De volta ao lar! Ou: alegria de pobre dura… muito

Viajar é bom, mas voltar é ainda melhor. São os dissabores do cotidiano que fazem as férias serem sempre tão desejadas

O melhor quarto de hotel do mundo fica em Caxambu, Minas Gerais

Voltei! Para alegria de uns e tristeza de outros, mas… voltei. É o que importa.

Onde estive? Por ondei? Por aí, ué. Um pouco ali, um pouco acolá. O mundo é bem grande, hehe. Que diferença faz na vida de alguém onde os outros passam as férias? Se em casa, num biboca do interior ou no Four Seasons de Paris ou de Las Vegas? Não sei o que é mais brega: se dar publicidade às viagens, por mera ostentação, ou xeretar as férias alheias, tentando disputar quem pode mais. Credo, que gente aborrecida!!

Sempre que pude publiquei os comentários pendentes, mas apenas hoje visitei a lixeira blog. É para lá que seguem, diretamente, sem meus olhos e olhares, comentários com palavras impróprias, certos comentaristas já previamente bloqueados (pelos nomes ou IP’S que usam ao postar), SPAM’S e outras porcarias, por filtros que adiciono de vez em quando. Infelizmente, às vezes, comentários normais e regulares acabam parando lá. Daí os resgato para a área iluminada do blog e os publico. Me desculpem pela demora, ok?

Curiosa é quantidade de ruminantes babando na minha ausência. Eu, hein! Me xingam quando escrevo e… quando não escrevo. Sério!! Enviaram comentários dizendo que eu deveria estar nos EUA, gastando o dinheiro que recebo de Aécio Neves para defende-lo. Pode?!? Ou que estaria em Miami, lugar onde os brasileiros bregas gostam de sonegar impostos, seja lá o que isso signifique. Ou na Europa, vivendo de favor na casa de algum amigo rico, de quem puxo o saco para passar as férias. Mas o mais maluco foi o que disse eu fugi do Brasil, agora que a Lava Jato pegou Andrea Neves. Haja alucinógeno no café da manhã, viu?

Fico tentando imaginar quem são estes doidos, como vivem a vida, onde moram, como convivem com os amigos, como criam os filhos. Fico imaginando-os clicando centenas de vezes, todos os dias, na página inicial do UAI ou do blog, à procura de um post meu ou de verem os comentários insanos publicados, coitados.

O pior é que imaginam que os leio e que sinto algo além de vontade de rir. E não raro, rio mesmo! Certos comentários fazem a “alegria da galera”, quando estamos juntos, tomando umas, e mostro para a turma o que recebo. Me lembro de um tal Silvio Grossi (acho que era isso mesmo) que entrou para a história, de tanto que rimos dele certa vez. Outro “genial” é um maluco que se chama — ou diz se chamar — Ronaldo Malard. Se soubessem o que fazemos com seus comentários, na boa, me cobrariam “couvert artístico”, hahaha! E tem também um Cidrac sei lá do que, que envia comentários todos os dias, mas que jamais leio ou respondo. Deve ter tido cólicas por abstinência nestes últimos dias.

Mas é isso aí, amigos leitores e leitores amigos. A partir de segunda-feira, estarei firme e forte por aqui. De amanhã até domingo, me dedicarei a uma outra viagem. E esta não há inconveniente algum em lhes dizer. Trata-se da melhor de todas: Caxambu, Minas Gerais, com amigos mais que queridos e especiais. Fazemos isso todos os anos, há anos. É a prova viva de que muito dinheiro, hotéis cinco estrelas, restaurantes caríssimos, Europa e compras nos EUA são coisas muito boas, sim, mas que jamais superarão a comida do interior de Minas, cerveja gelada na calçada do bar e amigos bêbados perambulando pelas ruas de pedra. Acreditem: ser feliz é muito barato! Basta ter os amigos certos.

Leiam também.

 

7 comentários em “De volta ao lar! Ou: alegria de pobre dura… muito

  1. Minas é Minas. Entre as montanhas de Minas há coisas imagináveis.
    Uma cerveja no ponto, uma conversa fiada, bons amigos e amigas, uma branquinha de 1ª qualidade, moicolas lindas, uma cozinha esplendorosa de onde sai, um tutu, uma canjiquinha, um ore pro nobis, uma feijoada, doces e quitandas e muitas coisa mais.
    Viver é ter o prazer de saborear estas virtudes no dia a dia.

  2. AINDA MENTE QUE FEZ VIAGEM PARA O EXTERIOR. ?? PIADA NE? DEVE TER PASSADO AS FERIAS EM ALGUMA CIDADE DO INTERIOR DE MINAS E FEDENDO A BOSTA DE CAVALO.E AINDA FALA QUE FOI PRO EXTERIOR. VIVE DO BOLSA FAMILIA E DOS PROGRAMAS DE GOVERNO FEDERAL. COITADO,MAIS UM IDIOTA QUE USA UM BLOG DE TERCEIRA. POBRE BRASIL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.