A PM de Minas perde um combatente exemplar, o Brasil ganha um homem íntegro para o comando da FUNASA

Coronel Giovanne Gomes da Silva – Ex Comandante da PMMG e Presidente da Funasa

Tenho alguns orgulhos na vida, um deles é de ser mineiro, ter nascido em um estado de homens honrados que fizeram a história do Brasil, destaque para Juscelino Kubitschek de Oliveira, cidadão de Diamantina que teve papel importantíssimo na história recente, um visionário com legado de realizações edificantes. Depois dele o progresso caminhou em movimentos de montanha russa. A mediocridade marcou os últimos 40 anos na política.

Outro é de ser governado por um homem íntegro trabalhador e honesto como o Governador Romeu Zema, que surpreende até os adversários pela sua versatilidade, compromisso com o povo e gestão profícua de um estado que foi pilhado por sucessivos governos irresponsáveis, de vários matizes ideológicos.

E por último, justificando o propósito da postagem, é ter no meu seleto grupo de amigos uma linhagem de militares da mais alta estirpe como o Cel Giovanne Gomes da Silva, Comandante da mais eficiente, valorosa e exemplar Polícia Militar do Brasil, a PMMG. Do soldado ao Coronel, a PM de Minas é motivo de orgulho pelos exemplos no combate à criminalidade e qualidade na prestação de serviço ao povo mineiro.

A PM está presente nas horas mais difíceis da vida das pessoas, é sempre a primeira a chegar, também o único braço do estado pronto para agir em defesa da sociedade 24 horas por dia, 365 dias por ano, ininterruptamente, há 245 anos. Incluo aqui os valorosos Bombeiros Militares e a Defesa Civil, sempre comandada por um militar da reserva.

Giovani é de um grupo de coronéis diferenciados, reconhecido pelo preparo intelectual, caráter, polidez e deixa a missão no estado para assumir outra não menos importante no plano federal, a Fundação Nacional de Saúde (Funasa). Ele é um dos membros de elite da PMMG que faço questão de citar nomes. Parte deles eu tenho a honra e o privilégio da convivência: Cel Severo Augusto, Cel Carence, Cel. Mauro Lúcio, Cel Denise Barbosa, Cel. Alvaro, Cel. Junior, Cel. Negrais, Cel Romulo, Cel. Cirilo, Cel. Argemiro, Cel Wilson, Cel Luciene, Cel Fortunato, Cel Helbert, Cel Santana e tantos outros que comandaram os melhores e mais eficientes policiais militares deste país.

Recebi do amigo e Comandante da PMMG a mensagem de despedida e tenho satisfação de torná-la pública junto com a minha resposta ao final:

José Aparecido Ribeiro

Jornalista – BH/MG  – WhatsApp: 31-99953-7945

MENSAGEM DE DESPEDIDA

POR: Giovanne Gomes da Silva – Cel PM, Comandante da Polícia Militar de Minas Gerais

Chegou o dia da minha despedida do serviço ativo da PMMG, após 31 anos e 5 meses de efetivo serviço, com muita honra me torno a partir de hoje, um VETERANO da nossa gloriosa Instituição.

Parece que foi ontem, o dia 09 de fevereiro de 1989. Hoje literalmente, estou dependurando os meus coturnos, que estiveram aquecidos durante todos os dias desta longa jornada. Os coturnos irão se esfriar, mas o calor e o amor pela nossa Polícia Militar continuarão presentes na minha memória e no meu coração. Só quem passou por este momento sabe o quanto ele é difícil, mas saio com a certeza do dever cumprido.

Na próxima segunda-feira (Dia 08/06/2020) assumirei a Presidência da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), com sede na cidade de Brasília, atendendo a um novo chamado, com o objetivo de servir ao povo brasileiro. Novo desafio na minha vida pessoal. Agora com um novo visual, sem a obrigatoriedade da barba feita, do cabelo curto, mas prezando pela mesma filosofia de vida: Nunca negociar princípios e valores.

Durante toda a minha caminhada no serviço ativo da Polícia Militar, honrei a farda que vesti em todas as missões a mim confiadas. Por graça de Deus, cheguei ao último posto da carreira policial militar e, nos últimos 17 meses, desempenhei a função de Comandante-Geral dessa corporação que completa, no próximo dia 09 de junho, seus 245 anos de existência. Assumi o Comando com desafios que pareciam ser intransponíveis, mas graças à sensibilidade do governo em relação à valorização da nossa profissão, posso hoje apresentar uma prestação de contas, que nos deixa com a sensação de Dever Cumprido. A título de exemplo, posso citar as seguintes conquistas:

  1. No início do Comando, as faturas do nosso Instituto de Previdência estavam com seis meses de atraso, e vários hospitais conveniados já haviam cancelado os atendimentos, deixando a família policial militar desamparada. Entrego o Comando com os pagamentos do IPSM em dia e todos os convênios restabelecidos;
  2. Durante todo o ano de 2019, foram travadas com outros parceiros, grandes batalhas junto ao Congresso Nacional em relação à reforma da previdência dos militares estaduais e ao final, foi encontrado um caminho sustentável para a tropa de hoje e para as futuras gerações, principalmente no que tange à paridade e integralidade;
  3. Com mais de quatro anos de salários parcelados, hoje estamos recebendo em parcela única e sempre na data prometida pelo governo;
  4. Após um ano de negociações, foi possível entregar o Comando com a recomposição salarial de 13%, mesmo diante da situação financeira por que passa o nosso Estado. Conquista essa, que é fruto da união de todos, mas principalmente, da entrega da nossa tropa para redução da criminalidade;
  5. Recebemos, no último dia 29 de maio, o abono fardamento em parcela única, demonstração de mais uma promessa cumprida pelo Governador Romeu Zema;
  6. Protegemos o povo mineiro nas diversas agruras vivenciadas: tragédia em Brumadinho, enchentes avassaladoras pelo estado, na pandemia da Covid-19,
  7. Em relação às entregas para sociedade, neste tempo em que estive à frente do Comando-Geral da Polícia Militar, Minas alcançou o menor índice de crimes violentos nos últimos oito anos. Nos últimos quinze meses, o crime violento caiu mais de 40 %. A taxa de homicídios consumados, de igual forma, caiu 15 %, o que demonstra a qualidade dos serviços prestados pelas Instituições que compõem a segurança pública mineira. Parabenizo os integrantes da Polícia Militar, da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros Militar e Polícia Penal, pela atuação integrada coordenada pela Secretaria de Justiça e Segurança Pública, nas pessoas do General Mário Araújo e dos Comandantes e Chefes das forças de segurança pública citadas. Ressalto que a nossa união possibilitou os expressivos resultados.

Por fim, rendo as minhas homenagens e agradecimentos ao Governador Romeu Zema pela oportunidade de ter integrado sua tão seleta equipe de governo. Agradeço por todo apoio dado ao meu Comando. Agradeço ainda, a todo secretariado na pessoa do meu amigo, Dr. Otto Levi (Secretário de Planejamento e Gestão).

Agradeço de forma especial aos policiais militares que trabalharam na minha Assessoria Direta e ao Coronel Marcelo Fernandes, Chefe do Estado-maior substituído, amigo de todas horas. Obrigado pela presença, serenidade e lealdade em todos os momentos. Aproveito a oportunidade para desejar muito sucesso ao meu amigo, Cel Rodrigo, novo Comandante-Geral. Cumprimento ainda o Cel Eduardo, novo Chefe do Estado-Maior e ao Cel Osvaldo, novo Chefe do Gabinete Militar do Governador. Cuidem bem da nossa Polícia Militar.

Já caminhando para o final deste meu último discurso vestindo esta farda, como oficial do serviço ativo, quero render a minha homenagem a todos aqueles que contribuíram para o sucesso do meu Comando. Aos veteranos, que receberam no meu Comando, o tratamento digno daqueles que lutaram bravamente, pavimentando os caminhos das futuras gerações da PMMG, peço que me recebam como o mais novo integrante do time dos verdadeiros heróis de Minas! Por um capricho do destino, estou encerrando a missão como Comandante Geral exatamente no dia do VETERANO, dando inicio as comemorações dos 245 anos da PMMG.

A minha última continência, dedico à minha família e amigos, em especial à minha esposa Norma, meus filhos Mariana e Mateus, minha irmã Lucienne, demais familiares, minha Mãe Maria José e meu falecido pai, o Sargento Venceslau.

Pai, ou melhor, meu papai: Tenha a certeza de que Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé e principalmente os princípios e valores que aprendi com Senhor. Pode ter orgulho do seu filhão aqui.

Querida tropa amada. Minha tropa. Saibam que nunca irei abandonar vocês. Sei que a partir de agora a saudade da companhia nas missões policiais só irá aumentar, mas nunca deixarei de ser um Soldado.

As Mãos estão agitadas na Selva. É hora de recolher ao ponto zero, após o término do meu último turno de serviço e me juntar aos valorosos VETERANOS DA POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS.  Tenham a certeza, ofertei o meu melhor a vocês e à sociedade mineira.

Recebam o meu abraço e até breve”

Minha resposta:

Caríssimo amigo Giovanne, desejo que você faça na FUNASA o que você praticou aqui em Minas Gerais. Você não só desempenhou função de Comandante da PM, foi além, exerceu sua profissão com amor e dedicação em defesa da vida de 22 milhões de mineiros que o admiram pela sua lealdade e retidão.

Não é Bolsonaro que te chamou sozinho para essa missão, você deve saber, o chamado é de quem está acima dele e de todos nós, nosso Deus! Portanto, lembre se que quando ele chama e você aceita, ele te conduz, mas também te cobra.

Meu desejo sincero é de que você continue servindo o povo brasileiro como você serviu o povo mineiro, com garra, exemplos e dedicação. Boa sorte nesta empreitada e nas que dela forem derivadas, o céu para homens retos, trabalhadores e tementes a Deus como você, é o limite.

Abraço do Amigo, José Aparecido!

7 comentários em “A PM de Minas perde um combatente exemplar, o Brasil ganha um homem íntegro para o comando da FUNASA

  1. Mais um homem honrado a trilhar junto com Bolsonaro, Deus o abençoe, e que cumpras a missão com todo zelo como zeloso fostes durante toda sua vida.

  2. Não existe nada no mundo como ter uma boa amizade, vc se sente seguro e os relacionamentos são duráveis.
    Eu morava em Vila Velha ES, vim morar em Uberaba ora ajudar o meu cunhado que é Major da PMMG, cujos pais estão com Alzheimer.
    Vou repassar para ele tudo acima, como ele estudou em BH, provavelmente são amigos.
    Gostaria de fazer uma ressalva da psicologia criminal.
    Os bandidos da manifestação visam dinheiro não pensam em punições.
    Estão pessoas inescrupulosas Alexandre Frota, Joice Hasselmann e outros oportunistas de plantão.
    O povão querem pão com mortadela e diária.
    Com relação ao novo comandante desejo sorte.
    Só Jesus na causa.

  3. Realmente,Minas Gerais se destaca na Historia do Brasil com fatos importantes para o desenvolvimento
    desta Naçáo.E,agora,
    com a nomeaçáo
    do CelGiovane
    para a FUNASA
    teremos mais um
    Brasileiro com valores dignos
    para incremetar um elemento essencial para a Vida-a SAÚDE.

  4. Depois de aproximadamente 35 anos de ”DES”-encaminhamento político, e nas mãos esquerdistas de ‘politiqueiros’ e ladrões, Nosso ‘BRASIL’ está voltando, ‘a trancos e barrancos’ aos caminhos retos e ditados em Nossa Bandeira, com: ‘ORDEM E PROGRESSO’.!
    Parabéns ao Presidente JAIR M. BOLSONARO, por selecionar ‘PESSOAS’ com padrão ‘moral’, com responsabilidade e possuidoras de comprometimentos pessoal e profissional com seus designos temporais, nos exercícios de suas funções.!
    BRASIL acima de tudo; ‘DEUS’ acima de TODOS.!

  5. É de pessoas honestas e cumpridoras do seu dever, como o Comandante da PMMG que os órgãos Públicos necessitam. Parabéns ao Presidente Bolsonaro que buscou para dirigir a FUNASA tão requintado colaborador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *