Skip to main content
 -
Psicólogo graduado pela Universidade FUMEC, Pós-graduado em Psicologia Médica pelo departamento de Psiquiatria e Neurologia da Faculdade de Medicina da UFMG e Mestre em Educação, Cultura e Sociedade pela UEMG, tendo desenvolvido dissertação na área de Violência Contra a Mulher.

Satisfaço meu marido com práticas sexuais que não gosto e não sei como negá-las

“Sou casada há 02 anos e meu marido não me satisfaz sexualmente nem me lembro mais há quanto tempo. Ele foi meu primeiro namorado. Com o passar do tempo, ele começou a mostrar que tinha uns fetiches diferentes e que eu não tinha coragem de fazer. Queria um ménage e sempre me perguntava se eu não tinha vontade de fazer sexo com outro. Num dado dia ele combinou com um amigo e só aconteceu porquê eu não tive coragem de me impor e dizer que não queria. Depois de um tempo voltou a acontecer algumas vezes e até com outros que ele arrumava. Por fim, eu passei a  fazer porquê eu tinha vontade de me satisfazer. Porém, nem assim conseguia, porque sempre ficava nervosa no ménage e também porque tinha medo dele sentir ciúme. Logo vi que ele queria com outras meninas; então, chegamos a fazer até troca de casais, mas nunca sentia nada porque só com ele não dava e com outras pessoas eu ficava nervosa. Ele se arrependia às vezes por fazermos essas coisas… Ele é muito complicado. Teve uma época que me senti muito abandonada. Ele não ligava mais para mim mesmo eu implorando por atenção. Então, acabei o traindo e me arrependo até hoje. Ele não me satisfaz, ainda mais depois de tudo que aconteceu (traição). Não posso falar isso para ele e já sofremos muito por conta desse passado. Eu até procurei esquecer um pouco esse problema da insatisfação e fazer por fazer só para agradar e pronto, mas não consigo. Ele me chama todos os dias e sempre que fazemos mas não dura nada; não dá tempo de sentir nada. E isso faz com que eu pense bobagens, pense em desistir dele e isso acaba comigo. Não sei mais o que fazer. E somos muito jovens. Eu tenho 21 e ele 25. Se puder me ajudar ficarei muito grata.”

 

 

Envie sua dúvida para perguntaUAI@gmail.com   Não identificamos os autores das perguntas

Instagram: @douglasamorimpsicologo

Inscreva-se no nosso canal do youtube:

youtube.com/douglasamorimpergunteaopsicologo

 

Resposta no link logo abaixo:

Um abraço do

Douglas Amorim

Psicólogo clínico, pós-graduado em Psicologia Médica, mestre em Educação, Cultura e Sociedade

Instagram:@douglasamorimpsicologo

Consultório: (31)3234-3244

www.douglasamorim.com.br

 

Basta copiar o link e colar no seu navegador para ver a resposta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *