Repescagem 2019: 2/3

por Marcelo Seabra

Entre Facas e Segredos (Knives Out, 2019)

Responsável por um dos melhores episódios da saga Star Wars, o diretor e roteirista Rian Johnson constrói um mistério divertido em torno de uma família. Entre Facas e Segredos começa com o patriarca morto e todos são suspeitos. Um elenco fantástico, que inclui Daniel Craig, Chris Evans, Jamie Lee Curtis, Michael Shannon, Toni Collette e Christopher Plummer, e um roteiro que lembra os melhores momentos da escritora Agatha Christie ainda arruma tempo para dar umas cutucadas em questões de lutas de classes e imigrantes. Bom humor e boas viradas vão te prender até o final.

Um Dia de Chuva em Nova York (A Rainy Day in New York, 2019)

Mesmo em seus momentos menos inspirados, Woody Allen ainda cria obras com bons momentos e personagens mais profundos do que vemos por aí. Um Dia de Chuva em Nova York traz um protagonista quase intragável, a começar pelo nome pretensioso, Gatsby, e o acompanhamos por um fim de semana sem Sol na cidade favorita do diretor. Timothée Chalamet e Elle Fanning estão ótimos como o casal principal e são rodeados por vários intérpretes competentes, num desfile de nomes famosos. A história é bem despretensiosa e tem seus pontos fracos, mas alguns diálogos afiados podem compensar os buracos.

Durante a Tormenta (Durante la Tormenta, 2018)

O sempre interessante diretor e roteirista espanhol Oriol Paulo, criador de Um Contratempo (2016), volta a atacar com um longa intricado, que torce a cabeça do público. A belíssima Adriana Ugarte é a peça principal de Durante a Tormenta, filme que envolve um fenômeno temporal que permite a pessoas em épocas diferentes conversarem. Todas as pontas soltas se amarram em algum momento e ainda conhecemos Chino Darín, filho de Ricardo, além de vermos um papel diferente de Álvaro Morte, o Professor da série A Casa de Papel.

Klaus (2019)

Bem apropriada para o fim do ano, a animação espanhola Klaus propõe uma possibilidade para a origem do Papai Noel. Tudo começa com a chegada de um herdeiro mimado numa ilha isolada e fria dominada por duas famílias que viviam em guerra. Para tentar resolver seus próprios problemas, o riquinho se aproxima de um veterano recluso que produzia brinquedos. Com técnicas mais manuais, o resultado é bonito, além de cativante. Como a Netflix comprou os direitos de distribuição bem no início da produção, essa é a primeira animação original do serviço de streaming.

Sobre opipoqueiro

Marcelo Seabra - Jornalista e especialista em História da Cultura e da Arte, é o criador de O Pipoqueiro. Tem matérias publicadas esporadicamente em sites, revistas e jornais. Foi redator e colunista do site Cinema em Cena por dois anos e colaborador de sites como O Binóculo, Cronópios e Cinema de Buteco, escrevendo sobre cultura em geral. Pode ser ouvido no Programa do Pipoqueiro e nos arquivos do podcast da equipe do Cinema em Cena. Twitter - @SeabraM
Esta entrada foi publicada em Estréias, Filmes, Homevideo, Indicações, Listas e marcada com a tag , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *