Bolsonaro deita e rola no ambiente político atual

Mais uma aparição de Bolsonaro termina em pancadaria. Até quando esses fascistoides bovinos continuarão com isso?

Nem mito, nem nada. Apenas um político em busca de votos

Bolsonaro esteve em BH. Está em campanha para 2018, no que faz muito bem. Se é no meio que encontramos a virtude, talvez seja bom mesmo tensionar a corda. Só devemos ter cuidado para não arrebentá-la antes de buscarmos o centro, que é onde imagino que iremos parar.

Confesso que simpatizo com o doidão, o que não significa que sou seu eleitor — ao menos por hora. Não comungo com vários de seus pensamentos e opiniões, mas concordo com outros. Tomaria várias cervejas com ele, mas jamais o deixaria educar minha filha. Bolsonaro me serviria como amigo, nunca como irmão, se é que me entendem.

Admiro muito sua conduta política, a despeito de discordar de boa parte do seu posicionamento. Bolsonaro possui uma qualidade que poucos eleitos possuem: coerência com o seu eleitor. E é isso que as pessoas, de um modo geral, não entendem. Ora, se ele pensa e comporta-se, como pensa e comporta-se, e é eleito e reeleito, é porque uma parcela dos brasileiros se identifica com ele e com sua conduta e o quer como representante. Que mal há nisto?

Há quem delegue sua representação ao Tiririca. Ou ao Jean “argh” Wyllys. E há quem prefira o ex-capitão, ué. Todos — assim como os eleitores de Jandira “argh novamente” Feghali — têm o sagrado e democrático direito de escolha. Atacar os eleitores de Bolsonaro é simplesmente praticar o mais repugnante fascismo. Eu, por exemplo, não tolero qualquer candidato de esquerda e não consigo enxergar virtude alguma nessa gente. Mas jamais me verão tentar tolher o direito de seus eleitores em tê-los como representantes.

Impedir que Bolsonaro faça campanha — algo que se repete por todo país — é tudo o que ele mais quer. A cada confronto, a cada notícia de intolerância contra si, mais argumentos surgem para suas bravatas populistas. Neste aspecto, as esquerdas contribuem sobremaneira com seu crescimento eleitoral, assim como, no campo oposto, “extremistas bolsonarianos” empurram parte do eleitorado indeciso de centro para o colo de um populista de esquerda. Ele brinca que fará Minas ter uma saída para o mar, e lá vão os portais de internet “manchetar”. Com seu jeito pouco cuidadoso, diz que “tem de fuzilar” o autor da tal exposição do Santander e pronto: “Bolsonaro que fuzilar artistas”. Pô, será que não percebem a besteira que estão fazendo?

O lulopetismo investiu tanto na cisão social, no hediondo nós x eles, ricos x pobres, pretos x brancos, que a parte politizada da sociedade já não consegue mais viver sem buscar o confronto, a divergência. Ser contra Lula significa, necessariamente, nos dias atuais, ser a favor de Temer ou Aécio, o que é uma tremenda idiotice. Este modelo de pensamento binário só serve aos próprios criadores, já que mitos dos seus zumbis, pastores das suas manadas. Não por acaso os confrontos, como visto em BH.

Se vocês que me leem se identificam como um destes zumbis que saem estapeando-se por aí, uma dica: encarem seu candidato como o que de fato ele é: um sujeito igual a vocês, tentando se dar bem na profissão que escolheu. Nada mais, nada além. Assim, deixem desta bobagem de “mito” ou de “guerreiro do povo brasileiro” de lado. Não são vocês quem têm de correr atrás destes caras, mas, sim, ao contrário, eles atrás de vocês. Salvo, é claro, gostarem mesmo do papel de zumbis, pois aí é com cada um, certo? Afinal, gosto não se discute. Lamenta-se.

Leia mais.

47 comentários em “Bolsonaro deita e rola no ambiente político atual

  1. Que texto sensato, coerente. Diria até delicado. Parabéns!
    “Nem mito, nem nada. Apenas um político em busca de votos.”
    O meu já é dele!
    Jair Messias Bolsonaro, Presidente da República em 2018.

  2. O MESSIAS vem pra por ordem no Brasil. Se ele prender os que nos roubam e enganam o país crescerá rapidamente.
    BOLSONARO 2018. Prenda o nojento Lula. Acho que só você fará isso.

    1. Se esse sujeito da farda verde oliva, disseminador de ódio e preconceituoso, prender alguém, estará, no mínimo, usurpando função, o que é vedado por lei, xiiiii. A persecução penal esta a cargo da polícia federal, polícia civil e Ministério Público. Ao deputado federal e ao Presidente da República competem outros afazeres. No ofício presidencial Lulinha Paz e Amor, com sua costumeira generosidade, pode dar umas dicas ao milico, para que ele sonhe um pouco, já que isso para ele é um longínquo sonho de noite de verão. Como diria Riobaldo Tatarana: vai ouvindo.

      1. Preconceituoso é você que critica um sujeito humilde e honesto para defender vagabundo que rouba, matando a população que precisa de segurança e saúde. Palermas como você que são responsáveis por eleger esses criminosos que sugam o país há séculos. Nem com todo o volume de provas e todo o estrago promovido por essa gente nefasta, você ainda tem a cara de pau de vir aqui defender esses meliantes. As pessoas votam em quem tem ideias parecidas com as que elas acreditam. Nessa linha de raciocínio, você é um inútil como todos os que defendem. Sou militar da reserva, amo o meu país e daria a minha vida para defendê-lo. Vocês são completamente desnecessários a este país. São militontos zumbis que só ocupam espaço neste belo país.

        1. Demôro. Seu pijama deve ser de flanela, cor pastel ou seria de listinhas, e os pés bem calçados de pantufas. Muito valente tal e qual os militares do Triste Fim de Policarpo Quaresma que voltaram todos antes da coisa ferver na Guerra do Paraguai, mas passavam a vida a contar vantagens e a bater no peito. Essa de daria a vida para salvar o país é sintomática e merece um qua qua qua de se ouvir para além de Ituiutaba. Foram ao Paraguay, fizeram o serviço sujo a mando da Velha Caledônia, utilizaram os negros, velhos e nordestinos como bucha de canhão, todavia, com a incapacidade de sempre não ousaram alargar as fronteiras de Pindorama até o Pacífico. Só rindo, e muito.
          Por falar em prova, quando aparece, são os 51 MI de Gedell, é do Mininu saindo pilhado do Senado qual rato a procurar um buraco para se enfiar, ou sua gravação a dizer que mataria a pessoa escalada para transportar o numerário, ah sem esquecer o helicóptero com aquele carregamento formidável. Provas cristalinas, mansas, inequívocas, inconstáveis, mas que nada vale, pois, aqui quem vai preso e é sentenciado é Rafael Braga que foi acusado de fazer coquetel molotov com dois frascos de detergente.
          Seu vocabulário deve ser: bunda pra dentro, peito pra fora. Que coisa mais clichê! É por essa e outras que se manifestas com tanto rancor. Uma boa semana e deixe o sarcófago do obscurantismo.

          1. Cidrac deveria pesquisar melhor antes de falar sobre o Rafael Braga,ele foi preso não somente por causa da manifestação.
            Caso não saiba ele estava em liberdade condicional,por causa de 2 furtos e por isso ele foi considerado reincidente,por não ter passado 5 anos de sua liberdade.
            Gosto de ler seus comentârios mas é apenas pra te avisar.

            1. Olá Rodrigues, agradeço pelo aviso. Reincidência é outra coisa, porém, o senso profano da maioria das pessoas não têm a compreensão apropriada desde instituto do direito penal. Contudo, ainda quele ele fosse reincidente, seria, como de fato é, um disparate considerar frascos de detergente como simulacro de coquetel molotov. Em verdade, como soi acontecer neste país, ele foi encarcerado não pelo que fez, mas pelo que é: um José Coisa Nenhuma. Grato.

          2. Olá Mocorongo Banana de Pijamas
            Não entendi qual a preocupação com pijamas, banana. Mas se tratando das baboseiras que você escreve é melhor ignorar. Sobre fazer citações o tempo todo de autores tupiniquins, como se fosse um erudito, é um aborrecimento enorme. Na verdade, como diria meu antigo professor de redação, quem faz citações o tempo todo é porque não tem o que dizer. Ainda sobre a citação de Policarpo Quaresma, se trata de um personagem fictício. A realidade é que não tem arregão no exército, como sempre teve nos terroristas amarelões que queriam implantar uma ditadura semelhante a do Maduro Podre da Venezuela. Sempre tem uns mascarados como os black bobos e os binários mortadelas, que se escondem quando a situação aperta. Pelo que eu entendi, você não fez serviço militar. Provavelmente deve ter se apresentado requebrando e desmunhecando para ser dispensado. Só rindo, e muito.
            Não sei o porquê da fissura pelo Aécio Neves. Acho que ele te seduziu, mas você está relutante quanto aos seus sentimentos pelo decadente senador. Para mim ele é tão bandido quanto o Lularápio. Todos devem ir para a cadeia.
            Sobre o meu vocabulário você sabe pouco. Mas sobre o seu o que sabemos é que é um perpétuo amor cego ao meliante Luladrão. O tédio permanente é a sua característica mais marcante. Como minha vó dizia: humildade, estudo e trabalho não fazem mal para ninguém.

  3. Que me desculpe, mas Bolsonaro só feira e rolo pq como fala um colunista mineiro, o Brasil é um país grande e bobo. Aliás, outro dia vi umas reportagens antigas de futebol , e vi uma tirada de um ex jogador do atlético de nome Kafunga que bem resume o nosso pais. Segundo esse filósofo, no Brasil é o errado e que é certo e certo e que é errado. Pois bem, muitos dos eleitores ou pretensos eleitores de Bolsonaro só sabem ou melhor, o conhece mais pela sua implicância com gáys e frases de valentia com as mulheres. Eles desconhecem que o Mito deles era há alguns anos atrás um soldado obscuro e considerado até de pouca inteligência pelos seus superiores que comandou um motim pelos baixos salários e após isso , pela repercussão ganhou um pouco de notoriedade. Depois disso , ganhou umas promoções rápidas na carreira e foi mandado para a reserva. Era pobre nessa época de quartel mas se aproveitando da notoriedade , entrou na política de onde não saiu mais e deu muito bem. Hoje, além de deputado e riquíssimo, ele é toda família, com endereço não no ABC paulista, mas numa cobertura no Leblon no Rio de Janeiro. Como ficou rico eu não sei…so sei que não foi com salário de deputado ou o que recebe da aposentadoria antes do tempo. Bolsonaro também é muito coerente…De uma certa feita ele perguntado o que ele achava de um seu irmão que ganhava sem trabalhar um belo salário num gabinete de um deputado seu amigo, caso de nepotismo cruzado , ele disse com razão que não era ele. De outra vez, ele que se vangloriou de não aparecer na lista da Oldebresh , foi pego na lista da UNS com a quantia de 200 mil e perguntado numa entrevista da Jovem Pan , ele disse que recebeu o dinheiro mas não sabia que era propina, mas que devolveu para o seu partido a grana que por sua vez repassou a quantia para ele. Para resumir, Bolsonaro e tão coerente que agora ele que o antigay número 1 do País e estava de braços dados com Alexandre Kalil (uns falam que Kalil vai ser seu vice) . E para quem não sabem, se Bolsonaro e o antigay, Kalil e o defensor número um dos gáys, Inclusive, está cogitando trazer o queermuseu para BH. Como vcs podem ver, Bolsonaro e um político muito coerente, não foi sem razão que Malafaia disse que ele e um gay enrustido.

    1. Acho que você mostrou ser um “pouco” tendencioso na sua argumentação. Ele não é meu ídolo e não acho que seja uma solução milagrosa, como todos os outros candidatos, mas como bem colocado na coluna, ele cresce justamente por causa dos seus “inimigos” e com um discurso que nada mais é do que o mesmo da população que já não aguenta mais a insegurança urbana, a ditadura do politicamente correto, onde o “certo” é ser negro, ser gay ou qualquer outra coisa, sendo que o certo deveria ser apenas ser um “ser humano” respeitado, com características diferentes entre indivíduos. Ele, preste atenção no discursos (não no que as pessoas falam), fala da não diferenciação entre os indivíduos e alguém em sã consciência pode ser contra isto? Fala em melhorar a segurança e isto é um anseio de boa parte da população e é por isto que ele cresce, muito mais do que os que pregam a diferenciação, as “minorias” e os privilégios para alguns. Hoje, ser loiro, andar limpo, ser heterossexual, ter uma profissão e um emprego, ter um carro, etc, é crime. Isto pode estar certo? Te pergunto: Um loirinho orfão, que mora numa favela deve ser punido pela cor do seu cabelo? No que ele é diferente de um “escurinho”, orfão, que mora numa favela? Resposta: Ele não é diferente, ele é um ser humano. Cuidado com o discurso segregacionista, ele é um problema. Não acompanho o Bolsonaro, mas se você procurar na internet verá que o caso do irmão dele não foi o que você citou (não sei se intencionalmente ou não), lembro-me perfeitamente que ele usou as seguinte palavras: É meu irmão que fez, PAU NELE… Enfim, não sei se vou votar nele, mas gostaria que as pessoas ouvissem a todos os candidatos, antes de fazer uma avaliação, digo ouvi-los e não simplesmente acreditar no que “dizem” na internet. Segregacionismo nunca foi bom negócio, pense bem.

  4. Keith Maria, vou consertar algumas de suas afirmações: Bolsonaro quando se candidatou já era capitão paraquedista e, ao se eleger, como todo militar, foi para a reserva remunerada proporcional ao tempo de serviço. Outra, esse militar veio da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) e para ser aprovado a relação candidato x vaga é três maior que medicina na USP, portanto não é um ignorante. Finalmente, sua rebeldia no oficialato levou-o a bater de frente com superiores, sendo exemplarmente punido em nome da hierarquia, mas não é odiado por generais, que vêem com bons olhos sua candidatura a presidência. V.Sa. está eivada de ódio e não respeita o direito dos outros, ferindo de morte a democracia. Não sou eleitor de Bolsonaro mas ele tem o direito de se posicionar dentro das normas legais.

    1. Concordo com você, existem mais incoerências no comentário desta (ou deste) Keith Maria. Só não sei se é um petista inconformado ou apenas mais uma pessoa desinformada que dá “ouvidos” a tudo que existe na internet, sem questionar. Citei numa resposta a ela o caso do irmão dele, que é o que eu sei porque chamou minha atenção na época. A informação passada está errada e é fácil comprovar em N vídeos na internet. Concordo com vários pontos de vista dele, só acho que ele não é esperto falando tão abertamente para um povo pouco inteligente. Oops!!! Eu disse esperto, tal como todos os políticos neste paiseco, sendo o principal “espertinho” um bandido considerado um deus por muitos. Ainda bem que este bandido deverá ir preso em breve, pena que não existe lugar apropriado para todos os outros. Aécio, Temer… ah! não dá para citar todos. Resumindo: Será que o cidadão pensante quer mais um espertinho no poder ou prefere um que fale às claras? Sei lá, não acredito mais neste país mesmo. Achei as posições do Ricardo entre as mais sensatas que já vi na internet. Sensatez ainda existe, isto para mim é novidade.

  5. Quem falou que Kalil é defensor de gays? kalil é um espertalhão que vai subir na política. Vice de Bolsonaro vem do nordeste, que está puto com PT, PMDB, PSDB e PDS; vem de pessoas que tiveram suas propriedades invadidas por MST, outras que foram expulsas para dar imensas propriedades para índios preguiçosos que extraem e vendem de tudo para estrangeiros, etc. Kalil está novo para tanto. deve ser reeleito ou será governador. pare de se aculturar assistindo novelas.

  6. Bolsonaro tambem me serve como amigo, não como irmão. Perfeito! Isso porque amigo a gente escolhe, é alguem com quem temos afinidades. Irmão, ao contrário, cai de para-quedas em nossa cabeça nossa vida e muitas vezes só trazem problemas. Amigo é tudo de bom. Por isso mesmo que Deus dá amigos, e o capeta manda parentes. Portanto Bolsonaro me serviria tambem como amigo e mais ainda, como presidente da Republica porque num país que NADA absolutamente une essa população aloprada, somente com governo forte, escola e cadeia a vontade e que poderemos chegar a algum lugar. Se bem que duvido muito, porque Deus foi cruel com o Brasil porque nem desgraças naturais aqui acontecem para nos unir e para completar fomos agraciados com o que existe de “melhor” no mundo em matéria de herança genética…

  7. O povo brasileiro nao pode baixar a guarda,tem que chutar pro lado essa ideia de que brasileiro nao sabe votar.Vamo ter que aprender na marra,é pra ontem pqp!Todos nos ja temos diploma de como fazer besteira na danada da urna,agora temos que escolher certo,I`TS NOW OR NEVEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEER!!!!!!!!

  8. Em respeito àqueles que tiveram parentes mortos pelo nazismo, eu não vou publicar seu comentário. Vá se informar minimamente sobre o que foi para ter a exata noção da imbecilidade que escreveu. E um alerta: pouco importa se seu nome e seu e-mails são verdadeiros ou falsos. O seu IP (internet protocol) é. Portanto, juízo com as palavras, ok?

    Ricardo Kertzman

  9. Ricardo, nada é duo, tudo é trino, Weber assim se entende. Sejam ordens, sejam teses, seja iluminista, seja religioso. Nada é sim ou não, nada é ou não é, tudo são possibilidades, se se salga a carne, tira o sabor mas se mantém a vida, se se perdem os anéis ficam os dedos, se se recolhe a prisão o corpo tende à sobreviver e anula a memória, se não se prende o corpo morre pela ansiedade, a diferença na gestão da inteligência é o pensamento da Dama de Ferro – não se conhece comunista inteligente e honesto, se se é inteligente é desonesto, se se é honesto é burro. Um é o político – inteligente e desonesto, o outro é o povo – honesto, mas burro. O erro da esquerda é não abrir os olhos aqueles que outrora pensaram haver salvadores e que hoje têm certeza que tudo é retórica. Já me alistei no Consulado do Brasil na cidade do Porto, meu voto é BOLSONARO, pelos mesmos argumentos teus.

  10. Ademilton, tadinha da Keith, está fora da casinha…Ki dó!
    Pelo que ela expôs, nota-se tamanho fermentado o alinhamento ideológico com o atraso.

    Para você que me parece culto, PARABÉNS!!!

  11. Meu Deus! Como pode, essas pessoas pelo menos cogitar em votar em Bolsonaro,caos total o cenário político desse nosso Brasil.Que país é esse Renato Russo?

  12. Ricardo,
    O Bolsonaro como todos os militares gostam de estatais. Na época do regime militar foi quando foi criada a maior quantidade de estatais. Onde tem estatal, tem corrupçao. Sou a favor de um estado minimo e não o querem os esquerdistas e nacionalistas tipo Bolsonaro.

  13. Bolsonaro tem todo direito de se manifestar. O Lula não vive o dia inteiro na mídia (nenhum político tem mais visibilidade que ele) se justificando e transferindo responsabilidades. Fortuna fez Lula, de de torneiro mecânico que cortou o próprio dedo para se aposentar, formado na melhor escola de pilantas que existe (os sindicatos), também tem o direito de se candidatar. Aécio, Gleise Hoffman, a Tigresa de Dentes de Sabre. Cabe a nós separar o joio do trigo (mais joio que trigo) e escolhermos uma pessoa, que se não for a ideal, seja a que o momento nos oferece. Não queremos mais comunistas. Não queremos fascistas. E mais: não queremos aproveitadores e corruptos. Tem que surgir um nome nome. Não é possível que num país de 207 milhões não conseguimos achar pessoas que são idôneas para nos representar. Chega de canalhas.

    1. Concordo com vc,tem que aparecer alguem confiavel.Como vc disse a populaçao é numerosa,e agora com tudo que esta acontecendo,eu tenho fé que podemos ter finalmente verdadeiros brasileiros nos representando.Pessoas que valorizam a vida e respeitam seus compatriotas,sabem que é idiotice e perda de tempo ter muito mais do que jamais vai conseguir gastar,afinal como disse o Ricardo,chegar em casa depois de um dia de trabalho honesto,com a consciencia limpa e ser abraçado pela familia,simplesmente nao tem preço.

  14. So queria que alguém tivesse o cuidado de investigar como um sujeito que tem menos de duas décadas na política, consegue com o salário de deputado morar num dos endereços mais caros do planeta, ou seja o bairro LeBron no Rio de Janeiro. Como sua família se tornou uma das mais ricas da capital carioca. Com certeza, que se fosse publicada a evolução patrimonial dele e sua família, ficaria difícil alguém falar em honestidade , moralidade ou coisa parecida. Além disso, a daquilo já falado, tem outras coisas. Por ocasião da votação de uma lei no congresso em Brasília, uma pessoa enxerida, conseguiu fotografar no telefone de Bolsomito, um diálogo entre ele e seu filho no wasap, e pela amostra do da conversa a moralidade estava muito além do Jardim. Na conversa, Bolsomito, dizia para o seu filho que não compareceu à votação, que sabia o local onde ele se encontrava e que caso ele fosse pego, não ia visitá-lo na Papuda e faz uma a afirmação altamente ilustrativa de como são postas as coisas para os bobos. Ele diz para o filho: já pensou filho, se a imprensa descobre o local onde vc está, já pensou como a gente fica? E olha que o filho já tinha feito algumas afirmações também não muito evangélicas do comportamento de outro filho de Bolsomito, seu meio irmão. Quem quiser acessar as esses diálogos, que não foram negados por Bolsomito, inclusive, ameaçou processar o fotógrafo enxerido pelo feito, pode pesquisar aí na Internet e vão ver como no Brasil como diria uma filósofo mineiro, o certo é errado, e o errado é certo.

    1. Olá Kiko (seria aquele que brinca com a chiquinha do seriado do SBSterias?). Minhas críticas foram ao Exército brasileiro e ao Deputado Messias, instituição do Estado e pessoa ocupante de cargo público, mas, você, talvez, por não dispor de elementos para o diálogo, deixa o enfrentamento das idéias e vem com ataques de ordem pessoal. Saia das trevas e ultrapasse a vala da tacanhice.

    2. Olá Kiko
      Verdade. Para mim ele deve ter desmunhecado na frente do sargento, para ser dispensado. Hahahahahaha. Se trata de um mocorongo que não tem a menor ideia do que é usar aquela gloriosa farda. Como eu costumo dizer, é um banana de pijamas.

      1. Procure suas neguinhas para contar suas fanfarronices. Milico aposentado gosta de ser brabo como siri na lata, prende arrebenta, mas, sempre vestido de pijama, no que muito contribuiu com o humor nacional (vide Jaguar e outros). E só!

        1. Olá desmunhecado
          Verdade, sempre procuro as mulheres. Com orgulho.
          Acho que neguinha é meio preconceituoso, vindo de um cara que se acha acima do bem e do mal. Isso é politicamente incorreto. Não somos bravinhos, só enfrentamos os malfeitores. O humor nacional, atualmente, é a estocadora de ventos, o vagabundo culpando a mulher falecida por tudo, um ex seminarista criminosos, todos os vagabundos da “elite” petista na cadeia. Mais engraçado, ainda, será nas eleições. A pré-história política será eliminado juntamente com os políticos jurássicos que você tanto aprecia. Trabalho, humildade e estudo não fazem mal a ninguém.

          1. E por falar em eleições o Pelé dos votos, mais conhecido como Lulinha Paz e Amor, aparece, mais uma vez, para variar, em primeiro lugar na preferência do eleitorado. E olha que isso depois da conversa fiada de Palofi sobre pacto etc. É isso, não basta o Juizeco de roupa preta, Rede bobo, amestrados, inocentes úteis e não tão inocentes para deter o homi que segue impávido e altaneiro para gaudio da democracia e o bem de Pindorama. Deixe as trevas, junte-se a nós, venha para a região sublime da cidadania.

              1. O amor, não pede adjetivos. Primeiro diz que sente satisfação em vestir a farda oliva, mas não consegue dialogar sem descer às ofensas mais pedestres. Vide uma diferença entre nós. Dialogo contigo em qualquer espaço da vida social e mantenho meus termos. Não é seu caso. Deve ser sintoma da vida na caserna de uma instituição especializada em golpes e em massacrar o povo. Na Guerra do Paraguay além do serviço sujo em prol da Velha Albion tomaram os velhos, nordestinos e negros como bucha de canhão e não tiveram a capacidade de alargar as fronteiras de Pindorama até o Pacífico.
                Ali por 1.889 deram o GOLPE, e chamaram de Proclamação da República, Depois saíram corridos pela canícula do sertão, escorraçados pelos tabaréus de Antonio Conselheiro para, ao final, promover nova carnificina de mulheres, criança, velhos e inválidos.
                Lá por 1.964 nova quartelada seguida de mortes, torturas, desterros e opróbrios. Típico, para não dizer tradicional.
                Como exceção registramos o valor de Silva Teles, de um Osório e de um Vilas Boas que neste momento se vê ofuscado pelo voluntarismo do tradicionalista Mourão.
                Então, por tal linhagem identificamos suas agressividades gratuitas.

                1. Olá Desmunhecado
                  Resumindo vocêleu a história escrita por um professor doutrinado. Mas o seu amor profundo e incondicional pelo maior meliante do país é uma constatação. Não sei onde estão as ofendas, desmunhecado.
                  O general Mourão é um grande patriota e representa a todos os brasileiros indignados. Por que você não citou aquele vagabundo pelego presidente da cut que disse que pegaria em armas (http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2015/08/declaracao-do-presidente-da-cut-provoca-constrangimento.html)?
                  Você é um doutrinado vergonhoso incapaz de escrever um argumento sólido. Só fica repetindo esse discurso chulo e inútil da esquerda. Muito cansativo e enfadonho.

  15. Vamos nos informar: Bolsonaro posiciona-se REITERADAMENTE na EXTINÇÃO de dezenas de estatais e na privatização das demais. Inclusive a Petrobras. Ele pontua – corretamente – que as estatais foram importantes naquela época, naquele contexto. HOJE NÃO MAIS.

    Fala acertadamente que estatais são o berço para a corrupção e negociatas de cargo de direção com o Congresso e lideranças políticas.
    Vamos ler um pouco e estar atualizado antes de sair por aí dizendo que o Bolsonaro disse isso ou aquilo, como papagaio de pirata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.