Bolsonaro acima de tudo, Ministro acima de todos. Era só o que me faltava

A cada bola dentro de Sergio Moro, Paulo Guedes e General Augusto Heleno, um trapalhão aparece para nos lembrar quem elegemos

Ministro Velez (Google Plus/Reprodução)

Sou do tempo das horas cívicas nos pátios das escolas. Toda criançada reunida, professores, funcionários. Respeitosa e solenemente cantávamos os hinos (bandeira, nacional, independência, etc), hasteávamos bandeiras e voltávamos felizes aos nossos afazeres escolares. Era bem legal.

Pois é. Ao que me consta, minha geração — e as anteriores — não foi nenhum primor de patriotismo. Quebrou o país umas duzentas vezes, surrupiou o que pôde e não pôde e deixou esta “maravilha” que aí está. Ainda que eu guarde com alegria e carinho aqueles momentos, uma coisa é certa: hora cívica não molda caráter nenhum.

O Ministro da Educação quer a volta do Hino Nacional às escolas. Faz bem. Mas o que o sujeito não entende é que hino e bandeira, como acabei de dizer, não adiantam nada. Melhor faria ele se equipasse adequadamente as salas de aula com computadores modernos e professores qualificados.

Para piorar, o valente quer introduzir o slogan de campanha “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos” no dia a dia da molecada. Como se a ideia não fosse estúpida o suficiente, quer que os professores filmem e circulem os vídeos. Alguém tem de ler a Constituição para o Ministro. E o Estatuto da Criança e do Adolescente também.

Até acho o sujeito bem intencionado, coitado, mas, na boa, ou ele desce do palanque ou pede o boné e funda uma seita. Lá ele poderá brincar de doutrinação à vontade. Como? Doutrinação? Sim, meus caros. Doutrinação. Ou o termo só vale quando é para criticar os esquerdopatas aloprados?

Leia mais.

P.S.: Antes que algum tapado me pergunte se prefiro Fernando Haddad como Ministro da Educação ou a cartilha do MST nas escolas, minha resposta é não. Prefiro que criança aprenda português e matemática

52 comentários em “Bolsonaro acima de tudo, Ministro acima de todos. Era só o que me faltava

  1. Sou um adepto das ideias defendidas pelo movimento Escola Sem Partido, exatamente para combater esse ou qualquer outro tipo de doutrinação. O professor e/ou a Escola não podem abusar da sua função para incutir nos alunos suas crenças/dogmas político/partidário ideológicas,
    E isso deve valer para todos os tipos de crenças políticas. Estudar/debater política é uma coisa; uma outra bem diferente é a doutrinação, como ocorre costumeiramente em nossas escolas, principalmente em relação ao esquerdiotismo gramscista.

    Agindo corretamente , o movimento Escola sem Partido criticou a atitude de Ricardo Vélez Rodríguez de enviar uma carta às escolas contendo slogan de campanha de Jair Bolsonaro.
    No texto, o movimento diz que não há problema em cantar o hino e filmar as crianças, mas comparou o uso do slogan à postura da gestão petista durante o primeiro governo Lula.
    “Em princípio, nada de mais na recomendação de cantar o hino e filmar os alunos. Mas a carta com o convite para ‘saudar o Brasil dos novos tempos’ e o slogan da campanha eleitoral lembra o canteiro de sálvias em forma de estrela no jardim do Alvorada em 2002.”

      1. Sei. É a defesa de uma escola que não forma idiotas, uma escola em que se ensina a pescar e
        não a engolir o peixe deteriorado de dogmas políticos. Em que o aluno aprenda, entre outras coisas (como matemática, física, biologia. química etc), a tratar a língua melhor do que, por exemplo, vc o faz .
        Isso p mim basta. Mas se vc é um “especialista”, então nos brinde com a sua sabedoria.

  2. “O professor doutrinário exercita a covardia. “No lugar de se dirigir a seus iguais, assumindo o esforço da persuasão e o risco do insucesso, há uma intervenção ditatorial, baseada na absoluta superioridade do adulto”
    (Hannah Arendt).

    “A depender dos livros didáticos nacionais, os jovens terão uma visão rudimentar, de um mundo dividido entre capitalistas malvados versus heróis da resistência”
    (FERNANDO SCHULER, EM ÉPOCA, 29/02/16)

  3. Não adianta. Já dá pra ver qie pra qualquer lado que a gente correr estamos lascados. Melhor devolver o país para os dinossauros, porque nem os índios daqui prestam.

      1. Para um perfeito idiota petista que idolatra seus políticos corruptos, não é possível que se possa criticar o governo que se apoia.
        Eu, por exemplo, euvotei em Bolsonaro e estou satisfeitíssimo em termos livrado o País do retrocesso petista; mas isso não impede de fazer críticas pontuais. Sabe por quê? POR QUE NÃO TEMOS ÍDOLOS, NÃO SOMOS FANTOCHES, MASSA DE MANOBRA, NÃO SOMOS ADORADORES DE POLÍTICOS.
        jamais votaria no retrocesso, no retorno da cleptocracia que promoveu a maior roubalheira da história e nos deixou nessa recessão econômico, social, moral, político e administrativa.

      2. Massa de manobra imbecil detected!
        Vladimir? Seria fã o Putin? melhor colocar os ministro de Lula ne?
        José Dirceu : Casa Civil : FOI PRESO
        PALOCCI: FAZENDA: FOI PRESO.
        DILMA: MINAS E ENERGIA : LEMBRAM DE PASADENA?
        Acho q vc devia ir pra fronteira da Venezu! Vai lutar pelo que vc acredita , pois a sua líder espiritual Gleise Bostman foi lá aplaudir a Ditadura !

        1. Sua lista pode aumentar viu…
          Lula = preso;
          José Genoíno = foi preso;
          Mantega = foi preso;
          Dilma = ela só comprou a Refinaria sem ler, uma maravilha essa anta;
          Marqueteiros petistas = presos;
          Tesoureiros petistas = presos.
          Ministro do PT, marido da Crazy Hoffman, foi preso por roubar dinheiro de aposentados.
          E por aí vai, essa tchurminha é uma beleza, tudo gente boníssima, só tem gente santa preocupada com os pobres. Se tem algo que essa corja de ladrões não preocupa de jeito nenhum, é com pobre.

    1. O mundo do idólatra, principalmente desses esquerdiotas lulopetistas, principalmente, é do tamanho do cérebro dele, ou seja, de uma minúscula azeitona.
      É um mundo maniqueísta, binário, simplista.
      Nesse mundinho, vc só pode ser A ou B. Se alguém, que votou no Bolsonaro, faz uma crítica pontual a uma ou outra atitude de um membro do governo, é porque está “arrependido”– e, portanto, reconsiderando se não deveria ter votado na múmia comunista do Haddad.
      Os nanobites do cerebrozinho do retardado não são suficientes para processar a ideia de que é possível se criticar a quem se apoia, pois ele foi programado para apoiar incondicional e cegamente um lado só.
      Isso explica porque os perfeitos idiotas lulopetistas sejam cegos, travados mesmo, em perceber o desastre econômico, social, moral, político e administrativo que foi o governo de seus ídolos.

  4. Olha o besta do Ricardinho !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Já está arrependido ???????

    Direta é ridícula mesmo, mas não entendi “A cada bola dentro de Sergio Moro, Paulo Guedes e General Augusto Heleno, um trapalhão aparece para nos lembrar quem elegemos”.

    Bola dentro ?????? Moro ?????? Moro o homem do caixa 2???????? Paulo Guedes o homem da reforma da previdência?????????????? General Heleno ???????????????? Um velho que nunca fez porra nenhuma pelo pais, somente assistiu calado seus colegas de profissão pagos com dinheiro publico torturarem os brasileiros.

    É isso mesmo ?????? O Ricardinho vai estudar e leva esse besta de robes mendes com você.

  5. Lei n. 5.700/71, art. 39:
    “Parágrafo único: Nos estabelecimentos públicos e privados de ensino fundamental, é obrigatória a execução do Hino Nacional uma vez por semana. “

    Pq a esquerda está se contorcendo com isso? Não gostam do seu país?

    Quanto a filmar, desde que seja com a autorização dos pais, tudo certo. Em relação ao slogan, ele não está pedindo para os alunos lerem o slogan da campanha, somente para cantarem o hino nacional. o Slogan no e-mail, certo ou errado, não foi com esse objetivo.

    1. Perfeito em tudo que disse.
      Há vários vídeos na internet mostrando que em alguns congressos da UNE eles cantam o hino da ex União Soviética. Isso aí não tem problema, é bacana demais.

  6. O pior governo do Bolsonaro será melhor que o melhor governo Lula/Dilma, não vejo nenhum erro em ensinar o Hino da Patria, da Bandeira etc, mas temos outras prioridades nas escolas, colocar um ensino de qualidade, segurança nas escolas, fiscalizar o ensino etc…

    Nada de doutrinação,nada de ensinar a cantar musiquinhas para Maduro, nada de movimento dos Sem Terrinha, nada de doutrinação Marxista !

    O Brasil tem que ser acima de tudo mesmo, mas não tem necessidade de colocar isso com um Slogan nas escolas, ai já passa dos limites.

  7. Não é correto ultrapassar os limites da ação cívica de se cantar o hino nacional, ato de doutrinação patriótica.
    Vergonhoso é doutrinar crianças para apoiar e no futuro aderirem a invasões criminosas com o famigerado Hino dos Sem Terrinhas.
    Não é correto também introduzir nas escolas e símbolos da Pátria, slogans de cunho ideológico para referendar um governante.
    Infeliz esse slogan de cunho patriótico/religioso do Bolsonaro. É lógico que para o Brasil ficar acima de tudo deverá ficar também acima de todos, inclusive de Deus.
    Aliás, se a lei proíbe o uso da imagem alheia sem a prévia e documentada autorização, o que deu no Ministro da Educação? Virou colecionador de selfies?
    Ninguém pode exigir que se arrume uma anarquia de dezesseis anos herdada dos petistas, em apenas dois meses, né?

  8. Eu fico torcendo para o Paulo Guedes conseguir fazer uma parte da política econômica dar certo e o país crescer um pouco e o emprego voltar.
    O resto do governo é uma tristeza.

    1. Olá Sergio, sua torcida da resultado. Paulo Guedes adota o plano de beneficiar UNICAMENTE os bancos. A vida de Guedes foi toda dedicada aos banqueiros e agora tudo fará para tornar o Ministério da Economia num departamento dos bancos. A bem da verdade é necessário dizer que vivemos a financeirização de TOTAL da economia. Numa economia real, com os freios indispensáveis, o setor financeiro é apenas um seguimento da economia.
      Houve um tempo em que a Democracia e a Ética orientavam a atuação econômica, porém hoje o mundo financeiro tudo domina, então, até mesmo a Democracia esta “modelada” às finanças.
      Então, cavalheiro são juros de 400% no CC, 600% no cheque especial; todo mundo tem de operar com maquinetas de débito e crédito, que geram invariavelmente, receita para os bancos e quase todo mundo esta devendo e inadimplente.
      Que maravilha viver, dizem os banqueiros e Paulo Guedes faz a alegria deles. Contudo, não esqueça, que para isso os brasileiros sangram!

  9. Deus acima de tudo, Brasil acima de todos, isso está sendo distorcido por essa imprensa esquerdista, concordo que essa frase deve ser dita nas escolas e hino nacional cantado diariamente, fui criado assim e não sou bandido , quem não quer isso, quer ver o brasil da corrupçaõ e da violência, que seja ignorado por todos , são da escola de bandidos do PT. O Brasil será maior do que os interesses dos que vivem da desgraça do Brasileiro, Homem é homem e mulher é mulher.

  10. Uma coisa que eu acho interessante neste governo é que as notícias que temos são trapalhadas mais típicas de inexperientes do que
    de corruptos mal intencionados.

    E, quando temos de corrupção, ainda assim, acho bem mais light.
    Acessor de Flávio movimenta 1,2 milhão de reais;
    Bebbiano e laranjas movem 200 mil, 300 mil e etc.
    Eles são menos gulosos.
    Claro, não podemos deixar impunes, não é isso que eu estou dizendo.
    Mas, acho melhor o mais ou menos do que o péssimo.

    Agora imagine se os petitas tivessem ganho as eleições.
    Imagine  a zona.
    Pois, digamos, o André Cecciliano moveu 50 milhões.
    Se 1,2 do acessor do Flávio já mexeu com o pessoal, imagine.
    Seria algo próximo de um golpe.
    Acho esse governo, por vezes, mais engraçado do que tenso.

  11. GOSTARIA SUJERIR QUE VOCE OU O PROFESSOR BALDE ABORDASSE O SEGUINTE TEMA: “CAIXA DOIS É CRIME?”. DEPOIS VOCE ME CONTA SOBRE AS BOLAS DENTRO DO MORO KKKKK

    1. O Moro tem duas bolas dentro…
      – A primeira bola dentro foi condenar o ladrão, safado, cachaceiro, vagabundo, analfabeto e presidiário a uns bons anos de cadeia;
      – A segunda bola dentro foi deixar em seu lugar uma juíza (aprovada em concurso) para condenar o vagabundo novamente… E detalhe, essa mulher é concursada e se esforçou muito para ser uma juíza, diferente de Ministro do Supremo petista que virou juiz por ser lacaio e office boy do José Dirceu.
      – Se eram duas bolas dentro que você queria, aí estão as duas, bem dentro.

        1. Prezado Robes, eu nem entrei com a terceira bola dentro, esclarecendo ao discípulo da Estoquista de Vento, que “sugerir” não se escreve com “j” (jota), pois as duas bolas dentro que ele havia pedido do Doutor Moro já estavam bem dentro.
          E outra, escrever tudo errado e falar errado para eles é algo positivo, pois a Deputada Benedita do PT se vangloriou em plenário por nunca ter lido um livro na vida. Essa gentinha considera que ser ignorante e atrasado é algo lindo e valoroso.
          Um forte abraço.

  12. Cara, já fazem meses que leio seus textos e discordo de quase todos. Respeito sua opinião e imagino que respeite opiniões diferentes das suas mesmo não concordando com elas mas enfim, quero te dar os parabéns por este texto.
    Gostaria de acrescentar além de tudo que você já citou a questão dos péssimos salários dos professores, da estrutura física precária das escolas públicas e da qualidade de ensino infelizmente muito baixa em virtude da profissão de professor ser tão vergonhosamente desvalorizada.
    Estudei meu primário na Escola Estadual Barão de Macaúbas na Floresta e depois fui para o Colégio Santo Antônio, isto é, excelentes escolas e na primeira tinha sim o hino nacional e todo o contexto moral e cívico. Isto nunca foi problema, era bem positivo mesmo sendo um governo militar na época.
    Eu sugeriria aos professores que gravassem todos esses problemas nas escolas públicas (salas de aula, carteiras, condição da merenda escolas e etc) e seus contracheques e postassem nas redes sociais, isso sim seria importante. Talvez esses vídeos chegassem até o celular desse ministro.
    A educação de qualidade deve ser superior a qualquer tipo de politica ou politicagem , esquerda ou direita tanto faz, farinha do mesmo saco. Um país só é grande se a educação de suas crianças é de qualidade. VIDE JAPÃO!!!
    Um abraço.

    1. Guilherme, concordar e discordar, com respeito e debate de ideias, é o que nos difere dos animais, por isso seja sempre muito bem-vindo.

      Uma coincidência: também sou ex-CSA

      Abrs

  13. Quanta dificuldade para encontrar esse blog hoje, geralmente está em destaque lá na página Inicial. Gosto muito dos textos, mesmo aqueles com os quais não concordo.

  14. Falar que Bolsonaro é uma MULA é dizer a verdade!! Não significa necessariamente ser de esquerda!!
    É preciso que se separe as coisas, sob pena de não enxergamos para onde ele está levando o País! Ficarmos bitolados nesta falsa retórica!

  15. ô blogueiro, bola dentro de Sérgio Moro, Paulo Guedes e Augusto Heleno? Como assim cara pálida? Ao que se percebe você não tem lido as críticas, INCLUSIVE DAS MAIS RESPEITÁVEIS, lá de fora, isentas e apartidárias, sobre exatamente esses três! Aqui, então, nem se fala. Só elogios são vistos por parte dos mesmíssimos babacas que votaram no “coiso”, ou da direita elitista, porque até os pobres de direita, que também caíram no 171 das faknews, JÁ ESTÃO CHORANDO RIOS DE LÁGRIMAS e, acima de tudo, calados, ou então, na maior cara de pau, dizendo que anularam o voto… Ah: o PIG também está, vergonhosamente, apoiando, dentre outros, esses três, MAS, já se percebe que todos estão com UM PÉ ATRÁS…, por razões óbvias: no máximo seis meses a clã e seus “comandados” vão fazer água… A propósito, você viu a Quantoé? Detonou esta semana, à espera de uma mãozinha… LULA LIVRE!

  16. Lula e Dilma com seus programas de educação populista deixaram mais de 50% dos alunos na classe de analfabetos funcionais, que compõem a maioria dos Nem Nem.
    Até o diploma da UFRB cheio de erros de escrita, foi motivo para Lula culpar os portugueses.
    Ao dizer que nunca leu um livro e era presidente elogiado até por Obama, valorizava esperteza e incentivava o emburrecimento estudantil,
    O melhor caminho para consertar a educação para a anarquia e comodismo é a educação disciplinada.
    Mas, por causa dos tumultos, greves e paralisações semestrais nos governos da oposição, pilotadas pela Bebel nos anos de eleição será muito difícil consertar o ensino no médio prazo.

  17. Cantar o Hino Nacional é coisa do passado, foi esse o erro do Ministro da Educação. Talvez por ser Colombiano, naturalizado brasileiro ainda não se deu conta, de que a evolução nesse Brasil seria cantar a música do “Palito na minha Azeitona”, diante da bandeira do Arco Iris e sendo filmado baixando as calças e mostrando o traseiro. Depois assistir durante a aula aos magníficos episódios daquele zoológico humano, conhecido como BBB ( Big Brocha Brasil). No futuro teríamos um país com filhos bem resolvidos segurando um fuzil, ou formados na cracolândia, ou lançando moda de nudes no Instagram, ou especialistas em tungar na 25 de março. O Brasil sempre será o país do futuro porque o presente ninguém quer, dá muito trabalho e é melhor que o outro trabalhe, pois eu quero ser feliz.

  18. Momento de reflexão…(tan tan tan tannnnn)
    Filmar homem pelado com criança passando a mão nele pode e passar o vídeo na tv, youtube, foto em jornal, etc…é ‘cultural’
    Crianças e jovens cantarem hino nacional na escola e filmar não pode…pois isso é
    …doutrinação?!?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.