Xeque-mate, Temer. Xeque-mate, Brasil

Se renunciarem, acaba o país. Se Temer vetar, acaba o governo. Só o Senado pode salvar o Brasil

lavajato
O país acabou de vez. Um Parlamento enlameado, instituições fragilizadas e um Presidente decorativo

Pronto! Conseguiram. Virou bang-bang, virou terra de ninguém. Os procuradores da Lava Jato estão ameaçando uma renúncia coletiva, caso a lambança dos vagabundos da Câmara prospere no Senado e Temer não vete. Tá tudo errado, meu Deus. A política brasileira não se cansa de cavar um nível sempre mais abaixo. Procuradores não fazem chantagem, procuradores não ameaçam um Presidente da República e toda uma nação. Mas há horas em que o desespero grita mais alto.

Estão muito errados e, penso eu, completamente desequilibrados. Eu estou desequilibrado! Eu posso mandar os Petralhas que me infernizam, aqui, à merda, eles não. Eu compreendo a atitude dos valorosos garotos. Eu jamais irei recriminá-los pelo gesto irresponsável. Ao contrário! Têm minha irrestrita solidariedade e total compreensão. Apenas não posso concordar, só isso. Aliás, o mesmo ocorreu com aquela “invasão” no Congresso. Não a apoiei e não a apoio, mas não a condenei nem a condeno, pois entendo perfeitamente o gesto desesperado daqueles patriotas heroicos.

Pois bem. O mesmo ocorre agora em relação à ameaça de renúncia coletiva da turma da Força Tarefa. Não concordo, mas não os recrimino. Entendo que estão jogando gasolina numa fogueira já imensa. Imaginem se tudo ocorrer desta forma o que não poderá acontecer ao país. Mas como dizer “calma” para este pessoal, diante do que o Congresso está fazendo com a nação? Eles estão errados, sim. Mas não podem ser culpados por isso. A culpa é do bando de cafajestes que golpeou a Lava Jato. São eles quem têm de ser duramente cobrados e acusados. Eles são os inimigos da Pátria.

A população tem de invadir como nunca as ruas no dia 04/12. Chova ou faça sol! E quando eu digo população, eu digo todos aqueles que estão pagando com a própria dor e sofrimento a conta da canalhice destes vagabundos. Seja lá o que você for, seja lá se te chamam de Coxinha ou Petralha, pois todos estamos no mesmíssimo barco furado. Primeiro derrubemos esta camarilha, depois voltamos para o maniqueísmo tradicional.

Se a Força Tarefa renunciar, o país acaba. Se Temer vetar, estará se mostrando refém; seu governo acaba. A solução só passa pelo Senado. Ou seja…

“Divide et impera”. Dividir para reinar. Foi o que esta gente ordinária nos fez até hoje. Conseguiram.

E aí? Bora acabar com a farra?

Leia mais, aqui.

10 comentários em “Xeque-mate, Temer. Xeque-mate, Brasil

  1. Não se sabe mais em que acreditar nesse país, a turma dos Procuradores estão exagerando, pode até ser, como trabalhar para se construir um país com menor nível de corrupção de quem faz é aprovam as leis são totalmente corruptos e corruptores.

  2. Estão fazendo de tudo para parar a lava jato,e pior que estão conseguindo acredito que sim deve ter algum politico honesto mas com certeza ele esta preso por praticamente estarem sozinho.Esses poucos honestos serão discriminados pelos colegas,muita coisa que eles poderiam fazer para ajudar suas cidades mas serão barrados.
    Dia 4/12,não acredito que vai muita gente graças aos vândalos muita gente desistiu,no meu serviço vai somente pessoas ligados ao sindicato que sabem que vão ter o dia cortado mas sera pago pelo sindicato.
    Acredito que essa farra nunca vai acabar somos refens de nos mesmos.somos refens principalmete na hora de votar.

  3. Ricardo Kertzman, esses caras (políticos) não têm alma, não tem um pingo sequer de moralidade, caráter, NUNCA dão bons exemplos… Há exceções? Creio que não. Só de estarem onde estão, negociaram alguma coisa em prol de outra (não boa). Não é assim que funciona? Estamos num caminho extremamente ruim. Escolas totalmente sucateadas, logo, povo sem conhecimento, sem senso crítico e moral. TV’s cada vez mais deseducativas e imorais, logo, povo largado, que aprecia o “errado” o “chulo”, o “fácil”. Isso tudo se reflete em todas as camadas e em todas as situações, rico, pobre, branco, negro, pardo, crianças adultos, no transito etc etc. Estamos numa crise política, crise financeira, crise moral, crise de educação, crise de saúde, enfim, crise de BONS VALORES e de BOAS PESSOAS. Onde estão as pessoas de bons exemplos neste país? Estão sendo extintas? Meu Deus! Estes políticos não são dignos do ar puro que respiram. Estes deputados CUSPIRAM em nossa cara ao alterar a lei anticorrupção. PARABÉNS aos procuradores da Lava Jato! Tiro o meu chapéu para vocês! Enquanto isso, vamos ver novelas, reality shows, programas imbecis e que cada vez mais tem audiência. TRISTE!

    Parabéns pelo texto Ricardo! Seus textos são excelentes, sempre!

  4. Estava na cara que todo aquele circo patético do congresso, com apoio de parte da imprensa marrom, iria dar nisso. Não gostava da política Dilma, mas até o momentos, mesmo após o impeachment, não houveram denúncias contra a pessoa dela. Mas concordo que com ela estava ingovernável, graças ao “Sar” Eduardo Cunha.

    Fui para as ruas em 2013, pois ali não via um movimento partidário e sim de um povo. Não fui para as ruas em 2016, pois vi ali um poder de manipulação midiática que jamais imaginaria em ver. Repito. Não sou “esquerda” nem “direita”. Sou só um cidadão de bem, trabalhador e que está enojado com tudo que está acontecendo, não só na política, mas com algumas atitudes de parte da sociedade brasileira.

    Eu vou para a rua dia 04/12. Vou porque esses canalhas já passaram do limite do absurdo. Mas se eu ver um movimento social, uma bandeira política balançando, dou meia volta e vou para a minha casa. Chega desses caras lá em Brasília. E como povo, vamos ser a mudança que queremos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.