Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Time solidário em busca de títulos

Mais três pontos. Isso, por si só, seria o mais importante. Entretanto, o bom jogo de ontem alimenta e muito nosso sonho de uma brilhante temporada. Todos aqueles, sem exceção, que critiquei aqui neste nosso espaço, estão me enchendo os olhos e fazendo crescer o aleatório “dom de iludir”. Parodiando a letra do Caetano: “cada Atleticano sabe a dor e a delícia de ser o que é”.

Foi um bom jogo entre duas equipes candidatíssimas ao título. Em que pese o São Paulo até essa terceira rodada ter conquistado apenas um ponto. Problema deles, já que nós somamos seis – ainda lamentando aquela derrota para o Fortaleza – e seguimos em ascensão e consolidação no Brasileiro. Agora serão sete jogos antes da partida contra o Boca Juniors pela Libertadores.

O placar de um a zero poderia ter sido até bem mais elástico, não fossem gols perdidos. O Keno, assim como o Marrony, vem se notabilizando nesse quesito. Ontem, ainda empatado, perdeu outra chance claríssima de gol. Com as ausências dos convocados para a Copa América, Cuca comprovou que tem opções tanto de elenco quanto de repertório.

O sistema defensivo, responsável pelos ataques de pressão alta deste blogüeiro e de muitos Torcedores, vem se firmando. Diria, com toda minha consideração ao jogador, que nem estou sentindo falta do Junior Alonso. Toda a linha defensiva, nas mãos do Cuca, encontrou o posicionamento. Na temporada de 2021, já são 25 jogos e apenas 14 gols sofridos. Também, em 14 partidas, o Galo não foi vazado. Everson, que tanto me incomodava – sei que era pela preferência por Rafael – assegurou a vitória. Numa bola estranha do Rever, por pouco gol contra, teve reflexo e levou milhões de anônimos ao “ufaaaa”.

Se atrás, jogo a jogo – o segundo pelo Brasileiro –, não sofremos nenhum tento dos adversários, a proteção logo à frente tem sido precisa. Allan e Jair, registre-se, nenhum foi amarelado – fizeram uma partida perfeita. O segundo ainda marcou o gol, que teve méritos da nossa força de contra atacar. Hulk, que já demonstrou seu sentimento de equipe, pegou a bola atrás do meio de campo e levou até a entrada da área. Passou para Hyoran que – sutilmente – rolou para Jair fazer a nossa festa. Hulk briga pela bola, busca jogo, ajuda na contenção dos avanços da equipe adversária e ainda faz pivô e serve seus companheiros.

Eu, que tanto critiquei o Hyoran, reconheço que na ausência de Savarino entrou e assumiu o lugar. O venezuelano, sei não, vai ter de ralar para recuperar a posição. Dos quatro convocados, nenhum deles tem lugar garantido no time principal, nem Franco que vinha defendendo. Vargas então, não passa de opção de banco. Se fossem de times do Rio e São Paulo, a CBF já teria adiado todos os jogos.

Outro destaque que tem de ser feito. Nosso gênio e cérebro do meio de campo – o argentino Nacho – perdeu a avó que foi quem o criou. Teve a aeronave do Hulk cedida para ir acompanhar o velório, noutra comprovação de união do grupo, mas optou por atuar e ajudar o Galo a buscar a vitória. Um time assim, seguramente, será recompensado pelo espírito de solidariedade e busca de resultados. Brinquei ontem, numa resenha antes do jogo, temos de rezar todos os dias pela saúde de nossos profissionais, principalmente Hulk e Nacho. Incluiria aí também nossos mecenas, que destaquei aqui no sábado, especialmente o patriarca Rubens Menin.

Para curtir outra boa Segundona – refiro ao dia da semana e não a outras interpretações maliciosas – nas nossas resenhas pelos bares e cafeterias da cidade, uma única consideração negativa sobre o jogo de ontem. O gaúcho, Anderson Daronco, árbitro da partida, vinha bem e até o elogiei no intervalo. Até que, aos 19 minutos do segundo tempo, aliviou uma falta perigosa a favor do Galo. Não marcou, logo depois não assinalou outra, e foi se perdendo. Tudo contra o Galo e pouco a favor do nosso time.

Ficou comprometida sua atuação, e ainda com a “colaboração” do mineiro Ronei Candido Alves, prejudicaram ao Galo ao – por má vontade (ou fé) – não autorizarem a substituição concomitante de Guga por Mariano junto com Jair por Nathan. Ficou muito estranho aquilo e compromete, ainda mais, a isenção que sempre questiono da CBF em relação ao nosso time do coração.

Ah! O reconhecimento e, consequentemente, elogios não asseguram no futuro o fazer críticas. Que fique bem claro. Já quanto à brincadeira da barba, que disse ontem (tô até aprovando a do Everson e suas atuações) reafirmo. Se ganhar o título Mineiro, Copa do Brasil, Brasileiro, Libertadores e Mundial, associado a um brinde especial, assumo esse compromisso. Mas depois deixo crescer de novo.

*fotos: Pedro Souza/Atlético

30 thoughts to “Time solidário em busca de títulos”

  1. time equilibrado, soberano, ditando o ritmo do jogo.Sonolento, é verdade,mas o controle foi total, vitoria maiuscula do galo. Os deuses do futebol , nesta calmaria do futebol seguro e objetivo, estão conspirando a nosso favor , até o hiorran tá jogando bola, acredite quem quiser

  2. Também gostei muito da vitória. Valeu pelos 3 pontos. Só estou achando o time do Galo bem lento. Não sei se por opção ou por falta de velocidade mesmo. Se for por opção, acho que vamos sofrer muito ainda. Quando enfrentar times rápidos, vai ser um sufoco sem fim. Espero que melhore.

  3. WELLINGTON E SOUZA ,
    a bola do Hyoran para o Jair foi de uma precisão inquestionável .

    Nota-se que ele olha para a área antes do cruzamento , e dá o famoso “tapa” na medida certa .

    E , para completar , a inteligência dele é acima da média, ao acompanhar a descida do Hulk e manter-se na linha da bola para evitar o impedimento .

    Muito bom jogador .
    A cada um o que lhe é por direito .

  4. Vida dificil de reclamao e corneta: nao temos o que reclamar. Volta Patrick. Volta Pastor. Volta Fabio Santos. Volta Cazares. Volta Otero. Volta Di Santo. Volta Ze Wellison. Volta CAMpaoli

  5. Boa Tarde,

    Ontem vimos uma equipe que aprendeu a controlar o jogo a seu favor, já havia visto isto, porém pairava uma duvida sobre se funcionaria contra equipes mais qualificadas.
    Observações:
    Allan jogou muito, e completou terceiro jogo sem cartão amarelo.
    Rever jogou muito, apesar de não deixar de entregar, ontem foi além, quis ele mesmo marcar contra.
    Hyorran que sempre defendi neste espaço, muitas vezes apenas com a companhia do “Barata” nesta defesa, ontem foi mais uma vez muito bem, peloamordedeus, ele não chutou aquela bola para o gol, cruzou para o Jair com açúcar, esse escrito “Paulo Silva” para mim é só para diminuir seu feito.
    Echaporã apesar do pouco tempo, gostei do seu jogo, mostrou que além dos dribles em direção para o gol, demonstrou visão ao virar a bola para quem estava melhor colocado.
    E o Everson, que baita defesa no chute do Rever.
    Hulk nem se fala, está sendo o “Gilberto Silva” do Cuca, conforme o “Barata” sempre lembra da necessidade de um líder positivo na equipe.
    Diferentemente do que anos anteriores, creio que este time esta se comportando de forma a nos dar esperanças de títulos, jogando assim deverá fazer mais pontos fora de casa do que em anos anteriores.
    Em detrimento a decisão do Galo de não querer adiar seus jogos, algo muito suspeito é o fato do Flamengo adiar apenas os jogos que faria fora de casa.
    Será que jogando em casa ele não sente falta dos mesmos jogadores que fazem falta fora???
    E como em 2020 o Internacional já começou a ganhar seus pontos em pênaltis fantasma.

    Boa semana a todos!

  6. O nosso CAM venceu o jogo porque fez por merecer, um gol no começo ajudou pra controlar a partida contra um time que a mídia bairrista coloca como um dos favoritos…

    O nosso GALO corre por fora nessa disputa que a mesma mídia bairrista já dá como certa o título pra Urubu, Porco ou Bambi…

    Que o CUCA consiga junto com seus jogadores, uma regularidade nesse campeonato, ganhar todas no Mineirão e fora de casa, empatar com os grandes e vencer os pequenos…

    Nessa toada aí acima e seremos campeões brasileiros no final do ano, amém!!!!!

  7. Bom dia todos!
    VITÓRIA maiúscula do Galo!
    Ontem vimos uma defesa consistente, bem protegida ,Allan ontem queimou minha língua, jogou muito apesar da fominhagem naquele lance que ele isolou a bola. Nacho,Hulk dispensam comentários.
    Hoje coincidentemente com aquele dia que o Bruxo falou; “Quando tá valendo tá valendo ” eu vi a mesma senhorinha que faz caminhada sempre com a Camisa do Galo e isso me encheu de alegria e esperança.

  8. SSalve Massa e Guru!

    E agora? Qual próximo teste que o time deve passar, para provar que está em evolução? Oxalá que seja o Chelsea.
    Mesmo não jogando bem algumas partidas, temos que admitir que hoje pelo menos o time vem demonstrando algumas características que faltaram ao time de Sampaoli e que nos tiraram o título ano do último brasileirão: defesa menos exposta e mais sólida, meio de campo mais combativo e com variação de jogadas e principalmente, presença de um articulador no meio e um centroavante que incomoda.
    Eu como bipolar que sou, vou enfiar a viola no saco e guardar minha corneta, pois o time tem feito por merecer isto.
    Mas não poderia fechar este comentário sem enaltecer este jogadoraço chamado Nacho Fernandez, pelo seu comprometimento e hombridade. Com ele e Hulk esmaga no time, hoje tem muita gente aí, perigando perder a barba! Já marca o horário no salão ai Meu Guru!

  9. Bom dia. Tenho que discordar sobre o erro na substituição não concomitante. Erro claro da comissão técnica. Reclamei isso aqui ainda ontem. E mais, o Guga já devia ter sido substituído antes, tava claramente se arrastando. O ritmo do Jair e do Arana já tinham caido também. Outro erro de leitura do jogo em andamento, que poderia ter custado a magra vitória, igual aconteceu na primeira rodada.

  10. Ao que parece, e ao contrario do treinador que foi enganar em outras paragens, a defesa vem se firmando , os dois bonecos de Olinda , as duas torres gemeas rever e rabelo , firmes, Vamos fazer vista grossa pra quase recaida de rever , aquilo foi um lapso , está em abstinencia de entregas. e Um jogo sonolento, morno, porque o galo, inteligentemente quis que assim fosse. Cadenciado, cozinhando o ontem, inofensivo, inócuo bambi, que gastou toda sua artilharia e poder de fogo no galatico , poderoso 4 de julho, onde todos os habitantes da desvarada pauliceia marcaram um gol. Feito heroico, para os anais do futebol. Outra pequena e divertida alegria ontem foi o golaço de peito de um rapaz que atende pelo singelo nome de joseph. Aos poucos fabio , vai dissecando , via futebol, a anatomia do corpo humano, levando gol de costas, agora de peito, por sinal um petardo.e o Goias, cujo historico é entregar jogo pra eles e dificultar nossa vida ao maximo, ontem se contentou com empate, mais cinco minutos e entregavam. Quarta feira precisamos da vitoria e vamos buscar

  11. Sou um fã convicto do Futebol Americano e da NBA onde, não raras vezes, as partidas primam pelos aspectos táticos em detrimento “do jogo em si”. E foi isso que vi ontem no jogo do Galão contra o São Paulo. Então, valeu pela vitória. Tenho observado uma maior consistência defensiva no nosso time, fraqueza essa recorrente ao longo dos anos. Espero que consigamos manter essa toada. Galoooooo!!

  12. Hyorran vai acabar pegando o lugar do Keno e Marrone, já que também atua como meia esquerda, e quando Savarino retornar (parece que está com covid), o time vai crescer ainda mais.

  13. Echaporã é o cara !

    E o Nacho ? O Hulk ?
    O Nacho me fez recordar um passado de glórias do
    futebol bem jogado , quando tudo que se quer hoje
    do nosso time era praticado naturalmente .

    O que ele dá de opção para os caras é brincadeira .
    E essa qualidade é dele , ninguém ensina .

    Já dizia o nosso ÂNGELO , não se engessa o futebol
    de um craque , e o Nacho se impôs ( assim com o
    Hulk ) e vêm fazendo um belo trabalho .

    A propósito :
    falei de tempos passados e nada como o que foi
    vivido , com suas glórias e suas dores , para que o
    que vivemos hoje seja um tempo abençoado .

    1. Prezado José Eduardo Barata,

      Hulk e Nacho são os nossos referenciais hoje, estão jogando muito, atualmente Hyoran pede passagem assim como titular, da mesma forma o lado esquerdo com o Dodô melhora muito na saída de bola, marcação e cruzamento, e vejo também o Zaracho como fundamental na ligação meio campo ataque. Meio campo organizado ganha jogo.

  14. Bom dia amigos do Galo. NOSSO GALO somou três pontos, jogou o necessário para vencer o campeão paulista e mostrou força no conjunto. Nacho e Hulk encaixaram muito bem no time, ambos jogam acima da média, com eles não tem bola perdida e o gol é sempre o objetivo. A diretoria não pode relaxar, temos muitos jogos e campeonatos para disputar ainda este ano, é necessária a contratação de dois zagueiros de bom nível técnico.

  15. Jogão de bola , como qualquer um poderia prever ,
    como eu previ , quando dois times resolvem jogar
    futebol pelo futebol .

    Quando isso acontece , o SHOW é consequência ,
    o prazer aflora , a alegria contagia .

    E a você , HYORAN , um destaque especial , você
    que se esforça para superar toda a adversidade
    de uma perseguição insana ao seu futebol , que
    você defende com galhardia e profissionalismo .

    Na falta de argumentos para aceitar suas belas
    apresentações , usa-se de deboche , ironia e
    desprezo para desqualificá-lo .

    Siga em frente , garoto , você ainda tem muito
    que aprender , mas tem BRIO e capacidade de
    dar a volta por cima , sempre .

  16. Bom dia!

    Eu sempre fui a favor do Galo doido sempre, mas a partir do ano passado, estou começando a preferir o Galo prudente e inteligente. O Galo doido geralmente nos proporciona grandes vitórias, daquelas que nos deixam empolgados em passar o trator em todo mundo, mas basta pegar um time mais organizado que a raiva toma conta. Já o Galo prudente e inteligente nem sempre vai fazer a gente se empolgar, mas dá uma sensação de que o caminho para os títulos é mais curto. Não que o jogo de ontem não tenha me empolgado, pelo contrário. Achei o time muito justo, não deu chances para o bom time do São Paulo e não foi porque este estava em dia ruim, foi porque o Galo não deixou ele jogar. Inclusive o Barata citou aqui depois da vitória por 9 a 1 sobre o 4 de Julho que o São Paulo fez não sei quantas jogadas pelas laterais e que o Galo deveria aprender com isso. Não querendo contrariar o Barata, mas na hora que tá valendo, que pegou um time qualificado, a única chance de gol foi em um cruzamento esquisito onde o Réver cortou mal e Éverson salvou. Digo isso, pois moro no interior de SP e o que estão pintando do São Paulo como favoritaço a tudo já encheu o saco. Agora vão dizer que o time estava sem inspiração e blablabla.

    Sobre as atuações, destaco a do Réver, que eu já não botava mais fé, mas foi impecável em quase tudo. Assim como o Alan, outro que pra mim não servia mais, vem jogando bem e ontem jogou muito. O Hulk tem se mostrado um jogador muito diferenciado, craque de bola mesmo, e parece muito focado em ganhar títulos, o que é ótimo pra nós. Além de toda sua técnica, acaba inspirando outros jogadores a darem os seus melhores em campo.

    Ótima Segunda pra todos, menos para aqueles que se sintam ofendidos… kkk

    1. RIBEIRO GALO ,

      agradeço a citação e aproveito para dizer que
      naquele momento chamava a atenção para o
      fato de que o São Paulo usava as pontas com
      muita propriedade e que deveríamos ter
      muita atenção com essa jogada .

      E tivemos , haja vista o momento em que o
      Hyoran foi mostrado exausto em ajudar o
      nosso lado direito .

      A nossa marcação funcionou bem demais , e
      nossos caras fizeram uma cobertura intensa
      sem dar chances ao adversário .

      Foi nesse sentido a minha observação , nada
      de “quando ‘tá valendo , ‘tá valendo” .

      Valendo está sempre , em qualquer partida .

      1. Barata

        O boca aberta do Casagrande, falou no começo da transmissão que o Hyoran ajudar na marcação do Reinaldo era um erro. Sabe nada inocente. Sem noção, só a bre a boca pra falar merda.

  17. Bom dia Eduardo e Atleticanos! apesar da vitória magra, o time teve uma postura razoável perante o são paulo que muitos vaticinam (imprensa do eixo) como o campeão deste brasileirão. A defesa mostrou sua crescente evolução e, ontem, se não fosse a pixotada do Rever, teria nota dez. Como destaque cito a entrega e dedicação de Nacho – realmente trilha um caminho para se tornar um grande ídolo da torcida Atleticana, lembrando outro argentino que passou pelo Atlético e deixou saudades – Lucas Pratto. Como ponto preocupante, cito a queda de ritmo da equipe no segundo tempo; aliás essa situação tem sido recorrente, o que me leva a questionar sobre a qualidade da preparação física do elenco. Este é um ponto para Cuca focar e acertar com sua comissão técnica.
    Avante Galo para a conquista do brasileirão, saudações Atleticanas.

  18. Prezados Ávila, atleticanas e atleticanos!
    Aos poucos o time do Galo vai devolvendo ao atleticano a alegria de torcer! Tivemos um período obscuro onde tudo parecia conspirar contra a nossa confiança no Cuca e no time do atlético. Sei que ainda é muito cedo para tamanha euforia, mas o time está mais consistente e com excelentes opções de substituições face ao empenho dos jogadores, empenho este muito contestado por mim em jogos passados. Youran, jogando um absurdo. Taticamente está deixando o galo mais forte no meio-de-campo, sem perder a efetividade no ataque. O Hulk, cada dia mostra o quanto fomos afoitos nas críticas quando de sua contratação. Jogando demais! O Nacho Fernandes, dispensa comentários! É chover no molhado dizer que se trata de um extraordinário jogador e que arrumou o time do galo. A defesa, aos poucos, está transmitindo segurança. Ontem, a não ser uma bola do Rever, não passamos nenhum sufoco. Mérito para o chama gol que ontem nos brindou com uma excelente defesa. Aos poucos vai ganhando a titularidade, por méritos. Nada melhor que um dia depois do outro para reconsiderarmos os nossos posicionamentos. Pelo menos no jogo de ontem, atuação segura e convincente. Tomara que o jogo contra o Internacional nos afigure com esta certeza. Claro que o plantel do galo precisa de alguns reforços mas os jogadores atuais estão dando, neste momento, conta do recado. Jair, provou ontem, que tem de ser titular.
    No mais, com a alma lavada vamos aguardar ansiosamente os próximos capítulos.
    Afinal no terreiro mineiro quem canta mais alto é o galo!

    1. ÂNGELO ,

      um jogo de cada vez , mas repetindo sempre
      a escalação e deixando que os caras se acertem
      em campo , acostumando-se uns com os outros
      e a se entenderem de forma intuitiva .

      Assim , a meu ver , se constrói uma equipe .

      A formação que temos hoje é fruto da postura
      de alguns atletas que se impuseram , a mostrar
      ao treinador o quanto cada um poderia render
      caso tivesse liberdade para desenvolver seu
      potencial .

      Isto tudo tem a ver com o que você predisse ,
      quando pediu que a capacidade de criar de
      cada um não fosse tolhida pela rigidez de um
      esquema de jogo .

      1. Caro Barata!
        Se o “professor” não atrapalhar e deixar quem sabe jogar futebol se adaptar conforme as circunstâncias do jogo, já é meio caminho andado. Espero que não invente e deixe o jogo ser jogado pelos melhores, sem apadrinhamentos.
        Abraço.

  19. Bom dia!
    Não foi uma partida de encher os olhos, mas foi uma vitória consistente e inquestionável.
    Galooooooo!!!!!

  20. Bom dia, Eduardo, atleticanas e atleticanos. Mais uma vitória para o Galo inteligente. Coloque a barba de molho, Guru, porque esse time solidário está atrás de títulos e com muita vontade.

    Os bambis já entraram em campo derrotados. Afinal, era dia 13, dia do Galo. E para provar que nada daria certo para eles logo de início o Hyoran, o útil, erra um chute e o Jair conserta marcando o gol da vitória. O resto foi só o resto que nós temos que nos acostumar a ver. Um time do Galo jogando inteligentemente, sem correria desenfreada como um doido qualquer, mas ocupando bem os espaços do campo, dominando o adversário e controlando o jogo. Nosso futebol não é show, é jogo e jogo se joga com técnica, tática e inteligência.

    Contra o Sport o Galo fez o gol logo no início da partida e como nos jogos contra o Remo, deixou o adversário correr e cansar e se limitou a anular as suas tentativas de ataque. Ontem, mais uma vez vimos isso acontecendo e dessa vez os protagonistas foram o Hyoran e o Jair. Depois foi só controlar os ímpetos adversários. O jogo não foi bonito, mas a vitória é linda. E em pouco tempo nós estaremos entendendo que não tem jogo feio. Feio é não vencer. É só uma questão de tempo para abandonarmos aquela estupidez de Galo doido e pararmos de louvar um passado cheio de decepções.

    O sistema defensivo do Galo continua numa crescente admirável. Everson, Réver, Igor Rabelo ou Júnior Alonso, Guga ou Mariano, Arana ou Dodô estão cada vez mais entrosados e cientes de suas funções em campo. Tchê Tchê, Alan ou Jair completam, cada um a seu tempo e modo a marcação e desarme dos adversários e Nacho Fernandes e Hyoran fazem bem o trabalho de auxiliares defensivos quando o Galo não tem a bola. Na frente ainda estamos mal na ponta esquerda, mas Keno e Marrony quebram o galho, enquanto Hulk, Savarino e agora o Echaporã, equilibram pelo meio e ponta direita. E ainda podemos contar com Nathan, Sasha, Vargas e Savinho como coadjuvantes. O grupo confiável está crescendo unido. Quatro vitórias seguidas é sempre um bom sinal.

    O GALO ESTÁ VIVO E ATIVO NO PROCESSO DE TRANSIÇÃO ENTRE A LOUCURA E A RAZÃO.

    1. Saudações Alvinegras
      Obrigado meu Galo por fazer minha semana feliz.
      Obrigado por existir e eu ter passado um domingo tão maravilhoso ontem com meu pai e a vitória foi para fechar p domingo.
      Dia de Galo é sempre especial
      BORÁ GALO em busca dos títulos.
      Aos cornetas e reclamoēs de plantão.
      Acho melhor começarem a torcer p da certo pois esse ano vem coisa boa por aí.
      Viva o Galooool

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.