Verdades ditas são verdades à toda prova

O texto abaixo é duríssimo! Culpa do G.L., que acabou com minha noite de domingo ao enviar um vídeo asqueroso

Lula e seus jatinhos (Imagem: YouTube/Google)

Vocês já viram ou ouviram falar de um algum psolista, petista, comunista ou outra “mercadoria” do gênero que tenha gerado emprego, renda e impostos ao país? Tô falando dos socialistas-raiz, não dos Nutella, como o presidiário de Curitiba ou o terrorista em liberdade provisória. Estes são apenas embusteiros atrás de grana, como certos empresários ligados ao poder e sedizentes socialistas.

Não, né? Nunca ninguém ouviu falar, porque simplesmente não existem. Como diria aquele padre maluco: “non equiciste”.

Pois é. Detesto este negócio de WhatsApp. Participo de pouquíssimos grupos. Agora há pouco, um desalmado amigo meu, enviou um vídeo onde uma comunistinha de araque — destas metidas a intelectuais, mas que não passam em prova de secundarista de colégio público do interior do Piauí — babava a pregação de sempre contra o capitalismo. Olhem aqui: tenho asco de muita coisa, mas esta cambada ocupa as primeiras posições, sem dúvida alguma.

Estes chupins só querem saber de mamata. Só querem saber de bolsa isso, bolsa aquilo e impostos altos sobre a renda. Por quê? Ora, detestam trabalhar. Detestam estudar. Detestam acordar cedo, tomar transporte público e produzir algo durante um dia inteiro. Logo, a única maneira de beberem, fumarem maconha, vestirem aquelas roupas ripongas e passarem a vida falando merda, é tungar o dinheiro de quem trabalha.

Experimentem frequentar um DA de universidade pública para verem o que dá por lá: marmanjos de 28, 30 anos de idade pendurados ou em bolsas públicas ou nos bolsos dos coitados dos pais. Experimentem frequentar um sindicato qualquer. Encontrarão dezenas, centenas de cocebas mamando dinheiro dos trabalhadores reais. Experimentem passar um dia, junto aos miseráveis doutrinados do MST, MTST e outros grupelhos terroristas. Só cachaça, música e sacanagem. Ninguém ali pega numa enxada para trabalhar.

Agora corram aos gabinetes dos políticos de esquerda! Desafio a me mostrarem um único que dispense motoristas, seguranças, carros oficiais, assessores, plano de saúde, etc. Vão aos debates acadêmicos dos professores de humanas, sobretudo os da rede pública. Perguntem quantos deles têm filhos estudando em escolas particulares, com 50% de desconto (em alguns estados chega a 75%). Aposto que 99.9% deles. Não cravo 100% porque algum ou outro pode não ter filho, hehe.

Me apontem um comunista que goste de pobre de verdade. Um que coma ao lado deles, que more nos mesmos bairros, que frequente os mesmos locais de lazer. Cansamos de assistir recentemente à Gleisi Hoffmann e Lindbergh Farias almoçando em churrascarias famosas enquanto manifestantes almoçavam pão com salame nas ruas. O chefão do MST anda de caminhonete e seus zumbis a pé. Procurem saber onde moram os manda-chuvas da CUT, da UNE e outras porcarias do tipo. Não há um só favelado! Essa gente detesta pobre e pobreza, essa é a verdade.

O pior é que boa parte da nossa elite intelectual reza pela mesma cartilha. Boa parte da imprensa também. A origem de todos é sempre a mesma. Foram doutrinados nas faculdades de humanas e não têm coragem de sair da bolha em que vivem. Morrem de medo da opinião dos coleguinhas. Assim, mesmo vivendo como capitalistas, usufruindo das maravilhas do capitalismo, ficam com a eterna pregação bocó das esquerdas. A GloboNews tá lotada desta turma. O Projac também. E a Folha de São Paulo idem. Nem me refiro às porcarias assumidas, como Carta Capital, etc.

Facebook (será que me bloquearão novamente?), Instagram, Twitter, Google… todos agora possuem censores de esquerda. Gente que não admite opiniões como essa e logo excluem da Rede e dos aplicativos. Dizem que é “discurso de ódio“. Claro! Discurso suave é do Lula, da Gleisi, do Lindbergh, do Boulos. Pois eu garanto: não há ódio algum em minhas palavras. Há verdades! Há indignação de quem paga a conta! Há sede pela verdade, pela realidade. Há asco de mentiras, enganações, manipulações baratas, sempre em desfavor dos menos escolarizados.

Tô muito cansado, com o saco muito cheio mesmo deste mimimi esquerdopata. Não quero, ao contrário do que sempre pregam os esquerdinhas, acabar com ninguém, espancar ninguém, matar ninguém. Isso é coisa de quem usa pedra, paus, foice e queima pneus. Quero apenas me livrar destes discursos mentirosos, imorais, que nem os próprios oradores acreditam, pois como eu disse anteriormente — e todos sabemos! — vivem exatamente da forma oposta ao que pregam. E se não dá para me livrar, que ao menos eu possa contrapor, como estou fazendo.

Leia mais

23 comentários em “Verdades ditas são verdades à toda prova

  1. Blogueiro!
    Contrapor? Quanta ousadia sua.
    Você é incapaz de se contrapor a qualquer idéia, simplesmente pela incapacidade de propor alguma.
    Só reverbera esse “mínimo” contra pt, Lula, esquerdas e socialismo.
    Para isso usa preconceitos, inverdades e ódio.
    A única coisa que sobra de suas baboseiras é a certeza da derrota que se avizinha.
    Enfim um rasgo de lucidez.
    Prepare o lombo.

    1. sério? então vamos lá: me envie um texto apresentando seus argumentos (seus mesmos; não vale colar na internet) contrários ao que escrevi. prometo publicar. topa?

  2. “O Brasil na realidade nunca foi um país realmente capitalista. Temos no Brasil um espectro de capitalismo, um sistema meio público, meio privado, altamente intervencionista, governista, dirigista e patrimonialista. Um modelo econômico caracterizado por impostos elevados, corrupção desenfreada, distribuição de privilégios, burocracia infernal e profundamente hostil em relação a quem deseja empreender. Esse capitalismo de compadrio tem consequências nefastas. Empresas, em vez de buscarem inovação – como seria normal em um sistema realmente capitalista-, vão competir por privilégios distribuídos pelo governo. Falta ao Brasil um capitalismo verdadeiro, liberal e competitivo.”
    (Ivan Dauchas, Instituto Liberal)

    1. Parabens pela assertividade. Vivemos num pseudo capitalismo onde ter lucro é crime, onde o estado ė o maior inimigo do empreendedor que gera empregos e onde o sistema politico impede qualquer mudanca que retire deles a possibilidade de vender seus favores e privilegios. Receita ideal para o fracasso e que vem de longa data.

  3. Essa primitiva aversão ao lucro, muito comum entre os povos latinos, tem suas raízes mais ligadas às nossas influências culturais e católicas do que a qualquer argumento minimamente racional. Tanta na religião católica como no seu sucedâneo credo laico/secular, o marxismo, o lucro é visto como algo pecaminoso.
    Ora, o lucro é o incentivo fundamental ao investimento produtivo. É difícil acreditar que alguém invista em uma atividade que não tenha uma perspectiva de gerar lucro. Sem investimento produtivo não há empregos. E sem emprego, não há desenvolvimento econômico e, muito menos, inclusão social.
    Numa sociedade em que haja estímulos e condições estruturais favoráveis aos investimentos produtivos, o capital/riqueza é naturalmente atraído para estas atividades.

  4. “O modelo econômico brasileiro está muito mais preocupado em distribuir do que em criar riquezas. Quem se dá bem, hoje, são os que vivem do Estado, e não as pessoas e empresas que inovam e pagam impostos. Há um Brasil que sustenta o Estado e um Brasil que é sustentado pelo Estado. Vivemos numa sociedade paternalista que conspira contra o desenvolvimento do capitalismo”.(Fábio Giambiagi, em entrevista à Veja)

  5. PRECISAMOS FALAR DO ESTADO
    Eis aí uma das grandes questões que deveríamos estar debatendo: ESTATISMO E PRIVILÉGIOS. Estamos em ano eleitoral, e o que deveria estar ocupando o centro dos debates na mídia, nas universidades, nos meios políticos etc. seriam as grandes questões, os grandes desafios, os grandes problemas que nos afligem, que nos mantêm patinando eternamente no subdesenvolvimento.
    A principal questão é o ESTATISMO, que, além de emperrar o desenvolvimento com sua excessiva carga tributária e exagerada presença na economia, cumpre também um papel de vetor de concentração de renda na medida em que os recursos sugados do meio produtivo são em boa parte carreados para grupos de interesse mais articulados politicamente e à inchada e, em boa parte, improdutiva máquina estatal.
    Como o País pode enfrentar suas grandes diferenças sociais e seu grande atraso econômico com esse dinossauro estatal que, mesmo sugando quase 40% do que a sociedade produz, ainda é deficitário em mais de 150 bilhões/ano e com uma dívida pública que já ultrapassou 4 trilhões?!?
    Evidentemente que não solucionaremos essas questões com as respostas simplistas, a demagógicas e retrógradas do populismo. Pois é a praga do populismo que nos tem feito desviar de nossos grandes problemas com medidas paliativas que, como quem toma apenas comprimidos que tratam os sintomas, vão piorando a doença e o tratamento de suas causas. A mais que maldita herança desse neopopulismo que nos afundou ainda mais no atraso deveria servir de um duro aprendizado, para que jamais venhamos a cair nesse engodo!

    O eterno atraso da América Latina coincidentemente está sempre associado a 2 grandes pragas: o POPULISMO e o ESTATISMO. Nós nunca aprendemos com os nossos desastres, com a nossa triste história. Não é por acaso que patinamos na mesma lama do atraso.
    Não é por acaso que a Venezuela do comuno-populismo chavista, a Argentina do populismo Kirchenerista o Brasil do populismo lulopetista e etc. estão aí no fundo do poço, não é mesmo?

    1. A essência do seu texto deveria ser matéria escolar; e ser anunciada nas televisões, rádios e, quem dera, palanques.
      Diagnóstico exato do que temos vivido e ainda viveremos por muitos anos, infelizmente.
      Por isso, acho que o Brasil não tem mais jeito!
      Parabéns!

  6. O texto é ótimo mas precisa de sérias correções, dentre elas…

    Excuse mas agora sou eu que vou fazer um “discurso de ódio“:
    Eu já ouvi ‘falar’ de algum psolista, petista, comunista ou outra “mercadoria” do gênero que tenha gerado emprego, renda e impostos ao país, MAS só ‘ouvi’ falar, NUNCA VI !

    Sabe, os chupins querem ‘bolsas’ pois eles são ‘malas’ vazias, não carregam mercadoria alguma, só tem ‘ar’ mofado quando se abrem por não terem pensamento próprio.

    “Me apontem um comunista que goste de pobre de verdade.”
    Eu aponto muitos: Todos os que estão no comando já que sem os pobres eles não chegam a lugar nenhum…ou melhor, alguns vão pra cadeia!

    “A GloboNews tá lotada desta turma.”
    Errado, em dilmêsglobonewzes se diz:
    A GloboNews tá lotada desta GENTE. (só sabem falar ‘gente’ pak7, ou vc assistiu outra emissora)

    “não há ódio algum em minhas palavras.”
    Nem nas minhas. Como o título destaca, Verdades ditas são verdades à toda prova.

    Conselho amigável: Petista é burro e enche o saco, fala só do que ouviu e nunca viveu.
    Larga o pt ‘pra lá’, só dá plobrema. Daqui a pouco o cidrac vai escrever tanta merda, chavões e frases prontas que vou ter que usar papel higiênico pra limpar a tela do pc, depois vem outro dos ‘estádios zunidos’ e por aí vai…
    Abrs.

  7. rs…só na sua cabecinha de minhoca Ricardinho inundado que a Globo news e Folha de SP tem gente de esquerda.KKKK. Reacionários como vc estão mesmo de saco cheio e nervosos. Estão vendo que a esquerda vai voltar pelo voto. O Brasil depois dessa decisão da ONU está pelado, com essa farsa jurídica escancarada. Isso na imprensa do mundo todo. Folha, Estadão, Globo News e estes jornais menores, como esse que vc colabora, sequer deram a notícia em primeira página. Mas o mundo já viu o que está acontecendo. Está ficando feio e difícil manter essa farsa, essa hipocrisia de triplex…rs. A casa caiu. Vcs vão ficar nervosos e falando sozinhos.

    1. não acredito que li isso.
      Quanta merda mildeus!
      A pessoa não tem o mínimo de noção do que vê em sua volta.
      ONU? kkkkkkk tem certeza? kkkkkkkkkk
      Só faltou colocar o NYT.

  8. rs…só na sua cabecinha de minhoca Ricardinho inundado que a Globo news e Folha de SP tem gente de esquerda.KKKK. Reacionários como vc estão mesmo de saco cheio e nervosos. Estão vendo que a esquerda vai voltar pelo voto. O Brasil depois dessa decisão da ONU está pelado, com essa farsa jurídica escancarada. Isso na imprensa do mundo todo. Folha, Estadão, Globo News e estes jornais menores, como esse que vc colabora, sequer deram a notícia em primeira página. Mas o mundo já viu o que está acontecendo. Está ficando feio e difícil manter essa farsa, essa hipocrisia de triplex…rs. A casa caiu. Vcs vão ficar nervosos e falando sozinhos.Chora que é melhor

  9. Espaço exclusivo para destilar ódio. Respeito o blogueiro e sua liberdade para falar o que bem entender. Mas, sinceramente, o modo como expressa suas ideias em nada contribui para um debate salutar… Pior ainda, difícil vê-lo responder a comentários coerentes que contradizem suas opiniões; limita-se a responder a xingamentos ou a cumprimentar àqueles que o apoiam. Pelo menos cumpre aquilo a que se propõe e, por isso, tem os seus méritos…

    1. Alisson, obrigado por seu comentário respeitoso, ainda que crítico. Apenas por isso o respondo.

      Esse é um espaço de opinião: a minha! Como não sou jornalista nem falo em nome do Portal, tenho total liberdade para me comportar como se estivesse em um bate-papo com amigos.

      Tenho certeza que você, assim como eu, “destila ódio” nas suas conversas, o que é normal. A diferença é que tenho um blog e não tenho medo de fazer isso publicamente.

      Você, por exemplo, poderia ter seu próprio blog. Poderia escrever o que lhe desse na telha. Todos podem! As ferramentas são gratuitas inclusive. Daí, talvez, atraindo uma grande quantidade de leitores que comungam seus valores — e outros que apenas adoram brigar –, talvez algum veículo de comunicação se interesse em lhe hospedar, como ocorreu comigo e o DA.

      Meu intuito aqui não é “contribuir com um debate salutar”. Isso é bobagem! Ninguém debate nada pela internet. Tampouco pretendo formar opinião ou influenciar alguém. Apenas me divirto e preencho o tempo (que é muito) livre que me sobra, entendeu?

      Quanto a responder aos xingamentos… Pô! É o que me diverte de verdade. Mas não pense que minhas ofensas recíprocas são sérias. Não acho que todos os petistas comem capim. Não me refiro a chutar a bunda de alguém de verdade; é apenas briga boba, daquelas que travamos com amigos, sabe?

      Por fim, é claro que agradeço e cumprimento quem me trata bem. Chama-se educação, pô! Tenho certeza que você faz assim também. Mamãe nos criou bem. Curioso seria eu agradecer quem me xinga de idiota, né? Ou mandar um abraço para quem diz que mereço morrer.

      Alisson, não me tenha mal, ok? Divirta-se neste espaço como eu me divirto. É só isso! O que fazemos aqui não mudará absolutamente nada o curso da história.

      Um abraço!

    2. Parece-me que quem destila ódio aqui (e em todos os lugares) são, quase que absolutamente, os crentes, adeptos, militantes, adoradores da seita lulopetista.
      Onde estão os “comentários coerentes que contradizem suas ( do Ricardo) opiniões”??? Sou leitor assíduo do blog e o que vejo são agressões xulas e torpes, além da repetição ad nauseam de clichês e lugares -comuns do esquerdiotismo, ao blogueiro é a todos os que não compartilham com o ideário esquerdiota e nem rezam pelos dogmas da decrépita religião secular do marxismo.

      Olha, se há uma coisa impossível de ver é um “debate salutar” com a participação de militantes, massa de manobra, adoradores de salvadores da pátria e crentes de religiões políticas.

  10. Rapaz, esse é de longe o melhor texto que você ja publicou neste blog, parecia q eu estava me vendo falando suas palavras, o senhor disse tudo o que eu penso e oq eu sempre exponho sempre que um esquerdista vem me reprimir por ser de direita!!

    Parabens meu caro, continue assim para que suas palavras se propaguem para cada vez mais pessoas, e plante uma sementinha na cabeça delas para começarem a questionar tudo e todos e abrir os olhos para todo esse cenário politico que nos cerca.

    Grande fã seu, abraços!!!

  11. Olá blogueiro! Bom dia (21.08). Você é um cara sem dúvida muito inteligente. Respeitamos e admiramos, porém ficamos penalizados por se posicionar e defender o lado da Casa Grande, com extremado ódio. Você destila muito veneno. Daí, a necessidade de, democraticamente, fazermos a defesa da senzala, com o mesmo vigor. Ou tentando fazê-lo, pelo menos, confortados, porém, quando assistimos que a nossa luta está no caminho certo, já que a maioria da população está convicta de que as ideias do seu grande líder, LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA, são as que podem conduzir o Brasil a dias melhores para a grande maioria de pobres, diminuindo a distância existente entre esses e aqueles que sempre mamaram, e mamam ainda, nas tetas dos governos!

    1. O presidiário é bom em “conduzir”, não é mesmo?
      Ele e sua cria conduziram o Brasil p/ esse fundo de poço econômico. social e político. Déficit anual das contas públicas de mais de 150 bilhões, dívida pública já alcançando 5 TRILHÕES(!!!), desemprego recorde, e um país arrombado e desmoralizado pela maior roubalheira da história do mundo.
      Na época de seu malsinado desgoverno, os páíses emergentes como o Brasil foram beneficiados pela conjuntura extermamente favorável aos exportadores de matéria prima. Todos cresceram a taxas muito superiores oas do Brasil. Mas aqui, o chefão corrupto promoveu uma farra e roubalheira com o dinheiro público, sem investir em reformas e medidas concretas.
      Deu nesse inferno que estamos: um gigantesco rombo nas costas do povo (principalmente os maiso pobres)
      Mas ele, sua família e os “cumpanherus” estão muito bem, não é mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.