Rio: cada vez mais afastado de Cristo

Pouco me importam as razões e motivações. Pouco me importam as consequências eleitorais. O fato é que a intervenção no Rio é necessária.

Tá osso, hein, JC?

Visito aquela maravilha de orla com alguma frequência.  Infelizmente não visito mais a “cidade”. Não quero levar chumbo, seja pela frente ou pelas costas.  E sempre me pergunto: como aquela beleza toda e seus mais de 10 milhões de felizes (?) habitantes/espectadores podem passar suas vidas inteiras sendo subjugados por, sei lá, 50, 100 mil traficantes e afins, nas ruas, armados com fuzis, e 5, 10 mil bandidos engravatados, espalhados nos gabinetes dos  3 poderes fluminenses, armados com suas canetas vis e discursos mentirosos?

Não, meus caros.  O exército não irá derrotar o tráfico ou as quadrilhas criminosas. Isso demanda tempo e inteligência científica-policial. Tampouco solucionará os crimes nos gabinetes. Isso é com o eleitor do estado. Mas enquanto ocupar as ruas,  é certo que morrerá menos gente inocente. Por ora, é tudo o que importa. Em verdade, é tudo o que os cariocas podem ter no momento.

O estado do Rio foi completamente aparelhado pelo crime. De cima a baixo! Inclusive as forças policiais militar e civil. Aliás, boa parte dos estados do Brasil, ainda que em menor grau, seguiu     o exemplo carioca. E todos seguiram o exemplo de Brasília, o maior antro do crime no país. É   de lá que emanam as energias e os atos que nos transformam (nas palavras de Cazuza) num puteiro.

Que se danem Bolsonaro e qualquer poste petista que disputará a eleição no lugar do presidiário provisoriamente em liberdade. Que se danem a reforma da previdência e as possíveis pretensões eleitorais de Temer. Que se danem todos estes babacas da imprensa e os bovinos que os seguem, que politizam tudo o que acontece no país. A vida dos brasileiros, que sustentam esta corja toda, é muito maior e mais importante que as eleições. E se com o exército os bandidos das ruas não se tornarão mocinhos, ao menos encontrão armamento à altura no meio das fuças.

Por mim, as Forças Armadas já estariam nas ruas de todas as grandes cidades do país, em pontos estratégicos, há muito tempo. Inclusive na capital! Principalmente dentro dos palácios e gabinetes, hehe (é brincadeira!!). Mas falando sério, prefiro ver homens de verde e tanques nas ruas, que revólveres e facas na minha cabeça. Se as nossas opções se resumiram a isso, fazer o quê, né? Colhemos aquilo que plantamos. Sempre.

Leia mais.

47 comentários em “Rio: cada vez mais afastado de Cristo

  1. Graças aos formadores de opinião – professores, igreja católica e classe artística – chegamos onde estamos. Não se melhorará nada num país, cujos filhos são formados com ideologias e gêneros e nada de valores e virtudes, onde uma igreja permite a desconstrução da família para encobrir e tornar normais atos internos de pedofilia e homosexualismo, onde uma classe artística defende políticos e ideologias que subjuga a capacidade de inteligência do homem, onde bailes e programas se voltam para desconstruir valores e principalmente cidades maravilhosas como o Rio de Janeiro que graças ao seu povo se torna uma Sodoma, onde a invisibilidade social, a promiscuidade, a omissão e a oportunidade a torna como celeiro perfeito para a vida de políticos como Dilma, Aécio, Cunha, Paes, Cabral, Lindbergh, Garotinhos e outros tantos, atende o Rio aos interesses vis, pois é lá o covil. Bom dia Ricardo, que Deus volte o seu olhar ao Rio e que ele volte a ser o orgulho do Brasil e dos brasileiros.

  2. Olá Inundado, apesar dos pesares, foi no Balneário que vimos o Vampirão, as mãos manipuladoras, os patos amarelos, CTPS, como as do prefeito Agripino, sem assinatura do empregador e os paneleiros arrependidos. Então, ainda ha esperanças!

      1. Olá Braga, (defensor das famílias, discursinho velho, mofo, amarrotado, ultrapassado e oportunista bem ao gosto de entidades totalitárias tipo TFP e Opus Dei), programa social em Pindorama é indispensável, pois, grande parte do NE, de MG e ES tem sofrido com a seca nos últimos cinco anos, todavia não se houve falar de saque aos supermercados e mercearias, como ocorria antes, e assim tem sido graças ao Bolsa Família e a melhoria do Salário Mínimo pela política do PT que o elevou ao maior patamar desde os últimos sessenta anos.

        1. Parabéns CIDRAC, o esperançoso, você já demonstra claramente que deve ser professor e morar no semi-árido mineiro, o mesmo vale para o NE, quer dizer que quem roubava eram os beneficários dos programas sociais. Você não só manifestou como escreveu, que após os programas sociais e as políticas do pt, os saques aos supermercados e mercearias acabaram, isso se entende que os ladões eram os pobres destinatários dos programas sociais, parabéns é dessa forma que vocês tratam seus eleitores, dizem que eles roubavam e que agora com os programas sociais pararam de roubar. Você é mesmo idiota, respeita essas pessoas que são usadas pela ideologia, muitos devem ser mais honestos e mais sofredores do que você. Triste CIDRAC, que comentário mais maldoso isso é denunciação caluniosa, é crime quando você deixa a entender que os assaltos eram praticados pelos atuais beneficiários dos programas sociais. Ricardo, meu caro, onde chegou o lambedor de salame e bebedor de kisuco, está desesperado. Diz, ele o CIDRAC, no seu texto, que os beneficiários dos programas sociais do pt, foram cooptados financeiramente pelo governo petista para deixarem de assaltar supermercados e mercearias, isto está bem claro no post do CIDRAC, o esperançoso, que se CtrlC+CtrlV abaixo:
          “CIDRAC PEREIRA DE MORAES
          18 de fevereiro de 2018 às 12:55
          Olá Braga, (defensor das famílias, discursinho velho, mofo, amarrotado, ultrapassado e oportunista bem ao gosto de entidades totalitárias tipo TFP e Opus Dei), programa social em Pindorama é indispensável, pois, grande parte do NE, de MG e ES tem sofrido com a seca nos últimos cinco anos, todavia não se houve falar de saque aos supermercados e mercearias, como ocorria antes, e assim tem sido graças ao Bolsa Família e a melhoria do Salário Mínimo pela política do PT que o elevou ao maior patamar desde os últimos sessenta anos.”

    1. Vidraça, me assusta muito uma pessoa ainda defender um bandido condenado por 2 cortes do Brasil.
      Você deveria ser o primeiro a pedir desculpas ao povo brasileiro pela corja que instalaram no Brasil. E quem votou no Temer foi você!

  3. CIDRAC, o esperançoso, por falar em pato amarelo, tempo de agitação e invasão de terras dentro do MST, conta como tempo junto ao INSS para fins de aposentadoria?

  4. CIDRAC, o esperançoso, dentro do conceito de mãos manipuladoras, são necessários cinco dedos em cada mão ou a aposentadoria por invalidez previdenciária associada à pensão da época do EBA, são condicionantes do aleijamento de uma das mãos, mesmo que de valor involuntária?

  5. CIDRAC, o esperançoso, paneleiros arrependidos, são os metalúrgicos que construíram a riqueza dos diretores dos sindicatos com a sua contribuição sindical e agora estão se ferrando com a nova legislação trabalhista? CIDRAC, seja em Presidente Prudente ou Presidente Wenceslau, só advogado e parentes próximos poderão fazer peregrinação ao deus lula, isso enquanto tiver trouxas para pagar o advogado, depois só a defensoria pública.

  6. CIDRAC, o esperançoso, bom dia! Como já postei o Rio é o esgoto e todos os lixos políticos para lá já estão, inclusive, o Presidente das Reformas Atuais e Necessárias, lula não foi porque não tinha autorização dos advogados para viajar, estão preparando o pró-forma ao TRF-4, já sabem que é mera formalidade.

      1. A rolha são as Forças Armadas, vão tampar o bueiro. Deveriam construir um muro para isolar o Rio – a vergonha nacional- tipo o que o Trump vai construir na fronteira com o México. Parabéns Presidente Temer o heróico Presidente que vai aprovar todas as reformas que atinge diretamente os inocentes úteis da esquerda. Prepare-se Marcelo para trabalhar uns anos a mais.

    1. Murilo, no dia em que o Sargento GARCIA prender o Zorro milico servirá para combater crime! E mais, desde quando lei resolve alguma coisa? A sociedade pode modificar a lei, mas a lei não modifica a sociedade. Desde a aprovação do Código Penal ele já sofreu quase duzentas modificações sempre com endurecimento de penas e criação de crimes, todavia, para variar a criminalidade só faz crescer. É tão básico, salta aos olhos, clama aos céus, vide: modificar a lei não custa nada (o Congresso Nacional estará funcionando na legislatura e tanto faz aprovar oito ou oitenta leis e, onde a porca torce o rabo, o que lhe garante que mesmo na hipótese de uma lei adequada, ela será posta em marcha e será cumprida?), mas os congressistas irresponsáveis posam de “ban ban bans” na mídia e saciam a volúpia sensacionalista reinante. Mas, resultado para os zé coisa nenhuma como os de minha especie não chega as melhorias prometidas.
      Agora o que custa dinheiro e demanda comprometimento com a nação e vontade política é educação e investimentos em saúde, saneamento, proteção da ecologia e fomento da atividade produtiva no pais. E, na ponta o que o PT fez. Aparelhou a PF, qualificou o pessoal, fez concurso para aumentar o contingente e a deixou trabalhar, o que também constituiu mais um dos fatos inéditos em Pindorama. É tudo tão claro, cabe a nós não deixar levar pelas mistificações. Grato.

      1. Cedric, Um bandido sai com um sexto da pena cumprida se tiver bom comportamento! Bom comportamento ele deveria ter na sociedade, no presídio é obrigação.
        Levar um bandido em uma audiência de custódia é beneficiar o criminoso e atacar o policial.
        Não interessa a idade, 8 ou 80, assaltou, traficou, matou, estuprou, sequestrou, cadeia. A condenação tem que ser pelo crime e não pela idade.
        Teorias da esquerda dizem que a culpa é da sociedade?
        NÃO, a culpa é do bandido.
        Cedric, leva o bandido para sua casa e aplica suas teorias!

        1. Olá Barcelos, o país tem quase um milhão de presos. Isso custa muito dinheiro. Esse dinheiro é arrecadado do povo (eu incluso) através dos tributos. Então, esse é apenas mais um dos motivos pelos quais eu sou contra o aprisionamento.
          Outra coisa, não tenha casa, porquanto meus bens cingem-se a uma cadela de costelas aparecendo, uma cerquinha e dois pés de couve. todavia se eu tivesse casa ela seria um bem particular, privado e não laboratório de suas sugestões. Quando dou uma sugestão é de ordem pública e, não sabes estamos numa República, por isso não fico dando pitaco na vida de Lé ou Cré. Grato.

      2. Cedrac, cria vergonha na cara!!!!!
        A PF há muitos anos está sucateada.
        Tenha vergonha na cara!
        Enquanto nos, brasileiros, batíamos panelas, VOCÊ e sua corja batiam carteiras!
        Cadeia sem Lula é golpe!

        1. Olá Barcelos, tenho como princípio e prática o respeito ao ser humano, Luiz incluso. Para tanto é necessário não ofender gratuitamente, pois, as agressões não servem ao diálogo, antes suscita ou aumenta o ódio. Por dever de lealdade devo adverti-lo que a expressão “VOCÊ e sua corja” é injuriosa e pode, por isso, trazer sérias consequências a quem a profere, mesmo no ambiente da internete. Fique esperto.

      3. bom dia amigos.
        Vejo que os 16 anos que o PT passou no poder, foram esquecidos pelo caro CIDRAC. Ao ler seus comentários ( os quais respeito mas discordo ) , me parece que o temer, com pouco de tempo de governo, foi quem criou esta crise. TEMER é um bandido, como o Lula, Aécio e outros. Ifnelizmente, quem fez aliança com o diabo foi o PT. Precisou do PMDB para se eleger e perpetuar seu esquema de poder. CIDRAC , mem caro, a culpa desta crise nao é das elites brancas, das varandas gourmet, FMI, EUA ou banqueiros. A culpa desta porcaria é dos governantes que passaram quase 16 anos no poder e quebraram o nosso pais. Sobre o RIO, nada mais obvio. Copa do mundo ? Olimpiadas? serviram para quebrar mais o estado. Agora, nao podemos culpar somente os criminosos, como falou o Ricardo. A culpa disso é de quem os financia. E quem são eles ( em sua grande maioria? ) Os usuarios. Isso! Existem os viciados, que precisam de tratamento. MAs a grande maioria, sao cidadãos comuns. Querem fumar sua maconha e relaxar na praia… cheirar seu pozinho na balada… Pobre, rico , classe media. O carioca quer paz, mas nao quer parar de usar drogas! ( nao generalizando toda a população! ) e isso podemos aplicar para todas as capitais! somos coniventes! Nao uso drogas, mas conheço pessoas que usam. Isso faz de mim um cumplice. TEnho q excluir esta pessoa do meu convivio. Discriminá-la! Façamos nossa parte!
        Abs!

  7. Caro articulista,
    A situação no Rio é caótica porque há um descaso com as políticas públicas em todos os setores, desde Estácio de Sá. O jeito malandro e indolente do carioca foi elevado à categoria de qualidade. Há um texto atribuído a um coronel que resume tudo de forma bem precisa. Mas, não foi somente isso. As leis penais e processuais penais são um verdadeiro incentivo à bandidagem profissional. Sentimos aqui em Minas na pele. Basta ver que o policial ao prender um criminoso o leva para a delegacia e de lá o meliante sai primeiro que o agente do estado. Nossos políticos estão preocupados com seus mandatos, muito mais que com a segurança e o bem estar da população que os elege. As polícias não dão conta. Primeiro porque enxugam gelo diariamente. Há casos onde o delinquente já foi preso ou apreendido mais de 40 vezes e sempre livre para continuar a sua saga criminosa. Segundo que há limites legais impostos e cobrados ferrenhamente. Basta ver que criminosos portam armas modernas e não se intimidam em utilizá-las. Já a polícia utiliza armas com poder menor de fogo e possuem o dever legal de emprega-las sem causar danos ou riscos à população inocente. E deve ser assim. Sou pessimista. As coisas só melhoram se deixarmos de ouvir entrevistas de garantistas e apertarmos as leis até que a tempestade passe. Sem abusos, mas apertando o cerco e cobrando juridicamente o criminoso pelos seus atos. Não somente o bandido pobre, mas, também o que financia todo o esquema. Enquanto as polícias figurarem como vilãs na mídia por meios da fala de intelectuais obtusos, os PCC, ADA, CV, e um alfabeto inteiro, agradecem.

  8. Em 3 de junho de 2017 às 07:06, publiquei:
    “Antes da construção da ponte Rio-Niterói e de ‘subirem’ o calçadão na praia de copacabana, morei em um hotel na praça Tiradentes no Rio de Janeiro. Na época, o ambiente já era pesado com policiais e ladrões pra todo lado, a praça e os cinemas eram cheios de viados e até um funcionário público do alto escalão do detran vendia carteiras de motorista perambulando pela praça. Como eu era ‘menor de idade’, detetives me acompanhavam armados diariamente até os restaurantes devido aos problemas diurnos e noturnos corriqueiros na região! Semanalmente retornava para BH e comentava com amigos e parentes como poderia ser o futuro no RJ. Todos achavam exageradas as minhas previsões mas hoje em dia, confesso que errei e muito pois o Rio está muito além das minhas piores expectativas.”
    ps: Com 17 anos eu já TRABALHAVA e morava sozinho no RJ. Trabalhei, contribui e aposentei sem benefícios defendidos por vermelhos, era um cidadão NORMAL, competente em minha área de trabalho e era o único responsável por todos os equipamentos eletrônicos da empresa que trabalhei!!!

    No mesmo dia (3 de junho de 2017) às 19:59 saiu esta notícia/ reportagem:
    https://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/bando-faz-arrastao-na-praca-tiradentes-e-pm-anuncia-reforco-no-policiamento.ghtml

    A reportagem comprova o que eu dizia a uns 47 anos antes do vídeo publicado!

    1. Que serviço você fazia para garantir proteção policial sendo apenas um trabalhador “normal” de 17 anos?

      Quem pagava essa proteção policial?

      E o que os “viados” têm a ver com a violência?

  9. O rio sempre foi exatamente como descrevi, pra mim não houve surpresas quando a criminalidade foi aumentando desde muitos anos.
    Eu vou no RJ(capital) ha mais de 40 anos.
    Em julho de 2015 fui em Rio das Ostras e fiquei menos de 24 horas, o ‘clima’ é quase tão pesado quanto era a capital quando morei no RJ.
    Fui de Campinas SP até Resende RJ via ‘Dutra’, passei uma única noite no hotel.
    De manhã seguinte, na recepção um hóspede me ensinou um trajeto por uma estrada nova que nem constava em GPS até Rio das Ostras.
    Nesta estrada não havia ‘vivalma’ nem posto de gasolina, nem borracheiro, nada.
    Os 2 gps que levei ficavam marcando um ‘vácuo’ sem referência.
    É ‘aquela’ estrada que é(era) toda iluminada por Leds com sensores solares que foi depredada e está sem manutenção.
    Passou ha poucos dias na tv mostrando assaltos a caminhoneiros na estrada e que o estado ou município precisaria de ‘milhões’ para restaurar o que ainda não ficou pronto!
    Esses problemas comportamentais no RJ são CULTURAIS, sem ‘falar’ que uma emissora de tv ‘pensa’ que o RJ é o ‘centro do universo’ brasileiro e que tudo no Rio que é degradante é amplamente incentivado na programação da emissora. O Rio só exalta inutilidades!!!
    Vide homenageados pelas escolas de samba no carnaval: só ‘inúteis’!
    ps:
    Eu penso que a melhor estratégia da inteligência científica-policial e principalmente do Temer, seria que agissem primeiro, em total silêncio pois a maior arma de um ‘general na guerra’ é o fator surpresa.
    Deveriam ter ‘começado’ pra depois divulgarem, a surpresa seria muito eficaz!
    Escrevo com extremo pesar algumas experiências que passei mas a cultura, desde o mais simples morador até policiais, políticos e etc, ‘é isso aí’, acham que todo mundo é idiota e tem uma sensação de que são mais espertos(leia:safados) e inteligentes que os outros, chega a dar asco.
    Vivo me perguntando ‘o que’ não tem corrupção no Rio!
    Espero não voltar lá NUNCA MAIS e lembro que com 17 anos assistia missa no cristo redentor, hoje nem aguento ver a foto!

  10. Ricardo,
    Eu ia comentar aqui sobre esta sua postagem mas o JLT já disse tudo e muito bem, parabéns a ele.
    Adoro o Rio de Janeiro e gostaria que a cidade voltasse a ser o que era nos anos 70, quando comecei a ir frequentemente lá e era realmente uma cidade maravilhosa.
    Gostaria de sugerir aos cariocas (uma parcela, claro): aprendam a votar, não votem em bandidos canalhas e vagabundos e não comprem drogas. Quem compra e usa drogas é financiador do crime e portanto cúmplice. Se fizerem isto boa parte dos problemas começam a acabar.
    Abraço.

  11. Os mineiros gostam tanto dos cariocas que elegeram um senador para o estado do RJ.MG tem 2 Senadores e o RJ tem 4.Os mineiros de Juiz de Fora são conhecidos como cariocas do brejo.Verdadeiros baba-ovos.

  12. Estou ainda procurando qualquer informação sobre a Unidade de Comando do PCC e como fica a questão das FARCs que não está mais sendo financiada pelo narcotráfico. Não se esqueçam da Eco 92 em que houve esta mesma “intervenção”. Vindo do Temer, só tenho a desconfiar.

    1. kkkkkk eu li isso tambem. é de assustar. pior é quando ele estupra a lingua portuguesa tipo “Vivam os estados unidos” ou entao no classico “Democracia: aceitam ou saem”. Imagina o grau de instrução dessa criatura kkkkk

  13. Uma cidade que vota em Crivella para Prefeito não pode ser séria, e deve pagar pela ignorância dos eleitores. Rede Globo também é culpada indiretamente pela situação, pq sempre deu glamour a bandidos em suas séries e novelas, e isso é um tipo de propaganda subliminar ao crime.
    Os Cariocas infelizmente se acostumaram a situação, mas na verdade o Rio vive algo análogo a uma guerra civil.
    As Forças Armadas praticamente não podem fazer nada: pq os traficantes moram ao lado da população de bem.

  14. Como alguém pode gostar do Rio dos anos 70, sendo que, quase tudo de ruim veio dessa época, quando se fazia sambas e poemas da miséria das favelas e a elite adorava cultuar à distância. Hoje o resultado está aí! Não deram a devida atenção àquelas condições de vida, que estão espalhadas no Brasil inteiro, agora é bala para todo o lado, menos para a Elite que está sitiada em Brasília. Por que não voltar o centro do Poder público para o Rio de Janeiro, para que estes políticos canalhas não sintam na pele o drama de se conviver com a violência?

  15. Por que este portal abriu espaço para a coluna de uma ameba mental eleitora do Bolsonaro? Será que o blogueiro é só um frustrado mental e emocional que tem um contatinho dentro da redação do Uai? A falta de cultura, de proeminência cognitiva e de sabedoria são latentes nesse sujeito.

  16. Mais uma alma iludida que acredita que a intervenção militar vai resolver alguma coisa. Ha ha ha!

    Do mesmo jeito que acreditou que votar em Aécio seria a salvação do País.

    Do mesmo jeito que acreditou que o impeachment ia acabar com a corrupção.

    Do mesmo jeito que acredita que Bolsoasno ou Luciano Huck seriam opções “inovadoras” na nossa política.

    Uma vez pato, sempre pato. Quá! Quá!

  17. R. Guimarães, discordo de tudo quanto escrevestes, porém, vou defender sempre seu direito de fazê-lo. Aliás, é uma satisfação dialogar nesses termos da urbanidade.
    01 – Quanto ao Vampirão. Observe que o sistema eleitoral brasileiro, por defeituoso, não permite que o Presidente eleito faça maioria com o seu partido e mais um dois de coloração similar e por conta disso, qualquer eleito, para dar sequencia em seu governo, tem de fazer acordos e “cai” nas garras do PMDB – o maior partido do país, com diretório nos quase seis mil municípios, o qual vive de chantagear, tanto que sendo o maior partido nunca lança candidato próprio. Foi assim nos oito anos da Maria Antonieta Tropical, mais conhecido como FHC. Foi assim com Lulinha Paz e Amor. Ocorre que a Maria Antonieta teve como vice o Marco Maciel que comportou conforme o scripte, idem para José Alencar, homem da produção, inclusive no começo de sua carreira dormia em corredor de pensão em cidades do interior, como na cidade das palmeiras, Caratinga. Já com Temer ele logou passou a conspirar e no resultado da ópera instalou no Palácio do Planalto o que ha de pior em Pindorama como Gedell, Moreirel, Michel e Padilhel com Eduardo Cunha até hoje dando as cartas a partir da prisão provisória.
    02 – A elitizinha extrativista e rapinosa de Pindorama governa para uma minoria e o grosso da população é relegado ao deus dará. Somos uma nação elitista e com ultra concentração de riquezas. A concentração é subjetiva e tem seu componente geográfico. Só para lembrá-lo, quando FHC passou o governo o Salário Mínimo era de U$ 62, com o PT ele chegou a U$ 344 tendo sido passado por Dilma em torno de U$ 280 (não tem comparação, é vinho e vinagre). Segue-se que todo político que quer fazer algo para a coletividade é inviabilizado ou destroçado, vide: Felipe dos Santos, Tiradentes, Zumbi dos Palmares, Antonio Conselheiro, Getúlio Vargas, até o fazendeirão João Goulart, JK, Lulinha Paz e Amor. A Rede Esgoto não tolera um sujeito que saiu do interior do NE, criado sem pai, mutilado, mas que teve paciência e perseverança até ser eleito e transformar-se no ÚNICO brasileiro a ser eleito duas vezes e fazer sua sucessora a qual também foi reeleita. Ele passou o cargo com mais de oitenta por cento de aprovação algo INÉDITO entre nós. Dai o processo de disseminação do ódio foi instaurado e hoje vivemos essa situação calamitosa. Todos os prováveis candidatos do sistema perverso queima na largada, mas apesar da implacável tentativa em desmerecer Lula ele segue impávido na opinião do povo!
    Medite a respeito. Grato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.