Trabalham quando querem, como querem e apenas para o que querem. É o Congresso

Com raríssimas exceções, a nossa classe política é e sempre foi da pior espécie e qualidade. E segue o jogo

(Foto: Sergio Lima / AFP)

Aposto que a absoluta maioria de vocês jamais ouvira falar em Orçamento Impositivo até a noite desta terça-feira (26). Pois bem. Eu explico:

Em apertada síntese, trata-se da obrigatoriedade do Poder Executivo de gastar 97% do orçamento conforme deliberado pelo Congresso.

Até então, as tais despesas obrigatórias (previdência, salários, etc) já consumiam praticamente 90% do bolo. A folga, portanto, era de 10%. O governo poderia não gastá-los se quisesse economizar.

Ao aprovarem em tramitação recorde, veloz como um foguete, em dois turnos, na calada da noite a PEC (Proposta de Emenda Constitucional), nossos nobres congressistas garantiram a execução de emendas parlamentares, ou seja, aquela grana que destinam aos currais eleitorais em troca de votos.

Fossemos um país decente e os nossos políticos “Políticos com M maiúsculo”, pessoalmente eu até poderia considerar tal sistema adequado. Ocorre que não somos decentes e nossos políticos muito menos.

O Congresso Nacional votou e aprovou essa PEC em poucas horas e com um placar inacreditável: 453 votos a favor e 6 contra. Os motivos de tamanha eficiência foram: 1) Engessar o governo; 2) Embolsar nossa grana; 3) Confrontar Jair Bolsonaro; 4) Garantir os votos dos currais eleitorais.

Foi uma prova incontestável de que — quando quer e interessa — , aquele bando de rapinosos consegue debater, votar e aprovar leis, mesmo que complexas como PEC’S.

Rodrigo Maia, recentemente, empurrou o pacote anti-corrupção de Sergio Moro para o segundo semestre do ano, alegando que seria difícil seu trâmite simultâneo à Reforma da Previdência.

Entenderam? Quando quer, Maia vota e aprova em uma noite. Quando não quer, empurra com a enorme barriga. Se Bolsonaro é isso ou aquilo, ou se não sabe a diferença entre uma vespa e um besouro, por que raios o Congresso não faz a própria parte e trabalha adequadamente em prol do País, e não contra?

Meus caros, com raríssimas exceções — mas muito raras mesmo!! — nossa classe política é da pior espécie e qualidade, e a cada dois ou quatro anos não desiste de nos lembrar.

Leia mais.

29 thoughts to “Trabalham quando querem, como querem e apenas para o que querem. É o Congresso”

  1. Ordem e Progresso

    Governabilidade, toma lá dá cá, articulação, corrupção, transparência… A aprovação de projetos deveria estar vinculada exclusivamente à discussão dos artigos do projeto… e nunca a troca trocas envolvendo outras questões. E que dentro do congresso, todas as discussões sejam públicas e transparentes…

    Cada coisa no seu lugar, senão o país empaca..

    Questão de ordem… e progresso.

        1. Dilma tinha toma la da cá seu bobão não tem nada a ver 39 ministérios super cargos gastos explodindo tudo isso pra comprar apoio

  2. O BOZO MILICIANO nao esta preocupado com isso ele está la apenas para tuitar e caçar confusao com coisas secundarias e discussoes desnecessarias. Foi isso a unica coisa que ele fez em 30 anos de vida publica. E voces todos sabiam disso mas resolveram apoiar esse primata agora sentem e chorem

    1. Quem senta e chora são milhões de desempregados, endividados e o todo o resto do povo brasileiro que está ralando e ainda vai levar uns bons anos para pagar a conta da roubalheira, retrocesso e descalabros administrativos de seus ídolos Lulinha Propina e Dilmanta Pasadena!

      1. Rapaz, você quer descalabro administrativo maior do que o governo do Bolsoanta? Nem o partido dele vota a favor das emendas do governo. Foram só 6 votos contrários à matéria sendo que o partido do Bolsoanta tem quase 60 votos na câmara.

        1. 0s 64 milhões de endividados, a roubalheira bilionário na Petrobras, a quase falência das empresas de energia elétrica, a farra de propinas bilionárias e loteamento de cargos públicos, o apralhemento e inchaço de empresas e órgãos públicos. as contas públicas com deficit anual de 150 bilhões, a dívida pública beirando os 5 TRILHÔES (!), os sistemas de saúde publica em estado desumano, a infra estrutura portuária e de estradas em estado de abandono etc etc.
          Isso é o quê??? Herança de quem???

          1. Lendo você Robes parece que a dívida publica começou com o PT. FMI, propinas, roubalheira, saúde publica, tudo vem de muitos anos antes dos governos PT. Quando Lula assumiu em 2003 não existia asfalto nas estradas brasileiras, toda destruída, lembra disso? Eu lembro. Hoje temos reservas internacionais de respeito, FMI não dá as caras aqui a anos. Muito melhorou de 2003 para cá e Lula saiu da presidência com 80% de aprovação. Seja honesto com a história. A herança é de muitas administrações.

            1. Quando o PT assumiu, dívida era de 1 trilhao, e o Pais tinha superávits nas contas públicas. As reservas internacionais cresceram devido à voracidade da China por matéria prima, o que multiplicou o preço das commodites e fez notar dólares nos emergentes. Lula saiu com grande aprovação, porque os efeitos desastrosos da farra com o dinheiro público – que iria ser agravada em muito pela Dilma- estavam ainda no início. E aroubalheira do Petrolao ainda não chegara ao publico

  3. Existe um país em que o povo ( pobres e ricos) paga não só a campanha eleitoral dos candidatos, com banca um fundo milionário para os partidos políticos.
    Depois de eleitos, os políticos são brindados (às custas dos impostos que ricos e pobres pagam) com salários milionários e um monte de privilégios (auxílio paletó, moradia, 20 tantos assessores, motoristas, passagens aéreas etc), para proporem e votarem leis em benefício da sociedade: um custo para os bolsos dos cidadãos de aproximadamente uns 200 mil por mês.
    Com todos esses milionários privilégios e mordomias (que não existem nem em países ricos) regiamente pagos com o sacrifício dos que trabalham, produzem e empreendem, os políticos já estão prontos para executarem o seu trabalho, propondo, analisando e votando as leis de interesse do País, não é mesmo?
    SÓ QUE NÃO: eles só vão votar as leis de interesse do País se receberem algo em troca (toma lá da cá) para seus interesses pessoais, eleitoreiros e partidários. Ou seja, é preciso que a sociedade COMPRE o voto do político, pague o político para fazer aquilo para o que ele já foi REGIAMENTE pago!!!
    É COMO SE VC PAGASSE OS ESTUDOS DE UM CANDIDATO A TRABALHAR NA SUA EMPRESA.
    DEPOIS DE CONTRATÁ-LO, VC VAI TER QUE PAGAR UM SALÁRIO MILIONÁRIO, AUXÍLIO MORADIA, MUDANÇA, PALETÓ, MOTORISTA, CARRO, ASSESSORES ETC. TODAS ESSAS MORDOMIAS DE MARAJÁS VÃO SER DEFINIDAS POR ELES MESMOS- VC PAGA MAS NÃO PODE NEM PALPITAR!
    E PARA ELE EXERCER AS SUAS FUNÇÕES, VC AINDA TEM QUE DAR ALGO EM TROCA, SE NÃO ELE NÃO VAI FAZER NADA.

  4. Bom dia. E segue o Bolsonaro em sua guerra particular de Egos com Mais. Dois imbecis… Será que ele nao tem nenhum conselheiro? Parecendo o Lula nos primeiros meses de governo, quando chegou a Africa e disse:
    “nossa, que bonito, nem parece a Africa!”
    Bicho burro!
    Senta a bunda na cadeira e manda os outros trabalharem Bolsonaro. Se esta reforma nao passar, estamos FUDIDOS… E aí, os comunistas de plantão vão dizer: Eu avisei. Pois eu coloco a culpa no PT: somente para retirar esta chaga que votamos em Bolsonaro. Quem criou Temer E Bolsonaro foram vocês, maconheiros adoradores de Ditadores filhos de uma gazela rameira!

  5. Lembrando que o pacote anti-crime do Alexandre de Moraes foi entregue ao congresso em maio/18. Na ocasião esse ordinário do Maia disse que analisariam e entraria em votação em 40 dias…

  6. Olá Inundado, enquanto o Príncipe Charles e sua Consorte flanam pela Ilha Cubana, para o desespero de muito pé rapado arrogante que gosta de mandar ir pára lá, vamos nós aqui tentando dialogar.
    Tá certo que o sistema representativo tem fraquejado, mas ha muita gente boa no Congresso Nacional. Assim, ao invés de atirar pedra no todo é de maior valia dar relevo ao trabalho dos valorosos que estão lá.

    1. Já há um bom tempo o Lula falou sobre 300 picaretas no Congresso. Lula sabia do que estava dizendo, pois logo no primeiro mandato se aliou ao que havia de mais rasteiro no mesmo Congresso, como Renan, Maluf, Jader Barbalho, de quem beijou a mão em Belém num comício, Sarney, Jucá e tantos outros parlamentares com Prontuário na Justiça. Pra melhorar o caldo, pegou figurões do PT que logo estavam nas barras da Justiça, como Dirceu, Vaccareza, André Vargas, Okamoto, Silvinho, Delúbio, Delcídio, Dilma, Lulinha, Luleco, Bittar, Suassuna – não o professor, claro! – entre tantos outros facínoras. Esse lamaçal desaguou no Mensalão, depois no Petrolão, e com licença da rima, na prisão. Em qualquer lugar do mundo onde a democracia seja usada nas relações Executivo/Legislativo, o diálogo impera na busca de soluções no melhor interesses da sociedade, como recentemente se viu quando Trump ficou sem Orçamento. E nem pensem que morro de amores pelo Tio Sam, por favor, para sossego ou desespero de uma joça chamada esquerda. A questão é que parlamentares fizeram muitas Leis pensando em si mesmos, protegendo-se por exemplo com o foro privilegiado e a dinheirama corre solta. Um país onde diversas pessoas do governo do PT estão muito enroladas na Justiça, presas e com muitas condenações no horizonte, com Presidentes presos por corrupção, a turma que legisla tomou gosto pela grana fácil de empresários delinquentes de diversos setores e todos sabemos do resultado. Só no Brasil que um sujeito anão político e diplomático, registrado em planilhas de empreiteiro bandido com o codinome ” Botafogo ” arvora-se a comandar o ritmo das mudanças que o país precisa. Não tem perigo de dar certo!

    2. Cidrac, que Pr.íncipe Charles? Aquele que fez strip tease pouco tempo depois da morte da grande princesa Diana? Quando o assunto é interesse particular, tem quem até visite o diabo para fazer pacto. Bolsonaro foi recebido por Trump, na maior superpotência mundial.

    3. Achei q a Realeza fosse rapinosa e extrativista. kkkkkk.
      E essa mania agora de chamar os outros de pé rapado hein Cidra? Vc julga as pessoas pelo dinheiro que tem? Que fase !

  7. Terceiro mês do Ano I d.L e seu Quadrilhão.
    E apostando na impunidade, o Congresso deu seu primeiro show de intimidação no novo governante do Executivo, obrigando-o a gastar quase a totalidade do que arrecada, sem ao menos se preocupar com a redução da dívida pública, que já beira os quatro trilhões.
    Isso é patifaria pura dessa nova geração de quadrilheiros vagabundos com Fichas Porcas e Imundas que nas eleições posavam como se tivessem reputação ilibadas e acabam de assumir o Legislativo de um país falido e no fundo do poço.
    Mas, fica uma certeza! Fora alguns membros do STF, felizmente, não há mais corruptos do congresso com poder de limitar os passos da Justiça e ela os engaiolará em breve, com investigações e ações corretivas, sob a liderança do Bolsonaro, Moro, Bretas e demais órgãos responsáveis pela segurança dessa pátria amada que mais uma vez corre o risco de ser saqueada impunemente.

  8. Ricardo

    É cansativo perceber que somos enganados o tempo todo. A mídia é toda corrompida. Ninguém questionou o Maia e os demais deputados, mas criticam o governo o tempo todo.

    A mídia, propositalmente, muda o foco da análise, dizendo que o governo não sabe fazer articulações.. que esse é o problema. Aí, a população que é altamente analfabeta e só sabe o preço da cerveja, cai na onda. Porque não questionam e pegam no pé daqueles deputados que nos enganam diariamente? Porque essa demora para votar a proposta da previdência? São uns sacanas mesmo! Não têm alma!

    Imprensa podre!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.