Bolsonaro beija Lula outra vez. Ou: extremos se amam e nos odeiam; entenda

Agora é a vez da direita querer golpear a democracia usando a própria democracia. Bobinhos! Se nem o corrupto Lula e seus 85% de aprovação conseguiram, não será Bolsonaro e seus aloprados que conseguirão
Foto: Silvia Izquierdo / AP
 
Mais uma vez, extrema direita e extrema esquerda se aproximam e se bicam: o líder do governo Bolsonaro na Câmara quer uma Assembleia Geral Constituinte, exatamente como queria o PT na última eleição presidencial.
 
Há pouco mais de um ano, quando o pau quebrou no Chile, os Bolsonaros ameaçavam o Brasil com um AI-5 caso a esquerda partisse para a radicalização. Hoje o governo elogia a decisão dos chilenos por uma nova constituição.
 
Outro dia mesmo, o vice-líder do governo no Senado foi flagrado escondendo dinheiro na cueca, tal qual o assessor do deputado petista José Guimarães. Deve ser um fetiche de pilantras sujar as notas roubadas.
 
Da mesma forma que os governos Lula e Dilma aparelharam os ministérios e órgãos de governo a fim de proteger seus bandidos, Bolsonaro faz o mesmo na PGR, na PF e no STF em busca de proteção para si e seus pimpolhos.
 
O PT usava e abusava do assistencialismo, algo que a extrema direita acusava – com certa razão – de ser cabresto eleitoral. Hoje é Bolsonaro que pratica o mesmo expediente. O Bolsa Família não é mais o Bolsa Farinha, como diziam.
 
Sem falar na raiva que ambas – esquerda e direita – nutrem pela imprensa livre, pela oposição política ou mesmo pelas instituições democráticas, já que vivem pregando o fechamento do Congresso e do STF.
 
Não adianta! Se o Brasil quiser deixar o atoleiro do atraso, da incompetência, do fisiologismo e da corrupção, precisa abandonar a busca por ídolos, por “mitos”, por personagens fictícias que só se interessam por si mesmas e pelo poder.
 
Bolsonaro foi muito útil para extirpar o câncer PT do governo, mas é um tumor maligno que, se não for combatido agora, irá crescer e devastar o País — exatamente como o lulopetismo fez. Extrema direita e extrema esquerda são ervas daninhas da mesma espécie.
 
P.S.: para você, bobinho, que irá dizer “não foi o Bolsonaro, foi o seu líder”, esclareço: o líder não faz nada sem o aval do presidente. E se fizer, e o mesmo considerar inadequado, é desautorizado e perde a liderança. Como o amigão do Queiroz não fez nem uma coisa nem outra…
 

Leia mais artigos meus em: IstoÉEstado de Minas e Facebook

**Atenção: Este texto não reflete a opinião do Portal UAI, e é de responsabilidade exclusiva do autor**

19 thoughts to “Bolsonaro beija Lula outra vez. Ou: extremos se amam e nos odeiam; entenda”

  1. Baby, Baby, Baby,
    Sempre querendo arrumar uma justificativa para a cagada que fez né. Você elegeu o Bozo, arranca ele de lá agora. Embala que o filho é teu !!!
    Ah, e tem a frase que você mais gosta de ouvir : Eu te avisei !!!!
    Aliás, nenhuma menção no texto ao Aécim ou ao PSDB. Será porque mesmo ??? kkkkkkk

    1. Já que está cobrando crítica à outros corruptos, mostre aí uma crítica sua em relação à hecatombe de roubalheira, retrocesso e incompetência dos governos PT que afundaram o Brasil em sua maior crise econômica, moral, administrativa e política de sua história (gerada não por causas extra-governo).
      Quem não anda de 4 pra quaisquer políticos, partidos e seitas ideológicas é capaz de defender um país em que a justiça seja capaz de aplicar devidamente a lei não só contra todos esses canalhas que vc cita, como ao maior ladrão da história desse país: o Lula Propina, aquele criminoso p/ quem vcs abanam abjetamente o rabinho cacarejando “Lula Livre”. O que o Brasil mais precisa é de reformas concretas que o modernizem politica, administrativa e economicamente, e não de lulas e mitos.
      O desgoverno Bozonaro, é um dos mais retrógrados e nefastos de toda a nossa história (só não é pior do que os da dupla Lula e Dilma). É a outra face do retrocesso populista que nos mantém eternamente patinando no subdesenvolvimento. Mas no 2o turno das eleições de 2018 não havia outra alternativa que não a de interromper o processo comuno-bolivariano que nos levava a um desastre de proporções venezuelanas. Nada poderia ser pior do que permitir a continuidade desse retrocesso, nem mesmo se a opção fosse um Marcola do PCC, por exemplo. O poste Haddad era a certeza de um desastre ainda maior. E Bolsonaro prometia promover a agenda de reformas modernizantes de que o País necessitava pra romper com seu eterno atraso.
      Mesmo Bozonaro sendo um outro tipo de retrocesso populista e não não cumprir a agenda liberal modernizante do País que falsamente prometia, não havia, não há e não haverá nada pior do que dar ao PT e as esquerdas a oportunidade de cumprir o seu ideal, de transformarem o Brasil num enorme bananal bolivariano.

      1. Lá vem outro eleitor que fez campanha pro Bozo e agora não sabe como consertar a merda e só fica de bla bla bla de PT. Nunca falou nada de seus outros corruptos de estimação, da mesma forma que o blogueiro. Devia morar na Lua antes do PT chegar ao governo, porque parece, pelo que você diz, que antes do PT o país era uma maravilha, não existia corrupção, FHC, Aécio, Serra, Alckmin, Sarney, etc, etc, etc, eram todos santos né. E que os outros partidos sempre foram maravilhosos. Mas, eleitor arrependido do Bozo é assim mesmo, não se deve esperar nada inteligente deles.

        1. Repito:
          Vc desafia os outros a criticar corruptos como Bolsonaro, Aécio, Serra, Alkmin, Sarney etc etc. Eu falo: são CORRUPTOS que deveriam ser devidamente investigados e punidos.

          Agora, vc não pode cobrar nada de ninguém, pois é idólatra do maior corrupto da história do Brasil, o seu adorado Lula Propina; acusa os outros daquilo que vc é: um gado de politico corrupto, crente fanático de seita política/ideológica.

          1. Então escreve seu texto aí metendo pau na turma que citei, se for capaz, é claro. O cérebro vai dar nó né. kkkk. Detalhe, no texto é proibido falar de outros partidos e políticos sem ser os que citei, seu lambe botas do Aecim.

  2. O novo cuequeiro, chamado de “líder do governo” é representante do DEM indicado pelo Maia?
    E o velho cuequeiro, chamado de assessor de deputado era líder do PT na Câmara do Lula?

  3. Chega a ser engraçado ver esse senhor escrevendo esse textão para explicar algo que eu comentei em uma linha em 2018. Lula e Bolsonaro são faces da mesma moeda, Populismo, falam o que o povo quer escutar.

      1. Chama-se digitação errada. Há priscas eras meu professor de português dava pontos extras para quel lesse os jornais e apontasse os erros encontrados. E eram muitos. Pouquíssimos de concordância, o grosso ortográfico.
        Mas, aproveitando, bogleiro, deve ser o mesmo que blogueiro. Ainda mais no celular.

  4. Lula jamais foi de “extrema esquerda”. É só verificar o valor do dolar na epoca, o meirelles no BC (em vez do “excelnte” paulo pinochet) a autonomia da policia federal e etc… Mais uma vez tentando justificar o voto no incapaz de extrema direita.

  5. Meus caros; acho que agora sabemos o que está acontecendo: Na verdade, o atual “governo” está errando muito para fazer o papel de cabo eleitoral de uma “nova chapa”.
    Assim que saiu a notícia do encontro do Gomes com o da Silva, logo concluí que tudo não passa de armação entre os antigos “desafetos” (hahaha!) para nos fazer de trouxas mais uma vez.
    Ricardo; favor repetir o texto sobre o “sistema”, para que aqueles que não tiveram a oportunidade, agora possam refletir sobre essas arapucas! A polarização é simples: Cegam os dois lados e fodem todo mundo que esteja fora do interesse deles.

  6. O problema é que o filho é dele e de outros da mesma matilha, que nao aceitam uma igualdade social, que os fariam deixar de se sentirem superiores. O problema é que, apesar disso, quem mais sofres nao sao esses lobos, quem sofre, principalmente, é fo povo que querem fazer escravos, pelas reformas de bolsonaro, guedes e sua matilha do andar de cima e financista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.