De volta ao lar! Ou: alegria de pobre dura… muito

É a prova viva de que muito dinheiro, hotéis cinco estrelas, restaurantes caríssimos, Europa e compras nos EUA são coisas muito boas, sim, mas jamais superarão a comida do interior de Minas, cerveja gelada na calçada do bar e amigos bêbados perambulando pelas ruas de pedra. Acreditem: ser feliz é muito barato! Basta ter os amigos certos. Graças a Deus eu os tenho.

Leia Mais

Um país preso e com medo de viver

Não verei o Brasil assim. Minha filha não verá também. Não creio que meus netos verão, pois meu avós diziam que os seus — ou seja, eu — veriam. Não mentiram, coitados. Apenas se enganaram. Eram ingênuos e realmente acreditavam no tal país do futuro. Imaginavam que, em 50 anos, tudo seria diferente. E poderia, sim, ter sido. Mas não foi. E não será. É pena.

Leia Mais