Reforma da Previdência e o lobby dos cretinos: quem se lasca é você; entenda

Aposentados e futuros pensionistas privilegiados, há décadas espetam suas mordomias nas costas do povo brasileiro. Sobretudo nos mais pobres

Imagem: Google

É impressionante a cegueira ideológica, o desconhecimento de causa, a estupidez matemática, a arrogância da ignorância e a falta de vergonha da absoluta maioria das pessoas quando o assunto é Previdência Pública.

Onde eu me enquadro acima? Bem… Espero que em nenhuma. E digo por quê:

No quesito previdência, estou me lixando para correntes políticas. Esquerda, centro, direita, liberalismo, capitalismo, socialismo… Pouco me importam as razões e teses de cada um. Só enxergo os números daquela última linha, sob o traço que costuma preceder o resultado final de uma operação matemática. Positivo? Apoio. Negativo. Desaprovo. Simples assim. Sem paixões.

Não sou profundo conhecedor muito menos estudioso do tema. Mas converso com muita gente capacitada e gabaritada do mercado financeiro. Leio muito a respeito também, sobretudo experiências de outros países. Assim, ao me posicionar, asseguro que sei do que se trata, ainda que esteja anos luz de distância de um especialista no assunto.

Conta é conta, meus caros. A matemática não mente e a lenda de que “o papel aceita tudo” é o que é: lenda! Quando bobalhões repetem memes de internet como verdade, me arrepiam os cabelos que não tenho. Não, não basta cobrar dos sonegadores; não basta acabar com a corrupção; não basta combater as fraudes; não basta cobrar das massa falidas.

A arrogância dos ignorantes é brutal. Não sabem nada, não conhecem nada e saem a “lacrar” nas redes sociais as maiores besteiras e achismos. E vá contrapor algum! Logo será xingado, pois na falta de argumentos a pancadaria é a solução dos idiotas. Não sabe, não conhece? Informe-se, aprenda. Depois palpite. Passará menos vergonha, acredite.

E por falar em vergonha, pelo amor de Deus, envergonhe-se! Principalmente você, que está na ativa, e reza pela cartilha da esquerda. Você está pagando uma conta que não é sua. E quando chegar a sua vez de receber, provavelmente irá se lascar se nada mudar. Então, meu caro vermelhinho, acorde! Pare de acreditar nos sindicalistas e corporativistas de plantão.

A treta da sociedade civil, sobretudo da parcela mais pobre, é com a nata privilegiada dos servidores públicos. Lá está o rombo que importa. E lá estão os maiores cretinos corporativistas e egoístas do País. Juízes, filhas de militares, desembargadores, ministros, parlamentares, etc. Uma gente que legislou durante décadas em benefício próprio.

São alguns milhares. Talvez (pouquíssimos) milhões de usurpadores do trabalho e dinheiro de 200 milhões de brasileiros. A conta não fecha porque essa gente passou anos aprovando benefícios e privilégios para si mesmos. Passou anos, barrando no Congresso e na Justiça, qualquer mudança que lhes traga perda, pois querem manter você e eu como seus burros de carga.

Os fiscais da Receita mentem. Os sindicalistas mentem. Toda classe representativa de alguma categoria ou setor mente. Todos querem manter o que aí está. E jogam a culpa no governo de plantão, nos sonegadores de sempre, em empresas quebradas, meu Deus. Como se a dívida da Varig fosse ser paga!! E todos, ou a maioria de nós, acredita.

Se você é aposentado e pertence à estas castas, e é contra reforma previdenciária, saiba que é um aproveitador. Se está por se aposentar e conta com benesses e privilégios e é contra reforma, é um aproveitador. Mas se trabalha como um burro de carga, de sol a sol, e espera receber alguma aposentadoria no futuro, deixe de ser estúpido e apoie a reforma.

Qual? Qualquer uma, meu chapa! Pois a alternativa é continuar como o trouxa que só paga e nada receberá.

Leia também.

26 comentários em “Reforma da Previdência e o lobby dos cretinos: quem se lasca é você; entenda

  1. Olá Inundado, pirastes o cabeção de vez ou é apenas mais uma tentativa de cortina de fumaça para desviar de assuntos mais candentes? Ou da essência do problema? Com efeito, concluis seu texto afirmando que qualquer reforma deve ser apoiada. Qualquer reforma inclui, por lógico, a reforma que concentre ainda mais os privilégios em mãos de poucos em detrimento da maioria dos contribuintes, como soi acontecer por essas plagas. Então até essa reforma deve ser aceita e esperada?
    Norberto Bobbio ensina que a luta pelos direitos consiste, inexoravelmente, na luta pela supressão de direitos. Explico: desde sempre a luta pelo direito de não ser escravizado consiste na supressão do direito de quem escraviza; assim com relação a tortura, o espezinhamento e toda sorte de aviltamentos. Essa luta hoje em Pindorama consiste num de seus prisma em manter e ampliar os direitos de quem contribui com a Seguridade Social e dela necessita contra o abuso do direito de quem não contribui ou não necessita dela. Básico.
    Esse enfrentamento vem ocorrendo ha milênios com picos de ganhos como na Revolução Francesa quando uma grande massa de gado tornou-se massa de humanos com direitos reconhecidos.
    O mais irônico é que hodiernamente poderíamos obter maiores ganhos que lamentavelmente não vêm, pois o trabalho sistemático de certos blogueiros e outros atores muito fazem para a falta de entendimento e de incentivo ao retrocesso.
    Enquanto isso a lama encobre rios, vilas, casas, gente e sonhos pelo Vale do Rio Doce abaixo e o lucro voa para além mar enquanto o povo cobre a pele com roupas rotas e encardidas. E outra represa vaza mais próximo a Região Metropolita, mas os boçais continuam por Miami e pelo litoral e o povo pisado não é ouvido. Cinco séculos.

    1. Ué, mas os seus ídolos populistas, Lula e Dilma, tiveram 13 anos para fazer uma reforma que possibilitasse “manter e ampliar os direitos de quem contribui com a Seguridade Social e dela necessita contra o abuso do direito de quem não contribui ou não necessita dela” Por que não fizeram?
      Será que é porque estavam muito ocupados em financiar o projeto de perpetuação no poder às custas de milhões surripiados dos cofres públicos, em subir num palanque ?
      Será, também, por que estavam no seu eterno palanque despejando sobre os idiotas de sempre os velhos perdigotos da demagogia e populismo rasteiro, enquanto farriavam com o dinheiro da educação, da saúde e da infra-estrutura despejando-o nas ditaduras amigas, enquanto quebravam o País e as empresas públicas??

  2. Ah ta “serto”. Vou deixar que roubem meu dinheiro conquistado com muito suor e transfiram para os banqueiros amigos do paulo guedes especular em cima ou entao para a familia de milicianos que governa o pais ok? Cretino é você. Cretino e estupidamente ignorante tanto que fez campanha para os milicianos e agora ja se arrependeu. MILICIANO E LADRAO NAO TEM MORAL PRA MEXER NOS MEUS DIREITOS!!! GREVE GERAL JÁ!!!

    1. Depois de seu ídolos corruptos promoverem o maior assalto aos cofres públicos da história do mundo e de quebrarem o País, deixando-o com um deficit nas contas públicas de mais de 150 bilhões/ano, além de um dívida pública beirando os 5 trilhões, ainda sobrou dinheiro para roubar?
      Em GREVE GERAL JÁ estão os milhões de brasileiros que ficaram desempregados e endividados pela incompetência e irresponsabilidade fiscal dos dois piores e mais corruptos governos de nossa história: o do pai dos pobres de espírito e o da mãe dos otários.

  3. Olá Inundado, não é apenas o Zé Povinho, mas até os exercentes do poder – até então os de esquerda – já não usufruem as prerrogativas da DEMOCRACIA, porquanto é um de seus princípios que a política é exercida com a incolumidade da pessoa humana. A Vereadora morreu varada de balas, enquanto que a República se interessa pelo pais do Orinoco, mas não apura o crime; o Deputado Federal não pode exercer o cargo, pois, vem sendo ameaçado e viverá no exterior. A Polícia Federal também não se interessou por seus reclamos, preferiu sequestrar e levar ao Aeroporto de Congonhas um ex Presidente da República que não se negou atendar ao chamada da justiça. Quanto a este, uma conhecida desembargadora (outra exercente do Pode Estatal) tripudia, faz abjetas gozações com o referido deputado e é apoiada por outros magistrados (de igual modo exercentes do Poder Estatal).
    Já o Senador eleito, pertencente a direita xucra fica blindado e não se submete a investigação criminal, em que pese fortes indícios de condutas ilícitas.
    Busquemos Sorte, Saúde e Sabedoria.

  4. SOBRE O SR. CIDRAC:
    Meu prezado Ricardo, boa tarde!
    Acompanho seu blog há meses, acho que desde junho ou julho do ano passado. O descobri através de uma amiga no Facebook que me indicou sua página.
    Eu nunca fiz comentários, mas leio sempre seus leitores e me divirto muito com suas respostas sempre cheias de ironia e perspicácia.
    Sabe, eu sou do meio artístico/cultural. Estou acostumada com produção teatral e sempre me chamou atenção um certo tipo de ator, aqueles menos capacitados, que tentam sempre chamar a atenção.
    Eles sabem que são inferiores que os protagonistas, por isso tentam sempre através de gestos, tom de voz, etc, roubar a cena. Eles no fundo sentem muita inveja dos protagonistas e muita frustração por não serem um.
    Eu sei que estou me alongando muito, quase que como escrevendo um post no seu lugar, e me desculpo por isso. Mas é que o seu leitor mais fiel, o SR. CIDRAC, me lembra muito esses atores que te falei.
    Tudo que vc escreve, mesmo que seja pregando o bem dentre os homens, ele dá o contra ou dissimula o assunto e passa a falar alguma coisa. Ele sente uma enorme inveja de vc e como sabe que vc tem um público enorme, e ele é um mediocre desconhecido qualquer, ele usa seu espaço para aparecer.
    O pior é consegue, um monte de gente fica rebatendo ele. Eu mesma estou falando sobre isso. Ou seja, de certa forma ele consegue aparecer debaixo da sua sombra.
    No fundo no fundo eu tenho dó de gente assim, pois ficam sempre agarrados a outros mais importantes, já que sozinhos nào conseguem aparecer.
    Me desculpe novamente pelo longo textão e até um dia, quando eu criar coragem e comentar novamente. Até lá vou me divertindo com o bobalhão CIDRAC.
    Um beijo de muita admiração pelo seu trabalaho.
    Maria Cecília

    1. Cara maria, obrigado por ser leitora do blog e da minha página do FB. Uma sugestão: faça como eu! Jamais o leia. Aprovo os comentários dele pois sei que é educado e não ofende ninguém. Além do mais, ele diverte a galera daqui, hehe. Um abraço e escreva sempre, sim.

    2. Olá Maria Cecília -, nome genérico -, talvez mais uma das pessoas a se esconderem no anonimato. Sendo assim ou não, deves concordar que é muito bom viver e conviver na diversidade, mesmo para taxar de bobalhão quem não se conhece, e fazer a partir da formação de um juízo muito precipitado. Essa conquista esta ameaçada, porquanto, hoje, quem não se afina com a enxurrada das opiniões perde a vida em rajada de metralhadora ou fica intimidado até para exercer cargo na Câmara dos Deputados.
      Se lidas no universo do teatro deves ter aprendido que “representar é aprender a viver além dos levianos sentimentos, na verdadeira dignidade” e é tempo de aprender que num mundo de fugitivos quem toma a direção contrária, também parece estar fugindo.
      Espia bem.

      1. SR. CIDRAC,
        Meu nome é genérico sim e não tenho nada contra ele. Talvez por vc se chamar cidrac imagine que tem o nome melhor também, já que se imagina melhor que todos aqui, conforme sua verborragia insuportável.
        Repito o que eu disse antes, vc faz piquenique na sombra do Ricardo, tenta aparecer mais que ele porque não tem capacidade para ter o próprio blog, daí fica comentando tudo que ele escreve sempre sendo contra ou desviando do assunto.
        Para piorar deve ser a toa na vida, ja que não faz outra coisa senão não sair do blog do Ricardo. É muita inveja, coitado de vc.
        Até nunca mais, fracassado e aproveitador do sucesso dos outros!!!! Fui!!!

          1. Olá, Chester é uma ave? Antigamente no Bob’s havia um sanduiche chamado peito de chester!
            Isso, estou contigo, a verdade não tem dono e sei da multiplicidade de opiniões, mas para emiti-las não é necessário começar chamando de bobão, invejoso, ressentido a quem não se conhece, pois, além de grosseria gratuita é uma precipitação. Sacou? Falei besteira ? Grato.

  5. Comecei a pagar INSS (GPS) há 6 meses sobre 20% do salário mínimo para meu filho de 18 anos(estudante) e recebi ‘conselhos’ de que não deveria.
    Alguns disseram que quem começa ‘agora’ não irá aposentar ou que o INSS vai falir, etc.
    De tanto ouvir conselhos a favor e contra, quem precisa de ‘conselhos’ a esse respeito sou eu.
    E agora, quem poderá me ajudar? (nem o chapolin tem certeza do que virá)

  6. Oh Ricardo, não vou querer bater de frente com você, até por que sei me colocar no meu lugar. O projeto da reforma da previdência ainda não foi apresentada à sociedade, sendo assim como apoiar o que nem mesmo se leu! – Venho acompanhando nos meios de comunicação assunto a respeito do tema, que já tem categoria mostrando suas garras, pois nem mesmo de lobby precisa, pois, o REI é o amigo. A começar ficar de fora do sacrifício da reforma, classes abastadas, ai com toda certeza a sociedade em todo seu direito vai dar o grito. Falei. Fui.

  7. Sou completamente a favor da reforma (antes que alguém fale algo, sou servidor público estadual -UNIMONTES). Votei no Zema e Bolsonaro, sim, mas não porque sou de direita, não sou sindicalista ou alienado com partidos e seja lá o que for, mas porque sou cidadão, e no meu modo de pensar, as melhores opções não tinham chance de ganhar. Deveríamos parar de olhar para o próprio umbigo e olhar como para o todo. Infelizmente a casta alta mamam às nossas custas e jogam migalhas para uns poucos alienados e fica tudo de boa. Devemos ter reformas sim, e cobrar, exigir dos poderes judiciário, executivo e legislativo que também acabem com seus privilégios. Não tenho palavras para descrever, um sujeito ganhar mais de R$30 mil livres, até o chiclete que o infeliz mastiga sai do nosso bolso e ainda é corrupto. Acorda, Brasil!! Sem coxinhas ou mortadelas, sem vermelhos ou amarelos, somos Brasil!

  8. A questão é simples, fácil de entender, compreensível para quem quer entender. É só se perguntar. Por que aqueles que investem no Brasil tem tanta gana por essa reforma ? Simples. O Estado é o maior fiador dos investimentos. Se ele estiver comprometido com a maior parte da receita em despesas obrigatórias, como garantir um investimento em caso de dor de barriga ? Isso é um dos motivos dos muitos. Infelizmente os Chapolins vermelhos de plantão de tanto pensar com canabis acesa não raciocina.

  9. OLHA O TAMANHO DOS “DIREITOS”

    “(..) um milhão de servidores federais aposentados geram um déficit de R$ 78,1 bilhões, enquanto 30 milhões de assalariados do setor privado aposentados pelo INSS, 30 vezes mais, respondem por um déficit de R$ 188,8 bilhões, só duas vezes e meia maior que o rombo do sistema do servidor público. O descompasso é evidente.
    Ao se analisar as estatísticas com lupa, as injustiças aparecem de forma mais clara. A consultora Opus alinha os benefícios médios no universo do servidor público federal. Judiciário: R$ 26.302; Legislativo: R$ 28.547; Executivo: R$ 7.583. Comparem-se as cifras com a média das aposentadorias dos 30 milhões do INSS: R$ 1.240.
    Uma decorrência natural deste estado de coisas é que, como assinala o economista José Márcio Camargo, da Opus, os servidores públicos aposentados estão na faixa dos 2% mais ricos da população. Além disso, o rombo nas aposentadorias do funcionalismo federal, em 2015, foi 50% maior que a soma dos orçamentos de Segurança Pública, Habitação, Saneamento, Ciência e Tecnologia, Comunicações, Energia, Transporte, Desporto e Lazer, Cultura, Organização Agrária, Comércio e Serviços, Gestão Ambiental e Bolsa Família.” (Editorial o Globo, 27/11/17)

  10. Caro Ricardo li seu artigo sobre previdência e queria esclarecer alguns pontos que são de total conhecimento do mundo jornalístico ou fingem que não conhecem. Os funcionários públicos não recebem benefícios de fundo de garantia não existe fundo de garantia para funcionários públicos. Não pagamos Inss pois temos previdência própria e aposentados dentro de um critério justo que é a carreira de servidor concursado. Não temos aposentadorias vultosas como teêm funcionários temporários públicos (ex: vereador, depultado ,senador , prefeitos, governadores, ministros e toda a curriola politica que entra no serviço público se intitulado servidor publico) este citados jamais poderiam receber absolutamente nada de aposentadoria pois não fizeram concurso nenhum para tal recebimento. Esclareço ainda que o dinheiro oriundo do salário de cada funcionário público e descontado todo mês para fins de aposentadoria e cai sempre no caixa único das prefeitura do estado e do governo federal. O que acontece com está poupança para pagar as aposentadorias futuras ?? Os grandes gestores públicos gastam esse dinheiro. Aí amigo a previdência eternamente terá um rombo de caixa…nunca conseguirá pagar aposentadoria nenhuma e um dia vai entrar em colapso. O dinheiro apropriado do contra cheque do funcionário público jamais poderia ser compartilhado. Ele tem que ficar trancado a sete chaves aí sim a previdência nunca seria deficitária.
    Queria conversar com vc algum dia para lhe explicar este “mecanismo”….mais um inventado para iludir todos. Não podemos ser colocados dentro deste balaio de gato. Obr

  11. Funcionários públicos não tem FGTS porque têm estabilidade, seria ótimo acabar com ela e passarem a ter só o FGTS. Quanto ao dinheiro que é descontado para aposentadoria dos funcionários públicos, ele é gasto pagando os funcionários públicos já aposentados, e fica faltando dinheiro, que é coberto com dinheiro dos impostos de quem nem aposentadoria terá na vida.

    1. Voces estao falando muita besteira. Eu sou bacharel em Direito e Administracao de Empresas e pos graduada em Administracao Publica. Voces estao a favor dessa reforma feita para escravizar o povo. O funcionario publico paga igual o do FGTS e vai embora se cometer crime. Ganha com a estabilidade depois de tres anos e perde de cometer crime que cabe justa causa. Anteriormente o FGTS dava estabilidade depois de dez anos de exercicio. O funcionario tinha direito tambem a estabilidade como o funcionario publico depois de dez anos o governo tirou esse direito. E vai tirar todos os direitos do trabalhador principalmente quem recebe pelo FGTS. Quem ganha aposentadorias e pensoes milionarias sao os politicos. So se voce for um Grande empresario e que voce vai se dar bem ou filho de algum politico que representa ele mesmo e a sua familia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.