A cada Natal peço menos e agradeço mais. Que a mesma benção tenham todos vocês

“Quando amadurecemos, a lista de desejos para o Natal fica mais curta e o que realmente desejamos não se pode comprar” (autor desconhecido).

Haifa, Israel (Foto: Google Images)

A foto acima mostra a cidade portuária de Haifa, no norte de Israel. Ao fundo, o Monte Carmelo e o Templo Bahai. Em primeiro plano, uma imensa árvore de natal e uma Menorah (candelabro). Neste domingo passado, celebrou-se Chanucá.

Confraternização não é propriedade ou exclusividade de religião nenhuma. Como não são o amor ao próximo, a fraternidade, a solidariedade e a caridade. Boas ações são atos inerentes aos bem-intencionados.

Não há dia ou data marcada para abraçar e beijar quem se quer bem. Não há festa correta para dizer “eu te amo”. Não há uma noite específica para jantar com os pais e avós. Ou com os filhos. Presentes, damos e recebemos todos os dias. A vida.

Um judeu comemora o natal quando possui amigos cristãos. Um judeu comemora o natal quando sua esposa é cristã. Um judeu comemora o natal quando vive em um país cristão. Um judeu comemora o natal quando possui a melhor sogra do mundo, que faz o melhor pernil do universo. Um judeu comemora o natal pois é a celebração do encontro.

Aos amigos deste blog, professem ou não alguma religião, desejo um ótimo natal. Que passem uma noite abençoada e feliz junto a quem gostam e querem bem. E meus sinceros votos de dias melhores a quem por ventura não se encontre em um bom momento. Vai passar!

Com carinho e respeito,

Ricardo

19 thoughts to “A cada Natal peço menos e agradeço mais. Que a mesma benção tenham todos vocês”

  1. Um Feliz Natal também a você e aos seus, Ricardo. Mas como bom mineiro, recebendo a sogra em Brasília para o Natal em família, preciso dizer que “há controvérsias” sobre a sua sogra fazer o melhor pernil do universo, viu?! hahahaha

    Saudações alvinegras do Planalto Central!

    Um abraço! Roberto Amorim.

  2. Prezado Sr. Ricardo, permita-me discordar acerca de sua opinião quanto ao pernil. O melhor dessa iguaria, sem dúvida alguma, é aquele que foi servido no Convescote do Noiva, de autor desconhecido. Um abraço e Feliz Natal.

  3. E tinha que aparecer ministro do governo Bolsonaro dando uma de Judas contemporâneo, né?
    Ora! Veja se trabalhe para justificar seus ganhos, ministro.
    Se for para sacanear, peça a conta e filie-se ao P(MDB) Comercio de Votos na Surdina S.A ou compre uma bandeira do PT e vá fazer manifestações e jogar bola no campo invadido do MST e pare de tentar desmoralizar e encher o saco de quem lhe paga para defender o país.

  4. Nossa, tive de ler esse texto várias vezes, é o primeiro em a palavra LULA não é citada, para quem não crê em milagre, eis a prova, só o Natal para conseguir tal feito… parabéns!! Felicidades a todos!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.