Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Com menos ansiedade e mais trabalho o Galo avança

Divulgação/Atlético
Divulgação/Atlético
Paulo Pixoto

Cresci ouvindo o bordão de que a pressa é inimiga da perfeição. Pode ser que sim, pode ser que não. Depende de cada situação. Mas no caso da preparação de um consistente time de futebol, a pressa sempre foi inimiga da tal perfeição, ou do que mais se aproxime disso.

Tenho batido na tecla de que a ansiedade atleticana muitas vezes joga contra o trabalho que vem sendo realizado. Foi assim com Jorge Sampaoli e até agora com Cuca.

Não existe bom time da noite para o dia. Os jogadores são heterogêneos, de nacionalidades distintas, habituados ao jogo de países diferentes, têm idades diversas e estão todos trabalhando nesse cenário horrendo de pandemia, com o agravante de viverem a crise sanitária ao modo brasileiro.

Parece que a parte ansiosa da torcida começa a entender isso na medida em que o Galo de Cuca vai mostrando entrosamento a cada partida, independentemente se trabalha com o grupo completo ou desfalcado por cada seleção nacional. Trabalho é trabalho e para dar liga precisa de treino, treino, treino… Jogo, jogo, jogo…

Divulgação/Atlético

Nas redes sociais, o espírito corneta que há em alguns arrefeceu nos últimos jogos. Tchê Tchê já não é tão achincalhado, Éverson igualmente, Hyoran menos ainda. E por aí vai. Seguimos com a nossa agonia atleticana, mas vamos superando as nossas ansiedades e o time vai demonstrando entrosamento. 

Os resultados positivos dos últimos jogos foram mais consistentes, trouxeram mais segurança ao atleticano, mas acho que o time de Cuca ainda precisa evoluir bastante. E eu não duvido que essa evolução vai continuar acontecendo.

Também não me iludo com essa boa situação atual. Esse time ainda está longe de ser uma equipe difícil de ser batida. Lembremos do que ocorreu com o bem treinado e aplicado Fortaleza. Mas até aquela derrota serviu como aprendizado. Assim tem que ser.

O Galo de Cuca vai ganhando forma, mas também ganhando cara. Sempre achei Allan um consistente volante, apesar dos muitos momentos nervosos dele em campo e sendo faltoso além da conta. Mas acho que Cuca tem trabalhado isso bem e sabe que ele é o nosso melhor primeiro volante. Jair vai ter que brigar com Tchê Tchê como segundo, e vai ser uma parada torta contra o jogador trazido por Cuca. Todos nós consideramos que Tchê Tchê é o preferido. Acho normal o treinador ter alguns nomes em campo nos quais confia mais, desde que os resultados sejam positivos e o trabalho deles consistente.

Divulgação/Atlético

Eu particularmente gosto do Jair como jogador de chegada, principalmente como elemento surpresa, como no gol que marcou no domingo. E além disso o time fica mais forte na bola aérea. Mas ele é bem menos eficiente na armação do que Tchê Tchê.

Hyoran é outro jogador que vem ganhando muito espaço com Cuca, faz um trabalho bem bom e será difícil sacá-lo desse time. Cuca vai ter que se virar, porque quanto mais  joga, mais ele se desenvolve. Hyoran já havia demonstrado isso com Sampaoli. Ou seja, como não se trata de um jogador de explosão,  ele precisa de ritmo para se achar em campo, para se entrosar com os titularíssimos Nacho e Hulk, e me parece que tem sido de bastante valia esse momento dele com o time.

O Galo de Cuca vai ganhando forma no meio-campo. Mas o ataque ainda não está completo, penso eu. Depois da volta de Savarino da Copa América, Keno, com a quantidade de erros de finalização que tem demonstrado, não tem lugar assegurado no ataque. Se Cuca quiser mesmo manter Hyoran entre os titulares, esse desenho na frente vai ter que mudar. Até porque o futebol de Hyoran ajuda a cadenciar e abrir espaços na defesa rival, como gosta Cuca.

Ainda sobre Keno, acho que os erros de finalização dele vão muito além do aceitável. Ao mesmo tempo não tenho dúvidas de que é um bom atacante e bastante importante para o time. Esse é um problema exclusivo para Cuca resolver. Mas bem que Éder Aleixo e Reinaldo, o Rei, poderiam ficar com ele uma horinha após os treinos dando algumas orientações. Uma condição singela deles vale um caminhão de conhecimento.

Por fim, o Galo tem sido bem mais consistente na zaga. Daqui a pouco Alonso vai voltar e certamente a saída de bola vai melhorar. Mas vamos perder qualidade nas jogadas áreas, a melhor qualidade de Réver. E quanto às laterais, como que o trabalho de Cuca aparece quando vemos Guga ou Mariano em campo hoje? Ainda bem que não se deu ouvidos a todos aqueles que queriam algumas degolas no elenco e na comissão técnica. Vai Galo!

28 thoughts to “Com menos ansiedade e mais trabalho o Galo avança”

  1. Alô Eduardo, vendo agora Náutico X Vila Nova, pela Série B, 4a. Rodada. O Timbu tá “voando”, com destaque para o ERIK, meia/ponta direita de 23 anos. Joga muito. Acho que é um Savarino mais habilidoso e que poderia ser muito útil ao Galo. Observe-o.

  2. boa tarde Eduardo e massa e paulo . mais um infetado no galo agora é Igor rabelo, ano passado começamos perder o campeonato quando pardal sampaoli e sua comissão técnica e jogadores ficaram infetados abre o olho diretoria vai deixar a pandemia atacar de novo. aff.na minha opinião se não vier reforços esquecem títulos.keno bichado não esta jogando nada. marrony numa péssima fase. varga e sascha muito fraco para o ataque. zagueiros precisamos urgente pelo menos um e se júnior Alonso for vendido precisamos de dois. meio de campo pitbull. e sobre apoiar e criticar vou fazer sempre quando precisar. sou um corneta nato.rsrs.que venha o inter. a galo não nos decepcione mais. vai galooo.

  3. Everson Guga rabelo rever arana jair tche tche nacho hiorran keno hulk Segundo tempo aos quinze minutos , saem guga arana jair entram mariano dodo allan , aos 30 minutos saem hiorran e tche tche entram franco e savarino . nacho e hulk imexiveis, mesmo se tiverem com pernas engessadas . zaracho , infectado pela cepa eterna e vitalicia do virus , se livrar antes de acabar o milenio, tem lugar no time . Pensa nisto , cuca, escuta quem entende

  4. Boa Tarde,

    Acredito que essas ausências dos titulares no grupo está sendo um fator preponderante para seu desenvolvimento e uniformidade, certamente estão se tornando muito mais forte do que antes.
    Sou corneta, mas as vezes corneto os cornetas também.
    Mas tenho que dar o braço a torcer que a cornetagem não só faz o mal ao time, mas muitas vezes o bem.
    Vejamos o caso do Alan que depois da torcida deixar claro que apenas seu empenho dentro de campo não estava agradando devido a contrapartida dos cartões tomados, ele mesmo deu entrevista se sentindo perturbado com as cobranças, pois bem, já são três jogos sem amarelar.
    Zaracho que acredito só ter conseguido oportunidade devido ao apelo dos torcedores que não acreditavam no tratamento que o Cuca estava dando a ele, coloco o Alan Franco também nesta mesma pressão da massa.
    Echaporã também me parece a mesma coisa e acredito que devemos começar a fazer o mesmo com relação ao Micael e principalmente com o Neto.
    Sou contra quando vemos jogadores que normalmente não estão suportando a pressão e essas cornetas estão influindo negativamente no seu desempenho e nem assim aliviam, também contra ofensas pessoais em rede social, apesar que não acredito que ataques em redes sociais se trata de corneta e sim mal caráter.
    Alguns que se dizem claramente que não sabem o motivo, mas não gosta e pega no pé, sei lá porque, o cara é barbudo, bundudo, usa camisa para dentro do calção ou tem cabelo pintado ou ruim, ou mesmo porque é branquelo ou negro, isso para mim vai muito além do futebol, é caso de psicologia.
    Mas as criticas sobre o desempenho em uma partida ou outra são totalmente aceitáveis e podem servir de parâmetro até mesmo para o jogador ou treinador ter um feedback sobre seu desempenho.
    No mais tudo comentado faz parte do ser torcedor.
    Boa terça feira a todos!

  5. TEOBALDO ,
    essa turma toda que a ela o Ávila cede o espaço é de uma pretensão sem fim , a querer moldar o torcedor com seus ensaios e estudos .

    É a cornetagem com grife !
    Crendeuspai !!!

    1. Barata, querido, você falou lá embaixo “da falta que fazem a arquibancada e geral”. Concordo contigo, amiGalo, em relação a uma possível força da galera no ato das partidas e seus reflexos no pós-jogos, mas tenho saudades, mesmo, é de empurrar as bichas… e nem disso podemos mais falar. Como conseguiram transformar o mundo nessa chatice, meu caro? Abraços!

      ps.: grato pelas leituras e retornos frequentes!

      1. TEOBALDO ,

        saudade de ouvir “cachorrada” do lado de lá !

        Alegria , descontração , diversão , provocação
        sadia … tudo ficou apenas na lembrança .

        E olhe que tem gente que condena até isso !!!
        Tempos bicudos estamos a viver !

  6. Prezado José Eduardo Barata, ótimo dia

    Esse “treinador”, em minha opinião, é fraco para nosso elenco. Em uma analise fria até hoje a equipe não apresentou um futebol de alto nível. Ainda bem que quis o destino da confusão Vargas/Sacha aconteceu, senão o roedor de unhas estaria testando o Hulk na direita até hoje, sendo que os corneteiro já o pediam com centro avante a muito tempo.

    1. Bão deve ser o Samparolha, que está treinando agora o galático Olimpique de Marselha e ganhando tudo na Europa! Fala sério, respeite o Cuca! Ninguém ganha uma Libertadores e um Brasileiro sem saber mexer com o riscado! Vc queria quem para o lugar do Cuca: Luxemburgo, Mano Menezes, Lisca que acabou de entregar os pontos no Cúei?

  7. #50anosdeporraretida… e o amiGalo quer que eu tenha calma e faça tudo objetivando a perfeição! Que dureza!!!

  8. Caros,

    Aquele q arruma time, o q monta pra VENCER, aquele q de FATO acredita no momento, esse Sr. tão AMADO por aquela TURMA PARASITA do Portão 7, uns New Old Men cansados, parados no tempo do q só existiu na cabeça deles, etc & enfim, depois do jg contra o São Paulo, o bom time do Bambins, diga-se, portanto GRANDE VITÓRIA (VENCER o são paulo é SEMPRE uma obrigação), Cuca UFA concedeu a entrevista:

    Ano Passado a gente ATLETICANA ficou por fora do esquema já q o bom e incompreendido Sampaoli, q ñ aguentou a 1ª proposta (como esse pessoal do futebol gosta de uma PROPOSTA? Hein! Parecem jornalistas! Cruzes! Tem jogador no NOSSO GALO q parece tá ali só pra receber PROPOSTA! Cruzes de NOVO e de RENOVO), ñ falava nada com nada ou se falava era no português mal falado…

    O NOSSO GALO (…) e a percepção…as perguntas dos “jornalistas” são sempre as mesmas da partida anterior, se enxugar ao fim ñ sai nada. O Jornalismo SÉRIO brasileiro tá em CRISE, sem espaços nos meios tradicionais, virou literalmente UMA IGREJA de JABAZEIROS explicitos passadores de pano babões (passam o pano e babam, ou seja, caga e anda!) Q vergonha essa classe outrora tão combativa e talentosa, agora MENDIGO de ideias !!! …

    Pela NOVA E RENOVA ONDA o NOSSO GALO foi inaugurado pelos MECENAS! Dá Vergonha, viu!!! (obs.: muito desses “jornalistas” deformadores de opinião torcem ou torceram para outros clubes. FATO! Tem o rabo preso!!!

    CUCA então com voz prá VENCER O BRASILEIRO, de levar o CLUBE ñ à tal MUDANÇA de PATAMAR dos otimistas simpatizantes FALCATRUA, mas de confirmar o STATUS de Grande do Futebol Brasileiro (NÃO BASTA EXISTIR) ..O Metre fala Ñ de DEFESA, o q muitos confundem, pq tem SABICHÃO q acha q jogador tem sua função e ñ pode fazer mais q isso e os setores do campo são MONOPÓLIOS de 334 604 442 e etc. Conversa FIADA TOTAL! E pq?…

    Hj saiu matéria interessante frisando exatamente: SISTEMA DEFENSIVO!!! “Você não toma gol por causa da defesa, toma gol por causa do conjunto”, assim falou o Mestre Cuca!

    CONJUNTO, equipe, etc: Me chamou atenção o importante fato de q q ñ precisou em nenhum momento falar do MEQUETREFE, o Goleiro da Família fajuta, aquele defendido com unhas e dentes pela VIÚVA e pelos Totozeiros! Ou seja: ñ deixem q chutem a gol, pq nós vamo com o FRACO Mão de Quiabo, Braço Frouxo, até o fim…ñ temos GOLEIRO, então deixa ele jogar com os pés…e mais, podemos aperfeiçoar ao máximo o SISTEMA DEFENSIVO! Trabalho coletivo, de equipe, dentro do CAMPO DE JOGO, para ñ sobrecarregar a DEFESA. Contra o Sampa já era, Treino é treino jg e jg e Q VENHA O SACI!!!

    AMANHÃ contra o inter é o único Ano Q Vem disponível no FUTURO: PRÁ CIMA, NOSSO GALO!!!

    ESTAMOS, O Nosso Clube Atlético Mineiro, glorioso, tradicional e Democrático a sua maneira q só Deus sabe como e apenas no meio da torcida, estamos no CAMINHO DE RECONQUISTAR O BR!

    O TIME ñ é bom (Os Reforços continuam bem vindos), tá azeitado pq é bem TREINADO! O cara sabe falar a língua do futebol moderno! Fechar a casinha aqui embaixo, tudo amarradinho e arrumadinho (com tanto INHO poderia até o Cuquinha virar CuquINHO e ir treinar a NOSSA BASE, um bando de INHO, exceto quem?) e, lá em cima bicar FORTE o BRASILEIRO! Desse Ano ñ pode passar, a brincadeira tá ficando sem graça!

    IMPORTANTE prá fortalecer! MUITO CUIDADO com O Conserva Fiada e o Pé Frio, q dupla! Cruzes! É um ou o outro, os 2 juntos é fria!…Nada tá tranquilo! O refrão INSUBSTITUÍUVEL do nosso Grandioso Hino é LUTAR LUTAR LUTAR e VENCER VENCER VENCER! Só um SIMPATIZANTE prá achar q nossa luta é a fantasiosa luta contra o vento! N Aceitaremos a entrega de LOURDES sem a contrapartida dO BRASILEIRO!

    Abs e é Esse Ano do Nosso Sr!

    VAI GALO! NOSSO GALO!!!

  9. Bom Dia!

    O sempre inteligente e perspicaz Domingos Sávio comentou sobre a importância do retorno do Zaracho ao time.

    Concordo, mas…

    Zaracho, que muita falta faz ao time, já havia contraído COVID-19 em setembro de 2020.

    Agora foi novamente reinfectado pela doença.

    Bom lembrar que em maio passado, quando da ida do Atlético para enfrentar o Cerro, pela Libertadores, o meia foi vacinado juntamente com mais 34 jogadores do elenco, em vacinas ofertadas pela Conmebol.

    A segunda dose da vacina para o elenco atleticano está prevista para depois do jogo contra o Inter em Porto Alegre, ainda nesta semana, na quinta-feira, acho.

    Após o jogo, o planejamento do Atlético prevê uma escala do voo no Paraguai para recebimento da 2′ dose para todos os jogadores.

    Ao todo 13/14 jogadores do Atlético já foram vitimados pela doença.

    Ao que se sabe, casos de reinfecções não são comuns, ainda mais de quem foi vacinado, mesmo que de uma dose apenas.

    O caso Zaracho só sinaliza os perigos que envolvem essa doença.

    A doença pode deixar sequelas no infectado, algumas muitas graves, como perda da capacidade pulmonar, perda de massa muscular e outras sérias implicações.

    Sobre o retorno de Zaracho ao time, penso que contar com esse bom jogador pode demorar. Precisa ver se vai ter sequelas e de como vai responder na recuperação.

    Franco, no pós COVID-19, teve recuperação demorada e praticamente depois da doença perdeu seu lugar no time.

    Outro que está infectado é o Savarino, ao que parece. É outro que vamos ter que esperar para ver de como se recupera, se é que está de fato infectado.

    Interessante anotar que Savarino, naquela viagem ao Paraguai para o jogo contra o Cerro, não compôs a delegação e portanto perdeu a 1′ dose da vacina.

    O caso Savarino é outro exemplo de como a vacinação é importante para prevenir a doença, a despeito do caso Zaracho mostrar que contaminações ocorrem até mesmo para quem já se vacinou.

    Mudando de assunto e sobre Keno, vejo que o cara é fundamental no time, mesmo que peque muito nas finalizações.

    Keno já se demonstrou manco nas finalizações. Todavia, com ele em campo o time ganha demais em profundidade e capacidade de furar bloqueios defensivos dos adversários.

    Quando Keno não joga o time atleticano não é mesmo.

    Por fim, meu pitaco sobre o efeito corneta.

    Esse efeito aparece em times grandes que estão em bom momento. É a reclamação do torcedor, por frustração até, de não ver seu time triunfar. É normal, do ponto de vista da psicologia humana.

    Como é normal e engraçado o efeito trombone. Esse efeito aparece na situação invertida, ou seja, quando o time está muito mal e perde.

    Aí o berreiro é grande, desesperador (buá, buá, buá…).

    O efeito trombone, aliás, tá batendo naquela torcida do outro lado da lagoa.

    E bota trombone nisso!!!

  10. Texto limpo, enxuto, sem firulas desnecessarias, objetivo e cirurgico, como está se tornando o time do galo nas mãos de cuca. Mostrando a todos que o futebol é um jogo que requer equilíbrio , coisa simples de se entender , ataque marcar, defesa, defender. De que adianta o ataque fazer mil gols e a defesa levar mil e quinhentos? Equilíbrio a palavra chave para definir o momento atual do nosso galão da massa. O que me agrada em nosso treinador é perceber que ele não perdeu sua principal característica , que sempre o acompanhou nos times que monta : procura escalar quem está correspondendo em campo , procura escalar que dá retorno ao time. Erra, sim, às vezes erra e feio, como contra o fortaleza, que escalou mal e substituiu pior, Acontece , todo mundo erra. Explicar ao jogador que um jogo contra juventude em casa tem o mesmissimo valor de um galo x flamengo é também sua obrigação, tudo isto caminha pro equilibrio, pra regularidade dos pontos corridos. Vejo fome de titulos, comprometimento , adeus ao cavalo paraguaio na largada e ao entregador do ouro no final. Chegaremos lá

  11. Bom dia xará, Paulo e amigalos!
    Quem merece mais elogios pelas recentes atuações do time do GALO até o momento é o treinador Cuca. Ele simplesmente está conseguindo fazer com que jogadores medianos como Hyoran e Mariano joguem além da expectativa do torcedor e dos analistas futebolísticos. Outros dois jogadores que ultrapassam seus limites são Rever e Igor Rabello. Uma boa parte desta equipe que recebe elogios hoje é a mesma da tragédia contra o Afogados. Cuca está sabendo dosar a receita do doce e está dando certo. Mesmo assim a cornetagem se faz necessária porque Hulk e Nacho, por exemplo, não tem reserva imediato. Tardelli se foi então devería ter sido contratado mais um atacante. Keno precisa conversar com um psicólogo. Chega na cara do gol inúmeras vezes e se apavora a hora da conclusão. Apesar da cornetagem o GALO está em evolução e corrigindo o que mais incomodava o torcedor: A defesa de peneira!!!! Que continue assim sem medo dos adversários e seguro de praticar um futebol eficiente. Espero que o Brasileirão seja nosso!!!!!!!!!!!

  12. Bom dia a todos! Até bem pouco tempo estávamos, nós, aqui cobrando da diretoria dois zagueiros, um lateral direito um volante e um atacante de área. Agora essa lista se resume a apenas um zagueiro. Isso mostra o trabalho do treinador que sabe tirar o de melhor de cada um. Ontem o Cuca disse que em qualquer lugar do mundo os zagueiros sempre vão perder na velocidade dos atacantes. Parece óbvio, mas no ano passado o nosso então técnico queria que os nosso zagueiros, jogando sempre adiantados, acompanhassem os atacantes rivais no contra ataque. Temos um ótimo ataque, se acertar o sistema defensivo, acho que vamos longe.

  13. 50 anos na espera por um CANECO do brasileirão faz do Atleticano um torcedor pra lá de ancioso…

    Todos nós, corneteiros ou não, sonhamos com essa conquista a muito tempo, portanto, nesse ano de 2021 não será diferente e vamos continuar na ânsia de ver o nosso time do coração sair dessa fila interminável…

    Que o Cuca e seus comandados se unam nessa missão e quebre esse tabu que nos atormenta a décadas!!!!!

  14. Bom dia amigos do Galo. Sinceramente nunca vi o Allan como um jogador para ser titular no NOSSO GALO, limitado tecnicamente e sem controle emocional, reclama acintosamente com os árbitros e pode botar tudo a perder a qualquer momento. Yoran, faz um jogo bom e outros nem tanto. Jair, um bom jogador, boa qualidade técnica, precisa de um condicionamento físico melhor, normalmente joga apenas um tempo. O NOSSO GALO tem muitos jogos pela frente e precisa urgente de bons zagueiros.

  15. Bom dia!
    A “matemática” é simples. Se o time, treinador, jogador “a” vai bem, a corneta fica guardadinha, afinal queremos o time jogando bem, ganhando e em paz. Mas, se o time, treinador, e jogador a ou b vai mal, então a corneta soa alto. Esse é o meu papel como torcedor. Essa conversa de apoio incondicional é coisa de “lugalo”.

      1. Lembre da música de Beto Guedes ” Quando entrar setembro e a boa nova é andar por entre os campos…” Está chegando a hora. Vamos vacinar!

  16. Bom Dia
    Com a volta do Savarino, que participa de muitos gols, bem que o Cuca poderia pensar em tirar o Keno e colocar o Hyoran no lugar. Não compensa ficar insistindo em Marrony.
    O Cuca a gete tem que respeitar. Qdo ele banca um jogador, sempre dá certo, pelo menos aqui no Galo. Bem diferente daquele Sampaoli pitizento.
    Abs

  17. Salve Massa, Paulo e Guru!

    A cobrança exacerbada, prematura e irracional de parte da torcida é fruto da rede social, que hoje criou uma classe de torcedores, que fazem a crítica pela crítica, sem nenhum embasamento.
    É certo que a bipolaridade e a cornetagem sempre foram características de nossa torcida (eu me assumo bipolar e corneteiro), mas em contrapartida sempre fomos conhecidos também pelo apoio e crença no clube.
    Enquanto estas críticas e cornetagens estiverem no âmbito do futebol, tudo bem, mas alguns energúmenos transcendem suas manifestações e carregam suas frustações, pra vida pessoal de jogadores, comissão técnica e diretores, como fizeram com o goleiro Everson.
    O Que nós torcedores temos que entender, que o clube vem passando por uma transformação nunca vista em sua existência, transformação esta que começou na administração e que vem se refletindo dentro de campo, com um elenco mais qualificado e jogadores com um nível de comprometimento, só vistos nas áureas épocas de quando se jogava pela camisa e não por dinheiro.
    Prova disto são as atitudes e atuações de Nacho Fernandez e do próprio Hulk, que não se omitem e mesmo não estando bem nas partidas, mostram vontade de acertar. E esta vontade parece está contaminando os demais jogadores do elenco. Que continue assim…

  18. Bom día Paulo Peixoto. Na minha opiniao o Zaracho tem lugar no time titular do Galo. E penso que o Galo precisa sim de reforcos: um goleiro para ser titular e no mínimo um zagueiro. E outra coisa o Hulck nao tem reserva.

    1. DOMINGOS SÁVIO ,

      e o Hulk só está ali por conta daquela lambança
      na substituição do Vargas/Sasha , sobrando para
      o Verdão Matador ser lançado de nove e “achando”
      a sua posição .

      Como são as coisas , não é mesmo ?
      Daqui a pouco vai pra conta do Mago Hiper Super
      treinador a responsabilidade pelo feito .

      1. Barata, o Hulck e o Nascho com a dedicaçao no campo de jogo contaminan os demais. Liderança pelo exemplo. Mas temos deficiencias e certamente iremos pagar o preço em momentos decisivos. A falha do Rever quase empatando o jogo para o Sao Paulo é recorrente. Lembra do Gol de empate do Internacional no Mineirao no ano passado? E os gols perdidos pelo Keno? Uma hora fara falta. Pelo menos una coisa boa: desistiram do jogador que só tinha 16 años. Eu lembro do Bernard começando a carreira ao lado do Ronaldinho Gaucho. Era só entusiasmo. Esse Savinho joga ao lado de Nascho e Hulck e ao contrario do Bernard nao aproveita a chance que a vida lhe deu. Que emprestem esse indolente para o Clube do Remo. Urgentemente.

      2. Prezado José Eduardo Barata, ótimo dia

        Esse “treinador”, em minha opinião, é fraco para nosso elenco. Em uma analise fria até hoje a equipe não apresentou um futebol de alto nível. Ainda bem que quis o destino da confusão Vargas/Sacha aconteceu, senão o roedor de unhas estaria testando o Hulk na direita até hoje, sendo que os corneteiro já o pediam com centro avante a muito tempo.

  19. Bom dia, Eduardo, Paulo Peixoto, atleticanas e atleticanos.

    Caro PAULO PEIXOTO, não sei o que você tem contra nós, os corneteiros. Sempre nos apontando como responsáveis por uma ou outra falta no time como se nós fossemos os escaladores da equipe. É claro que se tivéssemos que escalar os times o futebol teria de vinte a trinta jogadores em cada time porque nós variamos muito o nosso gostar. Mas daí a dizer que estamos errados é outra coisa.

    Eu, por exemplo, já teria degolado esse elenco do Galo quase todo. O primeiro seria o Hyoran. Não porque o Hyoran seja um mau jogador ou não sirva para o Galo, nada disso. Eu até já fiz muitos elogios a ele aqui mesmo no blog. É um jogador interessante e útil. O problema é que eu não gosto dele e nem sei porque. O bundão Hulk, eu nem teria contratado, assim como o Vargas, Sasha, Nathan, Mariano, Everson, Borrero, Savarino, Marrony, Zaracho e outros que eu nem lembro o nome. Também não sei quem eu teria contratado no lugar desses aí, pois, a minha função não é contratar jogadores.

    Como corneta muito bom que sou, meu negócio é criticar quem está mal e nem preciso elogiar quem está bem porque isso é obrigação de todos eles. São profissionais remunerados para dar satisfação aos torcedores e ao time.

    Portanto, dizer que a torcida e seus corneteiros atrapalham alguma coisa no time não é justo porque sem nós nem haveria time. Pelo menos é isso o que os cartolas gostam de dizer.

    Quanto ao time do Cuca , nada a reclamar. Está indo bem e como a gente sabe vai melhorar muito porque ele sabe fazer os jogadores renderem tudo o têm e um pouquinho mais. Se até o Hyoran está jogando bola, imagine o resto.

    O GALO ESTÁ VIVO E ATIVO, GANHANDO COM O HYORAN EM CAMPO E DEIXANDO OS ADVERSÁRIOS ABISMADOS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.