Kalil destila arrogância e desprezo por pré-candidata à prefeitura de BH; um espanto

O assunto parece velho, mas é muito mais que novo, já que o autor dos desaforos é (e continua) o mesmo

(Foto: Google Images/Reprodução)

Não conheço pessoalmente a pré-candidata do PSDB à prefeitura de Belo Horizonte, mas tenho dela as melhores referências possíveis. Chegamos a trocar mensagens, pois iria entrevistá-la no “Conversa Sem Medo“, que apresento pelo Portal UAI, mas a maldita pandemia de coronavírus impediu a continuidade do programa.

Luisa Barreto possui um currículo invejável: é graduada em Políticas Públicas e Gestão Governamental na Escola de Governo da Fundação João Pinheiro, pós-graduada em Gestão Estratégica, também pela Fundação João Pinheiro, servidora de carreira da Secretaria de Planejamento e Gestão do estado e professora convidada da Fundação Dom Cabral. Nada mal para uma jovem de 35 anos.

Luisa é uma lufada de brisa fresca em um partido envelhecido, colhido por escândalos de corrupção e carente de líderes de expressão, já que os principais (Aécio Neves, Eduardo Azeredo, Geraldo Alckmin e José Serra) ou estão às voltas com a Justiça ou trocaram de legenda, como o senador Antonio Anastasia. Ela será a primeira mulher a disputar a prefeitura de BH pelos tucanos. Desejo-lhe sorte, mas o papo aqui é outro. 

Dizem que tenho certa má vontade com o prefeito Alexandre Kalil. É verdade! Motivos não me faltam, e um deles é a maneira grosseira e desrespeitosa de se referir àqueles que não gosta ou que considera, digamos, inferiores. Por exemplo: as costumeiras broncas que dá na população de Belo Horizonte, os adjetivos depreciativos que dirige a empresários e comerciantes, e a forma pouco democrática com que se refere a seus adversários políticos.

E é justamente esse comportamento inadequado, eu diria até covarde, o motivo deste texto. Numa entrevista de junho passado, a qual só agora tive conhecimento (falha minha!!), referindo-se à Luisa Barreto, Kalil disse o que segue (recomendo um antiácido primeiro):

“Luisa o quê? Joga de quê? Como se diz no futebol. Ela é o quê? Qual a profissão dela? Eu não conheço, não sei quem é. Brincar em cima de cadáver, eu não vou. Na hora da campanha vão conhecer essa moça. Eu não sei de que ela joga, se é de meia, de centroavante, eu nunca ouvi falar. Não sei se ela é branca, preta, japonesa, árabe, judia. Então, se ela quer palanque, ela vai baixar em outro centro”

Argh! Não poderia ser mais grosseiro, arrogante, preconceituoso e cretino, não é mesmo? “Brincar em cima de cadáver”? Quem foi mesmo que fez palanque sobre os mortos pelas enchentes no Vilarinho, em 2016? Se não lembram, leiam aqui. Fico a imaginar o grau de ressentimento que este senhor sente por todos que “ousam” contrariar seus desejos e suas crenças.

Querem saber o motivo de tanto desprezo pela moça? Ela, imaginem vocês, anda gravando vídeos criticando a prefeitura e o prefeito. Afinal, quem ela pensa que é para contrariar o supremo Alexandre Kalil? Como pode alguém criticar um semideus, com 70% de aprovação e favorito à reeleição? Em que país essa tal Luisa pensa que está? Numa democracia, onde a pluralidade e o debate são salutares? Ou no Kalilquistão do Norte, onde “el paredón” é o destino de quem discorda do tiranete de turno?

Tome tento, senhor prefeito! Rebata as críticas, “bata” nos adversários, mas tenha o mínimo de respeito ao se referir a uma postulante, tão legítima quanto o senhor, à prefeitura da nossa cidade. Não transforme BH nesse insuportável ringue de MMA político que se tornou o resto do Brasil. Essa cidade sempre foi conhecida — e reconhecida — pela hospitalidade e acolhimento.

Tenha respeito pela nossa história!

Leia meus outros textos em: IstoÉEstado de Minas e Facebook

31 thoughts to “Kalil destila arrogância e desprezo por pré-candidata à prefeitura de BH; um espanto”

  1. Brumadinho está aí para provar a inoperância dos atuais e sucedidos governantes mineiros.
    E o Kalil só se salvou da pandemia porque o carnaval é pouco apreciado em Minas.
    Não fosse isso, seu Estado estaria disputando a terceira colocação nacional e levando o Ceará para a quarta posição.

  2. Kalil precisa explicar porque desistiu de trocar todos os ônibus de BH, conforme prometeu em campanha em 2016 e porque desistiu de fiscalizar os mesmos ônibus, que continuam circulando lotados. Precisa também explicar porque não se comporta como qualquer “mortal” e quita o IPTU de seus imóveis, já que não dá para aceitar um prefeito que não gosta de pagar imposto. Por outro lado, tem méritos na gestão da cidade e a adversária precisa mostrar o que traz de NOVO, por debaixo das plumas tucanas.

  3. O arrogante e ignorante Kalil fala muito mas pouco realiza.
    Como a pandemia atingiu BH mais tarde do que SP e RJ, por exemplo (o vírus chegou aqui depois do carnaval), a cidade teve mais tempo p/ se preparar, o que deu a prefeito injustamente a fama de bom administrador. Ora, na realidade o que se fez foi manter a cidade num longo período de isolamento, se que se o aproveitasse para ampliar adequadamente os leitos de hospitais e para aplicação de testes em massa. E sem contar o episódio tétrico e absurdo das 1900 covas.
    No frigir do ovos, ficou nisso além de muita falação e bravatas carregadas de populismo rasteiro e daquela postura do politicamente corretinho que tanto agrada aos imbecis.
    O resultado é que, enquanto as outras capitais estão descendo, nós, já caminhando pra 5 meses de isolamento, continuamos subindo o morro.

  4. “Motivos não me faltam, e um deles é a maneira grosseira e desrespeitosa de se referir àqueles que não gosta ou que considera, digamos, inferiores.”

    Bem, dá pra perceber porque o mesmo ocorre contigo.

    1. Falou tudo, Evandro.

      “Não transforme BH nesse insuportável ringue de MMA político que se tornou o resto do Brasil.” Quem mesmo que transforma tudo num ringue de MMA quando se trata de Lula e PT, sem a mínima educação ?? Tem gente que não tem espelho mesmo !!

  5. Kalil é um cara que me causa uma certa repugnância. Não sei como ainda existe politico assim. Não gosto do seu estilo. É arrogante, gosta de brincar de ditador, gosta de jogar para a plateia, gosta de se mostrar defensor dos fracos e oprimidos e brigador com os ricos e poderosos, mas é falso.

  6. Ricardo, tudo reflexo do povo que somos. Sujeitos como o Caiu só existem por que o povo pouco se importa em praticar cidadania ou tornar sua vida melhor. Somos burros imediatistas e temos o que merecemos!

  7. Em assuntos de interesse geral do seu blog vai uma dica sobre saúde:
    O uso contínuo do óleo de cozinha de má qualidade no preparo das refeições pode causar sérios danos à saúde.
    O óleo de cozinha não indicado para temperaturas altas, como o de girassol por exemplo, é facilmente percebido pelo forte odor e fumaça que espalha na fritura e também na urina.
    O seu consumo habitual provoca oleosidade e bolhas de sabão na urina e é uma das causas da ardência na saída pela uretra, da dificuldade em esvaziar a bexiga e pode atrapalhar a correta avaliação clínica nos diagnósticos da hiperplasia prostática, como dizem certos urologistas por aí.
    Dica:
    A médio prazo, sai mais barato um óleo de qualidade do que o de um remédio continuado.
    Fiz um teste na alimentação com o óleo de milho de uma conhecida multinacional americana que opera no Brasil e em uma semana, os sintomas gástricos, intestinais e urinários desapareceram.

  8. Entendo que o Kalil não é exemplo de bom politico, mas é uma opção aceitável entre todas as opções apresentadas. Proteger a candidata do PSDB dessa postura do Kalil é uma ação parcial do comentarista não mostrando realmente o que essa pré candidata realmente representa. Infelizmente, os eleitores entendem que esse tipo de renovação, com CAPATAZES DA ELITE, será um bom caminho para a “nova politica” que pretendemos almejar após o pleito. Vejo em ações dessa dita nova politica, os mesmos procedimentos e artimanhas utilizadas em gestões anteriores e hoje envernizadas por esse discurso de renovação. A renovação deve ser “Renovação Consciente” e não “renovação a qualquer preço”. A afirmação de que um pré candidato possui currículo invejável deve ser responsável. Currículo invejável é o currículo onde a pré candidata citada acima, seria muito acima da média da população, e ainda, seus títulos obtidos em instituições que realmente sejam referências mundiais como por exemplo nossa UFMG. Espero que o comentarista não se equivoque novamente tentando levantar pré candidatos de sua preferencia com argumentos de pequena representatividade como elencar títulos mínimos para promover opções que continuarão seguindo a “renovação a qualquer preço”.

    1. “seus títulos obtidos em instituições que realmente sejam referências mundiais como por exemplo nossa UFMG.” FDC não é instituição de referência?

  9. Que o Kallil é um grosso já sabemos desde os tempos do futebol. Mas vale lembrar que muitos politicos educados e polidos fizeram bem pior do que ele ao longo dos ultimos anos no estado e no país. Grossserias a parte, alias, de toda parte, vale lembrar que nessa pandemia, entre as oitos maiores capitais do país BH é, de longe, a que tem o menor índice de mortalidade em relação a sua população. Fato.

  10. E a OMS dizendo que talvez nunca exista uma vacina contra o coronavírus, hein?
    Tedras, seu vagabundo! Saia já da OMS e vá se esconder do corona nos quintos dos infernos, vai.
    Cargo político na OMS, ONU e ONGS para gente incompetente e ladrão, seja grosseira ou de fino trato, dá nisso mesmo.
    Dezoito meses sem denuncias de corrupção. Quantos bilhões não foram roubados pelo quadrilhão?
    Estatais sem políticos parasitas. Quantos bilhões não foram roubados pelos partidos?
    Mídia tradicionalmente loteada com toma lá dá cá entre políticos e seus laranjas, sem contratos superfaturados com governo? Quantos bilhões não foram roubados dos cofres públicos?
    PF e Lava Jato no encalço das ratazanas do quadrilhão, petrolão e governantes na compra de máscaras, respiradores e equipamentos de saúde. Quantos bilhões não foram roubados pelas empreiteiras, quadrilhão, petrolão, governadores , prefeitos, gestores do SUS e secretários da saúde?

  11. Como tem gente sentando o cacete no governo atual, não?
    Onde estava essa gente tão puritana e defensora ferrenha da “honestidade”, nos governos 16 anos de governo do Lula, Alencar, Dilma e Temer, de 2003 para cá?
    Cagando de medo do exército do Stédile?
    Rindo das mentiras, das maracutáias, dos alopros?
    Sentado nas arquibancadas junto com o STF assistindo passivamente a maior roubalheira do mundo (trilhonária) praticada pelo chefe e dos demais participantes do bando do quadrilhão, mensalão, petrolão?
    Candidatando-se a campeões nacionais para também assaltar os cofres públicos e o BNDES?
    Achando que é ato de democracia agredir o Mário Covas, eliminar Celso Daniel+7, Toninho e pagar bilhões de indenizações a terroristas a serviço do comunismo no país?
    Fazendo protestos na Paulista no 50º ano de aniversário do atentado terrorista que culminou na morte do jovem soldado Mario Kozel que foi cumprir a obrigação constitucional de servir o exército brasileiro?

  12. Publicado na mídia lixo de hoje:
    – Talvez, nunca exista uma vacina contra o Covid-19, disse hoje o Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor geral da OMS.
    – Epidemia no Brasil ainda é muito preocupante, disse hoje o Michael Ryan diretor da OMS.
    Quer dizer que não existe vacina, mas a preocupação com a pandemia é só com o Brasil?
    Afinal, o que esses dois burros ocupantes de cargos meramente político fazem na OMS?
    Será que aceitariam ser ministros da saúde num eventual governo do Haddad, Dória ou Hulk?

  13. O mundo está horrorizado com desmatamento e incêndios criminosos das florestas no Brasil, antes do governo atual.
    Agora só falta procurarem saber em qual governo os “jabutis desmatadores” invadiram as terras e como foi o toma lá dá cá com os governantes petistas para garantir a impunidade deles, na época das invasões.

  14. Candidata do PSDB??? Olha q povo safado, colocando uma pessoa nova pra esconder as velhas práticas!!! Passo. Alias, passo toda a esquerda q venha a tentar a prefeitura de BH. Já Kalil foi uma decepção, pelo menos pra mim. No aguardo de um(a) candidato(a) melhor e de um partido melhor (caso seja possível)!

  15. SÓ UM ANALFABETO POLÍTICO REELEGE UM PREFEITO COM ESTE. SEM EDUCAÇÃO, MENTIROSO, FALSO, PERVERSO E DEFENDE A TIME DE FUTEBOL SOBRETUDO O DELE.

    REELEIÇÃO PELO AMOR DE DEUS.

    OBRIGADO!

  16. Como se a dupla Tofolewando não fossem suspeitos para julgar os processos da Lava Jato, ao declarar suspeita a atuação do juiz e retirar a delação de ex-ministro, a ala lulista do STF deu um Salve Geral em todas “vítimas” do Moro.
    Para os que aparelharam o STF com a prévia indicação do chefe do quadrilhão, pouco importa o esforço, a grandeza e abrangência da operação e os bilhões recuperados.
    Hoje, o Dom Pedro diria: Se fosse para o bem estar da Nação, essa porcaria de judiciário, suspeitosíssimo, caríssimo e tendenciosíssimo que temos neste país, haveria de ser extinto.

  17. Devemos repudiar a atitude racista de ontem feita pelo morador de Valinhos-SP contra o entregador de encomenda.
    Aliás, o perfil e modus operandi de ostentação de riqueza e de poder dele é muito semelhante ao de muitos bandidos e políticos protegidos em todas instâncias da justiça brasileira.
    A vida pessoal e familiar desse vagabundo ingrato e desrespeitoso com quem foi lhe servir merece uma detalhada e exemplar “varredura investigativa” do Ministério Público e PF para coloca-lo na cadeia.
    A justiça brasileira precisa ser mais confiável e eficaz. Chega de ver juiz jabuti, fiscal, corrupto, parasita de governo, nomeado e protegido, assessor de político e ladrão de cofre público posando de raça superior neste país.

  18. Você acha que com este blog fajuto com dez participantes você vai conseguir mudar alguma coisa na aprovação do energúmeno Kalil. Você está desesperado. Cuidado com as fake news.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.