Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Com a atenção agora no torneio internacional

Vida que segue e o foco hoje é a Sul-Americana. Que venha o Botafogo e sua estrela solitária, contando garganta de uma escrita que só interessa a eles – cariocas – uma vez que a nossa prioridade é avançar na competição em busca do terceiro título. Sim o terceiro, já prevendo as contestações, pois esse torneio foi o sucessor da Copa Conmebol que o Galo conquistou em duas ocasiões.

Sou o tipo Atleticano que não despreza conquistas da nossa história. Fomos duas vezes também “campeões dos campeões”. A primeira delas, no distante ano de 1937, quando – na condição de campeão mineiro – superamos os vencedores das competições regionais em São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Foram seis partidas, vencemos quatro e tivemos um empate e uma derrota. Com isso, chegamos à frente de Portuguesa, Fluminense e Rio Branco.

Já em 1978, patrocinado e organizado pela CBF, novamente o Galo foi o campeão do torneio, denominado “campeão dos campeões”. Não sem mencionar que a habilitação para disputar essa taça foi o fato de termos sido, em 1971, o primeiro campeão brasileiro de futebol. Naquela ocasião não existia fax, o que – numa negociata com a mesma CBF – chancelou conquistas ao bel prazer dos interesses do então presidente Ricardo Teixeira. Aquele mesmo, que a exemplo de seus sucessores Marin e Del Nero, continuam prestando contas à Justiça.

Poderia enveredar sobre ser o Galo o primeiro time de nossas terras em gramados europeus, numa excursão que teve o caráter humanitário de busca pela paz, após Segunda Guerra Mundial. Foram dez jogos, com seis vitórias, dois empates e duas derrotas. O título simbólico de “campeão do gelo”, por ter atuado em várias partidas com o gramado coberto em neve, para alguns historiadores do velho mundo equivale a uma conquista mundial.

Pois bem, por isso mesmo, que hoje vou ao Horto em noite de Galo. A Catedral ou Palácio do Horto, com lotação esgotada, será palco de mais um grande desafio na vida Atleticana. Superar ao Botafogo, seguramente, colocará o Galo na rota de busca de um título que pode significar mais que essa conquista. Aos vencedores da Sul-Americana, pelos critérios ainda a ser anunciados, pode estar reservada a porta de entrada para o Mundial de Clubes previsto para 2021. A competição, a ser disputada, terá 24 equipes e acontecerá de quatro em quatro anos.

Vencemos a primeira partida no Rio de Janeiro, semana passada. O placar foi mínimo e poderia ter sido três ou quatro gols a favor do Galo. Além de um tento mal anulado pela arbitragem brasileira, responsável tanto no gramado quanto no VAR, Ricardo Oliveira jogou pelas nuvens duas oportunidades claras de gol. Espero que hoje, caso realmente seja escalado, desencante e desencane dessa seca que já dura 13 partidas sem balançar as redes. Lembrando que 13 é Galo, chega de perder gols, artilheiro pastor.

Em tempo: ontem fui deitar com uma cidade silenciosa, para acordar cedo e com bom espírito para essa difícil partida de hoje à noite. Pois nesse sono profundo tive um delicioso e saudável sonho. Revi, durante meu devaneio noturno, o escorregão do Ferreira que colocaria fim ao nosso sonho de 2013. E ainda, nesse mesmo encantamento, a disputa de penalidades daquela Libertadores. Acordei em estado de graça. Boas recordações. Deve ter sido por causa dos seis anos daquela inesquecível conquista. Ou não?

*fotos 1 e 3) Bruno Cantini/Atlético; imagem 2: redes sociais

32 comentários em “Com a atenção agora no torneio internacional

  1. Boa Noite,

    Rápido comentário: Pós jogo:
    Jair , Monstro.
    Cleyton, Muralha.
    Vinícius, pegando gosto, jogador de contra ataque.
    Otéro , horrível.
    Chará, mediocre.
    Geovânio, jogador de segundo tempo, ciscador.
    Fãbio Santos, só pênalti.
    Patric, medíocre e esforçado, muito ruim.
    Elias, se redimindo.
    Rever e Igor Rabelo, se entrosando.
    Ricardo Oliveira, esforçado, que fase!
    Cuidado com o Galo, é igual a caminhão sem freio em ladeira a abaixo, ninguém para, e parece que está começando a gostar desta competição.
    Parabéns, pelo resultado.

  2. ÓTIMA VITÓRIA.
    JOGAMOS COM DOIS A MENOS , ELIAS E R.OLIVEIRA, MAS JAIR , O MELHOR EM CAMPO JOGOU PELOS DOIS.
    JAIR TOMOU UM CARTÃO E SAIU CANSADO E MACHUCADO , ESSE É O NOSSO PROBLEMA. JÁ QUE JAIR JOGOU SÓZINHO E SOBRECARREGADO SEM A AJUDA DE ELIAS.
    AGORA É VOLTAR A ATENÇÃO PARA O BRASILEIRÃO , SEM POUPAR NINGUÉM . QUEREMOS O BRASILEIRÃO EM PRIMEIRO LUGAR.
    GAAALÔÔÔÔÔ

  3. VAMOS GANHAR HOJE NO CAIXOTE DO INDEPENDÊNCIA , MAS NÃO POSSO CONCORDAR QUE UM TIME DA GRANDEZA DO GALO SE CONTENTE EM JOGAR NUM CAMPINHO PEQUENO DESSES. INDEPENDÊNCIA É ESTÁDIO PRÁ PONTE PRETA , CHAPECOENSE E OUTROS TIMINHOS PEQUENOS. É UMA VERGONHA A NOSSA TORCIDA SER REDUZIDA A ESSE DIMINUTO PULEIRO.
    VAMOS VOLTAR AO MINEIRÃO , LÁ SEMPRE FOI A NOSSA CASA.
    “”VINA”” JÁ CITADO AQUI , ISSO NUNCA FOI JOGADOR PRÁ TIME GRANDE . MERECE NO MÁXIMO UM CHAPECOENSE.

  4. Boa Tarde,

    Gostei demais do texto.
    Hoje estamos vivendo um dia diferente de posts, Amiga….. suspeitos estão realmente de muito mal humor e outros que se escondem muito mal, estão ainda pior, não tiveram nem graça de aparecer, nem que disfarçado de inseto.
    Como já disse anteriormente, não gosto de contratações de eis jogadores, se acontecer de novo, vamos sentir falta de não ter contratado o Luciano.
    Rezo para o Blanco voltar, só ele conseguiu colocar o Elias no Banco. Mas no quadro atual ele para mim estar titular por mérito ou falta de concorrência.
    Vejo a mídia colocar pressão desnecessária encima do Alerrandro, perdeu pênalti que o goleiro fez jogada desleal, até tomou cartão, contra o Goiás, não teve oportunidade e quando teve acertou a trave, se entrasse ninguém falaria nada.
    Me parece situação criada para tentar justificar a volta do Ricardo Oliveira, que realmente errou gols dentro da pequena área, Alerrandro só foi mal contra o Fortaleza, displicência.
    Não canso de dizer que gostaria de ver o Alessandro Vinícius neste time, e o Neto também, o Bruninho com ritmo de jogo aposto que é melhor do que o Vina, e sem falar do Nathan.
    Para hoje espero uma equipe ligada e que não se limite em defender.
    Em tempo, que conjuntivite danada essa hein, nesta mesma época do ano passado o Cazares andou afastado dos gramados devido a propostas do futebol Árabe.
    Esquisito isso, no mínimo. Alguém já viu algum post com ele em foto.
    Boa sorte para o nosso Galo!

  5. SAUDAÇÕES ALVINEGRAS. Belo texto e que hoje a noite o Galão faça a Massa feliz.
    Tudo está propicio e podemos avançar e termos mais um título internacional para o Galo mais lindo do mundo.
    PARA AQUELES QUE SÓ RECLAMAM. VAI UMA DICA. DEIXEM O GALO DE LADO, DEIXEM DE VER OS JOGOS E PARTICIPAREM DA VIDA DO GALO POIS SEM VCS EM NADA MUDARÁ A VIDA DO NOSSO GALO. POVO CHATO.
    EU TAMBÉM QUERIA O GALO GANHANDO TUDO MAS JÁ QUE NÃO É POSSÍVEL ESTAREI COM ELE ATÉ MINHA MORTE. DIA DE JOGO DO GALO MEU ESPÍRITO É OUTRO, MINHA ALEGRIA É OUTRA E ISSO INDEPENDE DE TIME BOM OU TIME RUIM, ISSO É AMOR.
    AQUI É GALO PORRA

  6. Boa tarde Eduardo e Atleticanos. Hoje é uma partida decisiva para este elenco com desempenho senoidal que veste a camisa do Atlético. O que impressiona é a desconfiança que os atuais jogadores incutiram em grande parte dos torcedor do Galo a ponto de não termos pelo menos convicção para dizer que este time poderá sacramentar sua passagem para a próxima fase da sulamericana.
    Vejo em torcedores de outras equipes uma certa dose de confiança em obter resultados positivos em jogos decisivos e fiquei pensando: por que eles ainda tem confiança, mesmo que seu time não venha se apresentando bem, e nós atleticanos, pelo menos uma grande parcela na qual me incluo, não expressamos a mínima confiança no atual elenco do Galo. Cheguei à triste conclusão: desde 2017 o time do Atlético vem repetindo os mesmos defeitos e limitações com resultados nada animadores e a diretoria parece estar conformada com essas campanhas pífias e desempenhos bem aquém das tradições do Atlético. O certo é que o atual elenco no deu claras demonstrações de sua incapacidade para obter uma sequência de bons resultados e, por conseguinte, realizar uma campanha de candidato a títulos.
    Vamos ver como o time vai se portar contra o Botafogo, após as recentes apresentações medonhas tal como foram contra Fortaleza e Goiás

    1. Concordo integralmente, o time do Galo não inspira e nao merece a confianca do torcedor.A desconfiança do torcedor tem sua origem nas inúmeras decepções dos últimos anos, foram derrotas e desclassificação até para times da série c .

  7. Boa tarde Eduardo e Massa. Hoje o Galo joga de preto e branco no seu terreiro forte. É para desequilibrar esse retrospecto desfavorável em mata mata frente o Botafogo. O Galo está tendo mais uma chance de estar perto de um título internacional e uma vaga na Libertadores garantida. Não se esquecendo da grana que recebe.
    Ontem eu estava debaixo das cobertas me divertindo com a narração do velho Alberto Rodrigues. Quando o jogo foi para a disputa de pênaltis, minha lembrança foi de que o “São Fábio” teria ontem a mesma noite que o nosso São Vítor teve naquela final de primeira liga. E assim se procedeu.
    Pra cima deles hoje Galo!

  8. Hoje não têm outra situação… avançar na competição de um jeito ou de outro… se não for pelo futebol bem jogado que a torcida tanto espera, que seja no grito ou até na porrada!!!!!!!!!

    OBS.: pergunta pro 7C que não entende de futebol… agora a Sul Americana tá valendo pro Senhor??????

  9. Bom dia xará e amigalos desconfiados!!
    Contra o Foguinho logo mais, espero que joguem com raça e vontade de vencer. Este tipo de atitude em matamatas está dificil de encontrar neste elenco atual do GALO. RESPEITEM A TORCIDA!!! NÃO DURMAM EM CAMPO!!!!!!!!!!!! MENOS PIXOTADAS!!!!!!!!!!!!!!!!!! Alguém aí ouviu falar nesse “Di Santo”????
    É impressionante como ainda empurram jogadores e a Diretoria do GALO aceita!!!!!!!!!!!!!!!!! E o Denilson que voltou e está ganhando mesada de R$ 100.000,00 por mês!!!! Não dá nem pra estender comentários…..

  10. Hoje é ir pra cima e se classificar, Botafogo nem dois zagueiros pra botar em campo vai ter, jogará um volante improvisado. O jogo podia já estar resolvido, não fosse Ricardo Oliveira e o juizão com seu VAR ridículo.
    Agora, independente do resultado de hoje, sugiro protesto no CT sábado, tem que botar pilha nesses jogadores preguiçosos pro clássico. Na Copa do Brasil entraram moles. Principalmente o bosta do Réver.

  11. Caros,
    Duas menções: 1º as conquistas alvinegras, escassas atual em razão exclusiva do plantel MEQUETREFE q a direção Sette teve a proeza de montar…Há distinção nos títulos de 1937 e 1978, de nomes parecidos. Nossos Cartolas, q pouco fazem em prol do FUTEBOL alvinegro, reivindicariam 1937 como título BRASILEIRO? Houve um nos moldes de 37 em 1922, levado por um Paulistano. Embora os dois possam ser considerados precursores do atual brasileirão e da CdoBr, com a antiga Copa Brasil e o Robertão no meio do caminho, o torneio de 1978 é outro conceito e tem mais a ver com uma Copa do Brasil atual, parecida com a velha Copa Brasil (pilantragem esses torneios da Copa Brasil atingirem o status de Campeonato Brasileiro). Já o Robertão é justo, no formato, q seja equiparado ao Brão, e tb 1936/37, pelo caráter PRECURSOR de tudo, sendo nosso GALO o 1º, já q o clube paulista tá extinto. Portanto, duas reivindicações históricas q a vaidade do Sr. KALIL ñ permitiu ir adiante na época em q o FAX funcionava a vapor e ele era o presidente… 2º O River demonstra pela 2º vez nos últimos anos, assim como o nosso próprio Galo já havia demonstrado, q o Mineirão é um grande palco para se praticar FUTEBOL em alto estilo, futebol INTERNACIONAL, ñ futebol caseiro. Ñ há q se ter medo, o MINEIRÃO É NOSSO! Fora Kalil e sua turma 7 de Menin, fora a facção do portão7, as verdadeiras PUTANAS do campim do mequinha, com o beneplacito dos JABAZEIROS de sempre. Esses cabrões impõem uma tradição q ñ deve nossa, o Galo caseiro: medinho DO MINEIRÃO! Ui, ai!
    Obs.: O Capim do Mequinha continua sendo o Capim do Mequinha…Foi reformado para q o time de 12/13/14 praticasse, sob a batuta de R10, o FUTEBOL ESPETÁCULO, futebol de salão…Os medíocres e os COVARDES mistificadores acham q ali é o CAPIM do Galo de patrick, fabíola santa e o PIPOQUEIRO santo, q o Galo só deve jogar ali…Deus lhes dê esclarecimentos e vejam a situação do mequinha, q nos 50/60/70 tinha grande torcida…
    Hoje ñ quero saber de AnoQVem ñ, bando de lulluzeiros SEM VERGONHAS! Queremos a classificação frente ao fraco botafogo.
    GALO SEMPRE!

  12. bom dia Eduardo e massa. grande texto Eduardo. espero eu voltando aqui amanhã para comemorar nossa classificação contra o foguinho. mas pé no chão o foguinho não está morto e espero eu e milhões de torcedores que o galo não ressuscita o foguinho. meu maior pesadelo é saber que no time titular vai ter o péssimo vina. Fábio Santos. elias. patrick. otero cai e cai. pastor pipoqueiro e patrick .são 7 jogadores a menos que vai jogar contra o foguinho. sobre o cazares ele está curando cachaça ou conjuntivite,kkkk.meu placar é galo 2×0. vai galooo.

  13. Prezado Lugalo. Antigamente zoavamos os rivais que nosso galo era o unico time de minas que tinha o Brasileiro..Perdemos esse discurso. Agora vem esse negócio de titulo internacional. Mas o importante esquecermos: nosso time está se apequenando com a torcida em estadio pequeno e aplaudindo Vina, Patrick e outros jogadores quem.em tempos de outrora nao jogariam no galo

    1. Esqueça voce, Libertadores e Recopa eternas. CB do Brasil em cima do Hexa não tem preço. Libertadores múmia, esse sim esta se apequenando Internacionalmente.

      1. Ta certo. Luan idolo eterno e por ai vai. Diretoria nao precisa se preocupar. Temos títulos eternos!! Inclusive estamos proximos de adaquirir mais um: 50 anos sem Brasileiro, alem de nao termos nenhum bicampeonato de titulo relevante pois segundo o próprio presidente sulamericana é 2 Divisao da América. Mas se o ideal é sofrer e torcer segue o baile

  14. Bom dia massa e Guru

    Esta foto do RO dentro das redes depois de mais um gol perdido, é a síntese da performance deste jogador, “bananeira que já deu cacho “, assim como outros que estão no time (Elias bunda de bigorna, F. tatuagem Santos, Vitor, Leo Silva, Rever). Agora que tá osso aguentar Otero, Vini, Luan e Xará, os seus companheiros de ataque, é uma verdade!
    Vida que segue, pois ao contrário de nosso presida de F1, este torneio vale muito. Vale mais um título internacional, vale a classificação pra liberta do próximo ano e vale uma grana polpuda pros cofres do clube. Alguém aí avisa pra ele e pros jogadores e comissão técnica por favor!!!!

  15. Bom dia!
    Um salve ao River Plate que treinou na Cidade do Galo e eliminou o endividado, quebrado e envergonhado time azul.

    Que os bem pagos jogadores que tem a honra de vestir a camisa do Galo, tenham vergonha na cara e joguem com vontade essa noite.
    Infelizmente RO volta!
    infelizmente temos que engolir essa conversa de conjuntivite no mais lúcido jogador desse elenco!
    Infelizmente vamos ter que ver o péssimo Vina em campo, além, é claro, de Elias, que não machuca nem a pau e Fábio Santos que não tem um substituto a altura do seu péssimo futebol.
    Ausência de Victor não é desfalque. Que Cleiton seja um novo João Leite melhorado!

    Quero deixar uma letra pra o Wilder da Live do Fala Galo de segunda passada. Você dizer que o Galo deve renovar com Elias porque ele é o que tem de melhor no meio campo, aí brow, cê tá de sacanagem. Nem parece atleticano. Se o Galo quiser almejar alguma coisa ainda esse ano, tem que se livrar desse péssimo jogador. Sugiro que essa diretoria incompetente ofereça ao Goiás, pelo Michael, que deixou o Elias com seu bundão no chão, Ricardo Oliveira, Fábio Santos, Patric e o próprio Elias e mais uns dois milhões de Reais.

  16. Notícia sobre contratação de Franco di Santo. Mesma situação de Nathan, Leandrinho, Conceição, Adilson, Maicon, Denilson e outros. Jogadores sem uso em times de segunda linha na Europa que chegam para o Galo com salários milionários, com justificativa de transferência grátis. Secando as Marias ontem pensei: por que o Galo não consegue trazer um Orejuela (vai ser comprado por 1,5 milhões de euros) um Romero até mesmo um Ariel Cabral, jogadores que a seriam ídolos no Galo. Apesar de, desde o primeiro jogo ter gostado do volante paraguaio, acho que este diretor deve pensar melhor nas contratações. Por falar neste volante, vai a sugestão de experimentar jogar com: Martinez, Jair: Elias, Casares, Chará e Alejandro.

  17. Bom dia, que o time jogue com raça, disposição e que aproveite as chances criadas. Passando para a próxima fase seremos o único time de Minas com chance de conquistar 3 titulos internacionais nessa década. Que me perdoem os que esperam mais de 23 anos por qualquer título internacional. Titulos Nacionais todos nós sabemos como são conquistados vide ano passado o time da ORCRIM contra o Santos.

  18. Só faltam mais dois jogos para minha alegria se completar (ou preocupação terminar). O resto é cumprirmos o protocolo que recomeça no domingo. Abraços e um Feliz Ano Novo pra todos!

    ps.: o que chateia é minha incapacidade de sentir-me indignado… Putz, o que fizeram com o meu Galo???

  19. O Galo tem obrigação de passar pois joga em casa, tem o resultado a favor, tem um elenco melhor e o Botafogo está sem zaga, mesmo assim ficamos com os dois pés atrás com esses PIPOQUEIROS QUE NÃO INSPIRAM CONFIANÇA.
    Só lembrando que esses mesmo pipoqueiros aí ano passado na Copa do Brasil ganhou lá em Florianópolis do Figueirense 1×0 e conseguiu perder em casa com o Indepa lotado 2×1 o jogo foi para a penalidades e o Victor salvou.

  20. Bom dia amigos do Galo. Se o NOSSO GALO jogar com raça e com vontade de vencer, avança na competição. Entretando, se ficar tocando bola para os lados e para trás vai decepcionar a massa.
    Que seja noite do Ricardo Oliveira justificar seu salário fazendo alguns gols.

  21. Bom Dia a todos os atleticanos e atleticanas de todos os matizes!
    Importante relebrar a história.m, os titulos conquistados. Quem não tem passado, não corrige a rota do presente.
    Com a devida vênia, esqueceste do titulo do campeonato da serie B, quando podemos retornar de onde NUNCA deveriamos ter saído.
    Sobre o Botafogo, creio ser um time e elenco abaixo tecnicamente do nosso. Se houver VONTADE , nós os atropelaremos!
    TORCER SEMPRE SEM NUNCA PERDER A CAPACIDADE DE JULGAR!

    1. Não mencionei o reclamado e tampouco ser o time com maior conquista de títulos mineiros, apenas recordei aqueles que são – propositalmente – ignorados por gente que só sabe criticar.
      Sigo em busca da única possibilidade de Minas Gerais conquistar uma taça internacional nesta temporada.

      1. Desculpe- me! Minha hermenêutica falhou. Pensei que vossa senhoria fazia uma rememoração dos titulos de um passado mais remoto, por isso o mencionei. Não foi pretensão minha levar um possivel desconforto a esse escriba.

        1. Este blogüeiro nunca se sente desconfortável, ao contrário, delicia com a mediação neste espaço essencialmente democrático.
          Portanto entendeu vosso equívoco, uma vez que o texto mencionava conquistas dos anos 30 e 50, enquanto sua missiva confessa ter entendido ser de um passado recente.
          É compreensível!

          1. Eduardo bom dia, quando voce tem algo que te incomoda, melhor esquece-lo e retira-lo da sua rotina diária. Esse aí pra mim, vale tanto, quanto aqueles que se escondem atrás de um teclado e com certeza fugiriam de um te a te. Deve estar de mau humor porque serão 23 anos do time dele sem nenhum titulo internacional. Até Leléu tem Libertadores o Fábio não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*