Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Ao mecenas o que é de mecenas

Assim como no evangelho foi atribuída a Jesus a frase “a César o que é de César”, o Atleticano sabe reconhecer o valor e a importância desse aporte financeiro dos 4Rs ao Galo. Ao que sinto, percebo e ouço, não fossem Rubens, Rafael, Ricardo e Renato – seguramente – seriam dois mineiros em processo falimentar.

Pessoalmente, todos eles, na ordem acima, merecem minha eterna, silenciosa e reconhecida gratidão. Já os vi, claro, mas se troquei meia palavra com algum deles foi com o Ricardo Guimarães, sempre nos jogos, com o bom amigo Hissa Moyses. Nenhum deles sabe quem sou e tampouco temos qualquer interesse comum. O que nos une é a casualidade de amarmos o mesmo time dos nossos corações.

Faço essas considerações para entrar no assunto que me motiva neste sábado romântico – dia dos namorados – em que comemoro minha relação com o Galo desde meados dos anos 60. Durante esses mais de 50 anos, já contei aqui que vivi momentos de muita instabilidade, em que, geralmente, virava as costas em derrotas imperdoáveis, me reconciliando no dia seguinte. Atualmente, diferente de tempos passados, um pouco mais amadurecido – nem tanto – não anuncio mais rompimento, no máximo durmo mal humorado.

Pois bem, reafirmo, não fosse o apoio e aporte financeiro desses abnegados Atleticanos, não estaríamos – neste 2021 – com o Mineiro já conquistado, imaginando reconquistar o Brasileiro e avançando nas Copas do Brasil e Libertadores, e decorrente dessa última até sonhando com o mundial de clubes. Se destaco os dois Menins, na minha lista acima, reconheço no Guimarães também um interessante e imprescindível aliado.

Atlético/Divulgação

No meio dessa semana, duas notícias motivaram o Torcedor a projetar mais avanços no futuro. A primeira delas, numa ação fulminante dessa diretoria (Sérgio Coelho e José Murilo Procópio) e nossos benfeitores, chegou-se a um acordo – quase unilateral – que liquidou a dívida com o dono do BMG. Do total de 155 milhões, o valor teve 70mi de abatimento, restando 85mi, sendo que desse montante exatos 65mi serão quitados em forma de patrocínio. Vale dizer, o Galo vai desembolsar 20 milhões em quase cem parcelas mensais de 175 mil reais. Negócio de pai para filho. Perdi meu papai quando estava com 19 anos, ainda aceito ser adotado por um deles.

Então, caríssimas e caros, notadamente aos que questionam o investimento desses Atleticanos, “feliz é o Galo que conta com a generosidade de seus mecenas”. E, com todo respeito a quem pensa diferente, creio e/ou intuo que (agora refiro ao segundo fato da semana) com a aprovação do projeto que cria o clube empresa, possibilitando uma Sociedade Anônima do Futebol, quem mais vai se beneficiar no Brasil será o Clube Atlético Mineiro. Temos uma situação estável, graças a esses mesmos investidores, o que assegura ao Galo um extraordinário valor no mercado da bolsa de ações e títulos mobiliários.

Nossos maiores credores, pós acordo com Ricardo Guimarães, são a família Menin e dívidas equacionadas e negociadas com o governo federal. A grosso modo, imaginemos que as empresas ou mesmo as pessoas físicas destes mecenas, resolvam investir recursos na compra desses títulos. É evidente que sim. São ações reguladas pela Comissão de Valores Mobiliários e assegurariam o aporte financeiro imediato de vultuosos recursos numa gestão total e absolutamente profissional como em grandes empresas.

Como no meu caso, e da quase totalidade da Massa, na nossa condição é de mero Torcedor, vamos – indubitavelmente – desfrutar de uma administração que terá como meta o superávit nos balanços financeiros e como consequência o que sempre quis do meu Galo. Vitórias e títulos! Temos tudo para dar certo. Com todo respeito, diferente de outros times menores, os empresários bem sucedidos Atleticanos demonstram serem muito mais faustosos e até magnificentes que a concorrência. E vou reclamar disso? Nunca!

Bem-vindo aos 49,9% das ações do Galo na bolsa, que quita algo entre 25% a 30% do que devemos aos investidores e ainda assegura o aporte de 70% a 75% em dinheiro vivo para o equilíbrio definitivo e garante o nosso futuro. De minha parte, seguirei torcendo como sempre, quitando meus cartões GNV e cadeiras cativas, com muito mais sacrifício que esses milhões que Rubens, Rafael, Ricardo e Renato têm derramado em busca do nosso sonho comum.

Tudo que quero é aquilo que tanto me pertence quanto a eles e ao mais simples Atleticano que acompanha o nosso time pelo seu radinho de pilha, ou seja, comemorar e festejar todas as alegrias que o Galo me proporcionar pelo resto da minha vida. Diante disso, embora pouco se fale sobre esses Torcedores abnegados, obriGalo pelo que têm feito. Que Deus lhes deem vacina e longa vida.

Em tempo: fui cobrado recentemente por sempre dizer aqui neste espaço “Estádio do Galo” e não “Arena MRV”. Pois que, para minha pessoa o que vale é o estádio do meu time, mesmo reconhecendo que não seria possível sem eles, mas torço é pelo Galo – de camisa listrada em preto e branco – e não para mecenas, embora lhes renda e tenha pleno reconhecimento. Ao Atleticano o que é do Atleticano!

*fotos: Divulgação/Atlético

26 thoughts to “Ao mecenas o que é de mecenas”

  1. OS NOSSOS ADVERSÁRIOS JÁ DESCOBRIRAM O NOSSO PONTO MAIS FRACO.
    É BOLA CHUTADA DE LONGE , DE FORA DA ÁREA.
    SE ACERTAR NO GOL A BOLA ENTRA , O NOSSO GOLEIRO ACEITA TODAS.
    OU O GALO CONTRATA UM GOLEIRO , OU 2021 PODE SE TRANSFORMAR EM UM 2020.
    QUANTO A SAVINHO , PARECE SER MAIS UM RENAN OLIVEIRA OU UM BRUNINHO.

  2. PARABÉNS EDUARDO .
    IRREPARÁVEL O SEU TEXTO DE HOJE.
    OS 4 R , EM ESPECIAL RUBENS E RAFAEL MENIN , QUE JUNTOS COM RICARDO GUIMARÃES ESTÃO LEVANDO O GALO A UM PATAMAR INTERNACIONAL DE ORGANIZAÇÃO.
    SEREMOS UM DOS TIMES MAIS PODEROSOS DA AMÉRICA EM UM CURTO ESPAÇO DE TEMPO.
    E VIVA OS 4 R.

  3. Caros,

    Amanhã é dia de decisão:…vai NOSSO GALO!!!

    No treino apronto da 4ª feira contra o valoroso Remo ficou claro a seguinte situação: “Qq chute de meia distância é indefensável para o nosso GLU GLU (Q piruzeiro do caralho, viu sô!, todo jg é a mesma coisa – e a turma de olho na cor do calção, da chuteira, se O Bom Cuca tá roendo unha ou tá de graxa no cabelo, hein?..tem mais alguma coisa? Ah! oh uh antigamente era tão bom, no meu tempo num tinha prá ninguém…FORA FUTEBOL MODERNO!)…

    HJ é o dia universal daquele q é o símbolo da confiança, o último recurso, O DIA DO ARQUEIRO! Vamos homenagear!!! VIVA!!!

    O contrário é o GLU GLU: outra já adiantano, aproveitando vacilo do pessoal do calção: proibir o MEQUETREFE de jogar com aquelas CHAMATIVAS cor de abóbora FOSFORESCENTE e cores desse naipe. Vai discreto, fi, tenta chamar a atenção pelas defesas q vc ñ é capaz de fazer, seu FRANGUEIRO do caralho!

    2 alternativas: REFORÇAR a cabeça de área, ou melhor, O SISTEMA DEFENSIVO geral, desde a saida de bola lá em cima…a bola n pode ser chutada, é simples, se for meia altura forte, um pouco pro lado, ela vai entrar…futebol brasileiro é futebol de nego matreiro e eles vão experimentar de longe, vendo q o MEQUETREFE tem o braço mole e ajoelha (nunca vi nego rezar tanto, é reza antes, reza depois, se a bola entra reza, se o adversario chuta na lua, reza.. CRUZES! oh Cuca, essa prezepa ai é sua, hein?)

    Podem pensar q eu tô azarando (Tô mesmo?) Pensem? O perna de pau do patrick, nessa de cara do bem, familia, a sabe fazer nome do pai, igrejeiro da igreja do Pastor pipoca e outras prezepadas, ficou no clube por 10 longos anos, sem nenhuma vantagem, a ñ para ele e sua FAMIGLIA!…outro dia o pessoal da TV falando q patrick é idolo aqui, deixou saudades…CRUZES!!!

    Obs.: O Mecenato sabe muito bem q negócio do CLUBE ATLÉTICO MINEIRO é VENCER VENCER VENCER, ñ existe alternativa. Aquele q renega isso ñ passa de um COVARDE, medroso de questionar os “DONOS”, conversa mole…ñ existe essa de trocar LOURDES por um campinho na marginal Camargos e tá tudo certo…Porra nenhuma! E os REFORÇOS prometidos! Se ñ ganhar título, se o clube ñ voltar a VENCER as consequências são terríveis para o futuro atleticano, q nunca se esquece de 05 (construir estádio ñ apaga isso, o q resolver é VENCER COMPETIÇÕES! FATO indiscutível!..o torcedor q vem ñ pode se TRAVESTIR torcedor de um Clube riquinho mimado e q na hr agá ENTREGA A RAPADURA, assim como entregou o patrimônio LOURDES! Ainda tem a lojinha e a SEDE, mas e a sede dos MECENAS?… Vamos MECENAS, o tempo RUGE! Queremos o BR!

    Obs. futebol lindo! NÃO posso deixar de deixar o meu CHUPA MARIA aos simpatizantes e infiltrados!

    NÃO BASTA EXISTIR, tem q competir, tem q lutar e VENCER VENCER VENCER! Melhorar o plantel, desequilibrado, SEM GOLEIRO de verdade! Vai MECENAS, gente fina e abnegada!!!

    Abs!

  4. Em 113 anos desde a sua fundação,parece q brevemente teremos a re-fundação do @Atletico,q deixará de ser o GALO de ouro, seleção do povo para ser o GALO/SA. Fico a pensar_caso estivessem aqui e agora_ como reagiriam a esta possibilidade personagens q ajudaram a Instituição ser o q ela era até ontem,o hj já não conta! Amílcar Babuy, Valdir Pereira, Chico Neto, Eugênio Medgyessy_ nossos primeiros treinadores_ e tantos outros q deixaram sua assinatura na História de um Clube q foi criado para o povão e q em breve se tornará um clube voltado p o mercado financiero. Duro vai ser ouvir destes caras,num momento ruim do time, qdo houverem cobranças algo como: “o clube É MEU e faço dele o que EU quiser,desde q minhas AÇÕES não estejam em risco.” Tem vivente comemorando o abatimento da dívida com um camarada q não fez outra coisa na vida a não ser aumenta-la e ainda f0$&r com a Instituição. Nada a ser comemorado qdo o credor só muda de nome e a exploração da mina de ouro continuará com seus velhos pares. Esse almoço vai sair caro demais e nem vendendo a janta ele será de “grátis”. O tempo dirá!
    Cadê a po##@ dos reforços necessários ou irão esperar as ações galo/sa se valorizarem p tirar a busanfa da cadeira e verem q este time carece deles, cadê po##@?
    Saudações Atleticanas
    VERGONHA na cara e GALO time de preto e favelado Sempre!

  5. boa tarde Eduardo e massa. muito bom. todos nos sabemos quem são dono do galo e quem estão pagando a dividas do galo. se não fosse os 4 RS o galo ja estava no fundo do poço a tempos. mas não a almoços grátis um dia a conta chega. uma pena que os donos do galo não percebe de futebol e penso eu que percebe é de milhões. rsrs.mas donos do galo se não vier reforços pontuais vamos ficar nem no cheiro este ano em títulos. aliás aonde estão goleiro. zagueiro. lateral direito e camisa 9 que sabe fazer gols se não vieres estes reforços esquecem títulos. o mineiro ja foi mas queremos mais. ótimo final de semana para todos amigalos. a galo não nos decepcione mais. vai galooo.

  6. Concordo na maior parte do que o blogueiro escreve. Também não conheço os mecenas, a não ser pela mídia. Conheço, sim, há mais de quarenta anos, o Murilinho Procópio. Hábil advogado atleticano, muito amigo e advogado de alguns dos mecenas. Morador do mesmo prédio do Ricardo. Tudo isso se soma, é claro. Mas, mantenho a discordância com a venda do Diamond. Suponho que poderiam ajudar, tendo em troca os patrocínios, sem vender o patrimônio que, a meu ver, faria do galo, quanto retornasse a renda toda para o Galo, único dono do Shopping, o maior clube do Brasil, sem dúvida alguma. E, que me desculpem os que pensem em contrário: não existe mesmo almoço de graça! Claro que esta marca GALO DÁ O RETORNO COM A MAIS ABSOLUTA CERTEZA!

  7. O caso dos quatro empresarios que ajudam o galo, suscita, na minha opinião de torcedor, uma imensa e dolorida dor de cotovelo nos restantes dos clubes e na mídia esportiva , que volta e meia soltam materias pra tentar conturbar nosso ambiente. Não aceitam e pronto , sonham que esta parceria dos mecenas deveria ser estendida a seus clubes protegidos pela madrasta cbf e por esta rede lixo de televisão. O curioso é que jamais questionaram a ajuda em patrocinio para todos os times do eixo , pelos mesmos mecenas atleticanos. Nunca tivemos estampadas em nossas camisas produtos nacionais, estatais nos ajudando, (, numa ofensa ao povo brasileiro,) nunca tivemos favorecimento algum em qualquer nivel . Ao contrario , o que foi nos surrupiado na mão grande , os titulos subtraidos na decada de oitenta nos deram imensos prejuizos . São tão sem argumentos que chega a ser patetico. É como se dissessem : porque Ricardo Guimaraes e Rubens Menin não nasceram curintianos , flamenguistas , são paulinos ? A ajuda financeira que nosso clube recebe , está acompanhada de contrapartidas , felizmente , de respeito às leis trabalhistas, de transparencia , de fim dos negocios nebulosos e lesivos ao clube , de cobrança do mais humilde funcionario ao jogador que recebe milhoes ,ao saneamento do clube e fiscalização do transito de empresarios de jogadores. E , esperamos, torcendo e rezando, pelo fim de administrações desastrosas

  8. Bom dia!
    Conheci e me apaixonei por um Galo pobre, enquanto o ex rival, o nano micróbio azul era tido como rico, ou pelo menos ter suas contas equilibradas, até surgirem gângsters que destruíram por completo a vida do finado.
    Chego aos 59 anos vendo meu time rico e disputando tudo.
    Posso dizer que estou duplamente feliz no dia dos namorados.

  9. O nosso CAM S/A que já é uma realidade, têm tudo pra se tornar uma potência no futebol…

    O clube é um gigante no cenário mas falta aquele salto de qualidade no que tange a administração financeira e essa, com a entrada dos mecenas, que de bobos não têm nada, vai finalmente sendo bem trabalhada para um futuro totalmente equilibrado fora de campo e vencedor dentro dele…

    Quem viu o nosso CAM do passado sendo administrado num amadorismo absurdo e vê hoje em dia que as mudanças são notórias na tentativa de equacionar as dívidas e ainda conseguir montar um time qualificado, se enche de esperança por dias de glórias a frente!!!!!

  10. Bom Dia! Realmente não e possível se OPOR à esses abnegados Atleticanos. Estádio do Galo ou, arena MRV. No meu entendimento que PAGA, tem direito ao “nome.”
    Entendo também que, o nome de “batismo” uma questão irrelevante. O importante é ter a “casa própria.”

    1. Todo negocio administrado com seriedade honestidade, amor e simplicidade só tem um caminho : SUCESSO. Vamos respeitar esses atleticanos RRRR ok moro aqui nos Estados Unidos mas sempre estou de olho . Parabéns primeiro para os RRRR depois para a massa. Clube Atlético Mineiro o galão de minas.

  11. Salve massa e Guru!

    Vou me desvirtuar do tema de hoje, para fazer uma defesa à base do clube que vem sendo massacrada na figura de Savinho!
    Em todos os jogos em que ele participa, muitos o chamam de foguete molhado, sem levar em consideração alguns fatores que com certeza estão prejudicando seu futebol.
    Pouca idade, falta de ritmo, descontinuidade e principalmente falta de orientação, têm sido fatores que vêm prejudicando o moleque, porém desconsiderados por parte da torcida.
    Mas pergunto: quantos minutos em campo foram dados ao moleque para que ele adquira confiança? Com certeza infinitamente menos do que foi dado a Keno, quando chegou ao clube e que só depois de dois meses jogando todos os jogos, começou a mostrar futebol. O mesmo aconteceu recentemente com Hulk que participando integralmente de dez partidas finalmente começou a dar resultado. E o que dizer de outros jogadores que a toda hora, estão entrando no time sem convencer como Marrony, Sacha e Vargas, por exemplo?
    O problema não está em Savinho e sim na torcida que não tem paciência e nem quer apostar que ele será um bom jogador. Dividindo a responsabilidade, também tem culpa nosso técnico que coloca o moleque pra jogar 15 minuto,s sem dar a devida orientação do que ele tem de fazer.
    Enfim, com esta torcida corneteira e impaciente, não podemos mesmo esperar nem que Savinho e nem qualquer outro jogador da base se destacar.

    Caro Guru, sem polêmica: o nome do estádio é Arena MRV e ponto final, já que a empresa pagou o naming rights para isto Se nós torcedores cobramos da diretoria que cumpra com suas obrigações, nós torcedores tb devemos cumprir e respeitar os contratos acertados. Por mais desinformado alienado e retardado, qualquer um sabe que o estádio é do Galo.

    1. Percebo que não consegui te fazer entender. Não mencionei nome, quis dizer sim que a mim é o estádio do Galo, assim como lá em Araxá era e ainda continua estádio e aqui Mineirão ou Independência. Na ordem Fausto Alvim, Magalhães Pinto e Raimundo Sampaio. No popular e a mim como descrito.
      Não vejo polêmica nisso e tampouco no caso Savinho. Quanto ao garoto, aqui mesmo demonstrei meu encantamento com ele, que ainda creio irá desabrochar.

    2. Bom dia,

      Caro “JBHGALO” eu sou um defensor da base, muito questionador quanto a utilizar jogadores da base, porém, também questionador quanto a diferença de tratamento entre os mesmos, e vou dizer a você que todos os jogadores da base excluindo o Sávio, podem reclamar de oportunidades.
      Lembrando que os outros que você mencionou foram comprados e como eu já havia dito anteriormente, tem que fazer valer o investimento, então…..
      Mais voltando ao Sávio, creio que ele dentro do contexto é um privilegiado, vamos aos números:
      Só em 2021 temporada: Foram 369 minutos em campo, divididos em 10 jogos, aos quais 5 jogos ele foi titular, à saber: URT – 67 MINUTOS, TOMBENSE – 68 min, BOA – 45 min, ATHANTIC – 59 min e novamente TOMBENSE – 45 min.
      Outros 60 minutos no Brasileiro e copa do Brasil onde jogou uma média de 30 min divididos em 2 jogos.
      Creio que assisti a todos os jogos e se não me engano, no ultimo jogo foi quando ele efetuou seu primeiro chute a gol, pelo menos com algum perigo. Não contando uma falta na barreira, até me lembrei das imagens dele batendo aquelas faltas no treino, AFF.
      Acredito que ele está realmente sem rumo e precisando de orientação, da mesma forma que treinador de time profissional se recusa a ser professor de jogador, sua função não é essa, essa é de treinador da base.
      A prova de falta de orientação está estampada nas suas jogadas onde nunca é direcionada para o gol e sim para o meio de campo, parece até que ele possui um peso do seu lado esquerdo que o deixa tombado para aquele lado. E sua insistência em não soltar a bola.
      Em detrimento a tudo dito, menciono outros como Echaporã, Júlio César, Felipe Felício, Tálison e Neto, que em infinitamente menos oportunidades demonstraram muito mais e não tiveram continuidade nas oportunidades.
      Como sempre dizem aqui, eu sou Galo, não possuo jogador de estimação, para mim todos são base, torço para o sucesso de todos, por isso não concordo um jogador de 17 anos que poderia estar “aprendendo” e “desenvolvendo” no sub20, estar tendo mais oportunidades do que os outros.
      Creio que isso irá acabar, pois os mecenas já estão trabalhando nesse sentido ao começar a contrata jogadores para o sub20 e assim é claro, cobrar pelas oportunidades no futuro, mas estes aí que são apenas patrimônio do clube, para mim estão fadados ao ostracismo.
      Abraços.

  12. Bom dia!

    Bem-vinda a CAM S/A e a ARENA MRV.

    A CAM S/A é o nosso Galo enquanto empresa.

    E a ARENA MRV nosso estádio.

    Na prática o Atlético hoje é o 1′ Clube-Empresa no Brasil.

    Quiçá o seja também de direito.

    Há movimentos na história que chegam como projetos do futuro a bate nas portas para afirmar um novo tempo.

    O Clube-Empresa é a nova fronteira.

    É pegar ou largar!!!

    Que o Atlético seja o 1′ Clube-Empresa do Brasil.

    E viva o Galo!!!

  13. Prezados Ávila, atleticanas e atleticanos!
    Uma vez mais rememorando o amigalo BARATA quando se discutia neste blog a dívida do atlético: ” não há o que discutir dívidas neste momento, o ATLÉTICO já é clube empresa de fato, falta apenas configurar de direito”. Com o projeto em tramitação no Congresso Nacional com a aprovação certa, a assertiva do amigalo Barata foi de uma certeza absoluta. Estaremos em boas mãos, acredito eu!
    Vamos apenas nos preocupar com o campo de jogo! Deixemos de lado o passivo do atlético para os “atuais” dono do GALO.
    Diferentemente do ditado que “O amor é eterno enquanto dure”, sou um apaixonado pelo galo com juras eternas enquanto em vida.
    Hoje e Sempre, galo!!!

    1. ÂNGELO ,

      diferentemente de considerar esses caras como
      “abnegados”, os vejo apenas como investidores
      em busca de porto seguro para seus dinheiros ,
      e a marca CAM vale muito , não é mesmo ?

      O Guimarães já está por aqui faz é tempo e sua
      grana , bem ou mal , fez com que chegássemos
      até onde estamos .

      Os outros , atleticanos também , claro , vieram
      se somar a ele e entenderam que poderiam se
      esbaldar com a exploração da MARCA .

      Assim fizeram e estão aí com sua nova cartola
      mágica , sabendo que , bem alimentada ( eles
      sabem disso ) terão uma empresa com lucros
      perenes , pois que movida à paixão .

      Pra mim, portanto, nada de ABNEGADOS, até
      porque não estão RENUNCIANDO A NADA ,
      não estão a fazer isso por ALTRUÍSMO , nem
      por DESAPEGO, nem por DESPRENDIMENTO
      ou DESINTERESSE .

      Pelo contrário , estão expandindo, e muito ,
      SEUS NEGÓCIOS .

      Portanto , pouco se me dá o que acontece
      fora das quatro linhas do campo .

      Eu quero é TIME !!!!!

      p.s.
      Será que o torcedor do Manchester City ,
      por exemplo , ‘tá “agradecido” com o
      cara que COMPROU o clube ?

      Quanto ele gasta ou deixa de gastar ?

      E eu vou ficar aqui enternecido com essa
      turma , louvando-os como abnegados e
      mecenas , como se fossemos escravos
      das suas ( deles ) atitudes ?

      Eu estou fora disso .
      Repito : EU QUERO É TIME !

      1. Não fale tamanha bobagem! Desde quando clube de futebol é porto seguro para dinheiro? O Guimarães colocou milhões a 20 anos atrás e até hoje não viu a cor do dinheiro de volta. Para receber alguma coisa de volta, está dando descontos e mais descontos.

        Se tivesse pego esse mesmo dinheiro e colocado em títulos público de longo prazo, já teria mais que triplicado o valor que tem hoje no Galo. Se tivesse investido na bolsa de valores então, nem se fala, teria mais que quintuplicado. E mais do que isso: poderia a qualquer hora vender esses investimentos e colocar a mão do dinheiro, o que não acontece quando se investe em um time de futebol. Ou voce acha que tem uma fila de gente querendo se tornar credor de time?

        O Menin pelo jeito também vai pelo mesmo caminho, e o mínimo que a gente deveria fazer, como bons atleticanos, é RECONHECER E AGRADECE-LOS MUITO.

        1. JORGE ,

          ” Não fale tamanha bobagem! ”
          Bom , eu falo o que eu quiser falar e as pessoas
          acham o que quiserem achar .
          Problema delas .

          Quanto a investir em CLUBES DE FUTEBOL o que
          temos mundo afora são milionários direcionando
          seus dinheiros para vários…CLUBES DE FUTEBOL!

          Deixa eu achar também :
          quem sabe os seus conceitos , que por certo não
          são bobagens , pois que de sua lavra , venham a
          ser de valia para os “abnegados” ?

          Contacte eles lá . Pode ser que precisem .

          1. Vamos lá, deixa eu te explicar uma coisa: no caso que voce citou, do Manchester City, o cara COMPROU o clube, e portanto tem direito de receber parte dos lucros gerados pelo clube, em um mercado que possui regras rígidas de Fair Play Financeiro que garantem a lucratividade do negócio.

            No nosso caso, os 4R colocam dinheiro no clube em forma de empréstimo, a juros baixíssimos ou sem juros. Se o Galo bomba, ganha todos os títulos, valoriza muito e ganha muito dinheiro, o dinheiro deles “investido” não vai render mais. Mas se o Galo afunda, dificilmente eles voltam a ver esse dinheiro. O Guimarães já tem uns 20 anos que não vê a cor do dinheiro, e o Menin já tem uns 2 anos.

            E existe uma coisa que se chama Custo de Oportunidade. É o que voce poderia fazer com aquele recurso, caso não fizesse aquele investimento. E o Custo de Oportunidade para quem coloca dinheiro no Galo nas condições que os 4R colocam, é altíssimo. Como eu disse, se pegassem esse mesmo recurso e comprassem títulos de longo prazo do governo, teriam hoje muito mais dinheiro e teriam acesso a ele no momento que quisessem. Então concluo que são abnegados SIM, e renunciam SIM a muito dinheiro toda vez que investem no nosso Galo. Não vê quem não quer, ou quem não conhece um mínimo de como funciona o mundo financeiro.

        2. Jorge, meu caro, acho que seu comentário vai dar xabu! O lead do seu comentário , está certíssimo, obviamente, mas pensar diferente, de quem estabelece a linha de pensamento por aqui, vai lhe causar problemas. Ao contestar, vc receberá a ira e o deboche dos sábios detentores da verdade absoluta sobre o Galo e o futebol. Se vc ousar achar que Réver eh maior (falamos de Galo ou de cbf?) que Gilberto Silva, ou, que Cuca eh maior que yustrich, então vc esta fufu. Sigamos, sempre pelo Galo. Apareço às vezes, E agradeço sempre por ter a oportunidade, de no futuro, ver o Galo no nosso campo. Tivemos o estadio Antonio Carlos e teremos a Arena MRV. Prefiro, SEMPRE, o que está por vir. Prefiro, SEMPRE, a expectativa do que as lembranças. Ps1. Viana, meu brother, sempre cirúrgico. Grande abraço. PS2. O q interessa, e o time que o Sampaoli deixou pro grande Cuca. E o time q o Cuca deixará para o próximo, e assim por diante. Ao passado, respeito, mas passou. Olhemos pra frente. SAN

      2. Bom dia,

        Uma série de palmas para seu comentário.
        Eu também não creio que estão aqui só colocando seu dinheiro vem deslumbrar um futuro maravilhoso para ele.
        Esclarecendo sobre o com o Ricardo Guimarães: Ele não dividiu em patrocínio para ser cobrado em 6,5 anos, e sim ele terá direito a 10 milhões por ano recebidos pelo Galo no seu patrocínio Master, ou seja, no final do ano e novo balancete essa jogada de mestre irá aparecer como lucro ou diminuição de dívida, coisa parecida, mas, na verdade não abriu mão de nada, apesar que ele mesmo poderá a vir a ser o tal patrocinador Master, mas, essa foi a transação.
        Quanto ao Galo S/A, justifica-se claramente o aporte de capital dos Menins, pois, na hora de fatiar o bolo (Ações), quem colocar mais dinheiro terá direito a fatia maior.
        Comungo com os amigalos que, tudo que faça do Galo uma equipe melhor dentro de campo, tem meu aval. Aqui é Galo, sempre.

  14. Bom dia Eduardo, atleticanas e atleticanos.

    Escrevi aqui vários comentários sobre o envolvimento dos quatro fantásticos na administração do CAM. A motivação maior sempre foi a necessidade de dar ao CAM um modelo administrativo pautado em técnicas modernas de administração, afastando os dirigentes antigos com seus modos obscuros e incúrios de negociar.

    Dirigentes irresponsáveis que não se constrangiam em criar dívidas enormes para o CAM e deixar para que outros, no futuro, se encarregassem de pagar.

    Os quatro fantásticos chegaram para acabar com esse rodízio de irresponsáveis. Já investiam muito no CAM e viam que jamais teriam seu dinheiro de volta se continuasse aquela ciranda de incautos provedores da desonestidade. Então, providenciaram a limpeza, afastando os antigos dirigentes e suas rodas de influência. Investiram muito mais e pagaram dívidas que já rolavam por mais de dez anos. Limparam o nome do CAM junto à FIFA e o mercado financeiro. E agora preparam-no para administrações profissionais e rigidamente controladas pelas leis pertinentes.

    Não foi preciso trocar o uniforme do CAM. Bastou lavá-lo e deixá-lo livre de toda a sujeira acumulada por décadas de negócios escusos e mal resolvidos.

    O GALO ESTÁ VIVO E ATIVO NO MUNDO DOS NEGÓCIOS. LIVRE DOS SAFADOS E PRONTO PARA A SAF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.