O melhor do Cinema em 2015 – e o pior

por Marcelo Seabra

balance

É chegada a hora do balanço de melhores e piores filmes lançados no Brasil em 2015. Muitos deles têm críticas publicadas, basta clicar no título para abrir. É curioso notar que na lista de piores filmes não há nada com Adam Sandler ou com Nicolas Cage, que sempre dão as caras. E isso não se dá devido ao fato de eles terem melhorado suas escolhas: eu apenas fui mais seletivo e não vi nada deles.

Aproveito para agradecer as visitas, os comentários, as curtidas, os compartilhamentos e as conversas com todos que tenho o prazer de ter contato. Em 2016 tem mais!

Melhores

tn_gnp_et_1011_whiplash

Piores

Jupiter Ascending

2016

Sobre opipoqueiro

Marcelo Seabra - Jornalista e especialista em História da Cultura e da Arte, é o criador de O Pipoqueiro. Tem matérias publicadas esporadicamente em sites, revistas e jornais. Foi redator e colunista do site Cinema em Cena por dois anos e colaborador de sites como O Binóculo, Cronópios e Cinema de Buteco, escrevendo sobre cultura em geral. Pode ser ouvido no Programa do Pipoqueiro e nos arquivos do podcast da equipe do Cinema em Cena. Twitter - @SeabraM
Esta entrada foi publicada em Filmes, Listas e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta para O melhor do Cinema em 2015 – e o pior

  1. Adoro o blog e suas participações nos podcasts do Cinema em Cena. Eu, na minha humilde opinião, bastante amadora, coloraria e retiraria 5 filmes. E isso porque ainda não vi O Presente e nem o Ano Mais Violento. Trocaria os dois anteriores e o Foxcatcher, Birdman e o Perdido em Marte por: O Conto da Princesa Kaguya, Expresso do Amanhã, Sicario, Dope, The Babadook. E sua lista de piores, graças as criticas e aos Papos de Redação me safei, exceto Mortdecai, em respeito ao Ewan McGregor (risos). Parabéns pelo blog.

  2. Osmar Vitor disse:

    Nossa, senti uma pequena catarse vendo essa lista kkkk
    Isso pq vi que filmes como “Aloha” e “The Interview” foram até bem falados em muitos sites por aí. Daí fiquei me sentindo meio culpado por achar esse filmes tão ruins. Especialmente “Aloha”, que, mesmo sendo do Cameron Crowe (que reconheço ser um bom diretor), tem uma péssima direção! O jogo de câmeras é ruim, a apresentação dos personagens (especialmente a apresentação da Emma Stone e a do John Krasinski) é ridícula, e o roteiro todo em geral é muito fraco. Sofri pra terminar de assistir esse filme, e fiquei bem desapontado por ver um fracasso de um diretor que até tem um bom potencial. Mas enfim, acho que é por esse motivo (por ser do Cameron Crowe) que muitos veículos amenizaram as críticas ao filme. Mas que bom que por aqui podemos ver críticas mais honestas. Sim, é um filme do Cameron Crowe, mas, sim, é um dos piores do ano. Ponto.
    Adorei ver “Ex-Machina” e “A Most Violent Year” nessa lista. Foram filmes que foram deixados bem de lado pelo mercado cinematográfico e pela crítica em geral, infelizmente. “Ex-Machina”, por exemplo, tem uma fotografia excelente, e um roteiro incrível! Na verdade achei o roteiro a melhor coisa do filme. Os diálogos entre o Oscar Isacc e o Domhnall Gleeson são espetaculares! E sobre “A Most Violent Year” também não há muito o que se dizer. Um filme incrível e uma grande surpresa, pelo menos pra mim, que achava que seria apenas mais uma imitação grotesca de “The Godfather”.

    P.S.: Achei Mordecai um filme até ok. Mais acho que fui o único ser vivo que achou. Provavelmente esse entre na minha lista de “Guilty Plessures” kkkkk

    P.S.2: Parabéns pelo trabalho! Descobri seu blog ouvindo os podcasts do Cinema em Cena e tenho gostado muito das suas postagens. Aliás, falando em CeC, gostaria muito que esse ano tivesse um podcast de melhores e piores do ano com a sua participação. Seria muito bom ver suas listas comentadas no podcast 🙂

    • opipoqueiro disse:

      Muito obrigado pelos comentários, Osmar. Sinceridade, aqui, é garantida! E muitos desses filmes têm críticas publicadas, dá para se aprofundar. O podcast já deve estar quase pronto, gravamos essa semana. Logo, aparece lá no CeC. Volte sempre! Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *