Não acho que a eleição está decidida. Esta semana será fundamental para o Brasil

O jogo só termina quando acaba. Um bordão do futebol serve hoje para a política. Nunca a imprevisibilidade foi tão grande

O céu ou o inferno

Muitos amigos me perguntam se a eleição está decidida em favor de Jair Bolsonaro. A todos eu respondo: eu não sei.

O PT é uma máquina eleitoral sem igual no país. Sua capacidade de mentir, difamar e “fazer o diabo” para vencer uma eleição é pública e notória.

Por outro lado, Jair Bolsonaro está longe de ser uma sumidade. Sua fragilidade é tamanha que esconde-se o quanto pode do debate público. E seus companheiros não são muito melhores.

Aliado ao quadro acima, temos o eleitor brasileiro. Um ser capaz de idolatrar um político e detestar o governo. Alguém que quer tudo sem pagar nada.

Juntos, PT, Bolsonaro e eleitores transformam a verdade de uma semana na surpresa da outra. Minas Gerais e Rio de Janeiro são provas do que digo.

É óbvio que a vantagem do ex-capitão é gigantesca. Assim como, as condições políticas estão todas adversas ao PT, da falta de palanques a falta de segundo turno em alguns estados.

Haddad precisa reverter 9 milhões de votos a seu favor, o que vale dizer: convencer 9 milhões de eleitores a não votar em Bolsonaro e votar no PT.

A população praticamente varreu a quadrilha petista do mapa. Sobraram algumas almas penadas, é verdade, mas insuficientes para mobilizar tanta gente.

Mas uma besteira — dentre tantas — dita por Bolsonaro; um escorregão feio de seu vice ou do seu “posto Ipiranga”; um boato perfeito pró-Haddad e tudo pode mudar.

Se eu aposto numa virada? Nem um centavo. Se eu aposto em Bolsonaro? Nem dez reais. Como diz o ditado, prudência e canja de galinha não fazem mal a ninguém.

O fato é que esta semana é decisiva. Tudo o mais constante, chegaremos na sexta-feira com tudo igual. Daí, sim, as chances do “mito” tornar-se-ão praticamente totais.

Cruzem os dedos! Uma assombração do tamanho do lulopetismo não desaparece assim tão fácil.

Leia também.

28 thoughts to “Não acho que a eleição está decidida. Esta semana será fundamental para o Brasil”

  1. Não há disputa eleitoral nenhuma. O que há é, de um lado, uma quadrilha internacional de criminosos tentando tomar o poder por todos os meios, e do outro lado as vítimas, paralisadas pelo medo, mais ocupadas em se anestesiar por meio de frases calmantes do que em enfrentar o perigo.

    1. Olá Almeida, que eleição é essa na qual o preferido do eleitorado não participa? Onde já civil? Pleito Inês de Castro, aquele foi não sendo.

      1. Tão preferido é o corrupto presidiário, que para não perder votos o poste comunista teve que escondê-lo da campanha e, ainda, mudar para as cores do adversário O seu vermelho cor de sangue dos milhões mortos pelos regimes comunistas

        1. Olá Correia, ali civil esta escrito em antípoda a militar. Pra que tanta acidez; essa vida além de curta é uma só! (Uma coisa é a semântica, outra é a sintaxe).

        2. Paulo, Robes e Marcelo,
          garanto que o cidrac e petistas nem sabem qual foi o tema da ‘tese de doutorado’ do haddad, petista só sabe o que ‘lhe disseram’. Defendem tudo sobre o que ‘ouviram falar’.
          Onde já ‘civil’ isso?!?

  2. É difícil imaginar uma situação como esta: devolver as chaves dos cofres públicos e a administração do País às ratazanas vermelhas que mal acabaram de promover a maior roubalheira da história do mundo e de afundá-lo no na maior recessão de sua história.
    É pouco provável, mas é, sim, possível, pois foi esse mesmo eleitor que elegeu e reelegeu os dois governantes que conduziram o Brasil a esse fundo de poço econômico, social, político, moral e ético.
    Felizmente, ao que tudo indica, o povo acordou-depois de tanto apanhar, de ser iludido, roubado e jogado na lama do desemprego, da recessão e da falta de perspectiva para o futuro imediato.
    Sim, traídos e deprimidos (mais aqueles que caíram nesse conto do vigário) estamos no fundo de um poço, mas, pelo menos, temos o consolo de saber que poderia ter sido bem pior: se não tivéssemos acordado a tempo, poderíamos ser hoje uma grande Venezuela!

  3. E aí Blogueiro, tá borrando? Não seja pessimista, porque o seu Boçalnaro, ao que tudo indica, tem mais chances, já que será difícil, a essas alturas, desfazer a maior campanha lastreada em “Fake News” da história deste país. Contudo, se eleito, será que ele governará? Aquilo que vocês sempre pregaram contra Lula (em cópia desde os tempos do Carlos Lacerda), ou seja, “se candidato, não pode ser eleito; se eleito, não toma posse; se tomar posse não governará”, vai acontecer exatamente com o seu “Boçalnaro”, se eleito for e tomar posse.

    1. eleições de 2002 – PT FINALMENTE CHEGA AO PODER!
      eleições de 2006 – PT se reelege e continua no poder
      eleiçoes de 2010 – Pt se mantém no poder mais uma vez!
      eleições de 2014 – PT consegue mais uma eleição!
      e agora em 2018, o PT diz que vai consertar o país… o que??????? Hein? Cuma????
      Amigo, aceitamos as derrotas nas urnas.. O povo está escolhendo: não quer mais o PT. O Bolso é a melhor opção? Não! Melhor do que a quadrilha que quer mudar a constiuição ele é.
      att
      Rodrigo

  4. VENEZUELA, QUASE QUE FOMOS “VOCÊ AMANHÔ!
    Quem tem um razoável conhecimento das pretensões malignas do famigerado Foro de São Paulo e conhece os dogmas ideológicos e modus operandi das esquerdas sabe muito bem o que o futuro que se desenhava pra nós.
    Criado por Lula e Fidel Castro e reunindo a nata da velharia decrépita de múmias comunistas, o FSP projetava um sonho das viúvas de Stálin de rechear a A. Latina de muitas Cubas. Chegaram mesmo ao governo de vários repúblicas de bananas (como o próprio Lula se vangloriou), inclusive o Brasil.
    Mas num balanço final, o único país que realizou a utopia daquelas múmias stalinistas foi a Venezuela. Este infeliz país é hoje o símbolo, a materialização, o produto acabado do desastre maior que, desde lá dos dos 60 as dilmas, os lulas e os zedirceus da vida sonhavam para nosostros, brasileños e hermanos latino-americanos.
    Sim, é fato que o Brasil que lula/dilma nos deixou é um desastre. Mas a solidez de nossas instituições públicas e privadas e o gol do impeachment aos 45 minutos do 2o tempo nos salvou dessa nova tentativa de nos cubanizar. Que enterremos de vez o sonho desses morto-vivos do falecido comunismo.

  5. Na minha opinião a única possibilidade do haddad conseguir se eleger, é através da fraude na urna eletrônica.
    Dinheiro para conseguir esta maracutaia o pt possui, através de todos estes anos que ficou no poder, desviando descaradamente, através da corrupção, o dinheiro público.
    Cabe ao povo brasileiro ir prá rua e, exigir a fiscalização destas urnas, para que este partido desapareça de vez, pt nunca mais!!!.

    1. Olá Silva, vc se lembra do danoninho, aquele que vale por um bifinho? Então, cidadão, o papo de triplex brega e sítio com pedalinhos de R$ 3.000, de Dona Mariza é coisa de menino amarelo, pois, o que esta por de trás são cifras de outra ordem. Contudo ha os inocentes úteis que fazem coro.
      Fraude em urnas? Na eleição de Jânio Quadros a apuração demorou mais de noventa dias, cédula de papel, caneta esferográfica, urnas guardadas em quadra de esportes e escolas com goteiras, que tal, heim?
      Deixe o sarcófago da ignorância, a luz clareia, pode crer. Grato.

  6. Bolsonaro já está eleito, na minha opinião.
    O maior desserviço que ele tem prestado nesta eleição é esse papo de fraude nas urnas eletrônicas. Não podemos perder a crença no processo eleitoral. O voto impresso, defendido pelo futuro presidente, além de gerar um custo enorme, facilita demais o voto de cabresto nos rincões do Brasil.
    Passadas as eleições, com sua vitória, espero que nosso processo eleitoral seja mantido e respeitado. É das poucas coisas que funcionam a contento nesse país. A varredura dos políticos no começo do mês mostraram isso. Quem conhece o processo, sabe que fraude na urna eletrônica capaz de alterar o resultado da eleição é praticamente impossível, uma vez que demandaria o envolvimento de servidores de TREs espalhados Brasil afora.

    1. Sergio
      Vi um áudio do DALCOQUIO , dono de transportadora que me deixou preocupado.
      Ele relata que já esta armado a fraude nas urnas eletrônicas. O Haddad vai vencer com poucos votos de vantagem. O Bolsonaro , mesmo chegando no dia 28 com 30% de vantagem, não leva o pleito. O esquema tá armado.Ele disse que desta vez os caminhoneiros vão parar o BRASIL mesmo.Se tiver fraude e ele acha que vai ter, o Brasil vai sofrer com a greve dos caminhoneiros. Só que desta vez não terá recuo
      Que Deus abençoe este pais.

  7. mês passado andei dando uns rolê na Colômbia para ver como o país que era um caso perdido de caos social pela violência e criminalidade fora de controle e se tornou um modelo de estabilidade e equilíbrio. Sei perfeitamente que turista se desloca em uma bolha de ambientes controlados e está mais feliz que pinto na bosta por estar só passeando e gastando. Mas procurei abstrair essa condição e sentir o pulso das pessoas e o que pude perceber foi um ambiente de descontração, bom humor, interação relaxada e uma vida cultural pulsante até mesmo entre a legião de refugiados venezuelanos que fazem os trabalhos mais informais. Um militar armado de AR15 e Glock na porta de cada estacionamento ou padaria contribuía para a sensação de segurança e não o contrario. (se vc vai sacar um dinheiro graúdo no banco um militar das Forças Armadas te acompanha…certamente a custa de um preço…) Mas certamente no geral o nível do stress é infinitamente menor que o que temos por aqui..em condições, digamos, “normais

  8. Olá cidrac.
    Se não houvesse fraude nas urnas eletrônicas, o bolsonaro já estaria eleito no primeiro turno.
    Procure se inteirar das diversas denúncias ocorridas na última eleição e, procure ser menos partidário e mais realista.
    Confirmo o que disse anteriormente: O haddad sòmente conseguirá se eleger, se houver fraude nas urnas eletrônicas.

    1. Olá Silva, captei; o TSE proíbe Lula de participar da eleição (pois, sabe que voto é com esse homi), mas programa as urnas para Haddad sair vencedor. Que coerência heim? Sai do espeto e cai na brasa. Não estaria na hora de rever seus conceitos?

  9. A todos..perguntema amigos médico sobre a gravidade dos ferimentos de Bolsonaro e depois tenham a hombridade de voltar aqui e pedir desculpas…incluso o broguista…

  10. A todos..perguntem a amigos médico sobre a gravidade dos ferimentos de Bolsonaro e depois tenham a hombridade de voltar aqui e pedir desculpas…incluso o broguista…independente de sua corrente política, ainda somos humanos,,,ou não ?

  11. MST invade terras, sem novidades.
    O candidato petista à presidência que teve 0,2% dos votos e ameaça invadir a casa do Bolsonaro mas nem o mst nem o boulos cogitam em invadir o sítio de atibaia.
    (só 0,2% ? acho que nem ‘ele votou nele’)

    Acham que têm o direito e é corretíssimo invadir terreno dos outros e casa de candidato, deviam invadir o sítio do lula também.
    O que os impede, cadê a ‘democracia’ nas invasões, petistas?
    Petista é muito esquisito mas eu tenho uma proposta irrecusável para redimi-los.
    ‘Exijo’ que invadam o sítio do lula antes das eleições pra provar que são democratas!

  12. “A população praticamente varreu a quadrilha petista do mapa.”
    Sim, ‘praticamente’ mas não vejo como a população não varrer a quadrilha petista do mapa após o segundo turno, pt não tem mais volta graças a Deus!

  13. Creio na vitória do Bolsonaro por mais um simples e óbvio motivo,
    eu e a maioria dos eleitores preferem um candidato que pode visitar livremente um quartel do BOPE para dar cobertura e obter apoio dos militares do que um candidato que tem que se apresentar como advogado para ser autorizado a fazer visitas na cadeia pra pedir conselhos a um presidiário.

  14. Quando você tiver todas as quadrilhas do país e do mundo atrás querendo te matar, e vê que essa polícia do Brasil e uma piada cheio de infiltrados comunistas, aí você me fala que vai em debates inúteis se arriscar e perder seu tempo debatendo com um poste marmita de presidiário tendo 20-30 pontos na dianteira.

  15. Especulação e bola de cristal é que falta da desesperada e despreparada esquerda. Mas ainda existe um caminho longo para acabar de vez com essa ameaça chamada PT. Com Bolsonaro a democracia terá uma chance, porém com PT a Venezuela está logo ali.
    Chega desse partido melancia, verde por fora e vermelho por dentro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.