Skip to main content
 -
Ricardo Kertzman nasceu em 1967. Um homem inquieto, irrequieto e inundado de sentimentos.

Miriam Leitão e a síndrome de Estocolmo

Share on Facebook824Share on Google+0Tweet about this on Twitter0

Ao ser duramente hostilizada por petistas em um voo, a jornalista de esquerda quase se desculpou com os agressores

Belém, Belém… nunca mais tô de bem

Deem uma pesquisada, leitores amigos, sobre o que trata a “Síndrome de Estocolmo”. Muito grosso modo falando, versa sobre o sequestrado que mantém vínculo afetivo com o sequestrador. Numa versão grotesca e brasileira, é a tal “mulher de malandro”, que, quanto mais apanha, mais se apaixona pelo algoz. Neste texto, prefiro ficar com a versão sueca, já que poderia ser acusado de machismo, misoginia, fascismo, golpista e sei lá mais do quê, que essa gente costuma atacar quem os contraria. Sabem como é, né? Mexeu com uma, mexeu com todas. Desde que não seja treta de esquerda, claro.

O banzé é o seguinte: Miriam Leitão, lulopetista envergonhada, deu para comentar a realidade, e não mais a fantasia de esquerda propagandeada pela GloboNews sobre a quadrilha do PT. Mesmo que sempre de maneira enviesada e jamais deixando de citar algum tucano, a valente deu para — vejam que crime! — apontar as falcatruas de Lula e seu bando. Pra que, né? Tornou-se traidora, quase golpista, uma verdadeira coxinha da direita. Pode?

O fato é que os arruaceiros vermelhos, como sempre, resolveram partir para o braço. Como estavam dentro de um avião, partiram para a gritaria mesmo. Manjam, torcida organizada violenta? Durante duas horas de voo só não xingaram a vermelhinha de santa. Alguns enfiaram o dedo na cara da ex-companheira de luta armada. Tadinha, né? Provou o próprio veneno.

Gostei da treta? Sim, gostei. Ou melhor, adorei. Não por ver um jornalista atacado, e pouco me importa se homem ou mulher, mas por assistir cobras se picando. Miriam é tão petista, mas tão petista, que em seu relato-desabafo inocentou o partido e explicou/justificou suas críticas ao PT. Por muito pouco não se desculpou pelo ocorrido. Uma demonstração de submissão ideológica poucas vezes vista. Aliás, onde estão as feminazis para defende-la das agressões machistas e misóginas? Onde estão os grupelhos de direitos humanos? Onde está o sindicato dos jornalistas para apoia-la?

Ainda mais grotesco que o episódio e a manifestação da agredida foi o que disse a investigada criminal e atual presidente da quadrilha Gleisi Hoffmann, esposa daquele que roubou dinheiro dos aposentados, o igualmente petista e ex-ministro Paulo Bernardo: “Não faremos com a Globo o que a Globo faz com o PT”, dando um puxão de orelhas daqueles, na sua turma de brucutus, né? Uma senhora reprimenda, não acham? Isso, sim, foi uma declaração de repúdio à violência e apoio a uma, como é mesmo que eles gostam de dizer?, mulher trabalhadora brasileira.

A dona Rede Globo e seus jornalistas são sacos de pancadas eternos do PT. E quanto mais apanham, mais defendem este agrupamento. Seja por ideologia, interesse comercial ou mesmo medo, o fato é que o PT faz deles o que quer. Batem sem parar porque sabem que funciona. E essa atitude covarde e conivente dos globais os transformou em reles reféns da violência, seja física ou retórica, mas sempre eficaz deste bando vermelho que infesta o país.

O episódio servirá de lição? Duvido. Miriam, a atacada, já provou que não. Resmungou da Avianca — companhia aérea — pela omissão, da PF, idem, exultou seu currículo de esquerda, defendeu-se pelas críticas ao partido, mas até hoje não se viu uma declaração mais forte ou mesmo qualquer tipo de providência jurídica contra aqueles que a hostilizaram, ou mesmo contra aqueles — né, seu Lula? — que, dia sim, dia também, incentivam a violência física contra seus opositores.

Você decide: Estocolmo ou malandragem?

Leia também.

Share on Facebook824Share on Google+0Tweet about this on Twitter0
Publicidade

87 comentários em “Miriam Leitão e a síndrome de Estocolmo

  1. Olá Inundado, ai já é insulto, Miriam Porcão (nome mais apropriado não haveria para uma serviçal do PIG) militante da esquerda? Talvez um dia, na distante fase de secundarista, ela tenha participado de algum grêmio estudantil é feito algum discurso caloroso, mas de uns trinta anos para cá ela é apenas veiculadora da opinião da Rede Esgoto. Inclusive, dia desses, no episódio dos irmãos açougueiros ela mudou o discurso feito de manhã antes de o sol se por. Faça-me o favor, me bate um abacate, mas não ponha uma escroque dessas na ala da esquerda. O DNA dela é outro. Vá de retro.

    1. A propósito, a Miriam não é porca, é Leitão. E Leitão é sobrenome, não é adjetivo. Mas é petista e não há nada pior que ser isso.

      1. Veneto, “Do spólio de Aldrovando Cantagalo faziam parte numerosos originais de obras inéditas, entre os quais citaremos: O acento circunflexo – 3 volumes; 2 – A vírgula no hebraico – 5 volumes; 3 – A crase – 10 volumes. Pesaram todos, por junto, 4 arrobas que rederam, vendidos a 3 tostões o kilo, 18 mil réis”. É o vaticínio de José Bento Renato Monteiro Lobato que ha décadas antevia as participações de Gianfranco, as quais se limitam, tamsomente, a apontar erros, atitude própria de um recalcado e sem ocupação, a corroer-se pelo tédio e a acídia, o qual ignora que Camões escrevia frecha por flecha e Ariano Suassuna escreve prinspe por príncipe e relampo por relâmpago (Ambos podem, seguramente, ser tomados como paradigmas). Saia das trevas, o latim é apenas a origem da língua portuguesa e esta não para de se modificar, de se transformar, de se enriquecer, pois, é um rio caudaloso que vai sendo modificado e sofrendo variações continuamente, mas, você só pensa – se é que pensa – como um lago de água parada, fétida e estagnada, que não se modifica e que não tem peixe, sendo, apenas criatório de mosquito e outras espécies nocivas. Você não se cansa de ser tacanha?

    2. E companheiro, você provou com este texto que não sabe nada, que não acompanha nada, e que fica restrito a seu pequenino mundo. Ele foi companheira de sela da Dilma**/Pimentel**/Lacerda/do marido da jô/ e de outros. Foi da luta ideológica e não da armada, como DM**. Esteve ao lado de Serra/FHC/ZéDirceu/Brizolla/Arraes e outros. O fato dela não ter ficado ao lado do PT é o mesmo de Serra/FHC/Brizolla/Arraes e seus descedentes/Lacerda/Bicuso e outros. Simples assim, sua ideologia tem uma vertente diferente do “nós contra eles”, “nós PresTamos, somos inocentes, somos honestos, somos incluídos”. Entendeu?

    3. PT não é mais esquerda, Cidrac. Pode até ter nascido com este objetivo, mas foi perdendo o foco ideológico, principalmente nos últimos 13 anos. Hoje os petistas parecem que brigam muito mais por ídolos (falsos) do que por ideias. O PT, juridicamente, é um partido político , mas na prática se tornou uma organização criminosa profissional e uma fábrica de mentiras. A Mirian Leitão assim como a Marina Silva representam a esquerda brasileira verdadeira, pura. Aliás dentro do PT, ainda existem estes raros exemplares de puros esquerdistas, mas estão em extinção, infelizmente. Agora Cidrac, vc, assim como aquele ator global Jose de Abreu, representam outra coisa completamente diferente, que prefiro não descrever aqui em respeito aos outros leitores.

    4. Os atos de intolerância, violência, vandalismo são características inalienáveis da militância esquerdista.
      O modus operandi fascista dessa militância bovinamente dogmatizada pelos clichês do comuno-populismo esquerdiota é sempre colocado em prática contra todos aqueles que não se submetem aos seus gritos e urros animalescos.
      Não é por outra razão que todos os regimes socialistas se caraterizam por ditaduras, onde só é permitido partido único e imprensa totalmente controlada.

    5. Dr. Cidrac,
      Desconheço uma pessoa que repudie mais do que eu ações marginais como as praticadas pela “esquerda brasileira”, inspirada no Stalinismo sanguinário. Por isto, reprovo enfaticamente o passado remoto da Sra. Miriam Leitão. Mas, daí espezinhá-la, como você faz, e tentar negar o passado de movimentos políticos de que ela participou, vai uma diferença abismal.
      Tendo você se formado em Direito pela Universidade Católica da Bahia, certamente com bolsa de estudos (que resulta sempre de recursos da sociedade), deveria externar suas opiniões discordantes do blogueiro com muito mais respeito pelo nome e pela história de cada personagem mencionado no texto. Especialmente quando se trata de pessoa que, a exemplo do ‘juizeco da capa preta da República de Curitiba” que você adora vilipendiar, trata-se de pessoa mais íntegra do que você e, ainda que não o fosse, merecem mais respeito do que o dispensado por você, grande bajulador do maior salafrário e enganador (e isto está publicado em livro que já lhe indiquei a leitura, sem contestação do 9 dedos). E, desta vez, não queira dizer (como em outro post) que você é mais íntegro que os mencionados, pois sua história com sua vítima Napoleão de Carvalho Rosa contradiz qualquer afirmativa nesse sentido.
      E de valem seu Kantinismo e outros “ismos” que queira avocar, se sua ética está ao nível da pocilga? E para criticar uma jornalista e escritora é necessário da sua parte, no mínimo, uma melhorada substancial no Português.
      E “vade retro” é expressão do Latim, que não é língua dinâmica e permanente evolução, porque, informo-lhe, é língua morta. Assim, “vá de retro”, como você escreveu, só pode existir no seu reto.

  2. Gente, como que o Estado de Minas abre espaço pra um amador desse?
    O cara faz zero pesquisa, parece que nunca assistiu uma aula de História na vida, fica reproduzindo discurso dos outros, traz fatos tirados do umbigo dele… Zero compromisso com a realidade.

    Putz… o jornalismo vai mal

    1. te explico, zé mané: o Estado de Minas não abriu espaço algum. Já o Portal UAI, aí, sim, gentilmente hospeda o MEU blog. Sacou o pronome possessivo MEU? Pois é, significa que o espaço não foi aberto por ninguém, já que é… meu! Entendeu ou preciso desenhar?

      1. Desculpa… achei que era um blog de um jornalista ou pelo menos de alguém com algum conhecimento sobre política ou…. civilidade. Mas é só de um crianção mimado e inundado por sentimentos.
        Obrigado pela aula de português.

    2. Assistir aulas de história nos últimos tempos não ajuda nada. Vocês tiveram um gigantesco sucesso em impor as narrativas que lhes são convenientes em todas as universidades. Parabéns.

  3. Pelos vídeos, na decolagem e na aterrisagem houve gritos contra a Rede Globo. Abrir o leque até a síndrome de Estocolmo mostra uma afetação que não é de jornalista.

        1. nem o UAI! Errado está quem acha que deve DITAR o que pode ou não ser hospedado em um blog. Você e o Marcelo podem não gostar, mas tantos outros gostam. O direito deles de ler o que querem é menor que o de vocês? Pense nisto!

          1. não é gostar ou não gostar. É não perder tempo com má informação, com gente que não tem compromisso com isso. Você foi a primeira e última vez.

  4. O melhor de tudo isso, é ver que a ptzada está ficando loucassa, deve tá errada a forma de escrever essa palavra, mas dane-se, todos vão entender o contexto. Isso é a maravilha das maravilhas, a vingança perfeita. Estamos conseguindo emputecer esses cretinos, destilando ódio absoluto e penetrando nas entranhas deles, rasgando a profundeza. Desculpem o excesso, mas não resisti.

    1. Não houve excessos.
      Excesso houve da parte do Cidrac, ao se referir à “cumpanheira” dele, petista de carteirinha, qualificando-a de escroque. Ele, o Dr. Cidrac, como advogado que é, deveria saber o exato significado do termo empregado por ele, bem como lembrar-se de que está se expondo a ser chamado a provar a acusação publicada ou se submeter às penalidades da Lei. Porque é fácil ser valente meio na moita, principalmente contra uma mulher que, apesar de petista, é uma jornalista competente e respeitada.
      Porém, como dizem na Serra da Canastra, passarinho de come pedra sabe o cu que tem.

  5. Ricardo
    Sou contra essa agressão.
    Ela é uma jornalista que tem pontos de vista e uma história que desagrada tanto os ” companheiros “, como a você também.
    Vamos debater, vamos discutir, criticar se for o caso.
    A agressão ao meu ver é um ato grotesco , atrasado, selvagem e desnecessário.

  6. Cidrac, vc. já procurou saber o que há dentro de sua cabeça?
    Será que não é fezes de morcego e vômito de urubu? Ou você,
    não gosta de ouvir a verdade de um jornalista digno? Quando foi
    que Miriam Leitão, disse o que não era, ou não podia provar? Vc deve
    ser petista traidor e radicalista, interessado em destruir um povo
    que quer o bem do país.

  7. Nada mais lisonjeiro para um jornalista do que ser taxado de esquerda por uns e de direita por outros.
    Muito embora, tratando-se do signatário do texto acima, isso não pode ser levado muito em conta. Pelos seus argumentos e a forma grotesca com os expressa, tomando-o como referência, com certeza, até Hitler e Mussolini podem ser considerados de esquerda.

      1. …e Mussolini e Hitler ‘fundaram’ o vaticano em 1929 e a ‘igreja’ apoiou o nazismo! (Ex: Tratado de Latrão onde o papa declara: Mussolini, um homem enviado pela Providência, depois quase jogaram o caixão do papa Pio IX no rio Tibre)..fazer o que? alguns ‘religiosos’ e petistas não sabem de nada, pra eles o papa é ‘deus’ e o lula também é ‘deus’…(me livre)!

  8. Miriam não se deu conta de que o PT é uma organização fascista, anti-democrática que se permite todos os métodos para o poder, inclusive o crime, a violência. Os ditos movimentos sociais nada mais são que os camisas negras de Mussolini ou pardas de Hitler. Não importa a nomenclatura, mas as ações, o modus operandi. Para ser fascista, não é necessário declarar-se como tal, mas agir e organizar-se como tal. O PT é. Já Bolsonaro, não tem por trás estas tropas de choque. Não é fascista.

  9. Lamento, assim como lamentei o episódio com Guido Mantega acompanhado de sua esposa em tratamento oncológico, Patrus na padaria Vianney… Não só lamento, sinto vergonha daqueles que promovem o ódio com divulgação de análise medíocre da situação, bem como dos que reagem em total desrespeito com o posicionamento alheio

  10. Os bandidos vermelhos estão se agredindo em público?
    É a prova de que o PT acabou e eles bem sabem disso.
    Bom dia, CIDRAC! Já acordou? Ou ainda sonha com o impossível.

  11. Que viagem! Tem alguns depoimentos com vídeos que mostram, claramente, a mentira da distinta Leitão que, estranhamente, só depois de 10 dias veio com esse mi mi mi. Aliás, dizer inverdades é prática comum desta senhora, que é facilmente identificável quando começa a gaguejar, com voz trôpega, tentando explicar o inexplicável. Quais das previsões feitas por ela se concretizaram? Dizer que a madame é de esquerda, é muito desconhecimento de como se estabelece estes conceitos. Além do mais ela trabalha na Globo…. Não combina com esta designação.

    1. Concordo com você Pedro. Os comentários dessa senhora, são pobres em conteúdo informativo e formativo. E são, como você diz, fácilmente identificáveis pela mentira e pela incompetência a partir do momento em que ela dispara a gaguejar como se buscasse nas fracas cavernas do cérebro as justificativas para seus impropérios jornalisticos. Igual a ela, só filho dela. Sofrível a mamãe e o filhinho.

  12. “Diga-me para quem trabalhas e eu direi que tu és”. Miriam Leitão, uma das principais jornalistas ou propagandista como alguns dizem por aí, da rede globo seria cômico dizer que ela é de esquerda. Dizer que ela é de esquerda, é a mesma coisa que dizer que o Ricardo é eleitor de Lula.

  13. “O que é muito estranho é essa suposta agressão de Miriam Leitão vir a público 10 dias depois da ocorrência dos fatos, e, também ela não ser registrada na intensidade narrada pela jornalista por nenhum celular de outra pessoa que viajava no vôo. E mais estranho é que Miriam Leitão ter feitas essas declarações dessa suposta agressão, segundo ela de quase 2 horas, e depois esquecer de fazer o boletim de ocorrência. Dar uma notícia dessa com 10 dias de atraso, já deixaria deixaria qualquer jornalista numa furada….

        1. Olá Aldrovando Cantagalo, digo, Neto, sim, será uma satisfação aprender com ele ou com quem saiba e queira ensinar, aliás mestre não é quem muito ensina, mas quem de repente aprende.

  14. Globo, Miriam são petistas, de esquerda??? kkkkk Você e os beócios que concordam com você são ridículos!! Tá magoado com a Rede Golpe de Televisão só porque ela não segurou, desta vez, os crimes dos irmãos NEVES??? (e olha que foi só foi revelado a ponta do iceberg de sujeira). Bateu o desespero da mídia aecista : GLOBO, ESTADO DE MINAS e ITATIAIA kkkk Tá na hora de rezar para o juizeco de CUritiba porque o Cara tá aí.

  15. É um festival de burrice:
    Num pequeno vídeo sobre o ‘evento’ no avião vi e ouvi apenas uns manés batendo palmas, cantando(imitando voz do lula) sobre globo ter apoiado a ditadura.
    Um ‘comandante'(?) estava falando com alguém que cantava e batia palmas mas sem conflitos!
    Não vi nem ouvi NADA DEMAIS a ponto de ser ‘um escândalo’!

    Até agora não existe registro na ANAC sobre o ‘evento’, todo comandante deve e TEM que fazer registro quando houver QUALQUER problema na aeronave e ‘não entendo'(cof, cof) não haver registro! wiskizito, né? Ela demorou 10(dez) dias para publicar a denúncia…Demorô por conveniência?

    Memória: Ela foi presa em 1972 ‘por estar andando na praia’ (foi a única explicação que consegui até agora), diz que foi torturada, etc(como todos que foram presos na época contam suas próprias versões onde todos eram inocentes) Ela nunca se contentou com as explicações oficiais e não conheço NENHUMA explicação, nem extra oficiais! ps: ALGUÉM sabe os motivos da prisão dela? Posso imaginar mas se eu fizer assim, acabo virando repórter! CLARO que ela esconde o passado!

    Já o PT, diz que a culpa é dela e da globo por ‘perseguirem’ seu deus inocente que satirizou a ré-porter. (‘ré’ por já ter sido presa sem ninguém saber o motivo…até agora)

    O ‘evento’ foi amplamente ‘fofocado’ no senado!
    eles tem tempo para acusarem e defenderem seus interesses , todo o tempo deles ‘trabalhando’ no senado, é ‘pra eles’…
    e o país? que si dane!
    (pô, ninguém vê isto e ainda apoiam ‘x’ de um partido, ‘y’ de outro e ‘z’ de mais um outro partido diferente.

    Que droga, vcs não enxergam que nós não temos NADA!?!..e ainda vamos ficar trocando ‘farpas’ aqui defendendo um monte de interesses alheios?

    pronto, zanguei! por motivos como este onde o povo cuida de quem os despreza é que chamo brasileiro de ‘povo serviçal’!
    estou errado?

  16. O modus operandi dos militantes esquerdiotas é tipicamente fascista.
    A esquerda não admite críticas em hipótese alguma, nem mesmo a existência de qualquer organização que lhes faça oposição. A “democracia” para essa gente é a que sempre vigorou em nos países submetidos a suas ditaduras assassinas: Cuba, URSS, C. do Norte, Venezuela etc.No Brasil, onde fracassaram na sua tentativa de nos submeter a uma ditadura, a sua militância, sustentada com dinheiro público, se impõe nas ruas por atos tipicamente fascistas, de violência, vandalismo e terrorismo.

  17. O ato é preocupante pois piora o relacionamento do “nós contra eles”. Jáq aconteceu várias vezes com outros personagens, em outros lugares públicos. Estamos diante de uma intolerância enorme e incontrolável, Não há mais respeito ao local e as outras pessoas que lá estão e não têm nada com isso e não estão se manifestando. O tumulto poderia ser maior, se se degenerasse para a agressão, e as providências não foram tomadas, pelas autoridades (são servidores militantes) que não compareceram e nem mandaram recados. Por isso que o LLuLLa***/Dilma** só viajam em jatinho dos amigos. E usar esse fato para atacar uma esquerdista que discorda dos atos do pt, é uma insanidade mental grave, o que demonstra todo ódio, por terem sidos afastados e por terem a certeza da prisão do lider, em andamento, e que não tem volta.


  18. Miriam Leitão: Rodrigo Constantino e Reinaldo Azevedo emburrecem o país
    3 de novembro de 2013
    Facebook
    Twitter

    “Pensamentos rasteiros, argumentos desqualificadores, ofensas pessoais, de nada servem. São lixo, mas muito rentável para quem o produz”, afirmou a jornalista

    Por Brasil 247
    Miriam Leitão (Foto: Reprodução/TV Globo)

    A jornalista Miriam Leitão, colunista do Globo, publicou um importante artigo neste domingo sobre a “miséria do debate” brasileiro.

    No texto, ela bate duro em dois representantes da “direita hidrófoba” brasileira: o colunista Reinaldo Azevedo, de Veja e Folha, e o economista Rodrigo Constantino, que tem colunas em Veja e no próprio Globo.

    “Os epítetos ‘petralha’ e ‘privataria’ se igualam na estupidez reducionista. São ofensas desqualificadoras que nada acrescentam ao debate”, diz a jornalista.

    Dizendo-se alvo dos dois lados, de quem a critica pela esquerda e pela direita, Miriam passou a tratar então de Reinaldo Azevedo. “Recentemente, Suzana Singer foi muito feliz ao definir como um ‘rottweiler’ o recém-contratado pela Folha de S. Paulo (…) ele já rosnou para mim várias vezes, depois se cansou como fazem os que ladram atrás das caravanas”.

    Miriam resgatou ainda um texto revelador, em que Reinaldo cobrava dela um pedido de desculpas ao senador Demóstenes Torres (leia aqui).

    Depois de tratar de Reinaldo, Miriam saltou para Rodrigo Constantino, o mais caricato personagem da nova direita brasileira, que, segundo a jornalista do Globo, produz “indigências mentais”. Miriam se refere à resposta agressiva que recebeu quando defendeu a nomeação de Janet Yellen para o Federal Reserve, o banco central americano. “O que importa o que a liderança do Fed tem entre as pernas?”, perguntou Constantino em Veja (leia aqui).

    Miriam conclui seu texto afirmando que tais tipos de desqualificação são apenas “lixo”. Nada mais.

    Leia, abaixo, seu artigo:

    Miséria do debate – MIRIAM LEITÃO

    O Brasil não está ficando burro. Mas parece, pela indigência de certos debatedores que transformaram a ofensa e as agressões espetaculosas em argumentos. Por falta de argumentos. Esses seres surgem na suposta esquerda, muito bem patrocinada pelos anúncios de estatais, ou na direita hidrófoba que ganha cada vez mais espaço nos grandes jornais.

    É tão falso achar que todo o mal está no PT quanto o pensamento que demoniza o PSDB. O PT tem defeitos que ficaram mais evidentes depois de dez anos de poder, mas adotou políticas sociais que ajudam o país a atenuar velhas perversidades. O PSDB não é neoliberal, basta entender o que a expressão significa para concluir isso.

    A ele, o Brasil deve a estabilização e conquistas institucionais inegáveis. A privatização teve defeitos pontuais, mas, no geral, permitiu progressos consideráveis no país e é uma política vencedora, tanto que continuou sendo usada pelo governo petista. O PT não se resume ao mensalão, ainda que as tramas de alguns de seus dirigentes tenham que ser punidas para haver alguma chance na luta contra a corrupção. Um dos grandes ganhos do governo do Partido dos Trabalhadores foi mirar no ataque à pobreza e à pobreza extrema.

    Os epítetos “petralhas” e “privataria” se igualam na estupidez reducionista. São ofensas desqualificadoras que nada acrescentam ao debate. São maniqueísmos que não veem nuances e complexidades. São emburrecedores, mas rendem aos seus inventores a notoriedade que buscam. Ou algo bem mais sonante. Tenho sido alvo dos dois lados e, em geral, eu os ignoro por dois motivos: o que dizem não é instigante o suficiente para merecer resposta e acho que jornalismo é aquilo que a gente faz para os leitores, ouvintes, telespectadores e não para o outro jornalista. Ou protojornalista. Desta vez, abrirei uma exceção, apenas para ilustrar nossa conversa.

    Recentemente, Suzana Singer foi muito feliz ao definir como “rottweiller” um recém-contratado pela “Folha de S.Paulo” para escrever uma coluna semanal. A ombudsman usou essa expressão forte porque o jornalista em questão escolheu esse estilo. Ele já rosnou para mim várias vezes, depois se cansou, como fazem os que ladram atrás das caravanas.

    Certa vez, escreveu uma coluna em que concluía: “Desculpe-se com o senador, Miriam”. O senador ao qual eu devia um pedido de desculpas, na opinião dele, era Demóstenes Torres. Não costumo ler indigências mentais, porque há sempre muita leitura relevante para escolher, mas outro dia uma amiga me enviou o texto de um desses articulistas que buscam a fama. Ele escreveu contra uma coluna em que eu comemorava o fato de que, um século depois de criado, o Fed terá uma mulher no comando.

    Além de exibir um constrangedor desconhecimento do pensamento econômico contemporâneo, ele escreveu uma grosseria: “O que importa o que a liderança do Fed tem entre as pernas?” Mostrou que nada tem na cabeça. Não acho que sou importante a ponto de ser tema de artigos. Cito esses casos apenas para ilustrar o que me incomoda: o debate tem emburrecido no Brasil. Bom é quando os jornalistas divergem e ficam no campo das ideias: com dados, fatos e argumentos.

    Isso ajuda o leitor a pensar, escolher, refutar, acrescentar, formar seu próprio pensamento, que pode ser equidistante dos dois lados. O que tem feito falta no Brasil é a contundência culta e a ironia fina. Uma boa polêmica sempre enriquece o debate. Mas pensamentos rasteiros, argumentos desqualificadores, ofensas pessoais, de nada servem. São lixo, mas muito rentável para quem o produz.”
    É tão simples explicitar o pensamento da jornalista Miriam Leitão…
    Abraços,
    Saint

    1. Que bom que ela disse isto. Porque a burrice de que ela reclama, é fruto do pseudo processo democrático que se implantou no país a partir de 1984. De lá para cá, ninguém consegue mais explicar a decadência social, moral, intelectual, de educação, de respeito ao patrimônio e ao outro na qual o pais se atolou. Ouvir ela dizer “[…] O que tem feito falta no Brasil é a contundência culta e a ironia fina. Uma boa polêmica sempre enriquece o debate. Mas pensamentos rasteiros, argumentos desqualificadores, ofensas pessoais, de nada servem. São lixo, mas muito rentável para quem o produz.”
      É tão simples explicitar o pensamento da jornalista Miriam Leitão…

      Pois é senhora Miriam Leitão, esse é na verdade, o país que restou aos brasileiros depois que os pseudos defensores da democracia, que lutaram para derrubar o poder pela força nos deixaram de herança. Agora choramos o leite derramado e temos que recomeçar tudo de novo, mais uma vez, pela burrice dos defensores dos regimes socialistas.

  19. Parece até que o Mensalão, o Petrolão etc, ou seja, a maior roubalheira já vista na história de qualquer outro país, sejam apenas parte de um enredo de uma novela da Globo.
    O ódio dessa militância troglodita à Globo e à toda imprensa independente é uma reação que se dá não porque a imprensa divulge inverdades, mas porque os fatos, a verdade, a realidade destroem todo o edifício de dogmas e idolatrias construído em torno do comuno-populismo lulopetista.

  20. Cadê o cidrac pra comentar sobre o vídeo e sobre o filho de Miriam que tentou ‘pressionar’ o Bolsonaro? O ‘mané’, filho da Miriam, sabe tanto o quanto OU MAIS que o Cidrac sobre 1964!
    era ‘gorpi’ cidrac? Sabe quem tem medo de militarismo? Só terroristas e criminosos! Aprenda um pouco de HISTÓRIA já que foi educado no sistema da ‘pátria educadora’. Quer uma cópia do ‘maual de guerrilha do Carlos Marighella’, cidrac? Consigo pra vc entender quem e como te instruem e aos petistas!

    1. Olá, o Sopa de Letrinhas vive uma fase de acentuado voluntarismo, pois, é um tal de sugerir tanta coisa para quem ele se opõe. E ainda compara o conhecimento das pessoas com base em variáveis tão frágeis. Afoito ou celerado?
      Desde a Guerra do Paraguay que o Exército vem praticando covardias e batendo no povo, mas, como ha gosto para tudo, tem gente que se dedica a lustrar os coturnos dos gorilas e a puxar seus penduricalhos anatômicos, então, como vivemos num sistema plural temos de tolerar e conviver com esses deslumbrados por fardas e divisas. Quem sabe um dia – antes de o sol calcinar – eles não sejam apanhados por algum raio do astro rei e seguindo a luz saiam dessas trevas obscurantistas. Vai ouvindo.

      1. Cidrac, no que postei não há sugestões, os vídeos mostram fatos sólidos e não ‘variáveis’.
        O exército de qualquer nação pratica o necessário, quem é contra eles(forças armadas)aqui no Brasil, foi ou é terrorista mesmo que só no ‘pensamento’…alguns ainda são na prática inclusive seus ‘ídolos’.
        Como vc nem sabe meu nome, não sabe se sou civil, militar, reservista, pf ou quem sabe até ‘advogado’ como você! (rsssss) mas tenha certeza, não sou petista!
        o ‘astro rei’, é rei no nosso sistema solar e num espaço limitado na sua mente pois existem ‘reis’ maiores que o sol e ‘olho’ para o universo onde brilha uy scuti assim como olho para o bem da comunidade diferentemente de vc que só vê o limitado sistema solar do pt.

        1. Sopão, sua vinculação a essa ou aquela corporação ou sua profissão ou sua orientação sexual ou mesmo a desorientação não constitui pressupostos para eu dialogar contigo. Merece sonora gargalhada, por seu ridículo , essa afirmação oca de “o exército de qualquer nação pratica o necessário”. Estou para o exército como esta o cavalo para o público no desfile de Sete de Setembro. (Se não se lembras: andando e …) Pelo que você já viveu deveria ter aprendido que essas certezas tonitroantes que anuncias são bem a marca dos obtusos. E mais, é tosca e precipitada essa generalização: “quem é contra as forças armadas foi ou é terrorista”. Muito pedestre.
          Me apresento com nome e sobrenome, se alguém se interessar com poucos cliques certificará onde trabalho, se alguém vier nessas quebradas não terá dificuldade de me encontrar pedalando a magrela, tudo sem vergonha e ou medo de expor e existir.
          Na menção que fiz ao sol não afirmei que ele é o maior nem que seja absoluto. Fizestes leitura leviana, ou então é pura maldade mesmo!

          1. É um absurdo, senão doença, viver na cegueira! Perder tempo com cego, especialmente o convencido, também não deixa de ser um mal.

          2. Você trabalha nas quebradas…tudo sem vergonha e ou sem medo de expor e existir, dá sonoras gargalhadas…se alguém se interessar….entendi…

            cidrac, você é viado…viadaço(com ç pra mostrar o ‘rabim’), não tenho a menor dúvida!

            1. Sopão, és tão previsível e como diria Paulo Francis, rastaquera. Prestigia os militares e vive a tentar ofender, ainda que seja gratuitamente. Vejo que a tentativa de diálogo contigo é mera perda de tempo.

  21. A senhora Miriam Leitão deu foi muita sorte. Por muito pouco ou por falta de saliva os militantes petralhas, vulgos “trouxinhas” não cuspiram na face dela. Afinal, esse procedimento é típico dos petralhas, seja no congresso, nos restaurantes em qualquer lugar público onde eles ppossam chamar a atenção para suas doses massivas de ignorância. Faltam agora só as vítimas dos aeroportos e dos aviões.

  22. O CIDRAC só é advogado porque o ministério da educação do PT autorizou que ele comprasse o diproma. Diploma é pra quem se forma em faculdade e diproma é pra quem compra.
    Fala aí CIDRAC; quanto custou?

      1. Não se preocupem, quando mudar o tema no blog ela aparece.
        Assim como a dilma disse que ‘quase engasgou consigo mesma’ o cidrac deve estar ‘pensando consigo mesmo’ que está numa fria a muito tempo sendo petista.

        os vídeos que postei acima mostram a realidade dos fatos ocorridos pois são momentos que vivi quando era jovem e são uma aula de história para os jovens petistas ‘em,burrecidos’
        Todos eles acham que em 1964 houve ‘gopi’ e inclusive alguns deputados e senadores que estão ‘lá’ por terem sido eleitos por petistas…é cego condizido por cegos e vice-versa…pensem por exemplo no conhecimento histórico da ‘naja que esguicha veneno’ Jean wyllys: participou de big brother(eu nem sabia) e foi eleito pelos manés e benedita da silva que só ‘cuida’ de um grupo específico que só quer benefícios….o ‘derramamento de sangue’ na bíblia dela é apócrifo e como sempre, onde tem petista no governo tem ‘rombo’, e isto também é história!
        Usei só 2 exemplos da educação e inteligência onde cultura é algo que se adquire mas não muda caráter.
        Eu ia ‘falar’ do pimentel mas…não precisa! precisa?
        É ‘disso’ que petista vota e gosta!

  23. Como são tristes os almejos dos que pensam em todos:
    Mulheres vão pra tv em propaganda política dizer que são maioria e que devem ocupar mais cargos, quando falam de direitos é exclusivamente para mulheres, defendem o ‘grupo’;
    A grande maioria da população brasileira se autodenomina afrodescendente para conseguir cotas, defendem o ‘grupo’;
    Muitos ‘descem a lenha’ em funcionários públicos mas são ‘doidos’ pra passar em concursos, querem entrar para o ‘grupo’;
    Parada LGBTQ existe há 21 anos e reuniram 3 milhões de pessoas pelo ‘orgulho’ só em SP este ano e, além da festa, combatem o fundamentalismo religioso, defendem o ‘grupo’,
    Igreja católica traz o papa e reúne milhões de católicos como ocorreu no RJ, o público presente à Missa de Envio chegou a 3,7 milhões de pessoas, defendem o ‘grupo’;
    Os mais pobres que recebem bolsa família preferem o pouco desocupados que um pouco mais estando ocupados, não ‘permitem’ que a bolsa acabe querendo que continue ‘assim’, defendem o ‘grupo’
    MAS
    os que querem defender a nação e o direito de todos, pedir impeachment, pedir diretas, democracia, abaixo ‘isto’, abaixo ‘aquilo’…não passaram de 1.5 milhão de pessoas em SP, muito pouco dos vários grupos acima foram nas passeatas que sempre é para o bem de todos, os ‘grupos’ são bastante dispersos e a maioria só cuida do próprio umbigo.

    Assim é o brasileiro que reclama da política mas não luta pela democracia que é o regime político em que a soberania é exercida PELO POVO.(quer dizer, por TODOS)
    Povo desunido e utópico não é democrata comportando desta forma, não consegue nem conseguirá NADA na democracia!

  24. Meu bom blogueiro, estou percebendo que você está abandonando o barco e deixando o Aecim sem defesa; portanto, volte ao seu lugar e continue seu importante trabalho de defender o PSDB e seus quarenta: Aecim, Perrela do pó, Anastasia, Geraldo Alckmin, FHC, Serra e outros tantos.

  25. Bom dia Ricardo!

    Em primeiro lugar, pois quem fala primeiramente é gente que foi analfabetizada pelo Paulo Freire, gostaria de elogiar pelo seu trabalho no Blog, o senhor dá a voz para um monte de gente indiginada.

    Em segundo lugar, percebo duas coisas:

    1-Como já falou no seu texto, a Globo se tornou uma mulher de malandro, quanto mais apanha dos “petebas”, mais arreganha as pernas.
    2-Os vermelhos acusam os outros de fascistas, mas os fascistas são eles.

    Um grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.


*