duas primeiras partidas do ano, mas não convenceu quanto às necessidades para o grupo dessa temporada. Continuo achando que é necessário um zagueiro bom e experiente, pois depender somente da segurança e estatura do Leo Silva para a temporada inteira é muita ingenuidade. Se em um momento decisivo ele estiver contundido ou suspenso, fica complicado.

    Antes mesmo de um volante, acho prioridade um zagueiro. O Gabriel, no lance do gol ontem mostrou velocidade e agilidade pra fazer o passe. Quem sabe ele não possa ser um volante suplente? Acho que seria um bom “cão de guarda”, como foi Pierre. O Jesiel, que teve poucas oportunidades, pode ser uma boa surpresa para a zaga, mas tá muito em cima da hora pra apostas. Precisamos de um zagueiro experiente. Até porque já temos uma aposta em jogo, que é o Felipe Santana. Em uma temporada com Libertadores não é pra se apostar e sim entrar pra ganhar. O Erazo não passa segurança; além disso, tem se contundido com frequência, sempre é convocado pela seleção do Equador e ficamos com um zagueiro a menos em diversas ocasiões.

    O Danilo mostrou muita vontade ( desde os tempos do América), presença de área e boa finalização. Se não houver mesmo um reforço do camisa 10, talvez a saída seja escalar o time com um losango no meio, sendo Carioca, Elias e Danilo, o Robinho atuando centralizado buscando as jogadas no entorno do círculo central e com chegada no ataque ( com Cazares disputando posição ) , Fred e Pratto na frente. Mas pra isso, um dos laterais tem que apoiar ofensivamente, para que o time fique travado pelo meio. Ou seja, vai alternando as jogadas pelo meio e pelas pontas.

    Nesse caso, o time seria: Giovanni ( que merece muito reconhecimento pelo trabalho e pelo profissionalismo ), Leo Silva e F. Santana, M. Rocha e F. Santos, Carioca, Elias e Danilo, Robinho, Pratto ( atuando como segundo atacante, fazendo a flutuação com apoio do lateral e do Danilo ) e Fred jogando dentro da área. A hora de testar e pegar entrosamento é agora, durante o Mineiro e “Premier League”, pra chegar na Libertadores voando. Entrosamento e compactação são fundamentais. Porque desta forma, as substituições ( exceto em casos especiais ) durante o jogo seguem uma lógica fácil dos reservas assimilarem. O cara já entra sabendo o que vai fazer.

    E vou ser chato mais uma vez e insistir… o grupo precisa ser desinchado. Não há espaço para Clayton, Hyuri e Carlos Eduardo no mesmo grupo. Totalmente desnecessário. Já temos Maicossuel, Luan e Otero, que pra mim são reservas imediatos.

    Um último detalhe… Chute a gol. O Otero precisa arriscar mais, tem ótimo chute de fora da área. Ainda que ele seja um jogador que rende mais entrando no segundo tempo, tem que incentivar isso sempre. Lembrando que o Fred é ótimo em rebotes. Centroavante é pra isso.

    Um ótimo domingo a todos! Vamo Galo!!!!

  16. Cazares, Robinho, Pratto, Fred, etc., quem mais for. Nunca vi eficiência como a do Danilo. Na final do ano passado, seus chutes fizeram o América campeão, porque aquele timinho só ficava retrancado. E o Danilo quando tenta, faz! O Roger deveria fazê-lo instrutor de finalização.
    Estamos no caminho certo, e vamos ter muitas alegrias neste ano.

  17. O garoto Ralph de 18 anos tem potencial e precisa ser lapidado, vem entrando e mostrando personalidade. Para mim é mais promissor que Yago. Trabalhando teremos um bom “volante”.

  18. Sempre otimista Eduardo. Danilo ainda terá muito tempo para mostrar futebol para ser titular do nosso Galo. Foi uma boa vitória, só isso, o time não mostrou evolução no meu pensamento e visão do jogo.
    Quanto as marias mijonas não se preocupe, elas querem é gritar Gaaaalloooo… sonham diuturnamente com esse grito em suas cabecinhas vazias.

    1. Eu também acho. Mas se não vier esse 10 ( o que pelo jeito realmente não vai acontecer ), no mínimo o Robinho tem que fazer essa função. Com Cazares disputando posição com ele, acho que vai ser uma solução. Ele tem potencial pra jogar ali no meio, basta ter vontade e dedicação. Isso é um trabalho a ser feito pela comissão técnica.

      Outro problema a ser solucionado é a questão Fred e Pratto. Acho que o Roger já percebeu o rojão que a diretoria deixou pra ele resolver e vai tentar escalar os dois. Na minha opinião, Pratto jogando de segundo atacante ( mesmo que ele tenha que cansar mais pra recompor ) é mil vezes mais produtivo que qualquer outro que entre ali na frente. Nem vou citar nomes.

    2. Aguardo confiante e esperançoso a chegada do Tardelli. Pra jogar como ontem, Tardelli no lugar do Cazares, Elias no lugar do Yago e Robinho no lugar do Fred. Pra ousar mais, tiraria o Carioca e deixaria Danilo e Elias de volantes, com Cazares e Tardelli na armação e Robinho e Pratto no ataque. Se Deus quiser, ainda vou ver essa escalação. Apesar do erro do Felipe Santana no clássico, ainda acho que a dupla de zaga será ele e o Léo Silva, mas o Gabriel tá mostrando seu valor. Se o Roger preferir ainda pode jogar com os 3, tirando o Carioca e soltando mais os laterais. Assim, eu escalaria: Giovani, Léo Silva, Gabriel (líbero) e Felipe Santana; Marcos Rocha, Elias, Danilo ou Luan, Cazares ou Tardelli (se vier) e Fábio Santos; Robinho e Pratto. 3-5-2 ou 3-4-3 com o Tardelli ou Cazares mais solto. Os nossos laterais apóiam muito e revezariam com os volantes na cobertura.

  19. Bom dia, Eduardo e demais atleticanos que tornam este mundo um lugar feliz.
    Pois é, o Danilo descontou dois dos gols que fez no Galo. Agora só deve um e os juros de compensação. O Rafael Carioca tem uma coleção de caretas impressionante. Fica o jogo inteiro fazendo careta e reclamando e no final do jogo conseguiu até ficar mancando. O banco de reservas é um lugar excelente para ele. O Giovani foi o mesmo de sempre. Discreto, seguro e tranquilo. Como eu acredito que o Victor não volta mais e se voltar será para provar que não vai superar essa lesão, estamos por enquanto tranquilos. O Gabriel, com o time um pouco mais equilibrado consegue mostrar o seu futebol. No clássico ficou devendo porque não dá para jogar sozinho. O Felipe Santana com mais jogos vai encontrar o equilíbrio e ainda vamos aplaudi-lo. Marcos Rocha, Fábio Santos, Fred, Cazares, Clayton, Maicossuel, etc. Vamos entregar para Deus para ver como é que fica. No mais, dá para chegar na final do Mineiro e talvez na final da liguinha. O que tá difícil é gritar Galo. Por enquanto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.