Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Expectativa é favorável ao Atleticano

Imagem: Tulio Santos/EM/D.A Press

Nessa contagem regressiva, que na verdade não sabemos até quando irá durar, percebo o Atleticano confiante com o novo time e – ao mesmo tempo – cabreiro com as “exigências” do Sampaoli. Meu contato com a Massa sempre contribuiu e balizou posts, desde comentários aqui neste nosso espaço até ouvir as vozes das ruas.

Com a pandemia, fiquei sem a bengala das boas resenhas por onde sempre passo, desde cafezinhos, porta do estádio e prosas em encontros pela cidade. Recorro, além dos amiGalos daqui, a contatos com Atleticanos de minhas relações para aferir a temperatura das nossas expectativas.

Pois, nessa semana, pude experimentar algo que me motiva muito nessa confiança minha e de muitos Atleticanos. Desde a paralisação das competições e toda atividade futebolística – embora tenhamos mantido postagens diárias aqui no blog – o acesso teve queda em mais de 50%.

Vejo com naturalidade, uma vez que nestes mais de três meses sem futebol, nosso esforço foi de manter viva nossa fé e colocar pra fora nosso sentimento. Outro indicativo interessante foram as novas adesões ao Galo Na Veia por ocasião da venda do novo manto. Dobrou. A força da Massa!

Até mesmo nas adversidades, nunca faltamos com o compromisso de dar voz ao Atleticano, por mais divergentes que sejam nossas opiniões. Afinal, todos, querem o melhor para o Galo. Para fechar essas considerações, ontem, ao fazer um balanço nos acessos, notei que estamos próximos aos números da média do blog ao longo dos tempos. Isso me faz crer que o Torcedor está voltando e que tem esperanças no time que Sampaoli vem montando ainda para esse 2020.

Valendo-me ainda de muitas prosas por telefone e pelas ferramentas das redes sociais, vem ficando claro a mim que o Atleticano quer um jogador de frente, mas que seja diferenciado. Nem mesmo a pretensa contratação de outro goleiro tem sido aprovada pela Massa. Rafael e Victor, ou invertendo, Victor e Rafael têm a confiança do Torcedor.

https://www.mg.superesportes.com.br
https://www.mg.superesportes.com.br

Não ouvi, entre as pessoas com as quais conversei, qualquer crítica ou até mesmo sugestão de um freio no Sampaoli, como alguns chegaram a sugerir. Mas, questão de opinião, muitos entendendo a desnecessária vinda de outro arqueiro e, no caso de atacante, desde que seja um jogador diferenciado e não nomes comuns e de igual perfil e valor aos que já temos no elenco.

O argentino Bustos, que nem sei se segue no radar do Galo, chegou a motivar pela idade e futuro promissor. Outros – até mesmo Pratto que o blogüeiro vê com bons olhos – não empolgaram tanto. Ontem o nome de Eduardo Vargas foi citado e, conversando com três bons amigos Atleticanos, nenhum deles aprovou qualquer investimento para este jogador. E, ao que parece, viria pelo salário.

Não temos a pretensão de sugerir ou vetar, mas é nossa intenção mostrar numa modesta e pequena amostragem o sentimento do Torcedor do Galo. Além dos seis novos nomes que já foram anunciados, contamos ainda com os garotos que estão assinando seus primeiros contratos e trazem muita expectativa entre a Massa. Na entrevista do benfeitor Menin, que postamos o link ontem, ele deixa muito claro a boa perspectiva e tempos melhores com as divisões de base.

Três garotos, se assim podemos dizer, assinaram vínculo profissional. Luís Fernando de 18 anos, Yan e Savinho de apenas 16 anos cada. Além deles, outros jovens na equipe – hora chamada de “transição” noutros momentos de “sparring” – que veem nos olhos do treinador a possibilidade e expectativa de uma oportunidade.

Quando falei aqui sobre esse Savinho, brinquei que num primeiro treino, Reinaldo (com 16 anos) entortou Grapete e mereceu repreenda do xerifão e aplausos dos que tinham expectativa no belo futuro que ele nos brindou. Pois, soube por gente que frequenta onde não é permitida a entrada de ninguém, que o garoto Savinho teria repetido o episódio. Bons presságios!

*fotos: Bruno Cantini/Atlético

11 thoughts to “Expectativa é favorável ao Atleticano”

  1. Confio no Sampaoli até que ele prove o contrário. Só dele nos livrar de Patric, Zé Wellison, Ricardo Oliveira e tantos outros, já mostra que chegou pra mudar. Se ele está pedindo um goleiro que saiba jogar com os pés, é porque não deve estar gostando nada, nada do que tem visto nos treinos.

  2. Eu estou totalmente confiante no trabalho de Sampaoli e comissão técnica. Foi assim no Sevilha e foi assim no Santos, dois últimos times que ele montou. E como funciona: Investimento em jogadores de qualidade, participativos, inteligentes, porém de mesmo nível. Em seu time não tem a estrela, funciona o coletivo, o compromisso, a estratégia e a tática aliada a qualidade individual do jogador. No Santos e no Sevilha houve sim investimentos em vários jogadores, e tem que ser por aí mesmo, para dar certo. Minha opinião sobre Victor: desde 2015 vem mais falhando que ajudando, acomodou no título de “santo”. Merece todas as homenagens possíveis, mas não dá mais para contar com ele. Se for possível trazer o 9 e o 10 seria o ideal. Senão, traz o 9 , que a função de 10 Tardelli, Dylan Borrero, Keno ou Nathan vão fazer. Acho que Cazares tá fora, mas…

  3. Bom dia,

    Quanto a ausências no blog, sinto que são mais daquela turma que só gosta de malhar, sem motivos então não estão escrevendo.
    Os engenheiros de obra pronta.
    Quando a bola rolar e a equipe de preferencia, para eles, perder, voltaram correndo.
    A contratação de goleiro será unicamente para substituir o Victor no final do ano, porque para preterir o Rafael julgo que seja besteira, a menos que venha um goleiro completo, porque o do Santos de 2019 para mim foi uma furada, não pegava a metade do que saiu, e nem tanto assim jogou com os pés.
    Atacante seria interessante um destes novos de idade e promissores, se não fico com o Tardelli, Bruno Silva e Filipe.
    Cazares voltando a treinar? aff.
    Prefiro o Nathan com chances para o Savinho.
    O excesso de contratação pode prejudicar o aparecimento dos jogadores da base, isso aliado a poucos campeonatos a se disputar diminuiu ainda mais nossas expectativas.
    Volta futebol, já está ficando tenso.

    Bom sábado a todos!

  4. Bom dia Eduardo, Lucy, atleticanos e atleticanas,
    a grande maioria da torcida atleticana está otimista isso é fato… Quanto aos Hardys ninguém dá ouvidos ao que eles falam…
    Confio no treinador e no diretor de futebol então se vier algum jogador com a indicação deles vou esperar pra ver antes de criticar… E mesmo o Nathan que já está por aqui quero ver com um treinador de verdade… O Menin disse que o Sampaoali está gostando muito do futebol dele então vou aguardar….
    Garotos da base tem que ser lançados aos poucos e em times vencedores… Lançar a base pra salvar times ruins nunca deu certo…
    Um ótimo fim de semana a todos…

    1. Quando o o Galo caiu em 2004, a base quase salvou o time de ir para a série B. Quando foram colocados em camo nos cinco jogos finais eles venceram 4 e empataram .

      1. O Galo caiu em 2005 e não em 2004, e daquela base só o Bruno e o Diego Alves vingaram…
        O jogo final contra o Juventude o Galo já estava rebaixado, então não conta….
        E, como eu disse, usar a base pras salvar time nunca deu certo, o Galo acabou rebaixado do mesmo jeito….

  5. Prezado blogueiro,

    Minha opinião é trabalhem a base. Criem uma cultura da forma da equipe jogar, e a implementem desde a base, assim diminuem as necessidades de ficar contratando a todo momento, sendo que a maioria das vezes os contratados não correspondem. Chega de rasgar dinheiro.

  6. Bom dia Massa Guru

    Creio que pela manifestação de grande parte da massa nesta semana, pela primeira vez houve discordância dos pedidos feitos por Sampaoli. Primeiro foi a contratação de Natan não pelo futebol, mas sim pelo valor pago. E agora o pedido de um novo goleiro que saiba jogar com os pés.
    Eu particularmente aprovei a contratação de Natan, mesmo achando o preço muito salgado, pelo simples fato de que ele agora está nas mãos de um técnico que poderá tirar o máximo de seu futebol, bem diferente dos técnicos anteriores. E parece que Sampaoli está conseguindo isto finalmente.
    Quanto ao tal goleiro bom com os pés, sou totalmente contrário, pois ainda acho que goleiro deve ser bom para evitar gols e não para sair jogando com os pés, e prova disto foi a conquista de nosso maior título, que só foi possível pelas bolas defendidas de São Victor.
    Pior, por ironia do destino, é que o mesmo pé esquerdo que o glorificou, agora pode estar sendo o motivo de ele estar sendo preterido no clube. Eu como vários atleticanos, também entendo que o ciclo de São Victor no clube já acabou, mas espero que a diretoria tenha sensibilidade, para tratar do encerramento deste ciclo sem ferir a história, deste ídolo que sempre vestiu o manto com dignidade.
    Isso sem falar na oportunidade que deve ser dada a Rafael, defendida pela a maioria esmagadora da torcida.
    Entonces papito, tines que para ali!!!!

    1. Prezados Ávila, atleticanas e atleticanos.
      No começo do ano julgávamos que com quatro contratações o galo tinha condições de disputar títulos, desde que as contratações viessem ser titulates: um zagueiro, um meio-de-campo e um atacante. Hoje já falam em 8 a 10 contratações. Poucos dos adquiridos, sejam por empréstimos ou comprados, serão titulares no galo. O futuro do galo está na sua base! Preocupa -me se essas contratações não poderão ofuscar o nascimento de vários jogadores da base com potencial. Hoje no seu comentário você nos assegurou que 3 atletas promissores da base assinaram contrato. Mas, com tantas contratações, será que terão oportunidades de titularidade?
      O futuro do galo, junto com a nova sede, está em prioririzar a base!
      Hoje e sempre, galo.

  7. O que eu não entendo é como o Galo demitiu muitos pais de família e gastou mais de 80 milhões de Reais em contratações para um futebol que não se sabe quando vai recomeçar, para mim as demissões foram um gesto covarde da diretoria, deixo aqui o meu protesto.

    1. Demitiu porque está fazendo uma reestruturação e isso acontece em qualquer empresa séria que não quer fechar as portas… parece que o Galo está incomodando muita gente e isso é muito bom…
      O seu time também demitiu….O dinheiro que o Galo está gastando vem de investidores que estão colocando dinheiro no time para esse fim e não para pagar salários…
      O seu time também demitiu muita gente, não foi??? Ou você vai dizer que é atleticano??? Conta outra!!!! Você dão muito na vista!!!! É difícil de disfarçar….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.