Além de tudo, o PT é sonegador

Ladrão, totalitário, mafioso, sinistro, mentiroso, difamador, etc., todos sabemos que o PT é. Mas tem mais; muito mais

Paga, Falcão!

Vejam que coisa: a quadrilha vermelha é mesmo da pá virada! Além das “virtudes” acima, agora descobrimos que o bando também é sonegador. E dos grandes. Pior, sonega aquilo que jura defender: a aposentadoria dos brasileiros.

O PT combate a reforma da previdência. Beleza. É um tema polêmico que divide opiniões. Uma vez no poder, tanto o penta-réu criminal como seu poste, a criminosa fiscal demolidora de país, defenderam abertamente o que agora atacam, além de terem eles próprios mexido nas regras de aposentadoria. Pesquisem!

Como sempre, o PT acusa os outros de fazerem o que ele faz. E contam com os aparelhos sindicais e a imprensa amiga para omitir seus pecados e alardear o dos outros. Enquanto posta-se como defensor dos aposentados, o PT deve mais de R$ 10 milhões à Previdência. Sim, meus caros. Esta quadrilha rouba nosso dinheiro e sequer paga suas obrigações previdenciárias. E ainda ataca a reforma proposta por Temer. É mesmo uma gentalha asquerosa.

Paulo Bernardo, petista de carteirinha e ex-ministro da criminosa fiscal, reponde a processo criminal por “assaltar” os velhinhos pobres, já que pilhado em maracutaias envolvendo o crédito consignado dos aposentados. Parte dos juros acachapantes e taxas diversas descontadas dos pensionistas seguiam diretamente para o bolso do marido da igualmente investigada criminal, sua esposa e senadora pelo PT, Gleisi Hoffmann. Como essa gente ama um processo criminal, cruzes!!

Eis aí, amigos. Mais uma das sujeiras que esse ajuntamento de criminosos apresenta ao país. E ainda tem gente que gosta. Vá entender, né?

Leiam também.

9 thoughts to “Além de tudo, o PT é sonegador”

  1. Cada enxadada uma minhoca. Podem revirar mais e encontrarão mais maracutaias dessa quadrilha.
    E, logo logo, virá o imbecil do Cidrac dizer algo contra o Aécio, para tentar encobrir o fedor dos atos do PT.
    E viva a Gleisi Hoffmann, a próxima PRESIDENTA do PT.

    1. Veneto (o mais fervoroso discípulo de Aldrovando Cantagalo) já não vive sem mencionar meu nome. É pena, pois não consegue fazê-lo sem utilizar de palavões ou termos chulos. Isso no mínimo depõe contra quem se pretende culto. Mas, pensando bem não poderia ser diferente, visto que ele se intitula professor, mas até um dia desses ignorava que o Estado brasileiro nasceu a partir da Independência, 1.822 e da Constituição de 1.824 como ainda teima em não saber que TODO trabalhador remunerado é segurado e contribuinte OBRIGATÓRIO da Previdência Social. Para aturar essas atitudes somente tendo presente a lição de Spinoza: Tenho-me esforçado para não rir das ações humanas, por não deplorá-las nem odiá-las, mas por compreendê-las.

        1. Leonardo, essa é sua colaboração no debate? Você não estaria se subestimando ou és miúdo assim mesmo? Ao que eu aprendi erudição é outra coisa, você, seguramente, se equivoca quanto a isso. Viva bem!

  2. O pior é usar a bandeira dos trabalhadores, uma classe desfavorecida, que paga com o suor do seu rosto o custo de movimentar toda essa gigantesca engrenagem. Corroída e carcomida por pessoas inescrupulosas. Se o citado anterior foi designado como ruim, agora durmam com essa; não são julgados, muito menos condenados, não devolvem um níquel e se perpetuam no poder. Salve-se quem puder que o barco tá afundando…

  3. Ricardo, me permita responder ao Gianfranco?

    Esta é mais uma prova de que o PT morreu. Este “grande” partido de esquerda brasileira, que faria uma “revolução” na América do Sul, que levaria o socialismo para a África, que tinha o “grande líder” que até queria ganhar o Prêmio NOBEL; submete-se ao VEXAME de colocar na presidência do PT uma senadora envolvida em roubos, uma mulher sem nenhum brilhantismo político. Sabes por quê? NÃO EXISTE MAIS NINGUÉM. É pau, é pedra, é o FIM do caminho!
    Tchau, PT!

  4. Ricardo, falando em ladrão, posso contar uma “zinha” daqui do sul?

    Um gaúcho entra na delegacia de polícia em Uruguaiana e dirige-se ao delegado:
    – Vim me entregar, cometi um crime e desde então não consigo viver em paz.
    – Tchê, disse o delegado, as leis aqui são muito brabas e são cumpridas e se tu és mesmo culpado não terá apelação nem dor de consciência que te livre da cadeia, mas fala…
    – Atropelei um petista na estrada BR-472, perto de Itaqui.
    – Ora xirú, como tu podes te culpar se estes petistas atravessam as ruas e as estradas a todo tempo?
    – Mas o vivente estava no acostamento.
    – Se estava no acostamento é porque queria atravessar; se não fosse tu, seria outro qualquer.

    – Mas não tive nem a hombridade de avisar a família daquele coitado, sou um porqueira!
    – Bueno, se tu tivesse avisado haveria manifestação, repúdio popular, passeata, repressão, pancadaria e morreria muito mais gente. Acho o senhor um pacifista, merece uma estátua.
    – Mas senhor delegado, eu enterrei o coitado ali mesmo, na beira da estrada.
    – Tá provado, tu és um grande humanista… enterrar um petista… és um benfeitor. Outro qualquer o abandonaria ali mesmo para ser comido por urubus e outros animais, provavelmente até hienas.
    – Mas enquanto eu o enterrava, ele gritava: estou vivo, estou vivo!

    – Garanto que era mentira dele. Esses petistas mentem o tempo todo. Você não viu no caso do mensalão, petrolão, triplex e sítio em Atibaia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.