STF não se deu conta de que está mexendo com os brios do povo e que as consequências disso podem ser catastróficas

Acompanho os desdobramentos das buscas e apreensões realizadas em residências de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro na manha desta quarta feira (27) pela Polícia Federal, cumprindo ordem monocrática do Ministro Alexandre de Moraes com preocupação, pois fica a sensação de que o magistrado perdeu a noção de humanidade e incorporou de vez a figura de uma divindade. Se alguém tinha dúvidas de que ele estava se achando Deus, a hesitação encerra-se aqui.

A ação por si só não se sustenta e de certo será anulada, pois não teve a supervisão de nenhum órgão recursal penal, o que mostra a passionalidade sobrepondo a razão e o desvario do STF em sua militância política contra o mandatário do executivo. O ministro Moraes perdeu o juízo e age movido pelo que ele diz combater, a bílis e o ódio, antidemocraticamente, inconstitucionalmente e levianamente.

Alexandre de Moraes virou delegado, promotor de justiça e juiz de 1a instância

A decisão estapafúrdia contraria os princípios do próprio STF, que não é delegacia de polícia, procuradoria criminal e nem legislativo. Ainda que suas paixões possam ser legítimas e humanas, o magistrado, de novo, ultrapassa limites. Não é primeira e não será a última vez que a toga tomará o lugar da Lei, a favor de uma causa antidemocrática, advinda de conspiração contra um presidente democraticamente eleito por 58 milhões de cidadãos.

O ato tresloucado joga gasolina em uma fogueira que ao contrário, deveria ser apagada. A atitude e o momento são extremamente inoportunos, pelas circunstâncias da pandemia e pelos nervos que se encontram à flor da pele. Os argumentos para invadir residências são injustificáveis, pois não existe fato consumado. As liberdades de opinião não podem ser vilipendiadas em uma democracia desta forma, na marra, e isso não será perdoado quando a conta for colocada na mesa.

É fácil notar que os 11 ministros do STF, protegidos por uma emissora de televisão subversiva que está plantando para colher no futuro, quando sua concessão estiver na berlinda, tempo mais do que presente, afastaram-se da realidade em busca de proteção onde já não existe credibilidade. A imprensa tradicional perdeu a moral, a ética e o respeito do povo, só não vê quem não quer.

O foco do STF, assim como o da imprensa, deveria ser a cobertura responsável e positiva da pandemia, e não a militância política. A democracia que existe na cartilha da esquerda, da mídia e do STF não é a mesma das ruas. O poder que emana do povo vem sendo ignorado diuturnamente. O povo, aliás, não existe para o STF e para quem tenta enfraquecer o presidente da República pelos seus atos de coragem em cortar privilégios. Para todos eles o povo é mera massa de manobra.

Quanto mais bate e tentam denegrir a imagem do presidente, mais ele se fortalece

O desatino do STF tem razão de ser: As ações contra Bolsonaro já não surtem efeito, ao contrário, deixam ele cada vez mais forte. Como as investidas diretas tornaram-se inúteis, o foco virou-se para os seus simpatizantes. Se não podem pegar o presidente, vasculhem a vida da família, dos eleitores e dos seus defensores. Incomoda-os o fato de milhões de pessoas dedicarem tempo e energia, voluntariamente, em defesa do presidente. Nota-se também que a Constituição já não está sendo respeitada pelos ministros do STF. Suas ações seguem a lógica pessoal de cada magistrado, cada qual mais vaidoso e afastado da realidade do que o outro.

Se o ministro tem a intenção de intimidar as pessoas que apoiam Jair Bolsonaro, alguém precisa dizer que o que ele faz é incitar ainda mais o ódio. O método, além de inútil é perigoso, pois cresce a passos largos uma onda de antipatia generalizada jamais vista contra o STF.

Sugiro também ao ministro que reforce sua segurança incluindo tanques de guerra, barreiras de aço blindadas, pois escudos humanos serão insuficientes quando o caldo entornar, o que não me parece longe de acontecer. Tivesse juízo, eu no lugar dos 11 ministros, tratava de botar a viola no saco e voltaria a fazer o que eles sempre fizeram com esmero, que é defender bandidos, inclusive os do PCC – Primeiro Comando da Capital, clientes fieis de sua excelência, o ministro Alexandre de Moraes.

A paciência do povo esgotou, vossa excrescência perdeu a noção de democracia e isso vai custar caro para o STF…

E-mail: jaribeirobh@gmail.com – WhatsApp: 31-99953-7945

21 comentários em “STF não se deu conta de que está mexendo com os brios do povo e que as consequências disso podem ser catastróficas

  1. Seu texto bate com a opinião de qualquer pessoa de bom senso.O STF se perdeu em seu ódio e partidarismo político
    Acreditando que pode legislar e dominar o país com seus poderes de “deuses” e ainda mais, exaltados por uma emissora que perdeu por desespero e ódio qualquer mínimo.resquício do que é fazer jornalismo e com isto perdeu também o respeito da sociedade.
    Ambos,o STF é a emissora devem se precaver, porque não se deve desprezar e ignorar o povo Brasileiro!

  2. Onde estao as entidades, que se dizem defensoras da democracia, que tanto defendem a esquerda e diante desta aberracao se calaram. Cade a poderosa OAB? SE CALOU.
    Cade a associacao dos jornalistas? SUMIU.Se de algum movimento de esquerda ja tinham virado o pais de ponta a cabeça.Sao um bando de hipocritas.

  3. Onde estao as entidades, que se dizem defensoras da democracia, que tanto defendem a esquerda e diante desta aberracao se calaram. Cade a poderosa OAB? SE CALOU.
    Cade a associacao dos jornalistas? SUMIU.Se fosse de algum movimento de esquerda ja tinham virado o pais de ponta a cabeça.Sao um bando de hipocritas.

  4. Ufa. Um jornalista de bom senso me surge quando já estava perdendo o respeito pela mídia, salvo raras exceções. Se me permite, assino embaixo do seu texto, muito bem escrito por sinal, lúcido e coerente com o momento que vivemos. Independente do meu voto, não podemos deixar que o STF em um ato pessoal e arrogante, rasgue, destrua nossa constituição, ainda que ultrapassada, mas é essa que temos. Os ministros do STF estão enfurecendo o povo que já não aguenta mais tanto desmando. Vai chegar um momento que a situação irá sair do controle. Será nenhum dos 11 togados enxergam o que está se passando? #sff_vergonhanacional

    • Caro JA,

      Lucidez e assertividade, para enxergar os exageros cometidos pelo STF . O povo não pode admitir mais tanta transgressão contra a própria constituição. Tem que dar um basta…chega de safadeza!

  5. F r e n e si, puro e somente, frenesi. O f a s c i s m o passou, infelizmente, mas, haverá de ser derrotado. O Brasil segue afundando e artigos como esse servem apenas para indicar quem é que tem um mínimo de noção, dos que não tem. A machadada está em polvorosa. O machismo grita, agudo. Os neurônios sumiram, ou, como dizia o poeta, “neurônios, impensáveis neurônios”. A machadada segue em polvorosa, e a farda parece arrepiar-lhe os pelos… Muito didático isso.

  6. O STF está investigando,assume o Poder de Polícia,e Ministério Público em vez de levar para o povo o caminhar de defesa constitucional,deixa de ser foro de cursar e entra no poder executivo,quebra sua moralidade de imparcialidade e da moral dentro do ato administrativo vinculado, até onde,pergunta a sociedade de bem.

  7. Parabéns ao autor deste belo texto. Não sou partidário de nenhum destes políticos que aí está. Entretanto, é um absurdo o que estes comedores de caviar e lagostas, bem como bebedores de vinhos premiados do STF têm feito com o país. Não deixam o Presidente trabalhar. Assumiram posição política, como diz o articulista. Artigo merece ser lido por um maior número possível de brasileiros de bem.

  8. Não classifico essas aberrações que vem sendo cometidas por um ou outro ministro do supremo como ações monocráticas… Em nome da preservação da instituição os demais ministros deveriam se juntarem e tomarem decisões que impedissem esses arroubos, deveriam eles em nome da defesa da constituição e da democracia, o que eles tão cinicamente propagam, impedir estes atos insanos que certamente causaram enormes estragos a democracia e consequentemente ao povo brasileiro. Portanto, todos os onze ministros são responsáveis por esta quebra da normalidade democrática do país… Depois não se arrependam!

  9. …CREIO QUE UMA ENTRE OUTRAS CAUSAS POSSIVEIS DOS ANTAGONISMOS VIGENTES EM 2020 , SE ALOJA NAS ENTIDADES REGISTRADAS…

    ..SE VERIFICARMOS AS ATAS E OS ESTATUTOS DA GRANDE MAIORIA DELAS , VERIFICAMOS QUE NÃO SE Coadunam MAIS COM OS TEMPOS ATUAIS..
    PORTANTO , DEVERIAM SER EXTINTAS OU ENTÃO , INTERROPIDAS SUAS ATUAÇÕES. .

    ..DESCULPAI-ME SE FALEI SEM NEXO….

    ..GRATO..

  10. Meu amigo está bem claro a guerra declarada dos poderes.
    O Sr. Rodrigo Mala pediu uma trégua, que os poderes façam as pazes.
    Trocando em miúdos tá dizendo que tão fazendo
    guerra ou eu tô doido?
    Intervenção não tem outro jeito.

  11. Até concordo que a ação teve falhas que podem levar à anulação. Mas a frase “presidente democraticamente eleito ” é a mesma dos petistas. Aí não dá….

    • E como vc chama a eleição feita seguindo todos os trâmites legais e aprovados pelos Tribunais do País, depois de feitas contestações pelos perdedores. E que, ao final. o resultado apontou a vitoria de um dos canditatos com folgada maioria de votos ?

  12. A ANTIGA QUESTÃO, LEVANTADA PELA PRIMEIRA VEZ NO SENADO ROMANO, RETORNA AO NOSSO COTIDIANO, SEM CESSAR: “ATÉ QUANDO, CATILINA, ABUSARÁS DA NOSSA PACIÊNCIA ?

    MUITAS PESSOAS ENTREGAM-SE, SEM CONSCIÊNCIA DA SUA PRÓPRIA REALIDADE ÀS SUAS TRESLOUCADAS PAIXÕES POLÍTICAS, AO PONTO DE PERDEREM A NOÇÃO DE SEUS LIMITES.
    AGINDO ASSIM, PRIMEIRO TORNAM-SE VÍTIMAS DE ILUSIONISTAS POLÍTICOS PSICOPATAS QUE AS USAM COMO MASSA DE MANOBRA.
    FINALMENTE, PERDEM A CONSCIÊNCIA DE SI MESMOS – COMO WALKING DEADS DROGADOS – E PASSAM A DISTORCER SUAS PRÓPRIAS PERCEPÇÕES INSTINTIVAS PRODUZINDO COISAS QUE SERIAM INACREDITÁVEIS PARA ELAS MESMAS, SE TIVESSEM UM SURTO DE LUCIDEZ

    UM EXEMPLO BASTANTE CONVINCENTE DESSE FENÔMENO É O TEXTO PUBLICADO, TEMPOS ATRÁS, PELO JORNAL “EL PAÍS”, – UM INVETERADO VASSALO DO COMUNISMO INTERNACIONAL – QUE, ACUSANDO UM PROFUNDO ESTADO LETÁRGICO DE ABSOLUTA INCONSCIÊNCIA, APENAS AGINDO PSICOTICAMENTE PARA ATINGIR SEUS “ALVOS”, DELIRANTEMENTE CONFUNDIDOS COM SUAS CRENÇAS, ACABOU POR REFLETIR SUA PRÓPRIA IMAGEM E A ATACÁ-LA.

    UM CASO CLÁSSICO DE NARCISISMO TERMINAL. INCLUSIVE, UM REFORÇO DA LÓGICA PSICANALÍTICA FREUDIANA: “QUANDO JOÃO FALA DE MARIA, FICA-SE CONHECENDO MAIS DE JOÃO DO QUE DE MARIA”.
    COMPROVEM ESSA ASSERTIVA NO TEXTO COLHIDO DO COMUNISTA “EL PAÍS”, QUANDO APONTA NO “ALVO”, MAS SEM PERCEBER ESTAR DIANTE DE UM ESPELHO:

    VEJAM O TEXTO DO “EL PAÍS” E CONCLUAM POR SI MESMOS:

    “Até quando, Catilina, abusarás da nossa paciência?”
    Sociedade deve vigiar para que se revele a verdade, arrancando as máscaras de quem pretende enganá-la
    JUAN ARIAS
    08 DIC 2015 – 15:53 BRST

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *