Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Tempo para avançar no Brasileiro

Considerando esse calendário maluco e desumano, com jogos no meio e final de semana, temos agora – por um mês – a possibilidade de concentrar nossas forças e energia somente no campeonato nacional. Os confrontos pelas Copas Libertadores e do Brasil serão somente a partir de meados de julho. Com isso, serão oito jogos, sendo quatro em casa e igual número fora de Belo Horizonte, pelo Brasileiro.

Pela ordem: São Paulo (c), Internacional (f), Chapecoense (c), Ceará (f), Santos (f), Atlético-GO (c), Cuiabá (f) e Flamengo (c). Num total de 24 pontos em disputa. Para almejar o título precisamos fazer 17. Explico. Em minhas projeções, para campeonatos de pontos corridos com jogos de ida e volta, precisamos vencer em casa e empatar fora. Não necessária e precisamente assim, mas somar 76 pontos sugere essa lógica.

Como perdemos, desastradamente, para o bom time do Fortaleza em casa e na estreia, mas recuperamos com vitória sobre o encardido Sport em Recife, temos a defasagem de um ponto. Nessa sequência acima, serão então necessários essa pontuação para se pensar em título. É a minha teoria pessoal que sustento fazem algumas temporadas. Portanto, a vitória hoje sobre o São Paulo é fundamental.

Ainda desfalcados dos selecionáveis sul-americanos, hoje, num dia 13, o Galo precisa vencer o adversário que teve um início complicado nas duas primeiras rodadas. Empate em casa, Fluminense; depois derrota para o Atlético-GO. Por outro lado, pela Copa do Brasil, o time paulista, após ter sido derrotado pelo inexpressivo Quatro de Julho do Piauí, massacrou o adversário na volta por 9 a 1. Vale dizer, apertado na tabela, porém motivado pela goleada.

Não vamos contar com Junior Alonso, Paraguai; Franco, Equador; Savarino, Venezuela e Vargas, Chile. Entre os quatro, dois eram titulares absolutos do Cuca. Alonso e Savarino, porém Franco vem pedindo passagem e até mostrando um bom futebol na seleção equatoriana. Felizmente, apesar do desequilíbrio defensivo – ainda que em recuperação – temos boas opções no elenco.

O treinador poderá utilizar Guga e Arana, mas – convenhamos – como tirar Mariano e Dodô que foram muito bem nas três partidas que substituíram os titulares frente ao Remo – duas vezes – e Sport. Melhor que, como na temporada passada, sequer existia opção para o lado esquerdo e Mariano não vinha tendo boas atuações.

Paralelo a isso, esperamos que diretoria e comissão técnica estejam atentas ao mercado e anunciem logo a definição do elenco para essas três competições. Se for sair algum dos nomes especulados, será necessária sua reposição e ainda opção para o gol, zaga e cabeça de área.

Assim o Atleticano vai para o jogo, pelo rádio ou na TV, hoje às 16hs, querendo vencer e subir na tabela, aliado a pensamentos positivos a eventuais nomes para sonhar com mais títulos. A mim, me daria por satisfeito com mais quatro conquistas ainda nesta temporada.

Além do mineiro, também o Brasileiro, a Copa do Brasil, Libertadores e Mundial. Nem precisaria daquela sexta conquista, me bastam essas. Se forem seis, prometo, tiro a barba!

*fotos: Pedro Souza/Atlético

25 thoughts to “Tempo para avançar no Brasileiro”

  1. Como tenho sido um crítico ferrenho de Allan e também de nosso goleiro, não posso deixar também de elogiar a consistência do meio campo com Allan, Jair e Nacho, bem como a tranquilidade passada pelo nosso goleiro e todo o sistema defensivo. Apesar do são Paulo ter por várias vezes rondado nossa área, nossa defesa não levou sustos.

  2. Valeu e muito pela vitória.
    O time começou bem e abriu logo o placar. Poderia se impor mais. O problema é que quando a bola caía no pé do Keno aí ele conseguia atrapalhar tudo. Outra coisa, embora o Arana seja um baita lateral, pra mim o momento é de Dodô, bem como na lateral direita o momento é de Mariano, mas…valeram os 3 pontos e vamos rumo ao título do Brasileirão.

  3. Péssimo jogo, excelente vitória. Esse time treina?… Finalização? Mais uma vez a demora em substituir jogadores claramente cansados. Ainda queima uma troca. Deviam estar ocupados roendo unhas, as duas cucarachas.

  4. DODÔ É UM BOM LATERAL , MAS DAÍ A QUERER COMPARAR COM ARANA JÁ É FORÇAR A BARRA DEMAIS.
    ACHO QUE EDUARDO VAI TER QUE TIRAR A BARBA.

    1. Cinco títulos. Mineiro, Copa do Brasil, Libertadores, Brasileiro e Mundial, além daquele brinde especial. Releia!
      RSSS

  5. Boa tarde amigos do Galo. Acho que a diretoria está demorando demais à contratar zagueiros, sabem da deficiência do setor, sabem que o Héver está em final de carreira, já sabem também que o Ygor é lento e que Júnior Alonso está de saída. Quanto ao Gabriel? É, sem dúvida, um bom reserva.
    Se o NOSSO GALO almeja títulos, precisa de uma zaga mais rápida, mais impositiva, mais técnica.

  6. Boa tarde. Essa lógica é boa, aliada à possibilidade de alcançar os 03 pontos vez ou outra, iguais àqueles que nos faltaram ano passado e deixados escapar em jogos fáceis. Ganhar os 18 em casa fortalecerá o grupo.

  7. E aí , VERDÃO MATADOR , quantos hoje ?

    Estou aqui a esperar o um/dois com o Nacho
    na entrada da área e um daqueles petardos
    sem “pega” para o goleiro .

    Preocupado com as jogadas pelas pontas do
    bom time do São Paulo .
    Os caras são atrevidos por demais .

    Atenção aí , Dodô e Mariano .
    Mas vocês estão indo bem …

  8. bom dia Eduardo e massa. hoje vencer e vencer. mas vamos pegar uma pedreira pela frente . para mim são Paulo é um dos favoritos para ganhar o brasileirão. infelizmente queria eu acreditar no cuca e jogadores mas não confio neste time do galo.oscila muito e levanta defunto rsrs. 1 a zero hoje é goleada. a galo não nos decepcione mais. vai galooo.

  9. Domingo com expectativa de um bom futebol .

    Bom jogar um jogo como esse , contra um adversário que
    tem mostrado um time alegre e diferente da mesmice que
    a gente vê atualmente por aí .

    De nosso lado, ao repetir a formação , com nossos caras a
    cumprir cada um com seu mister , temos tudo para que a
    tal da “evolução” se solidifique .

    Conjunto é tudo , reforça a ” liga ” que deve haver entre os
    jogadores que passam a se entender intuitivamente .

    Por isso o Marão usou na Seleção Mineira os setores mais
    entrosados de cada time que cedeu os jogadores , assim
    como Saldanha usou nas eliminatórias, como base, o time
    do Santos, haja vista não haver muito tempo para treinos.

    Assim é a vida , também no futebol .
    Experiência , vivência , aprendizado , o PASSADO a nutrir ,
    a fomentar , a provocar a capacidade de cada um cumprir
    com seus objetivos .

    Por isso respeito tudo o que vivi e aprendi .
    Por isso agradeço aos MESTRES .
    Aos que vieram antes de mim .

  10. Prezados amigalos ótimo dia

    Em minha opinião, hoje será o primeiro teste contra uma equipe melhor qualificada na temporada 21.

  11. Bom dia, Eduardo, atleticanas e atleticanos.

    Muitas contas, Guru, nem precisava. Bastaria um noves fora, treze. Hoje tem jogo do Galo é é dia treze. Já amanhecemos vencendo. Também acho que mexer no time agora não é uma boa. O criticadíssimo Mariano está crescendo e precisa de jogar para se consolidar e o Guga não significa melhoria. Quanto ao Dodô e Arana, podemos escolher qualquer um que vai dar certo.

    A única coisa que preocupa nesse jogo é o oportunismo incomum do Luciano e a boa forma do Pablo. São dois goleadores natos que, sem dúvida, vão dar muito trabalho à nossa defesa, aliados aos cabeceios do Miranda. No mais, é bola rolando com a cautela e precisão dos últimos jogos e os três pontos estarão no cofre, bem guardados para o fim do campeonato.

    O GALO ESTÁ VIVO E ATIVO NO SEU DIA E EM TODOS OS OUTROS DIAS DO ANO. PODE CONFERIR.

  12. Bom dia,

    Na minha forma de ver as necessidades do time com relação a jogadores, creio que não deixando nossos objetivos de ser campeão em todas ou mesmo em uma das competições, não podemos remar contra a maré.
    Enquanto vemos as equipes se reforçando com seus jogadores que estavam emprestados, por aqui a pesar de toda a dívida, a unica coisa de se fala é de contratações, mesmo não sendo absolutamente necessárias, como no caso de goleiro.
    Vejamos que o Palmeiras ira se reforçar de Derveson, Borra e Dudu, zero de investimento.
    Porque não o Galo se reforça de Michael, Vitor Mendes, Guilherme Castilho e Guilherme Santos, estão todos se destacando onde estão jogando.
    Cadê a p@%$ do SIGA?
    Temos que começar a pensar se já não estamos acostumados com essa mania do Galo de sempre ir ao mercado se endividar ou será ao contrário, nós é que empurramos nosso time para continuar se individando.
    Sempre ouvimos queixas sobre a qualidade dos atletas, porém quando eles possuem a tal da sequência de jogos, voltamos aqui mesmo para dar o braço a torcer pelo bom desempenho daqueles mesmos que criticamos, quem não vê que os substitutos atuais não deixaram nossa torcida ter saudades dos convocados, selecionáveis.
    Dentro de tudo que escrevi, julgo que o diretor apesar de sua morosidade para ir ao mercado, está me parecendo correto.
    Quem ontem viu o jogo do Santos contra o Juventude deve ter ficado sem entender o porque aqueles jovens não estão no nosso elenco, estão carregando o Juventude nas costas.
    Veja a lista de jogadores nossos e de eis jogadores que entraram em campo ontem, Vitor Mendes, Guilherme Castilho, Bruninho, eis jogadores da base, Capixaba e Wescley.
    Acredito que temos condições de termos sucesso sem comprometer ainda mais nossas finanças, esse deve ser o objetivo.
    Bom Domingo a todos!

  13. Bom dia todos!
    Hoje começa a temporada 2021 para o Galo. Será o primeiro adversário que brigará pelos mesmos títulos que nós, então, veremos logo mais se os comandados de Cuca estão realmente preparados para alcançar a difícil missão de ser campeão de no mínimo uma das três competições que disputamos.
    Ávila, torço bastante para que você raspe a barba este ano, acredito não ser somente eu, mas toda a massa Atleticana.
    Se o Galo vencer um dos três títulos Copa do Brasil, Libertadores ou brasileiro, farei uma tatuagem do Galo, então, me ajuda aí Galo!

  14. Esperança e otimismo são sentimentos com base no futebol que nosso time está apresentando e estamos confiantes com as apresentações do time , com os defeitos recorrentes , porém com certa maturidade e comprometimento com vitorias . Não é hora de lamentar ausencias dos selecinados , Palmeiras e Flamengo tambem estão desfalacados. O Flamengo pediu paralisação do campeonato por este motivo. A minha primeira reação foi pensar em mais uma maracutaia em ação,porém pensei melhor e dou razão a eles. Porque ceder jogadores, os melhores do time pra um torneio caça niqueis em plena pandemia , quando o calendário do futebol está espremido , apertado ? Este torneio, natimorto, com a clara razão de tentar fazer engolir goela abaixo do povo brasileiro o ufanismo pela canarinho, que todos enxergam , até os sapos debaixo das pedras que é um torneio nitidamente de cunho comercial , para os espertalhões de sempre que sempre e a toda hora lucram com o futebol. Está certo sim ,ser desfalcado dos melhores jogadores PAGOS PELO CLUBE. Enquanto isto, o cabaré cbf ardendo em chamas . No que nos interessa,nosso time jogará hoje com a determinação de pontuar, buscar a qualquer custo a vitoria , somos muito mais time e o erro absurdo contra o fortaleza, esperamos, não se repetirá. Bom domingo a todos

    1. EVANDRO ,

      todo o direito de achar o que quiser sobre a
      Copa América .

      No entanto, é a competição mais ANTIGA do
      mundo – 1916 .

      Natimorto ?
      Ufanismo ?
      Então ‘tá !

  15. Bom dia xará e amigalos! E isso aí Gurú! No que diz respeito a pontos corridos o Galo tem que fazer o dever de casa e ganhar pontos fora mesmo com empates. Acredito que a regularidade do time anda junto com a eficiência defensiva. Não tomar gol ou tomar menos gols é o caminho para a felicidade. Isso deve ser prioridade hoje na partida contra o São Paulo. Marcar o adversário logo na saída de bola e imprimir velocidade no contra ataque. Elenco para isso nós temos. É ter determinação e se impor ao adversário. Galo tem que demonstrar em campo quem manda aqui!!!! 1×0 em pontos corridos já é goleada!
    Vamos Galoooooooooooooooo! Deixa essa Massa feliz!!!!

  16. Tem que ter muita atenção para jogar contra o São Paulo, esse esquema de 3 zagueiros, o Sampaioli costumava usá lo em determinados momentos, em um jogo específico, contra o Flamengo, dava muito certo, tanto venceu dentro e fora de casa, sem levar um gol sequer.

    Acho que vai de Everson, Mariano, Gabriel, Rever, e Dodô; Allan e Jair; Hyorran, Nacho Fernandez e Keno; Hulk

  17. Bom dia, prezados atleticanos

    Brasileirão – jogo 3/38 – S. Paulo (casa) – Em 25.05, o jornalista Arnaldo Ribeiro, torcedor do S. Paulo, escreveu no seu blog: “Atlético-MG deu sorte na Libertadores e não foi testado no Mineiro”. Afirmou ainda: “o Atlético-MG quando teve um adversário bem armado, como o América-MG, teve muita dificuldade.” E mais: “o Atlético-MG deu uma sorte danada no sorteio da Libertadores, o grupo do Atlético-MG é muito fraco”.

    O que ele quis dizer? Que o Galo, em 2021, só pegou baba, né? E ele sabe que futebol de hoje não é bem assim. É só olhar os já eliminados nesta edição da Copa do Brasil.

    No mesmo texto, ele disse ainda: “Não é culpa do Atlético-MG, o Atlético-MG está fazendo o dele, foi campeão, melhor campanha, vai ser provavelmente melhor campanha na fase de grupos da Libertadores no geral, mas é um time que ainda carece de teste”.

    Pois bem, é hoje: “Taí o que vc queria” (in memoriam ao lendário narrador Januário de Oliveira). Jogo grande contra candidato ao título. Em 03.09.20 ganhamos em BH de 3×0, gols do equatoriano Alan Franco (2) e Jair. Nossos pontos perdidos: 03 (casa) e 00 (fora), num total de 06/114 pontos disputados. Vencer em casa, Gaalooôô!

  18. Bom Dia, Canto do Galo!

    Bom dia, Eduardo!

    Quem vence hoje, o CAM ou o SP?

    Depende!

    Depende de quem?

    Do Cuca!

    Explico:

    Na abertura do Brasileirão 21, o Galo perdeu para o Fortaleza em pleno Mineirão naquele jogo horrível das 11h da manhã.

    Como o sol era impiedoso para as duas equipes, não há como culpar o astro-rei como o responsável por aquela derrota.

    Se fosse buscar um culpado apontaria o dedo para o Cuca, sem medo de cometer injustiças com o nosso bom e respeitável treinador.

    A propósito, vinda longa ao Cuca no Atlético!!!

    Todavia, a forma recuada e de pouca combatividade do time atleticano para enfrentar, em tese e a priori, um fraco adversário, em pleno Mineirão, foi para mim a causa daquela derrota.

    A opção de baixar as linhas para esperar o Fortaleza sair para o jogo foi, na cabeça do Cuca, a forma encontrada para o time alvinegro achar em contra-ataques os gols que tanto precisava para vencer aquela partida.

    Entretanto…

    O Fortaleza, por esperteza do técnico argentino Vojvoda, aproveitou o espaço cedido por Cuca e avançou as linhas do seu time para encaixotar no próprio campo defensivo o time atleticano.

    E os jogadores alvinegros, durante todo o 2’T, sequer conseguiram sair da intermediária defensiva do próprio Atlético, tamanha a pressão do adversário na marcação alta sistematizada.

    O mesmo erro Cuca já havia cometido nos jogos do Campeonato Mineiro contra o Cruzeiro, que não consegue vencer uma, e contra o América, que também não consegue vencer outra.

    Kkkkkkkkk…….

    Voltando ao Cuca, estimo que esse jogo muito recuado dele, numa espécie de novo normal do esquadrão atleticano, não é sustentável ao longo da competição (Brasileirão), na qual 5 / 6 derrotas indicam perigo de não conquista do título.

    Tenho cá comigo que esse novo padrão de jogo é um tanto quanto kamikaze, eis que basta ao Atlético sair perdendo uma partida para ver o quão arriscado é esse sistema passivo e reativo de jogo, principalmente jogando em casa contra qualquer adversário.

    Assim explicado, voltemos à pergunta do início:

    Quem vence o jogo hoje, o CAM ou o SP de Crespo, outro técnico argentino em nosso caminho?

    Depende!

    Depende de quem?

    Primeiramente do Cuca, conforme a explicação tentada; e também dos jogadores!

    Dos jogadores?

    Sim!

    Se os caras entrarem naquele “cerca lourenço”, num jogo com poucos desarmes e muito espaço dado ao adversário, e faltar raça, essa partida contra o SP tem tudo para encruar, como encruou contra o Fortaleza, em pleno Mineirão, onde o Galo sempre foi impiedoso como mandante, inclusive contra o próprio SP que dificilmente vence por aqui.

    Ao Cuca pedimos entendimento, discernimento, coragem e inteligência tática!

    Aos jogadores pedimos raça, vontade, alma e coração!!!

    Joguem como se hoje fosse a final do BR21!

    Lembrem-se que no Brasileirão, campeonato de matemática regularidade, todo jogo é uma final.

    E vencer em casa, contra todo e qualquer adversário, é obrigação!!!

    Aqui é G@l@, P@##@!!!

    Vamoooooo Galooooo!!!

    1. Boa tarde. Parece que é só o Galo que acha que jogar reativo e dar espaço em seu campo e fazer corpo mole. Vide Keno e Allan (outra vez) no gol do Remo, sem tirar o mérito do chute e da queda do Eversom.

  19. Prezados Ávila, atleticanas e atleticanos!
    O jogo de logo mais vai permitir uma melhor avaliação quanto a evolução do time do galo. Independentemente dos desfalques, os quais sabemos ser importantes no time do Atlético, time que quer ser campeão tem que ter plantel que dê respostas em qualquer circunstâncias. E hoje é o tipo de jogo para potencializar futuros titulares ou sombra real de ser titulares. A minha preocupação reside na defesa pois o São Paulo tem um ataque indigesto. Muita atenção com Luciano, peça chave do ataque dos Bambis.
    Sem medo de sermos felizes vamos mostrar que quem manda no terreiro, é o galo!
    Hoje e Sempre, galo!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.