Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Pra matar a saudade!

Do time e do contato com a Massa, posto – conforme mencionei na despedida – ocasionalmente um texto ao nosso bom debate. Antes, porém, quero registrar a minha satisfação com o nosso novo blog diário – com a equipe do “Fala Galo” -, que inclusive ontem à noite participei de uma live num dos maiores redutos Atleticanos do mundo. Refiro ao já tradicional “Pulero do Galo”, ali no Prado.

Silas Gouveia, Wilder, Marcos, Angel, Baldo e Lio Cardoso. Ainda: Léo, Koscky, Denilson Rocha, Stefano, Tomás, Léo Siqueira e Betinho (sabe tudo sobre o estádio do Galo) . Matheus Wallace e Lucas Tanaka  ainda vão mostrar suas caras nos próximos dias. E elas: Cristiane Bastos, Carol Castilho, e as revisoras Jéssica e Dayana, indispensáveis ao sucesso do espaço,  assumem o compromisso do contato diário aqui no UAI, com a certeza de uma temporada de grandes conquistas do nosso time do coração. Que assim seja!

Pois bem, o afastamento dessa missão diária e um período sabático – incluindo minha retirada de todas as redes sociais (além dos dois blogs, ainda whatsapp, twitter, instagram e face book) – era necessário em busca de melhor qualidade de vida a um sexagenário. Entretanto, isso não me impede de pensar e viver nossa plena Atleticanidade. Doravante, então, sem a responsabilidade de postagens diárias, pretendo – ainda que eventualmente – passar por aqui. Até a próxima semana, defino tudo a esse respeito. Afinal, ainda estou retornando de um curto período de total relaxamento desta obrigação. Bola pra frente!

E pensando dessa maneira – “bola pra frente” -, mesmo distante deste espaço, acompanhei diariamente as resenhas em torno do time, notadamente dispensas e contratações. Ao que sinto, embora ainda seja bastante prematuro para uma avaliação, o Torcedor quer acreditar numa temporada mais eficiente e festiva que os quatro últimos anos de nossas vidas. As contratações, ao contrário da gestão Alexandre Tadeu, parecem ser precisas e pontuais.

Vejamos, domingo será nossa estreia na temporada. Nesta mesma primeira rodada, no ano anterior, amargávamos um decepcionante empate sem gols com o mesmo Boa em Varginha. Tudo bem era o time B, uma vez que os titulares estavam confinados pelo então treinador Osvaldo de Oliveira. Paralelo a isso, o time C (posso assim dizer) contabilizava duas derrotas na Flórida Cup.

Na segunda rodada, depois de um início fulminante, ai sim com os principais jogadores venceu o Democrata por três a zero, com os gols todos marcados antes dos vinte minutos do primeiro tempo. O resto do enredo do ano é conhecido por nós Atleticanos. As contratações, conforme mencionei acima, nunca tiveram explicações convincentes e o resultado foi o desastre da temporada de 2018.

Agora, com Marques, que assumo ter me deixado preocupado pela sua inexperiência, parece que os nomes – seis até o momento já registrados no BID e podendo chegar ainda mais até três contratações – nota-se uma reformulação que busca suprir posições carentes do elenco.

A defesa foi priorizada neste início de temporada, ao contrário dos tempos recentes. Guga, Rever, Igor Rabelo, Jair, Vinicius e Maicon Bolt – confirmados – e ainda Rafael – que atende por Papagaio -(viria em termos de empréstimo mais seguro que Roger Guedes) e quem sabe outro atacante e uma opção tipo “cereja do bolo”, podem vislumbrar novos tempos nas nossas expectativas.

Entretanto, tudo isso, vai depender do rendimento em campo. Já vi SeleGalo com Renato Gaúcho, Adilson, Luís Carlos Winck, Gaúcho e Neto fracassar e assisti time com Ronildo, Robert, Curê, Edgard, Bruno e Ernani chegar à final de Brasileiro. Faltou, em 1994, amor à camisa e sobraram baladas e noitadas, condição que foi determinante ao grupo de 1999. Por isso mesmo, surpreendeu a todos ao chegar naquela final, perdida por um imperdoável erro de um árbitro de Minas Gerais.

Sorte e sucesso ao novo ano Atleticano. O Torcedor quer confiar na diretoria, que envia sinais de ter aprendido com os erros da temporada passada. Ainda espera muitas outras boas notícias, como a volta ao Mineirão, palco de grandes e de nossas maiores conquistas.

* fotos: Bruno Cantini, Atlético

42 thoughts to “Pra matar a saudade!”

    1. Sempre Galo! Na medida do possível, pretendo postar algo neste nosso cantinho. Postagens despretensiosas, em busca do melhor entendimento entre campo e arquibancada, passando -claro – pela gestão do clube. Optei por tentar levar uma vida com mais leveza sem muita correria. ObriGalo!

  1. BOA NOITE,

    Estive acompanhando toda a semana e comentando no novo blog, mas, só agora vi sua postagem.
    Fico tão feliz quanto aos demais, saber que teremos sua companhia e opinião em alguns dias é muito bom, fico feliz.
    Neste último ano que acompanhei o seu blog aprendi a admirar, principalmente a sua forma de se relacionar com seus seguidores.
    Sou uma pessoa sempre aperta a mudanças e procuro me adaptar ao novo blog, sempre vendo os aspectos positivos, que por sinal são muitos, e como disse em respostas anteriores: somos galo e nossa atleticanidade tem sempre que falar mais alto.

    1. Correto, Wellington, nossa paixão pelo Galo é mais forte que eventuais divergências. Agradeço seu estímulo e vamos seguindo, ainda que em menor escala, neste cantinho que é da Torcida Atleticana.

  2. É meu amigo, só quem tem uma seleta turma para debates pode assistir esta insistência em dizer que o Fala Galo não é bom… é que ficamos mal acostumados com tantas postagens carregados de inspiração..de atleticanidade..de amor.. minha humilde sugestão é que guardemos as postagens do nosso guru como cereja do bolo e ajudemos ao Fala Galo insentivando ,pois só assim teremos debates de alto nível … abraços!!!

    1. Caro, não conheço todos – ainda – do “Fala Galo”, mas a amostragem é da melhor qualidade. Lá será nosso debate diário, aqui vamos curtir a Atleticanidade por duas vezes na semana. 2019 promete!

  3. Bom dia Eduardo !!!
    Ainda bem que a equipe do Fala Galo está conosco !
    Vc é insubstituível ! Atleticano ícone , sabes do meu carinho por ti , venha nos dar o ar da sua graca as vezes !
    Hoje é dia do Galo , estou acreditando que neste ano teremos mais alegrias !
    Abraços fortíssimos !! Se cuida!!

    1. Obrigado, querida! Os amigos do “Fala Galo” são da melhor qualidade. Dar força a eles é apoiar o nosso time. Hoje foi um bom cartão de visita.

  4. Boa noite Eduardo. Gostei das contratações, temos um bom elenco e podemos sim lutar por títulos em 2019, entretanto é unanimidade entre os torcedores que o ponto fraco do elenco é a lateral direita, Fábio Santos teve em 2018 o pior desempenho da sua carreira e não pode continuar como titular.

  5. Boa tarde Guru e amigalos! Quanta saudade de postar aqui nossas opiniões sobre o GALO MAIS FAMOSO DO MUNDO! Também concordo que o time está melhor montado neste ano do que em 2018, mas falta ainda um camisa 9 pra brigar pela posição com Ricardo Oliveira e um jogador velocista. Esse Bolt é promessa e de promessa já estamos cheios. Deveriam trazer o Romero do Curinthia e não liberar o Luan, se querem realmente levantar caneco em 2019. No mais grande abraço e que nossas resenhas continuem mesmo sendo esporádicas….

  6. Bom dia massa e Guru, bom tê-lo de volta nem que seja esporadicamente. O blog sucessor e bom mas a primeira impressão era de que só teríamos água com açúcar. Ontem foi só postar sobre a eliminação do galinho que bombou de postagens. Queremos e debater as coisas do clube.e deixamos a poesia para outros momentos. Estamos com sangue nos olhos (já ouvi isto antes), mas ajustes estão sendo feitos.
    Estou esperançoso com o time é as contratações. Vamos aguardar
    Abracos

  7. Bom dia Eduardo e massa. Que bom que apareceu Eduardo. Faz muita falta no blog. Estou também gostando dos reforços,mas ainda falta 3 jogadores para serem titulares. Um lateral esquerdo. Um camisa 10.E um centravante .ja estava com saudades de comentar no blog. Vai galooooooooooooo.

    1. Sinto também carências similares, mas percebo melhor leitura e eficiência nas contratações deste início de ano.
      Diferente da temporada passada, quando chegou barca de jogadores refugos de outras equipes, Marques e Sette parecem buscar solução e não apostas no escuro.
      Os resultados irão responder, se acontecerem títulos, terão seus nomes ovocacionados. E o Atleticano saberá reconhecer.

  8. Ávila está, junto com o Galo, voltando! 🙂
    Agora sim, exceto asno de antolhos e seus bolsomínios puxando a carroça do golpe, tudo no preto no branco vai começar a escrever sobre os quatro lados, a começar pela esquerda, meu amigo! 🙂
    Cabrito2606

    1. Caro amiGalo, aqui falamos do nosso time do coração. O Galo é o nosso centro, podendo estar à esquerda ou à direita, dependendo das circunstâncias de cada momento. Galo Sempre! Ainda que em menor numero de postagens.

  9. Boa !
    Mestre é mestre ,nem precisa identificacao,conheco essas palavras em qulaquer lugar do mundo ,qualquer meio de comunicacao ,Estava com saudades
    Diferente d alguns blogs por ai q nao consigo ler nenhuma frase sequer e ja paro por ali mesmo ,os comemts nao perco de jeito nenhum …
    saudacoes !

    1. Galo Sempre! Vamos tentar algo mais leve, caro. Sem a responsabilidade de postagens e mediação de comentários diários. Para isso, contamos com a eficiência e disposição dos amigos da “Fala Galo”. Força e prestígio a eles, ao nosso bem comum, o Gaaalooo.
      Em tempo: aqui não tem mestre, entre nós sobra Atleticanidade.

  10. Prezado colunista, o Galo não perdeu a final de 1999 por causa do árbitro. Sai Marques, entra Curê e a culpa é da arbitragem? A equipe tinha apenas 11 jogadores e o time (para não dizer o elenco todo) do Corinthians era muito melhor. Tivemos até o momento 48 campeonatos brasileiros após 1971 e só ganhamos um por pura incompetência nossa e capacidade técnica e financeira das demais equipes. Enfim, discordo da sua ponderação.

    1. O espaço é para isso, concordar e/ou discordar. Nao existe unanimidade, ainda bem, desde que respeitadas as divergências. Mantenho minha convicção, se o árbitro mineiro não tivesse “amarelado” e houvesse assinalado a penalidade claríssima no segundo jogo da decisão de 1999, teríamos sido campeões.

  11. Que bom a volta , ainda que temporária do guru Eduardo Davila ao nosso querido Canto do Galo. Saúde prezado Eduardo.
    QUANTO AO GALO ; NÓS NÃO TEMOS CRAQUES , PORTANTO O PREPARO FÍSICO , APLICAÇÃO TÁTICA E MUITA PEGADA SERÃO FUNDAMENTAIS PARA O SUCESSO EM 2019.
    AINDA PRECISAMOS DE UM CENTRO AVANTE , UM LATERAL ESQUERDO E MAIS UM VELOCISTA PARA COMPLETAR O TIME.
    AH…. E A INDISPENSÁVEL SAÍDA DO COME DORME , QUE SÓ FAZ ATRAPALHAR O TIME ; O BUNDA DE TANAJURA , ELIAS.
    FORA ELIAS.

  12. Boa tarde Eduardo e massa do Galo!
    Que bom te ver por aqui de novo e espero que este ano o seu blog esteja mais organizado e os nossos comentários possam ser publicados sem nenhum problema.
    Quanto ao nosso Galo, espero que este ano as coisas possam se acertar, o time dar liga e fazermos boas campanhas em todas as competições e que possamos dessa vez ganhar pelo menos um título de expressão e de preferência o brasileirão, mas se não vier pode ser a CB ou sonhando maior a libertadores. As contratações foram pontuais, principalmente no setor defensivo que vínhamos cobrando há uns três anos. Não houve até o momento uma contratação de peso, para a torcida ir ao aeroporto comemorar, mas ainda espero por parte da diretoria e com a ajuda de investidores, contratar quem sabe, o tão sonhado camisa 10. O elenco ainda requer de mais umas três contratações para brigar nas cabeças, sendo um lateral esquerdo, um camisa 10 e um centroavante para brigar por posição com o Ricardo Oliveira. Está vindo aí o papagaio, mas ainda não sabemos se este jogador tão jovem vai estar preparado para vestir o manto sagrado e não tremer nas bases. Tomara que ele dê conta do recado, pois fazedor de gols já provou na base do palmeiras, mas ainda não foi testado jogando e disputando campeonatos de ponta do futebol brasileiro e sul americano. Estou esperançoso que o time este ano apresente um futebol mais convincente e que nos dê muitas alegrias. Espero que alguns torcedores não fiquem pegando nos pés de nossos principais jogadores e que possam incentivar e apoia-los juntamente com os demais, para que o time engrene, faça boas campanhas e conquiste títulos. Saudações atleticanas a toda a massa atleticana e que o ano de 2019 seja coroado de conquistas.

  13. Volte sempre que quiser, caro guru alvinegro! E que queira muitas mais vezes, porque seu blog faz falta!
    Sem entusiasmos, mas parece que 2019 será melhor que 18. Agora parece que temos comando técnico mais promissor. Vamos festejar algumas vezes!

  14. Grande Eduardo!
    Que grata surpresa matar nossa saudade!
    Que suas aparições sejam frequentes, mesmo que apenas semanalmente (rsrs).
    Bom pra frente!
    Vamos ver o que esse Galo arruma em 2.019.
    Melhorou sim, é verdade! Mas será que tinha como piorar? Difícil!
    Entretanto, pra quem deseja disputar títulos, ainda é pouco! Precisamos de mais 3 reforços capazes de brigar pela titularidade, e por que não ter um novo titular, como no caso da camisa 9, que carece de um jogador, brigador e matador, que passe confiança e regularidade nas partidas!
    Essa temporada será muito mais puxada que a do ano passado!
    Sem um time titular forte e sem todas as peças de reposição, nada feito!

  15. Bom dia mestre, saudações! Selegalo dá arrepios só de pensar, treinador indicado por jogador, não pela competência e sim por sua preferência- amigo pessoal q chama- .Wink contratatado mesmo sendo barrado pelo DM por ter lesão crônica no joelho etc…chamar aquilo de bagunça é sacanear com a mesma. Bom te ver por aqui meu amigo temporão! Vossa letra continua fina e o GALO é gigante. Só mesmo um gigante p não capitular após anos e anos de desleixos explícitos. Abs e #GALOsempre

  16. Que legal poder postar no “Canto do Galo” novamente, ainda que de maneira eventual, atualmente. É uma dose pequena para alimentar o vício da integração com os Atleticanos (no bom sentido, ainda que saiba que não exista vício bom). Estou tentando me adaptar ao “Fala Galo”, mas por enquanto, somente leio, ainda não me senti familiarizado para postar.
    Entendo que a montagem do time esse ano é mais promissora. A chegada de dois zagueiros seguros, que se juntam a outros 2 (ainda que o LS seja apenas por 6 meses) confiáveis, melhoram o setor defensivo, nosso calcanhar de Aquiles nos últimos anos. Gostei do empréstimo do Gabriel, pois além de dar oportunidade de amadurecimento profissional ao Jovem jogador, aumenta as chances do mesmo de atuar, vez que no atual elenco, ele seria a terceira opção. Entre as saídas e chegadas, na minha opinião, o saldo é positivo. Excetuando o Maicon Bolt, que não me lembrava dele nem no time carioca, os demais eu já vi, ainda que pouco, em alguns jogos em suas equipes: Jair e Vinícius são opções melhores que Galdezani e Tomaz Andrade. Guga tem bom potencial. Mas a melhor aposta é o Papagaio. Esse garoto é promissor mesmo. Deveriam ter mudado, ainda na base do time paulista, sua alcunha, que o pejora. Fosse somente Rafael, não haveria a desconfiança que parte dos torcedores apresenta. Esse moleque é bom! Logo, são justificáveis os primeiros elogios ao trabalho do Marques, bem como o reconhecimento de “sinais” de melhora na Diretoria. Os empréstimos de Denílson e Edinho minimizaram os prejuízos de suas contratações. Já a saída do Pablo foi um acerto louvável! Incrível que esse jogador consiga ser pior que o Denílson.
    Contudo, apesar da perspectiva de melhora na qualidade do elenco, a análise feita pelo locutor da Fox, que retira o Galo do bloco dos times candidatos aos títulos, é correta, no meu ponto de vista. Ainda que não goste desse apontamento, analiso que as equipes que ficaram a nossa frente no campeonato brasileiro se reforçaram melhor. Além dos investimentos megalômanos do rubro negro carioca e alviverde paulista, os tricolores gaúcho e paulistano reforçaram bem seus elencos (o já forte do time do sul). E o alvirrubro dos pampas manteve o grupo, embora eu o veja como o mais fraco dos citados até aqui. De resto, o rival de minas e o alvinegro de São Paulo, ao meu entender, estão sendo supervalorizados pela mídia, embora possuam comportamento mais competitivo que o Galo, com base nos últimos anos. E esse é o ponto essencial para que o ano do Galo seja diferente. Por mais que a raiva tenha nos impulsionado à decepção em 2018, sejamos francos: quem apontaria que o Galo pudesse ter melhor sorte do que a que teve ano passado? Em análise, poucos. Porém, a Diretoria, sobretudo o presidente, à época bastante inexperiente, optaram pelo desmerecimento de competições, sobrecarregando a pressão para a conquistas de outras. Deu no que deu: insuflou e insultou a torcida. Podemos ter um ano melhor se o grupo se fechar, focar, e criar espírito de competitividade. Sangue nos olhos! Lembra da Selegalo de 1994, citada no texto. É o mais clássico exemplo negativo de comportamento de um grupo de “selecionáveis”, ao lado do “melhor ataque do mundo: Sávio, Romário e Edmundo” do time carioca em 95”. Mas, tivemos no Galo, no mesmo ano de 1994, exemplo que superação, com o time sendo chegando as semifinais do brasileiro, contrariando as expectativas, saindo da repescagem. O comandante da reviravolta do comportamento: Levir Culpi. E agora, compete a ele imbuir ao grupo o comportamento vencedor, necessário para contrariar novamente os prognósticos. É no campo, não no papel!
    Por fim, como nem tudo são flores, aqui vão minhas primeiras críticas à Diretoria: porque a demora em negociar um patrocinador? Flamengo, São Paulo, Cruzeiro e agora o Corinthians, possuem patrocínios de empresas cujos donos são conselheiros do Galo! uai… é um tema que precisa ser visto. Ou o Galo tá muito ruim de retorno ao parceiros, ou tá péssimo em nível de paixão de seus conselheiros. E, Sette Câmara, tem que rever urgente o departamento de base! Além da qualidade duvidável, é nítido a falta de comprometimento dos garotos. Sem espírito de competitividade, e com a empáfia de muitos, é eminente que essa geração se perca por completo. Um conselho: coloque o Alerrandro para ver o Papagaio jogar. Quem sabe ele entenda que nome pomposo não basta.
    Saudações, e saudades do espaço, alvinegras!

  17. Prezado Eduardo,
    Bom reler suas observações, que falta o senhor faz!
    Quanto a Fala Galo, não discordo que há Atleticanidade, conhecimento e destreza ao dissertarem sobre o CAM. No entanto, em MINHA opinião, ainda precisa de ajustes como : diversificar os temas, fazer análises mais críticas, cobrar posicionamentos e mudanças, entender que é preciso comentar também sobre os acontecimentos do dia a dia do Clube e – sobretudo – que há necessidade de ter um mediador para evitar que achincalhem o Galo e agridam os comentaristas.
    Uma pena que escreverá em doses homeopáticas, pois é e será sempre uma honra, um prazer e um privilégio me deliciar frase a frase dos seus textos.
    Que o senhor descanse, (re)energize-se e volte o mais breve para o seu posto de Guru da Massa.
    “Quem elegeu a busca não pode recusar a travessia” Guimarães Rosa

    Um abraço.

    1. Querida Lucy, precisava de um tempo pra dar uma respirada. Confio muito na turma do Fala Galo. Pode ter certeza que irão prestar um belo trabalho ao Galo.
      Ficarei por aqui, como disse, ocasionalmente.
      Bom te-la por perto, ainda que distante.

  18. Nobre guru, esperamos que volte sempre. Fala do Galo como poucos… Penso que dentro do possível Marques faz um bom trabalho. A Diretoria PARECE ter aprendido com os erros de 18, o lamentável é que tenhamos perdido um ano inteiro para que pudessem aprender algo. O fato é que ainda carecemos de um centroavante, um lateral esquerdo e um atacante de velocidade que venham para jogar e não só compor elenco. Ponto negativo para algumas renovações absurdas, além de chance de se livrar de outros com salários altos. Bom, quero acreditar que sabem o que estão fazendo… Em suma, QUEREMOS O BR19. Tem que entrar para vencer todo jogo, dentro e fora de casa. Se tem que priorizar algo, que seja o nacional. Chegou a hora!

    1. Caro Andrade, mineiro da bucólica Piracema, bom reencontrar amigalos como você e tantos outros daquela nossa boa convivência. Galo Sempre!

  19. Bom dia, caro Eduardo!
    Que bom te ver por aqui!
    Por enquanto também estou aprovando as contratações via Marques. Gostei das chegadas de Réver, Igor Rabello e Gustavo. Espero que deem certo, bem como Jair, Vinícios, Bolt e Papagaio. Mas confesso que fiquei um pouco decepcionado quando as notícias davam conta de uma possível contratação de Romero (o irmão bom..rs) e aí me apareceram com Bolt, mas…vamos ver. Também precisamos urgentemente de um Lateral Esquerdo pra chegar e assumir logo o posto. Por fim, que o Marque consiga e queira se livrar do Elias!
    Apareça sempre, caro Eduardo. Está fazendo muita falta. Não gostei do Fala Galo!

    1. ObriGalo! Vamos dar força ao “Fala Galo”, a turma é boa, competente e Atleticanos da “veia”. Nosso espaço diário daqui pra frente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.