A família Lula deita e rola e ainda existe babaca para defender essa gente; veja

Amigo é coisa pra se guardar do lado esquerdo do peito. Para Lula, família se guarda dentro de um cofre, cheio de grana roubada

Lula e Luleco (Foto montagem: Google Images)

Após comandar um assalto bilionário aos cofres do País, leia-se o meu bolso e o seu, leitor amigo, o ex-presidente e eterno corrupto e lavador de dinheiro, Lula da Silva, está livre, leve e solto graças aos seus amigos da Suprema Corte e advogados regiamente pagos com dinheiro roubado.

Nessa semana, veio à tona os números do escândalo — mais um — envolvendo o clã Nine Fingers e a Oi, melhor dizendo, Andrade Gutierrez, cuja família sustenta parte dos gastos dessa gente há décadas. Sergio Andrade, amigão do duplamente condenado a mais de 20 anos de prisão, cansou de bancar as despesas e contribuir com campanhas eleitorais do gatuno barbado.

LEIA: O ESQUEMA DE CORRUPÇÃO DE LULINHA COM A OI

Já uma prima e sócia hospedou e custeou os estudos da filha bastarda do meliante em Paris. Por falar nisso, a moçoila acabou de arrumar uma boquinha no gabinete do senador petista Rogério Carvalho (PT-SE) e vai embolsar 10 mil reais por mês para não fazer nada. Quem pagará a conta? Nós, os otários, claro.

Voltando ao escândalo da vez, entre 2004 e 2016 — por mera coincidência, o período de governo lulopetista — a Oi/Andrade Gutierrez pagou mais de 130 milhões de reais (R$ 130.000.000,00!!) à tal Gamecorp, empresa de nada e porcaria nenhuma, cujo dono era Lulinha. Por quê? Vá saber.

LEIA: AS RELAÇÕES PROMÍSCUAS DE ANDRADE E LULA

Talvez por ter sido beneficiada pelo presidente ladrão com a alteração, sob medida, de uma lei que a beneficiou em bilhões de reais. Vai ver por isso decidiu, dentre tantos milhões, pagar ao Ronaldinho dos Negócios, quase 1 milhão de reais em consultoria jurídica. E eu que pensava que a especialidade do filho do meliante fosse apenas limpar bunda de girafa no zoológico de Santo André.

Tem também o outro filhote sortudo, que copiava e colava trabalhos de terceiros na internet e os entregava como se fossem seus, a fim de validar a cobrança de consultoria esportiva (que piada, meu Deus!!) e faturar alguns trocados de empresas ajudadas pelo papai ladrão e sua gangue de assaltantes.

LEIA: AS CONSULTORIAS FAKES DE LUÍS CLÁUDIO DA SILVA

Não nos esqueçamos, também, do sobrinho. Um tal Taiguara, esquisitão que só, que fez fortuna intermediando propinas entre a Odebrecht e o governo de Angola. O titio — que nem é tão titio assim — foi indiciado pela PF por surrupiar 20 milhões de reais, vejam vocês do que é capaz a alma mais honesta do País. Afora o irmão Vavá, já falecido, que era sustentado pelos generosos Marcelo e Emílio Odebrecht.

Pois é. Crise, meus caros, só existe para mim e para você. Salários baixos também. Faturamento em declínio idem. Para os Lula da Silva a vida vai muito bem, obrigado. Só gostaria de saber onde os meus avós estavam com a cabeça quando decidiram adotar esse sobrenome Kertzman e não o afortunado Silva.

Leia mais.

86 thoughts to “A família Lula deita e rola e ainda existe babaca para defender essa gente; veja”

  1. Olá Inundado, talvez consigas passar sem se alimentar ou sem respirar, jamais, contudo, sem mencionar e mostrar fotos de Lulinha Paz Amor. Coisa de um amor e devoção incontidos. Não se reprimas, faça como um antigo morador de BH, o Gonzaguinha: explode coração!

    1. Contribuiu e muito para o post kkk
      Vocês esquerdistas são engraçados de mais, adoro ver suas postagens, não fala nada com nada e ataca os outros sem argumentos e só choramingando que o Bozo isso, Bozzo aquilo kkkk

      1. Philippe, é nome ou armário para o anonimato? Cidrac é singular, trata-se de um só. O nome da pessoa que menciona não aparece no texto que escrevi.

    1. Lulinha Paz e Amor Pelas Propinas Milionárias, o fenomenal criador do “Bolsa Milionária Para a Família do Megaladrão Mais Inocente do Mundo”…..
      e suas maravilhosas, fantásticas, incríveis e fieis viuvinhas, tietes, idólatras e devotas.
      Tanta devoção religiosa é algo que poderia até nos comover, apesar de expor assim tão cruamente a triste e, ao mesmo tempo, cômica face de um brasil macunaímico, bananeiro e atrasado.
      Tristes trópicos, pobre Bananil !!!!

      1. Também tenho Silva no nome com muito orgulho, pois não desconheço algum parente que tenha sido preso por recebimento de propina ou por desvio de dinheiro público.

  2. O CRIADOR DO PROGRAMA “BOLSA MILIONÁRIA -PARA A FAMÍLIA LULA”
    Como se sabe (ver a Lei de do Programa Bolsa Família – Lei no 10.836, de 9 de janeiro de 2004), Lula Propina não criou o Bolsa-Família: ele apenas juntou os programas sociais criados no gov FHC num só dando o nome de Bolsa-Família.
    Mas, sim, em relação ao “BOLSA MILIONÁRIA -PARA A FAMÍLIA LULA” devemos dar a César o que é de César: pois ele é o verdadeiro criador do maior programa de transferência de dinheiro público para a família Lula Propina.
    E esse é o seu grande e fenomenal feito, seu grande mérito que ficará na história: toda a família Lula Propina se tornou, como num passe de mágica, milionários quase que de um dia para o outro!
    E sua grande realização ficará na história não só por isso: o seu partido, membros do Quadrilhão do maior assalto aos cofres públicos da história do mundo, banqueiros, jornalistas da esgostosfera petista, empreiteiras etc foram também brindados com bilionárias bolsas sustentadas com o sacrifício e suor dos brasileiros.

    1. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:
      Art. 1º Fica criado, no âmbito da Presidência da República, o Programa Bolsa Família, destinado às ações de transferência de renda com condicionalidades. Ver tópico (2178 documentos)
      Parágrafo único. O Programa de que trata o caput tem por finalidade a unificação dos procedimentos de gestão e execução das ações de transferência de renda do Governo Federal, especialmente as do Programa Nacional de Renda Mínima vinculado à Educação – BOLSA-ESCOLA, instituído pela Lei nº 10.219, de 11 de abril de 2001, do Programa Nacional de Acesso à Alimentação – PNAA, criado pela Lei n o 10.689, de 13 de junho de 2003, do Programa Nacional de Renda Mínima vinculada à Saúde – Bolsa Alimentação, instituído pela Medida Provisória n o 2.206-1, de 6 de setembro de 2001, do Programa Auxílio-Gás, instituído pelo Decreto nº 4.102, de 24 de janeiro de 2002, e do Cadastramento Único do Governo Federal, instituído pelo Decreto nº 3.877, de 24 de julho de 2001. Ver tópico (24 documentos)

    2. PEÇO Á QUEM TIVER PROVAS DAS ACUSAÇÕES DO MAIOR E MELHOR PRESIDENTE QUE O BRASIL JÁ TEVE, LEVAR IMEDIATAMENTE Á FARDA JATO . OS CORRUPTOS ( COM PROVAS ) MORO E DE ( DELTAN DINHEIRO ) , PAGAM QUALQUER QUANTIA , POR ELAS. QUANTO OS ” SILVAS ” ADEPTOS DO FACISMO , SIIGAM JORNALISTAS DE COM FORMAÇÃO, NÃO INFORMAÇÃO. ANALFABETOS POLÍTICOS.

      1. Você errou ao escrever ” maior e melhor “, você quis dizer, o Maior e Pior Presidente que o Brasil já teve, afundou o País na maior crise já vista .
        Quando vão acordar e parar de endeusar o mestre e comandante do maior esquema de corrupção do Brasil.

    1. você está errado! falo, sim. e muito! está cheio de textos meus descendo a chinela nos bolsokids. principalmente no bolsokid do Queiróz

    2. Eraldo,

      Ele fala, como deve falar sempre, pois roubo de dinheiro público em um País cheio de graves problemas sociais devia ser considerado um crime hediondo.
      Mas, convenhamos: é tal o volume, a diversidade e a engenhosidade criminosa da monumental roubalheira da fenomenal família Lula Propina, que as dos filhos do Bolsonaro parecem ser um grão de areia no deserto, uma coisa de ladrões de galinhas.

        1. Veja, 11/12/19)
          “Em um relatório de 166 páginas anexado aos documentos que deram origem à Operação Mapa da Mina, a Receita Federal chama a atenção para os “negócios fictícios ou superfaturados” de Jonas Leite Suassuna Filho, sócio de Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, na Gamecorp.
          O documento faz uma análise sobre as várias empresas de Jonas Suassuna. A principal fonte de rendimentos declarada pelo sócio de Lulinha é a distribuição de lucros das empresas das quais é sócio. A Receita cruzou os rendimentos com os números de funcionários de cada empresa.Lava Jato apura se repasses da Oi a Lulinha compraram sítio de Atibaia
          BrasilE-mail mostra que Lulinha tentou esconder vida de rico até do porteiro
          Na Goal Discos, Suassuna declarou receita de 29,6 milhões de reais entre 2009 e 2013. As planilhas evidenciam que a empresa “fatura milhões de reais contando com apenas dois empregados (em média)”, diz o relatório da Receita. No período em análise, a Receita encontrou apenas três notas fiscais de compras da Goal, que totalizam menos de 3 mil reais.
          Conclui o relatório da Receita: “Os fatos relatados mostram que os custos/despesas da empresa são irrisórios quando comparados às receitas declaradas, evidenciando a existência de negócios fictícios ou superfaturados envolvendo a Goal Discos”.
          “O empresário Marcelo Odebrecht confirmou ao juiz Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, que o ex-presidente Lula é o ‘amigo’ da planilha de propinas milionárias da empreiteira. Em depoimento nesta segunda-feira, 10, Odebrecht disse ainda que ‘Italiano’ – alcunha também lançada na planilha – é uma referência ao ex-ministro Antônio Palocci (Fazenda/Casa Civil/Governos Lula e Dilma) e ‘Pós Itália’ referência a Guido Mantega, que também ocupou a pasta da Fazenda. Odebrecht descreveu a Moro a planilha elaborada pelo Setor de Operações Estruturadas da empreiteira, o Departamento de Propinas.
          Ele falou sobre R$ 4 milhões que teriam sido repassados ao Instituto Lula e na soma de R$ 12,4 milhões supostamente investidos na compra do prédio do Instituto. Também abordou a cifra de R$ 50 milhões em propinas para Mantega que teriam sido usados na campanha de Dilma e, ainda, R$ 13 milhões em espécie sacados pelo ex-assessor de Palocci, Branislav Kontic, ou Programa B, entre 2012 e 2013, valor que teria sido entregue a Lula, segundo o empresário.”
          (Estadão, 10/04/17)
          “Marcelo Odebrecht revelou que “Amigo” era uma conta criada por ele para bancar despesas de Lula após sua saída da Presidência, em 2010. “A gente sabia que ia ter demanda de Lula, na questão do Instituto, para outras coisas. Vamos pegar e provisionar uma parte deste saldo, botamos R$ 35 milhões no saldo Amigo, para uso que fosse de orientação de Lula. A gente entendia que Lula ainda ia ter influência no PT, como era uma relação nossa com Presidência, PT, tudo se misturava”, disse. No final de 2014 restavam R$ 10 milhões na conta, segundo a contabilidade da Odebrecht.”
          (Época, 10/05/17)
          “Amigo do amigo de meu pai se refere a José Antônio Dias Toffoli. A natureza e o conteúdo dessas tratativas, porém, só podem ser devidamente esclarecidos por Adriano Maia, que as conduziu”, diz o documento enviado por Marcelo Odebrecht. O pai de Marcelo, por sua vez, é Emílio Odebrecht, empreiteiro que tinha proximidade com Lula. O ex-presidente petista, nas planilhas de codinome da empreiteira, era chamado de “amigo de meu pai”.”(Gazeta do povo, 12/04/19)).
          A DELAÇÃO DE PALLOCCI( EM Veja, 14/08/19
          “A delação de Palocci não deixa dúvidas: todas as eleições de Lula e Dilma foram financiadas com recursos irregulares de empresas — o que a Lava-Jato já comprovou de diversas formas, é verdade.
          Entre os detalhes que o Radar revela, Palocci afirmou que apenas o PT recebeu para suas campanhas eleitorais 270,5 milhões de reais, entre 2002 e 2014. Foram doações, parte declarada e outra não, de grandes grupos e empresas em troca de favores recebidos, afirma o ex-petista. Palocci associa cada doação a um benefício específico que, segundo ele, teria sido alcançado por determinada empresa. Boa parte dessas negociações era realizada por Palocci em sintonia com o ex-tesoureiro do PT João Vaccari.
          O ex-ministro também detalha as negociatas que levaram empresas a destinares recursos a políticos petistas. Nos casos das campanhas presidenciais de Lula e Dilma, são diversos os pedidos dos empresários em troca do apoio financeiro às tentativas de eleições e reeleições da dupla. Para o empresário, o benefício alcançado varia de menor tributação para um setor específico, obtenção de alguma linha de crédito no BNDES para essas empresas a auxílio em fusão de grupos de um mesmo setor a apoio da base governistas a medidas que tramitavam no Congresso.
          Há a história bombástica, revelada por VEJA em 2017, de que Lula foi eleito com uma bolada milionária repassada pelo ditador Muamar Kadafi, líder líbio morto em 2011. Segundo o petista, Kadafi deu 1 milhão de dólares, o equivalente a 3,5 milhões de reais à campanha do petista em 2002.
          O ex-ministro narra a operação petista, também revelada por VEJA em 2017, para sepultar a Operação Castelo de Areia no Superior Tribunal de Justiça que rendeu 50 milhões de reais em propinas pagas pela Camargo Corrêa na forma de doação eleitoral para Dilma Rousseff em 2010 e políticos petistas, como Gleisi Hoffmann, atual presidente nacional do PT.
          Palocci contou que ela recebeu de três empreiteiras 3,8 milhões de reais na campanha de 2010, quando se elegeu senadora pelo Paraná. Como VEJA revelou em 2017, quando o ministro ainda negociava uma possível delação com a força-tarefa da Lava-Jato em Curitiba, a empreiteira Camargo Corrêa repassou 1 milhão de reais a Gleisi como parte de um acordo para sepultar a Operação Castelo de Areia no STJ.
          Palocci também contou à Polícia Federal repasses milionários, na forma de doações oficiais e via caixa dois na campanha de 2010, para os petistas Fernando Pimentel e Tião Viana, que governaram Minas Gerais e o Acre, respectivamente, e para o ex-senador Lindbergh Farias.
          O Radar também mostra que Palocci confirma o repasse de recursos pela empresa Qualicorp ao PT, ao Instituto Lula e a Touchdown, de Luis Cláudio Lula da Silva, 30 anos, filho caçula do ex-presidente Lula. Os pagamentos, segundo o ex-ministro, teriam sido feitos em troca de “benefícios concedidos pelo governo” à empresa na Agência Nacional de Saúde Suplementar. No trecho obtido pelo Radar, não há, porém, valores descritos.
          Em março, a Polícia Federal indiciou Lula e o filho Luís Cláudio pelos crimes de lavagem de dinheiro e tráfico de influência por pagamentos para relacionados à empresa de marketing esportivo. A Touchdown passou a ser investigada em 2017, com as delações da Odebrecht na Lava Jato. A investigação descobriu que, ao longo dos anos, a empresa, que tinha capital social de 1 mil reais, recebeu mais de 10 milhões de reais de patrocinadores.
          O ex-ministro ainda detalha como a Odebrecht repassou 50 milhões de reais ao PT em troca de vantagens no Programa de Desenvolvimento de Submarino (Prosub). O episódio já foi narrado por Marcelo Odebrecht na delação da empreiteira. A bolada milionária foi repassada à campanha de Dilma em 2014. O dinheiro era para que as liberações de dinheiro do governo no contrato de construção dos submarinos não parassem.”

          “Não pode restar dúvida, a esta altura, de que o governo Lula patrocinou um gigantesco esquema de corrupção, em particular na Petrobras, baseado em superfaturamentos e propinas pagas por empreiteiras. Tampouco faltam provas das relações promíscuas entre o ex-mandatário e as empresas.
          Sempre será possível discutir aspectos técnicos de cada decisão dos magistrados —e a análise dos processos ainda tem longo caminho pela frente no Judiciário. Avançam no ridículo, entretanto, as teses que atribuem a mera perseguição política a triste derrocada de um dos líderes populares mais importantes da história do país (…).
          Conviria ao PT e a seus satélites buscar uma pauta mais substantiva que a defesa cega do cacique inelegível. Essa é uma página a ser virada na agenda nacional.”
          (Trecho do editorial da Folha do PT, digo de SP, em 08/02/19)
          “Os futuros presidentes da República terão de se esforçar muito se quiserem impingir ao País mal semelhante ao causado por Lula da Silva e Dilma Rousseff. O verdadeiro legado de suas gestões – evidente aos olhos dos que não costumam brigar com a realidade – é o mais absoluto retrocesso, sob quaisquer aspectos que se avalie: econômico, político, social e, sobretudo, moral. Uma marca difícil de ser batida.” Estadão, 22/04/17

          (EDITORIAL ESTADÃO, DE 13/03/17)
          “É este o verdadeiro legado de Lula – a pior recessão econômica desde 1948, quando o PIB passou a ser calculado pelo IBGE, e uma rede de corrupção sem precedentes, cuja voracidade por dinheiro público parece não ter deixado incólume sequer uma fresta do Estado Democrático de Direito”.(..) Lula é corresponsável pelos crimes cometidos por Dilma Rousseff, que, com justiça, lhe custaram o cargo. Mais do que uma escolha, Dilma foi uma imposição de Lula ao PT como a candidata do partido nas eleições de 2010. Jactava-se Lula de ser capaz de “eleger até um poste”. De fato, elegeu um, que tombou deixando um rastro de destruição.”
          A carta de Léo Pinheiro é devastadora para Lula, porque ele enumerou as provas que corroboraram seus relatos e que confirmaram o pagamento de propina no triplex e no sítio, pelo qual o chefe da ORCRIM será condenado na semana que vem.
          Leia a íntegra da carta:
          Estou preso há 3 anos e 7 meses, por ter praticado crimes que fui responsável. Chegou o momento de falar um pouco sobre o noticiário a meu respeito.
          A matéria veiculada nesta Folha de S. Paulo, sob o título “Lava a Jato via com descrédito empreiteiro que acusou Lula, no último domingo, dia 30 de junho de 2019, necessita de alguns esclarecimentos, todos eles amparados em provas e fatos.
          A minha opção pela colaboração premiada se deu em meados de 2016, quando estava em liberdade, e não pela preso pela operação Lava Jato. Assim, não optei pela delação por pressão das autoridades, mas sim como uma forma de passar a limpo erros que cometi ao longo da minha vida. Também afirmo categoricamente que nunca mudei ou criei versão e nunca fui ameaçado ou pressionado pela Polícia Federal ou Ministério Público Federal.
          A primeira vez que fui ouvido por uma autoridade sobre o caso denominado como tríplex foi no dia 20 de abril de 2017, perante o juiz federal Sergio Moro, durante meu interrogatório prestado na ação penal referente ao tema.
          Na oportunidade, esclareci que o apartamento nunca tinha sido colocado à venda porque o ex-presidente Lula era seu real proprietário e as reformas executadas foram realizadas seguindo suas orientações e de seus familiares. O ex-presidente e sua família foram ao tríplex e solicitaram reformas como a construção de um quarto, mudanças na área da piscina etc. Tudo devidamente testemunhado por funcionários da empresa que acompanharam a visita e prestaram testemunhos sobre isso.
          Afirmei ainda que os valores gastos pela OAS foram devidamente contabilizados e descontados da propina devida pela empresa ao Partido dos Trabalhadores em obras da Petrobras, tudo com anuência do seu maior líder partidário. A conta corrente com o PT chegou a aproximadamente R$ 80 milhões, por isso havia um obrigatório encontro de contas com o Sr. João Vaccari.
          O meu interrogatório foi confirmado por provas robustas que o Poder Judiciário, em três instâncias, entendeu como material probatório consistente para condenação de todos os envolvidos.
          O material que comprova a minha fala está no processo do tríplex e foi todo apreendido pela Operação Lava-Jato na minha residência, na sede da empresa OAS, na residência do ex-presidente Lula, na sede do Instituto Lula e na sede do Bancoop, o que quer dizer que não há como eu, Léo Pinheiro, ter apresentado versões distintas, já que o material probatório é bem anterior à decretação da minha prisão em novembro de 2014. Além disso, plantas das reformas do tríplex, projetos do apartamento e do sítio, bem como contratos, foram apreendidos na própria residência do ex-presidente, cabendo à minha pessoa tão somente contar a verdade do que tinha se passado. O próprio ex-presidente Lula, em seu interrogatório no mesmo caso, confirmou que voltamos no seu carro após nossa visita ao tríplex do Guarujá.
          As provas que estão presentes no processo são bem claras e contundentes, tais como:
          1. Documentos que indicam o ex-presidente e sua família como proprietário do imóvel antes mesmo de a OAS assumir o empreendimento, apreendidos na residência do ex-presidente Lula e na sede da Bancoop;
          2. Emails internos da OAS que demonstram a necessidade de “atenção especial” com a cobertura 164, bem como os projetos da obra;
          3. Registros dos meus encontros com Paulo Okamotto, João Vaccari Neto e o ex-presidente Lula, em minha agenda do celular, no Guarujá, no Instituto Lula e na residência do ex-presidente em São Bernardo do Campo;
          4. Mensagens sobre encontro de contas com João Vaccari;
          5. Depoimentos de pessoas que não estão vinculadas à OAS e que trabalharam nas obras da reforma, bem como de funcionários do prédio Solaris e também dos demais funcionários da empresa envolvidos na obra da cobertura.
          Neste mesmo período, surgiu um novo pedido do ex-presidente Lula, uma forma no seu sítio.
          Fui ao sítio com o ex-presidente ver e ouvir os pedidos de reforma e reparos, visita que foi fotografada e testemunhada pelo diretor da empresa designado para supervisionar as obras no sítio e no tríplex. Me recordo que fui em um sábado até o apartamento do ex-presidente, em São Bernardo do Campo, mostrei os projetos do sítio e do tríplex para que fossem aprovados. Esta visita consta dos registros da minha agenda e em mensagens, além de ter sido confirmada no processo judicial pelo testemunho do diretor que me acompanhou.
          Com o aval do ex-presidente Lula e seus familiares, as obras começaram. O sigilo era uma especial preocupação nos trabalhos.
          As obras do sítio e no tríplex tinham custos relevantes e eram devidamente contabilizadas. Documentos internos da OAS provaram no processo que as despesas das duas obras eram lançadas em centros de custos próprios, com uma referência ao ex-presidente (Zeca Pagodinho) e as divisões “praia” e “sítio”.
          Preciso dizer que as reformas não foram um presente. Os empreendimentos da Bancoop assumidos pela OAS apresentavam grandes passivos ocultos, com impostos, encargos que não deveriam ser assumidos pela OAS. Em paralelo, João Vaccari cobrava propina de cada contrato entre OAS e Petrobras. Combinei com Vaccari que todos os gastos do tríplex e sítio seriam descontados da propina. Repito, esse encontro de contas está provado por uma mensagem minha trocada na época dos fatos, devidamente juntada no processo e ainda pelo depoimento do diretor da empresa.
          Tenho consciência de que minha confissão foi considerada no processo que condenou o ex-presidente Lula, assim como as minhas provas que apresentei espontaneamente. Não sou mentiroso nem vítima de coação alguma. A credibilidade do meu relato deve ser avaliada no contexto de testemunhos e documentos.
          Meu compromisso com a verdade é irrestrito e total, o que fiz e faço mediante a elucidação dos fatos ilícitos que eu pratiquei ou que eu tenha tomado conhecimento é sempre respaldado com provas suficientes e firmes dos acontecimentos.
          Trata-se de um caminho sem volta, iniciado em 2016 e apresentado nesta caso do tríplex, bem como em diversos outros interrogatórios que prestei, como no caso do sítio de Atibaia, Silvio Pereira, Cenpes, CPMI da Petrobras e prédio Itaigara/Torre Pituba.
          Os fatos por mim retratados ao Poder Judiciário foram feitos de maneira espontânea e voluntária, sem qualquer benefício prévio pactuado, onde, inclusive, abri mão do meu direito constitucional ao silêncio.
          Curitiba, 02 de julho de 2019

          1. Robes,
            Sem dúvida, o seu comentário mostra uma mega capivara.
            Talvez ela seja a maior mamífera do mundo, coisa dos tempos da Era Terciária para ser mais exato.

        1. Recolher o que, manezão??? Quem roubou foram os vagabundos; quem investigou foi a PF; quem acusou foi o MP; quem condenou foi a Justiça. Eu só relato os fatos

      1. Pior cego è o que não quer enxergar,, Depois de lê todo o texto apenas confirma o que eu ja sabia,, este nove dedos só não roubou mais por que não tinha dez.. Como no Titulo ainda tem OTÁRIOS que acreditam neste Ladrão e no PT. Afiiii.

      2. Ricardinho é apenas mais um tentando ser comediante, infelizmente Belo Horizonte nunca produziu nada que preste na área do humorismo, tem uns programinhas futebolisticos que tentam fazer piadinhas engraçadas, mas não passa disso. Ricardinho devia aprender…

    1. A turminha da mortadela fica toda alvoroçada kkkk
      Só lhes resta destilar o odio, porque o PT e essa esquerda lixo não volta mais para o maior cargo da nossa nação!

      1. Diz o autor: “Após comandar um assalto bilionário aos cofres do País, leia-se o meu bolso e o seu, leitor amigo, o ex-presidente e eterno corrupto e lavador de dinheiro, Lula da Silva, está livre, leve e solto graças aos seus amigos da Suprema Corte e advogados regiamente pagos com dinheiro roubado.”

        Inimigo Inquieto, os citados poderiam arrancar seus parcos cabelos da cabeça (talvez tenha em abundância pêlos no toba) em processos, já que não apresenta UMA prova sequer das acusações levantadas.
        Defender quem tirou milhões da pobreza (dá para provar isso com abundantes dados quantitativos de agências internacionais, ou seja, PROVAS) é questão de humanidade, não babaquice. O resto é ressentimento profundo e lodoso.

        Pode até ser culto, mas tá lotadinho de ódio e má intenção. Controle a alfafa das suas refeições, elas podem causar danos ao seu cérebro irrequieto.

        Nada de errado, essa é a vibe de quem defeca pelos teclados no Estrago de Minas, veja lá o Jaeci Carvalho!

        1. Caro Babaca,

          Além de bundão, já que assina com nome falso, você comete vários erros:

          Eu não tenho pelos — SEM ACENTO, SEU ANALFABETO INÚTIL!! — no toba, mas vários na bolsa escrotal, sempre à disposição de inúteis como você.

          Processos vindo de ladrões não me incomodam. Se você não é um, sugiro que tente (me processar). Topa?

          Dados quantitativos de agências…? Quer falar difícil, Zé Mané, fale algo que exista. Analfabeto tentando ser culto é uma merda!!!

          Alfafa não podem causar danos!!! Alfafa PODE causar danos. Aprenda, no mínimo, a concordância da sua língua, seu filhote de dromedário com sapo-boi

  3. Gente, é só não comentar e nem ler essas asneiras que esse desprovido de cérebro e pelos arrota. O cara deve ter tara no Lula. Mas, não é isso! Chama os outros de babaca e fala sempre do Lula só pra chamar a atenção para o ser insignificante que é… Entrei e comentei depois de anos vendo esse ser impotente vociferando merda… Never more…

  4. O carniça a cada novo julgamento fica mais apavorado ainda. Diante de tantas provas, este velho cachaceiro fica mais perturbado. Imagino quando for reaberto o processo do prefeito de Santo André Celso Daniel, assassinado cruelmente juntamente com todas as testemunhas do caso, cujo mandante foi este carniça, creio que até os melhores advogados não irão querer defender este criminoso.

  5. Uai Ricardinho, que você é um cara de pouca instrução, isso todos sabem, mas bipolar também ????

    Se alguém perguntar como esta o inquérito do Bady Cury, o senhor fica nervoso, como se fosse um crime perguntar sobre a questão e olha que o senhores prezam pela transparência.

    Agora quando é o PT, a situação é outra. O lulinha é alvo de uma investigação da Policial, assim como seu colega blogueiro, mas quando é o PT, o senhor argumenta assim:

    “Após comandar um assalto bilionário aos cofres do País, leia-se o meu bolso e o seu, leitor amigo, o ex-presidente e eterno corrupto e lavador de dinheiro, Lula da Silva, está livre, leve e solto graças aos seus amigos da Suprema Corte e advogados regiamente pagos com dinheiro roubado.

    Nessa semana, veio à tona os números do escândalo — mais um — envolvendo o clã Nine Fingers e a Oi, melhor dizendo, Andrade Gutierrez, cuja família sustenta parte dos gastos dessa gente há décadas. Sergio Andrade, amigão do duplamente condenado a mais de 20 anos de prisão, cansou de bancar as despesas e contribuir com campanhas eleitorais do gatuno barbado.

    Então Ricardinho, espere até o fim da investigação, para depois haver um processo e por fim ter uma decisão judicial. Depois de todos esses tramites, o senhor pode escrever essas merdas que você escreve.

    Assim como o seu colega, todos possuem direito ao principio da inocência. Aliás, qualquer pessoa deveria ter no Brasil.

  6. Babaca e esse tipo de jornalista que tu és, aliás te chamar de jornalista é ofender os poucos profissionais que decentes que restaram e que merecem todo nosso respeito!
    “Jornalista” como você e só chutar num monte de fezes de cachorro na rua, que sai uns dez correndo.
    Traíra, idiota, vendido e mau caráter, para não dizer algo pior!

    1. Ô Silva, pra que tanto esforço para mostrar que és de tão poucas luzes? Lula, diferentemente de muitos políticos não mantém conta em bancos no estrangeiro, logo, se ele recebeu quantias avultadas de dinheiro esse montante estaria nos bancos aqui no país – já que ele teve a casa revistada e nada foi encontrado que pudesse incriminá-la – então, de consequência, seria mais fácil que pescar de bomba em aquário apreender tal dinheiro, porém, no entanto, as autoridades não fazem isso, aliás nem falam sobre isso. Ou os policiais, delegados e membros do MP estão todos omissos? Medite um pouco acerca de seus disparates.

      1. Olá cidrac.
        Eu não tenho culpa se vc perdeu o bolsa família ou se deixou de mamar nas tortas do governo.
        Agora vamos direto ao assunto. Quando o carniça aparecer em público, o povo irá se manifestar e aí poderemos concluir se o crime compensa !!!

        1. Silva, culpa? Que conversa é essa? Nunca fui funcionário público nem por um minuto em minha vida, nem mesário, nem jurado, nada. Sempre atuei na iniciativa privada tendo o primeiro registro em CTPS em 07/12/1979. De igual modo nem eu nem família usufruímos de programa governamental. Portanto, não é aqui que perdestes a rodilha, vá procurá-la em outro lugar.
          Quando o assunto é povo Lulinha Paz e Amor tira de letra. Num é atoa que ele é o CAMPEÃO de votos em Pindorama e Vice Campeão no Planeta, só perde para Putim.
          Ele passou a faixa presidencial com mais de 80% de aprovação do eleitorado brasileiro. Não por outro motivo ele foi alijado da disputa em 2018, pois os demais não dariam para o primeiro páreo. Vai ouvindo

  7. DEVE TER MAIS DE 700 MEGA LADRÕES DO QUADRILHÃO LIVRES, LEVES E SOLTOS NO PAÍS.
    Ricardo, com as fotos publicadas aqui, dá para montar um rico “Álbum de Família” e uma luxuosa coleção de fotos do quadrilhão em folhinhas do calendário de 2020 o quadrilhão para presentear os “parças” nas festas deste fim de ano.

    Aliás, como você montaria a Folhinha do calendário de 2020 usando as fotos do quadrilhão para distribuir nas Delegacias e Cadeias do Brasil?
    JANEIRO: Família do Lula.
    FEVEREIRO a NOVEMBRO: Livre Escolha entre Juízes do STF, ministros, deputados, senadores, assessores, altos membros das empresas e bancos estatais, nomeados para Sebrae e Sistema S, empreiteiras, empresas campeãs nacionais, ditadores amigos e objetos como malas, cuecas e aviõezinhos financiados com o nariz pintado com a cabeça dos oportunistas safados que aderiram ao quadrilhão na ajuda do saqueamento dos cofres públicos que destruiu a economia do país, como por exemplo, aquele narigudo da globo.
    DEZEMBRO: Família Odebrecht, a insuperável madrinha do Quadrilhão.

  8. As safadezas dessa família de vagabundos alimentou a corrupção, roubalheira, a impunidade da fiscalização propineira e destruiu muitos negócios e geração de empregos empreendidos por meus familiares de gente honesta.
    LULA, SEU VAGABUNDO DE ALMA PODRE!

  9. Voce errou Ricardo. Não são babacas. São idênticos. Como o Brasil é um país de analfabetos, idiotas, recheados pelos tais “coitadinhos” endeusados pela esquerda, obviamente essa horda enxerga no Lula o seu semelhante, o seu igual. Como diz antigo ditado latino: Asinus asinum fricat. Como estamos em país de jumentos mal alfabetizados vou traduzir: ASNOS COM ASNOS SE ESFREGAM. Então é uma batalha perdida tentar argumentar com essa horda. Para eles só paredão e cangalha! Bom divertimento…

  10. quem mantem Lula “vivo” são vocês, que não esquecem ele, Lula é condenado, e aguarda julgamento em outras instancias. Se a direita, composta por vocês, tão preocupados com o futuro do país, focassem no que importa, talvez não seriam tão criticados. Vocês vivem a sombra de Lula, por isso que são tão medíocres.

      1. Quem mantém o Lula Propina vivo é a herança mais que maldita do desastre econômico, social, moral e administrativo que os desgovernos Lula/Dilma nos deixou.

        Não há como esquecer o Megaladrão não só por sofrer as consequências desse desastre como pelas revelações desvendar dos inúmeros crimes cometidos pelo mais corrupto político de nossa história.
        Às duras penas, o País vai saindo da UTI. Mas mesmo quando se recuperar não podemos nunca nos esquecer, como uma dura lição para que nunca mais se repita tal desastre!

  11. Hoje, o naturalista francês Auguste de Saint-Hilaire diria:
    OU O BRASIL ACABA COM A SAÚVA ENGRAVATADA OU A SAÚVA ENGRAVATADA ACABA COM O BRASIL.
    Aqui, o político que perde eleição ganha cargo parasitário e generosamente remunerado, para si, sua família e seus parentes em estatais, assessorias do fantasminha camarada, concursos públicos fraudulentos e mais uma porrada de etecétaras.
    Isso lembra um vai e vem interminável de extensas fileiras de saúvas-cortadeiras engravatadas, carregando no dorso ou escondidas no bundão, as notas de reais dos nossos cofres públicos.
    Por enquanto, o Bolsonaro parece ter reduzido uns 10% do tradicional toma lá dá cá e das megas cotas partidárias fantasmas, dessa peste epidêmica nascida ao som do Diretas Já e desembocou nas roubalheiras de porte oceânico feito pelo Quadrilhão Saradão.
    O futebol, espécie de coliseu romano moderno que, em parceria dos clubes caloteiros, trocou o pão pela lagosta e a corrupção à La Carte, simbolizada pela farra de guardanapo, castelo do deputado mineiro, mega obras superfaturadas e mais uma porrada de etecétaras, tem o mesmo efeito destruidor ao país.

  12. Como você pode ser tão asqueroso. Um sujeito baixo. A família do Lula inteira foi investigada e ainda não acharam nada, isso já tem anos. e Você fica sobrevivendo com notícias requentadas. Você praticamente vive as custas disso porque sabe que seus leitores são vorazes consumidores destas merdas ruins que você escreve. Você nem gente é, você é só um porco imundo que vive de suas mentiras. Você ainda vai se ferrar seus estúpido.

  13. A operação cartão vermelho foi iniciada finalmente, ainda que com atraso, segundo o jornalista paulistano. O cruzeirense deve preparar o espírito para 2020 porque os rumores das malas pretas interessam muito a um time paulista.

  14. A base de um Estado é o povo. E quando esta base acreditou em luladrão/um ” líder trabalhista “, foi como compor a base de terra e lama,pouco tempo dura o Estado.

  15. Como disse 9 em cada 10 políticos praticam a rachadinha, mas o assunto é só em cima de Flávio Bolsonaro. Crítica seletiva. Cade o MP sobre os demais, do PT tinha um deputado com 30 milhões de depósito. E depois me vem comparar os bilhões que Lula e Dirceu roubaram do povo com uma rachadinha de 2 milhões. Bovino é vc, otário é quem cai na sua conversinha. E além disso, é metido a esperto. Lamentável a sua conversinha imbecil.

  16. Primeiro lugar não defendo nem direita nem esquerda.
    Lula deve ser criticado e pagar pelas asneiras que fez.. Sem dúvida alguma..
    Assim deve Bolsonaro.. As pessoas têm que parar de idolatrar os políticos, perceber os pontos bons de cada um, mas criticar os pontos ruins de cada um também.
    Pelo amor de deus.. quem adora o Bolsonaro por algumas questões, pode adorar.. mas tem que ver cada merda que ele faz.

    Enquanto criticam Lula/ Dilma pela mamata de familiares e amigos.. tem que abrir o olho pra isso também.. Poxa. Deixa de ser otário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.