Democracia acima de tudo, pouco importa a visão que se tenha da história

“Ninguém pretende que a democracia seja perfeita ou sem defeito. Tem-se dito que a democracia é a pior forma de governo, salvo todas as demais formas que têm sido experimentadas de tempos em tempos”.

Imagem: Google

A frase de Wiston Churchill deve ser lida e relembrada por todos os concidadãos brasileiros, nesta hora tumultuada da política brasileira.

A disputa entre ideologias politicas de esquerda e direita tem se revelado cada vez mais acirrada, desde o fim do Regime Militar ou, como prefere a maioria, a Ditadura Militar. A verdade é que pouco importa a denominação sobre o regime politico daquela época, fato é que não se tinha liberdade de expressão — infelizmente hoje confundida com libertinagem de manifestação — e que a censura era real.

Da mesma forma, não está a se avaliar, se naquele momento histórico, fazia-se necessário um regime forte que viesse a impedir uma ditadura comunista no Brasil. Igualmente não há espaço para discussões mais aprofundadas dos prós e contras do Regime Militar, que gastaria um livro e não um simples artigo.

O que se pretende é clamar pela atenção da importância da democracia, diante das inúmeras manifestações das redes sociais, com pedidos para se fechar o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal de Federal, o que revelaria um governo ditatorial, em total retrocesso ao Estado Democrático de Direito.

Não se pode perder de vista que o Governo de Jair Bolsonaro, eminentemente de direita, foi eleito pela vontade da maioria da população, em repúdio à desordem dos governos anteriores de esquerda, também eleitos de forma democrática.

O mote que levou a eleição do Presidente Jair Bolsonaro foi os desmandos, a corrupção, a desconstrução ideológica de valores até então caros para a sociedade brasileira.

Se hoje tem-se a liberdade de se criticar os políticos de outrora e da atualidade, pode-se sair em manifestações públicas, como no caso do apoio ao impeachment da defenestrada Dilma Rousseff, estar-se diante de prisões e condenações de ex-governadores, ex-presidentes, ex-ministros, deputados e empresários, diga-se de passagem, a maioria com ligações ao Governo Petista, isto se dá em razão do fortalecimento das instituições, independência dos poderes e pelo Estado Democrático de Direito. Se acaso vivêssemos em um regime ditatorial ou absolutista, nada disto estar-se-ia ocorrendo.

Miguel de Cervantes, na imortal obra Dom Quixote, dissera: “A liberdade, Sancho, é um dos dons mais preciosos, que aos homens deram os céus: não se lhe podem igualar os tesouros que há na terra, nem os que o mar encobre; pela liberdade, da mesma forma que pela honra, se deve arriscar a vida…”

O fechamento do Congresso Nacional ou do Supremo Tribunal Federal, como vociferado nas redes sociais, retirará da democracia o sistema de freios e contrapesos, que consiste no controle do poder pelo próprio poder, cada qual exercendo sua função com independência, mas sendo controlado pelos demais. Este sistema é o que inibe os abusos dos Poderes da República.

A democracia não é fácil de ser vivida, mas ainda é a melhor forma de governo que se tem experimentado, como dito por Churchill.

Dr. Bady Curi Neto

 

Por : Bady Curi Neto, advogado, professor, ex-juiz eleitoral do TRE-MG, sócio-fundador do escritório de advocacia empresarial que leva o seu nome. 

Leia mais.

 

29 thoughts to “Democracia acima de tudo, pouco importa a visão que se tenha da história”

  1. Democracia e ditadura é igual capa de livro. Só depende de que lado está que a vê.
    Não faz muito tempo, alguém que enxergou excesso de democracia no governo do Maduro, na Venezuela e um mega excesso de democracia de trinta e quatro anos no governo do Mugabe, no Zimbábue.
    No entanto, quem olha pelo outro lado da capa vê que a democracia que mais tem reinado por lá é a da miséria e do prato vazio.

    1. Juca Leiteiro,

      Democracia e ditadura são regimes antagônicos. A leitura distorcida, como no seu comparativo, que permite os excessos, que culminam, quase sempre, com rumos erroneous.

      1. Bady,
        Fiz novo comentário com ajustes visando tornar o texto mais claro.
        Desconheço capas de livros com ambos lados (frente e verso) idênticos em textos, ilustrações e cores.
        Examinar sempre os dois lados da “capa do livro” antes de peticionar é uma regra de ouro ensinada pelo ilustre Sidnei Sanches.
        Abs

  2. A democracia aqui no Brasil,é mais apreciada pelos que viveram a ditadura, do que os que nasceram dentro dela(democracia),não era mole não.Esse Winston Churchil,foi um homen admirável,o nome completo do J.Lennon é:John Winston Lennon,em sua homenagem.

  3. Olá Inundado, afora o jogo de palavras o que vemos é o Bolso Nabo querendo invadir um país vizinho por que lá teria ditadura, mas ao mesmo tempo mandando comemorar a dita que aqui matou, torturou e exilou, além, é claro de ter tirado de exercício profissional muita gente boa que poderia ter contribuído com a construção da nação brasileira.
    assim fizeram a reforma trabalhista, que retirou muitos direitos e constitui num instrumento de intimidação ao trabalhador. Passado alguns anos o que dita reforma provoca é o DESEMPREGO, vide relatórios insuspeitos que saíram neste começo de ano. Quem é que vai embarcar no engodo da reforma da previdência? Tá na cara que ele só trará reína à base da pirâmide; quem irá ganhar serão os banqueiros (meia duzia de pessoas) que irão fazer mais e mais contratos com os 10% da população brasileira que pode poupar.
    Não se enganem, quando JK (esse tinha agenda positiva e não vivia com picuinhas. O Bozo que tanto defende armas, teve o desplante de apresentar projeto de lei para proibir agentes do IBAMA de usar armas, pois, ele fora multado por pescar de sunga branca) governou havia entusiasmo e muitos grupos de trabalho para orientar os investimentos, aliás entre nós, quem faz, orienta e arbitra os investimentos é o Estado, mas agora não vemos nada disso, existe, apenas a chantagem gritando por reforma e a pura F I N A N C E I R I Z A Ç Ã O da economia, e claro, nas mãos dos banqueiros – os patrões de Paulo Guedes – , o reino do Baal mercado e curto prazismo, em síntese apregoa o crescimento sem crescimento. Observem que mesmo nos EUA onda tanto se apregoa a livre iniciativa eles nos momento de crise como o New Deal o Estado atuou pesado e além das crises lá também as Autarquias atuam em muitos setores da economia como água, transportes, portos, agricultura etc etc. Mas, aqui entre nós o que assistimos é o incentivo de botar fogo na casa para eliminar as baratas que se escondem nas gretas.
    Sorte, Saúde e Sabedoria.

    1. Cidrac,
      ‘aqui entre nós’, não dá uma inveja danada o Maduro anunciar racionamento de energia por 1 mês e fim do expediente às 14h?
      Venezuela é um país altamente produtivo, pode finalizar o expediente depois do horário de almoço, não precisa de ” F I N A N C E I R I Z A Ç Ã O da economia” nem “entusiasmo e muitos grupos de trabalho para orientar os investimentos”, não é mesmo?

      1. Sopão, um sentimento que não passa por mim é a inveja.
        Minha rotina começa as cinco e vai as 21h, assim no serviço e nos estudos. A maioria das pessoas de minha família são trabalhadoras, portanto largar as 14h não é meta pra nós.
        Mas, de uma coisa esteja certo. A reforma trabalhista que seria em menos de dez artigos e alcançou quase cem, com a promessa de trazer empregos, efetivamente, aumentou o dito, vide pesquisas insuspeitas. E com o desmonte de todas as proteções sociais e mecanismos de fomento o Brasil caminha, a galope, para o patamar da Venezuela. Faz pena e dá desespero ver tanta incúria.

    2. Viuvinha do Lula.. sinto muito Cidra, mas vc está assim…
      O desemprego é consequência dos governos anteriores. Bolsonaro é um bosta. Rala. Mas foi a única saída. A equipe dele, salvo alguns imbecis, é boa ( vale aqui o REgirstro de que os ministros de Lula e dilma eram na sua maioria corrputos e incapazes: Dilma minstra das minas e energia??? ) Deixa ele trabalhar. Torça meu filho. No governo Lula nunca os banqueiros ganharam tanto dinheiro. É capitalismo filho. A roda tem que girar. Todo mundo ganha. Se não concorda, vai comer frango em Cuba junto com seu Príncipe Charles. Você reclama do capitalismo, dos rapinosos, etc , mas aposto que mora bem, tem uma empregada, carro importado e celular iphone. Vc é capitalista. Só que, devido a algum problema de personalidade, vc é incapaz de assumir que errou em alguma vez. Aliás, pelo contrário, não só vc nunca errou na sua escolha de candidato como o seu candidato é o próprio Deus/Zeus/Alá/Maomé . Sugiro terapia.
      Sucesso, trabalho e dinheiro no bolso.

  4. E ai comemorando muito o dia 31 de março 1964 com os amigos.
    To mundo no churrasco fazendo arminha e camiseta dos Ustra!
    E camisa do mito!

  5. Comentário correto:
    Democracia e ditadura é igual capa de livro. Só depende de que lado está quem a vê.
    Não faz muito tempo, um admirador da cinquentenária democracia cubana enxergou excesso de democracia no governo do Maduro, na Venezuela e com indisfarçável inveja, elogiou o mega volume de democracia nos trinta e quatro anos do governo do Mugabe, no Zimbábue, país vice líder mundial em corrupção e recordista mundial de inflação, que já chegou a 98% ao dia.
    No entanto, quem olha pelo outro lado da capa vê que a democracia que mais tem reinado nesses países é a da boca de siri, do atraso no desenvolvimento, da miséria e do prato vazio.

    1. Juca,
      democracias (eu apoio) tem diferentes leis e comportamentos, assim sendo concluí que democracia é o sistema de governo em que se pode fazer tudo o que é permitido, se fizer o que não for permitido vira…?
      😕

      1. JLT,
        Perfeita sua conclusão.
        E pelo que se vê até o momento, Bolsonaro e seus ministros aplicam recursos disciplinadores não beligerantes para desratizar o país e tirar a cultura, moralidade, segurança, infraestrutura, situação social e a economia, submersas no fundo do poço.
        A Ditadura só ocorrerá de fato, se for extrapolado o tempo razoável de carência de até 3 anos para arrumar nossa democracia tomada pela anarquia e corrupção, em todos os níveis.
        abs

  6. Ricardo,

    Não quero parecer invasivo, mas, amigo, só para
    dar alguma foraça baseando-me no texto da homenagem anterior:

    Seja qual for o problema, seja qual for a perda, seja qgual for o árduo caminho,
    saiba que Deus é maior que tudo.

    Como diz a música Catedral:
    “Nem pude ver, que o céu é maior”.
    Não deixe as dificuldades lhe cegarem e esquecer que o céu é maior e,
    consequentemente, maior ainda aquEle que o criou.

    Um forte abraço. Melhoras.

  7. Só que estamos numa ditadura do judiciário que modifica interpreta leis ao seu Bel prazer, ou melhor ao prazer dos compadres corruptos e ladrões da esquerda. Isso é aviltante para o cidadão!

  8. Uma democracia de fino trato é a do Covas na prefeitura de SP ao distribuir remendos e buracos para as vias públicas de toda a cidade, sob aplauso dos mecânicos e fabricantes de rodas, pneus, amortecedores e suspensões de veículos.
    Que porcaria de gestão faz esse moço, apesar dela ser bem melhor que a ditadura de fino trato do Haddad, quando comparados os quesitos de honestidade.

  9. Converso e muito com os contemporâneos que viveram a tal ditadura militar. Pessoas que não foram e nem conheceram militares da época. O que falam ? Bom, falam que davam pra se programar em tudo. Sabiam quando iriam ter de aumento salarial, sabiam que poderiam comprar um apartamento que não teriam surpresa e por aí vai economicamente falando. Quanto a repressão ?! Essas pessoas tinham carteira assinada, que aliás, andavam com ela no bolso por conta da tal invernada, que percorriam os bares procurando os “vagabundos” ! Trabalhadores de bem eles não estavam nem aí, era vida que seguia ! Podíamos passear com nossa família na rua que era certo de chegarmos em casa sãos e salvos ! E hoje, como estamos ? É homem pelado com criança encostando, pq é arte. É adolescente dançando funk até o chão no bico de um fuzil, pq é arte. É gente mijando na cabeça do outro em plena rua, pq é meu corpo, minhas regras. É bandido sem medo da polícia, pq a lei são voltadas pra eles. Direitos humanos ? Isso serve pra que ou pra quem mesmo ? STF ? Congresso ? Senado ? Xiiiiii !!!! É…… sei não ! Não dá pra voltar só um pouquinho de 1964 não ?

    1. Realmente o comentário é muito sensato e lúcido, mostra apenas um ‘resumo’ do que ocorria no regime militar e no que ocorre hoje em dia!
      Eu vivi o período militar e comprovo os escritos do Vladimir e posso acrescentar centenas de benefícios que a época proporcionava, quanto ao ‘hoje em dia’, tá na cara mas alguns chamam de ‘cultura’!
      ps: Recomendo que conversem com qualquer pessoa CORRETA que viveu o período militar e veja se ela se arrependeu de ter vivido na época.
      Conversando, no mínimo se terá uma aula de HISTÓRIA sem as fábulas modernas.

    2. Olá Vladimir, para não alongar muito: não se esqueça de que os gorilas depois de muito maltratar o país, estando com a INFLAÇÃO beirando a OITENTA POR CENTO passou o país ao regime civil. Acorda para a vida cidadão!

  10. “Estamos há tantos dias aguardando o voto da reforma da previdência… e por aí vai”.
    O Bolsonaro precisa criar um canal aberto para consulta da população contendo data, motivo, prazo de espera, de aprovação e resultados esperados das propostas que apresenta para não ser responsabilizado por aquilo que não dá causa.
    Só um painel com placar dos dias esperando legislativo votar suas propostas obrigará essa manada de elefantes acomodados e famintos por dinheiro a tirar o traseiro de cima do serviço e trabalhar.
    Isso também o ajudará a livrar-se das amarras, da pressão pelo toma lá dá cá e da demora sacaneadora imposta pelo Legislativo, que tanto prejudica o desenvolvimento do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.