Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

A matemática do campo e as boas energias

Paulo Peixoto

Nada está decidido, ainda. Não dá para vacilar. Amanhã vamos mais uma vez jogar para buscar a vitória. O Galo de 2021 segue causando enormes desafios para a saúde do atleticano, mas a causa é boa. E o time segue no bom caminho. Aos atleticanos resta ir no embalo do Galo até o derradeiro momento da temporada, que se encerrará em 15 de dezembro. Até lá, é emanar boas energias para esse time sair duplamente vitorioso, no Brasileirão, a primeira tarefa, e depois na Copa do Brasil. Esse é o nosso papel agora.

No Brasileirão, restam ainda 3 vitórias em 5 jogos para atingirmos o apogeu. É a matemática mais simples, objetiva e que toda a torcida espera a cada jogo: a vitória. Claro que podem existir combinações de vitórias mais empates, tropeço dos rivais concorrentes etc. etc. etc. Mas o que me interessa mesmo é a matemática do campo: os 3 pontos em disputa. E ao fim de cada rodada a gente reavalia o cenário. Hoje são três vitórias que ainda buscamos. Não é fácil, mas estamos firmes e fortes.

Vencer, vencer, vencer. Assim é o Galo que acostumamos a ver em campo sob o comando de Cuca, um time bastante competitivo, sem a intensidade do adversário carioca e sem a precaução exacerbada do adversário paulista. Considero esse Galo de 2021 bastante equilibrado e ponderado. E mais importante ainda: sabe o que quer dentro de campo.

Às vezes é até difícil admitir tanta cadência. Mas o estilo desse time eu aprendi a respeitar bastante. Talvez eu estivesse mal-acostumado. Me lembrei de uma cena recorrente em muitos anos de Mineirão, quando a massa atleticana, quase em coro, gritava para o goleiro sair rápido com um chutão para pegar a defesa adversária desprevenida, e o nosso atacante em velocidade, um tanto destrambelhado. Muitas e muitas vezes éramos correspondidos, mas poucas vezes bem-sucedidos. 

Não que isso não ocorra mais, de vez em quando acontece, como já foi com este time e fomos bem-sucedidos. Mas antes era mais comum. Talvez nesses anos todos tenha faltado ao Galo um pouco mais de equilíbrio e ponderação. Claro que não apenas isso determinaria nossos sucessos ou fracassos. Mas vendo os grandes times europeus jogando, vejo neles esse equilíbrio, sabem ser ofensivos de forma bastante ordenada, sem correr muitos riscos. Acho que o Galo de 2021 é o time brasileiro que mais se aproxima desse modelo, embora ainda distante do jogo que se pratica hoje nos principais campos europeus. Mas seguimos o bom caminho.

Penso que é por isso que hoje a massa atleticana sente tanta firmeza nesse time e espera muito confiante esse título do Brasileirão, competição que prima bastante pela regularidade. Mas não podemos jamais dar a disputa como encerrada, longe disso. É sempre bom repetir: 3 vitórias em 5 jogos é um feito e tanto. Jogar por empate nunca deve ser um objetivo, empate é consequência. Por isso temos que estar atentos, fortes e emanando boas energias a esse time.

Todos os adversários com os quais ainda vamos jogar buscam alguma coisa importante nessa competição. Por isso as dificuldades são e serão cada vez maiores. Vamos, jogo a jogo, rodada a rodada, buscar os três pontos. Essa é a matemática que o Galo vem adotando desde a abertura do brasileirão e vai ser assim até o final. Vai continuar sendo angustiante e sofrido, mas com final feliz!

O jogo contra o Juventude mostrou essa dificuldade. O que mais me incomodou no Galo nessa partida foram as vezes em que bolas eram alçadas a esmo na área adversária. E não foram poucas, não. Mesmo com o time afinado, a ansiedade às vezes força a erros desse tipo, o que só beneficia o adversário. Fora isso, o Galo se impôs, não deixou o Juventude jogar no campo atleticano e buscou a vitória. E como jogou o tal do Diego Costa…

Não tem como não citar, mais uma vez, o quão ruim é a arbitragem brasileira. Os dois lances de erros de pênalti não marcados pelo árbitro e nem sequer contestados pelo VAR mostram essa grave deficiência do nosso futebol. Ainda bem que os jogadores em campo não têm acesso ao replay da jogada, porque eles facilmente iriam se desconcentrar, se revoltar e nem voltariam mais para o jogo, mesmo fisicamente presentes. Por isso os olhos do entorno do time precisam estar muito atentos.

Amanhã o Galo volta a campo, focado no Brasileirão, como tem que ser. E toda atenção é preciso ter com esse Palmeiras alternativo ou reserva, como queiram. Precisamos buscar mais duas vitórias em sequência para mantermos firmes o nosso objetivo. Mais do que nunca é preciso emanar boas energias a esses bravos e bons jogadores. Vamos firmes, vamos fortes, vamos juntos. Vamos, Galo!

56 thoughts to “A matemática do campo e as boas energias”

  1. Parabéns meu caro Ãngelo,

    Você foi perfeito.
    Muito lúcido e atualizado a realidade do futebol atual.
    Meu único questionamento é o resultado, memórias são ótimas, mas no real:
    Os títulos são os que marca as épocas.
    Nomes são lançados no blog e ao vento, mas as realizações nunca passaram do Mineiro, e com o passar dos tempos foram dado os valores reais aos feitos, os mineiros nunca passaram de apenas sarro ao eis rival, no mais, deixamos de ser regionais, hoje somos nacionais e internacionais.
    Então aqueles feitos memoráveis ficaram no ostracismo.
    Somos outro clube, outro patamar.
    Você é uma pessoa que se mostra atualizada, diferentemente de outros.
    Mas como sou de outra geração, meu questionamento é outro, mais prático e realístico.
    Pergunto sempre e não somente a você:
    Ganharam o quê?
    Foram campeões do quê?
    Não vale falar de Mineiro!
    Então bola par frente, continuemos torcendo e tentando mudar essa sina.
    No mais é puro saudoismo.

  2. Umas das poucas coisas ruins nesta histórica campanha do Galo é ter que assistir as péssimas narrações da Globo Minas ou do Sport TV, com os anti-Galo do Eixo ou as marias Rogério Corrêa, Fábio Júnior e outros. Na Itatiaia, apesar da saída de alguns treme-treme como a “Maria Gadu Doné”, pelo menos temos a empolgação dos verdadeiros atleticanos Mário Henrique e Álvaro Damião. O senão é ter que aguentar o horroroso Márcio Resende de Freitas, que sempre foi apito “amigo” do Eixo contra nós (vide a decisão contra os gambás em 99) e agora posa de bom moço e justiceiro. Não vejo a hora de gritar “é campeão”, se Deus quiser, será domingo e mandar todos os anti, incluindo os da série B para o inferno kkkkk

  3. Caros Barata, Evandro, Carlos, Gilson e Leonardo.
    Permitam -me, na minha juventude após 80 anos de idade, assíduo participante deste insuperável blog, às vezes discordar de alguns posicionamentos da jovem geração. Sou daqueles que vivenciaram anos de glória do Clube Atlético Mineiro e destas não abro mão. Muito se tem dito de estratégias atuais de jogo. Para mim, simples balela! Prevalecem até hoje os esquemas ditos ultrapassados, apenas ajustados à melhoria física dos jogadores. Sou da época em que a bola era a protagonista do espetáculo, hoje, é apenas um detalhe! Qualquer treinador hoje, com raríssimas exceções, se ganha jogos é mágico e o rei da estratégia, e se perde é porque os jogadores não cumpriram com o acordado.
    Estamos vivenciando os esquemas de intensidade e marcação baixa e alta, dependentes exclusivamente do preparo físico dos atletas. Claro que atualmente o preparo físico é importante, mas mais importante é a bola. Quem deve correr, relembrando o velho maestro Didi , é a bola. Por isso mesmo ela é esférica, redonda.
    Intensidade hoje é a moda, mas mais do que a intensidade, a atitude dos jogadores em campo é que faz a diferença, independentemente se estão ou não cumprindo o que foi treinado. Por isso acredito que estamos no caminho certo. Deixem as feras jogarem sem amarras.
    Saudosismo é sempre bom para reavivar a memória, mas os tempos são outros e queiramos ou não, hoje se pratica o futebol de resultados e que se dane o futebol vistoso.
    O que interessa é que seremos campeões!
    Fiz esse registro pelo prazer de provocar!
    Abraços.

    1. ÂNGELO ,

      vou colocar na moldura e de agora em diante vou reproduzir o texto para evitar gastar teclado .

    2. Voce somente disse verdades no seu posicionamento sobre o futebol dos dias de hoje e o futebol romantico , futebol arte do passado , engolido pela supremacia do preparo fisico. Tudo tem seu tempo, há muitas qualidades no futebol de hoje, às vezes mais ágil melhor de se assistir, em alguns casos , comparando com o antigo futebol praticado. Concordo com voce sobre os fundamentos , taticas, funçoes em campo dos jogadores. Imutável, como dogmas, perenes , somente com variçoes de nomes. Parabens pelo comentario , lucido e pertinente

  4. Bom dia, Massa, Paul o e Guru,

    O que tem marcado para mim em nossa campanha é o fato do time não estar deitando na vantagem. O que não tem faltado é foco e vontade aos jogadores, que seja os considerados titulares ou reservas.
    Só espero que tenhamos tirado a lição do jogo contra os reservas do Paraguaiense, quando eles dificultaram as coisas. O mesmo acontecerá com o time de Abel retranqueiro.
    Olho vivo Galo!

  5. Acredito que ao contrário do jogo bem estranho – diga-se passagem- do Inter, o Grêmio precisa urgentemente da vitória e o flamengo (em minúsculo mesmo que os define) querendo ou não, jogará com todos os reservas e com a cabeça no jogo da Libertadores. O grande problemas são as malas brancas e pretas passando por aí, pois no nosso caso, o Palmeiras tb vai a campo todo reserva, apesar das três derrotas consecutivas no lombo! E o Galo? O Galo basta fazer a sua parte, ganhar amanhã e no domingo. E torcer pro Grêmio ao menos não entregar a paçoca… Eles empatando com a carniça amanhã tb, é só fazermos nossa parte, sem frenesi, com frieza, foco e garra que no domingo levantamos a taça! Vamos ter que vencer a ansiedade e a máfia cbf-globolixo-VARgonha! Que ao menos os árbitros dos nossos jogos contra Palmeiras e Fluminense se limitem a cumprir as regras do ludopédio, inclusive o de vídeo, que é pra chamar no caso de pênaltis!

  6. FOCO TOTAL NO JOGO CONTRA O PALMEIRAS…
    É VENCER ,JOGAR COM INTELIGÊNCIA.
    NÃO VAI ALIVIAR PORQUE É TIME RESERVA, JÁ CONHECEMOS ESSA HISTÓRIA NÉ…
    E SE DEUS QUISER, GRITAR CAMPEÃO DOMINGO.
    AMÉM
    PS: Live auspiciosa a de ontem lá no Breno galante.

  7. O ser humano é muito complexo. Do Sampaoli a gente cobrava equilibrio entre a defesa e ataque. Do Cuca as cobranças são as bolas lançados na área ( Cucabol) e último passe. Sejamos realistas: com o atual calendário existe espaço para treinos? A temporada de 2000 ingressou em 2021. Temos jogos sábado, terça e domingo. Será que nao estamos sendo exigentes demais com um time que está na liderança do Brasileiro e na final da Copa do Brasil. Bom mesmo deve ser comemorar permanência, por tres anos na serie b e despedida de jogadores que conseguiram a proeza de salvar o clube da terceira divisão. Os ingressos estão a venda para quinta feira a 10 reais….

    1. DOMINGOS SÁVIO ,

      uma pergunta lógica , dedutiva , então :
      técnico pra quê , se não se treina ?

      Como sempre digo , ajeita os onze melhores e
      deixa a turma se virar em campo, de maneira
      que eles resolvam a parada .

      Foi assim que chegamos até aqui .

    2. Caro Domingos Sávio!
      Perfeita a sua observação! Se não há tempo para treinar, basta ter um bom gestor de grupo e deixar os jogadores definirem as melhores estratégias de jogo para que se tenha um bom resultado. E nisto, ao meu ver, reside o sucesso do Cuca frente ao plantel do galo.

    3. Pois é… Mas tem gente que não fica satisfeito com nada. O negócio deles é destilar amargura. Como se vomitar isso sobre os outros diminuísse a própria carga. Lamentável.

      1. É a única torcida que eu vejo que o cara tá ganhando e mesmo assim tem gente que quer a cabeça do técnico porque ele é “manso”, não treina, não tem mérito nenhum. Tenha paciência, “acruzeiraram” a torcida do Galo, só pode!

  8. Bom dia,

    Todo o cuidado sempre será pouco contra essa CBFLU, ontem foi demais os erros da arbitragem a favor deles contra o América, gol e pênalti incrivelmente roubados.
    O mesmo aconteceu a favor do Bahia, estão claramente tentando livrar Bahia e Grêmio da séria “B” e classificar o Fluminense para a libertadores.
    E o que esses três times tem em comum?
    Serão nosso adversários daqui até o título.
    Junto a isso tem o queridinho da CBF com vitórias incrivelmente facilitadas pelos adversários.
    Nosso Galo tem que ganhar e não deixar espaço para os árbitros, se não eles erraram como foi feito no primeiro tempo contra o Juventude.
    Foco total no Porco e os 3 pontos.
    Parabéns ao Cuca pelo gol contra o Cuiabá que demonstrou o treinamento em escanteios e contra o Juventude pela ousadia.
    Com relação aos cruzamentos, com uma linha de 5 e outra de 4 fica muito difícil a entrada de todas as formas, o cruzamento se for direcionado e não apenas lançado a ermo, dá certo, porém com o Mariano errando todos fica difícil, mas revejam apenas um cruzamento do Arana, foi magnífico e trouxe muito perigo.
    O tiros de fora da área também foram novidade nos dois últimos jogos e acredito que foram no mínimo pedido pelo treinador, o “MANSO”. aff, quanta teimosia, não deve ser destro.
    Boa segunda a todos!

    1. WELLINGTON ,[

      chutes de fora da área pedidos pelo
      treinador é uma experiência incrível
      que só um expert poderia exigir dos
      seus comandados .

      Uma grande novidade, sem dúvida .
      Jogada de mestre do cara .

      Imaginemos o grande estrategista
      no ouvido do Hulk e do Costa :
      “olha , assim que der , bata na bola
      desse jeito que é rede ” .

      Então ‘tá !!!

  9. Bom dia! Quebrar uma retranca não é tarefa fácil, porque desconstruir/defender é sempre mais fácil que construir. Não esperemos um jogo aberto amanhã em São Paulo, pois, todos adversários sabem que essa é a receita para a derrota. Então, tal como domingo, acredito, em um Palmeiras bem trancado na defesa, esperando erros do Galo para atacar em velocidade. Paciência, concentração e eficiência em todos os setores do Time Atleticano serão absolutamente necessários para a obtenção de mais uma vitória. Falta muito pouco!!

  10. Amanhã, novamente, jogaremos o jogo mais importante da nossa história. Foco, determinação, concentração e inteligência. Falta pouco, MAS AINDA FALTA TUDO!

  11. ÂNGELO ,

    toda a minha esperança está focada no que os PRÓPRIOS jogadores irão entregar em campo .

    Não existe a menor possibilidade de vir alguma estratégia de jogo , alternativas ou sei lá mais o quê queiram imputar ao “comando técnico” do time .

    No máximo , a acolhida do Papai MANSO , tal qual o Papai JOEL ficou conhecido : ameno , amigo , conciliador , um companheiro nas adversidades .
    Que lindo !!!

    Porque esperar uma jogada de escanteio , esperar um gol de falta , esperar uma triangulação , um “overlapping” (alô, Cláudio Coutinho) é pura perda de tempo .

    A única jogada que temos ( mal ) treinada é a espetacular “bota na área” , que ficou famosa na atuação do auxiliar , esbravejando na beira do gramado .

    Portanto , torcer para o Keno Marrento Eusouph@@@ estar inspirado pela ponta , para o Hulk achar um espaço para o arremate, Zaracho deixar o adversário maluco atrás dele , enfim , torcer para que NOSSOS CARAS encontrem a melhor maneira de resolverem as coisas .

    Daí eles entregam as glórias para o maior, melhor, superstar, mágico, inigualável estrategista com seus planos táticos mirabolantes .

    1. Não sou corneta como voce. amigo Barata , mas concordo em genero numero e grau do que voce escreveu. Escanteio , então, esquece, treinar savarino a chutar de media distancia, esquece. A BOA QUALIDADE DOS JOGADORES ESTÃO NOS LEVANDO AO TOPO , INEGÁVEL. SOMENTE LOUVAR O RUGIDO DO MANSO NO VESTIARIO , LEÃO DE VESTIARIO KKKK

    2. Amigo Barata , permia me indicar um filme pra voce na amazon prime : O ESCAFANDRO E A BORBOLETA ., Forte, realista e que nos faz perceber o quão felizes somos , o quanto a vida é uma dádiva e que sempre precisamos enaltecer e agradecer. Sem cliches, qualquer um está sujeito ao que o personagem passou. Desculpe a liberdade

    3. Bom dia Barata e amigalos. Vamos pedir aos 4Rs para providenciar imediatamente a contratação do Guardiola, Klop ou Jorge jesus para satisfazer os insatisfeitos com o trabalho do Cuca, este que nunca foi feliz com o Galão da Massa, KKKKKKK.

      1. Carlão, faça isso logo, por que senão os anti-Cuca vão pedir o Vojvoda, muso deles ou a volta do Lucas Gonçalves ou Thiago Larghi! “Épracabá, creindeuspai!” Bate na mesa toc, toc, toc e vamo pra frente rssrs. Galooooooooo!

        1. Ao CARLOS DURSO e GIBSON STUART ,

          eu estou pouco me lixando para o que vocês
          pensam ou deixam de pensar sobre o que eu ,
          Barata, acho do técnico (???) Cuca , o MANSO .

          Eu não estou INSATISFEITO com o TRABALHO
          do seu pop-star simplesmente porque não se
          pode ter nenhum sentimento sobre o que
          NÃO EXISTE ( em termos de campo ) .

          Quanto a ter MUSO ou PEDIR alguém para o
          time eu jamais me atrevi .

          Gostar do trabalho de um profissional é , no
          entanto , um direito de qualquer pessoa .

          Se eu gosto , digo sim .
          Se não gosto , digo não .
          Simples assim .
          Cada qual com seu cada qual .

          Então , se quiserem vir para um debate , eu
          estou aqui , mas venham com argumentos,
          fatos , e não com especulações sobre o que
          possa ter sido dito .

          Kkkks e Rrsss só mostram o quanto infantil
          é a maneira que vocês encontram para se
          posicionaram .

          É PRABACÁ , não é mesmo , seu Gibson ?

    4. Caro Barata!
      O único treinador que conheci, e conheci de perto porque dele recebi algumas orientações, foi o Yustrik. Treinava exaustivamente cruzamentos. O Tião, ponta esquerda do galo em prisco eras, saia do treinamento com os ouvidos doendo de tanto receber esporros do Homao por cruzamentos errados.
      Eram jogadas treinadas. Claro que em épocas diferentes. Hoje se preocupa mais com as condições físicas e ocupação de espaços . Hoje corre o jogador, na nossa época corria a bola… fazer o que?
      Abraço.

      1. ÂNGELO ,

        pois é , meu caro , vejo a turma falar que o
        MANSO tem opções táticas diversas para o
        time .

        Eu não vejo nada disso .
        Quando o time precisa se reorganizar em
        campo ele substitui aquele monte para ver
        se a coisa engrena .

        Vai que o cara que entra esteja inspirado ?
        Aí resolve a vida dele , não é mesmo ?

        Só um exemplo :
        ” Bernard , o que aconteceu com você ?
        Seu futebol cresceu demais ! ”

        ” Ah , foi o Ronaldinho .
        Ele orienta demais a gente , a gente
        aprende muito com ele ”

        Méritos pro Cuca , não ´mesmo ?
        Afinal , foi ele quem trouxe o Bruxo .

        Entendedores , entenderão .

      2. ÂNGELO ,

        fazer o quê ? , repito a sua pergunta .

        Só mesmo preparar os ouvidos para a enxurrada
        de narrativas que virou mantra nos comentários ,
        seja em qualquer veículo de comunicação .

        É um tal de ouvir sobre “esquema tático” que não
        se vê em campo , narrador aos berros advertindo
        para uma “jogada ensaiada” … os caras criam um
        mundo de fantasia e acreditam nele .

        Preste atenção :
        escanteio , o batedor levanta as mãos e o locutor
        diz “vem aí uma jogada ensaiada” .
        E nada !
        Um ou dois escanteios em duzentos resultam em
        alguma coisa .

        Outro momento é nas faltas :
        reúnem-se dez, doze jogadores, com as mãos nas
        bocas , e o locutor :
        “vem aí uma falta tramada ” .
        Acho que fizemos um gol nos 33 jogos .

        Não adianta , ÂNGELO , viramos reféns do NOVO
        NORMAL , da pasteurização do futebol .

        E o GALO ?
        O GALO ganhou .
        Isso é ótimo , isso é raiz , isso é arquibancada .

      1. BRUNO SILVA ,

        sou o que sou , a mim pouco se me dá se agrado ou não a você .

        Sou chato ? Bipolar ?
        Delete .

        Eu não sou POLITICAMENTE CORRETO e não sou dado a narrativas.

        O que a mim me importa são os jogadores em campo a jogar o futebol que tenham pra jogar .

        Ficar nessa inconha de técnico super star, pra mim , não acrescenta nada .

      2. Bruno da Silva, nem perca tempo em discutir pq o cara é tal (que se acha) dono da verdade! Ainda que demos argumentos, ele não vai aceitar. É claro que o Cuca tem defeitos e o time pode melhorar muito mais, isso é óbvio, agora a pessoa não reconhecer nenhum mérito num técnico que vai nos dar o segundo título mais importante da História e que ainda de quebra pode nos dar o bi da Copa do Brasil ou é implicância pura ou analfabetismo futebolístico! Haja paciência, é uma das coisas ruins que o colega Rodrigo citou aí nessa campanha…

  12. Bom dia a todos!
    O Galo precisa vencer o Palmeiras amanhã e vencer o fluminense no domingo. O time do flamengo terá uma tabela muito mais “fácil” em relação ao Galo. Eles enfrentam o Grêmio, Ceará, Sport, Goianiense e Santos, destes adversários somente o Ceará não luta contra o rebaixamento.
    Então, reforço, temos que ganhar do Palmeiras amanhã e do fluminense no domingo, para não darmos mais chances ao adversário do rio, caso tenhamos algum tropeço o campeonato poderá embolar novamente na briga pelo título.
    Vai Galo, faz a Massa feliz!

    1. Contra esses times “fáceis” o Atlético conquistou 18 pontos em 27 possíveis (66,67%) enquanto o Urubu conquistou 10 pontos em 15 possíveis (66,67%). Desculpe-me, mas consegui enxergar a “facilidade” citada por você. Em contrapartida, ante os adversários que nos faltam o Atlético conquistou 13 pontos em 15 pontos possíveis (86,67%), percentual muito acima do nosso aproveitamento em todo o campeonato que nos dá 8 pontos de frente (74,70%). Isso, sim, é que é moleza!!!!

      1. Obrigado pela leitura, Teobaldo!
        Só uma pequena correção, dos próximos adversários do Galo, conquistamos 11 pontos em 15 no primeiro turno, ganhamos do Palmeiras, Bahia e Grêmio, empatamos com o fluminense e Red Bull. Ainda sim é um ótimo aproveitamento e se repetir ficaremos com a taça.

  13. Quando voces , amigos atleticanos , tiverem um tempinho , relembrem os primeiros trinta minutos do jogo de nosso time contra o juventude possuido pela promessa da mala branca, E REPAREM, OLHEM OS TRINTA MINUTOS DE INTER E CARNIÇA , comparem , é o mesmo campeonato ? CONTRA TUDOS, CONTRA TODOS , SEMPRE , VAI GALO

    1. Olá, Evandro! Não descarto a mala branca mas de qualquer forma, o Juventude luta para não cair e vinham de 3 vitórias seguidas. Agora, o Inter tomar dois gols em dez minutos e o São Paulo cair de 4 em casa pro urubu foi muito esquisito,,,, A Chape contra nós e o contra a carniça (tenho que ser justo) jogou como se fossem duas finais de Mundial, o resto ela entregou bisonhamente! Mas não termos ganhado dela mesmo assim foi falha nossa, já estaríamos com a taça! Espero que o Grêmio não venda a sua queda amanhã por mais uma entrega horrorosa e que principalmente o Galo faça a sua parte e vingue a desclassificação na Libertadores!

  14. bom dia Eduardo e massa e Paulo Peixoto. falta pouco galo.esperamos 50 anos e podemos esperar mais 2 vitórias se a flamerda não ganhar do grêmio. e quem sabe contra flor comemorar este campeonato brasileirão. amanhã é foco total contra os porcos eles estão com cabeça na final da libertadores. mas não será um jogo fácil acredito que o estádio vai estar lotado apoiando a equipe verde. a galo o sonho está próximo. vai galooooo.

  15. Com certeza o jogo de amanhã é o mais importante do ano, até aqui. Parece que os jogadores pensam assim também.
    Quando o Galo foi campeão brasileiro eu tinha 9 anos de idade. Vi muitos times bons do Galo. Gostava do Grapete, Vantuir, Renato, Careca, Danival, Vanderlei, Campos…mas fui hipnotizado pelo Reinaldo, além de Cerezo, Paulo Izidoro, Marcelo e Éder. Depois veio a turma do Bruxo nos levando ao delírio. Mas o time atual é uma máquina. Temos craques em todas as posições. Estou em êxtase!!

  16. Prezados Ávila, atleticanas e atleticanos!
    Tal como você, caro Paulo, só acredito, vendo. Sou igual a São Tomé. Só quando não houver mais possibilidade de perda do título é que vou comemorar, e comemorar e bebemorar muito!
    O que me intriga no time do galo, “muito bem treinado e com alternativas de jogo” são as bolas cruzadas a esmo na área adversária.
    E não foram poucas contra o juventude! Cabe ao treinador corrigir tais desmandos dos jogadores. Jogada treinada é uma coisa, bolas a esmo é outra coisa.
    Mas o Cuca sabe o que faz…, espero!
    Amanhã com uma Vitória praticamente nos assegurará o título. Mas há sempre o imponderável…
    Hoje e sempre, galo!!!

    1. Prezado Amigalo Ângelo, ótimo dia

      Bolas cruzadas a esmo são uma das minhas críticas a muito tempo, tanto os zagueiros e laterais lançam na área vindas da intermediárias, o que é muito bom para a zaga adversária, pois recebe a bola de frente. Eu já desisti de ver esse erro consertado, outro grande problema em quase todos os jogos é o último passe, como perdemos bolas aí.
      E como diz o Amigalo Teobaldo, o próximo jogo é o mais importante da história do GALO, e, comemorar só quando a matemática confirmar.

      1. Obrigado Leonardo Mello pelas observações. Contra retranca, jogadas pelas pontas, com cruzamentos treinados e, alternativamente, infiltrações pelo meio com passes rápidos e precisos o que muitas vezes não vejo no futebol do galo. Aliás isto se aplica a todos os times do Brasil.
        Hoje priveligia a correria e a bola, muitas vezes, passa ser detalhe.
        Abraço.

      2. LEONARDO ,

        repare quantas vezes , pelas pontas , nossos
        caras têm a oportunidade de chegar na linha
        de fundo e cruzar forte pra área , ou “cavar”,
        e não tentam a jogada .

        É irritante !!!

        1. Suponho fazer uma consulta ao google ou qualquer outro, memória também está valendo, onde o treinador jogou com 1 zagueiro.
          Salve Cuca!

          1. WELLINGTON ,

            precisa de Google não .

            Em 70 , os caras que escalavam o time , Carlos Alberto e Gerson , botaram o Piazza , volante , de quarto zagueiro .

            O Palmeiras , hoje, trouxe o Felipe Melo pra dentro da área.

            Nós, em 2013 , escalamos o Gilberto Silva na zaga

            Tá bom ou vamos procurar mais ?

  17. Bom dia, Eduardo, Paulo Peixoto, atleticanas e atleticanos.

    Segunda-feira chuvosa, triste, com sofrimento do povo trabalhador, entre eles milhares de atleticanos que se dividem entre a alegria da atleticanidade e a tristeza pela falta de ônibus para chegar ao trabalho.

    E eu estou aqui espremido entre um jogo e outro do Galo, doido para desentupir o peito com o mágico grito de campeão e tomado por uma ansiedade que nem permite que eu durma. Vida de atleticano não é fácil. Mesmo em momentos favoráveis, animadores e festivos da nossa atleticanidade temos que conviver com a quase agonia de esperar um resultado que já se sabe que virá. O Galo será campeão, mas quando eu vou poder gritar? Amanhã será um ótimo dia, mas domingo será melhor ainda. Não pode é ficar para depois; não aguento mais.

    O GALO ESTÁ VIVO E ATIVO, COM A FAIXA NUMA MÃO E A TAÇA NA OUTRA, ESPERANDO PODER GRITAR QUE É CAMPEÃO.

  18. Bom dia a todos. Amanhã é dois.olhos no urubu e depois dois no porco. Foco total na hora da partida, p conseguir os 3 pontos. Não me desce esses resultados que o flamerda tem conseguido nestes últimos jogos. O time deles é bom, mas fazer 4 a 0 nos bambis e 2 a 0 em.pouco mais de 10 minutos no Inter, lá em Porto alegre, é meio demais. Os dois engrossaram as partidas com o galo. Algo de estranho.
    Siga-nos em frente, pq só dependemos de nós mesmos. Fazendo a nossa parte, não tem CBFLA,Globolixo, VAR@LHO, nada, nada.
    Vai GAAALOO!!!!! GANHAR O BRASILEIRO!!!!

  19. Bom o Galo vai em busca do objetivo maior que é o título, estamos quase lá. Quero tecer apenas dois comentários, nosso time ainda peca no quesito quando enfrenta um time muito fechado, temos que criar uma alternativa; e temos que melhorar o aproveitamento dos escanteios, pois estamos tendo muitos a nosso favor mas não estamos tirando proveito nas bolas alçadas na área. Boa semana a todos.

  20. Bom dia Avila. Bom dia a todos. Minha matemática: vitórias do Galo sobre Palmeiras e Fluminense e vitória do Gremio sob o Urubu e vitória do Palmeiras nos Pênaltis contra o Urubu na Libertadores, com o tal de Gabi perdendo o pênalti decisivo. E por fim um vitória do Náutico no jogo de comemoração de permanência na serie b.

    1. Aí , meu amigo Domingos Savio , seria demais, com o requinte de crueldade de gabi, o asqueroso , perdendo penalte decisivo, seria a gloria , seria um 2021 eterno

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.