Visto para a Espanha – como tirar o seu

Publicado em Estudar, Planejamento
passaporte

Voltando aos posts de utilidade pública, vamos falar sobre o processo de tirar o visto para vir para a Espanha por um período maior que três meses? Durante o meu processo para vir morar aqui, cheguei a pesquisar dois tipos de vistos: o de estudante e o de trabalho. Como tive muitas dúvidas durante esse período e algumas coisas que precisei fazer não estavam listadas em nenhum dos milhares de sites que visitei, achei melhor colocar aqui para ajudar outras pessoas.

A burocracia para os dois vistos é praticamente a mesma. Porém, para o de trabalho, você precisa de uma carta da empresa (brasileira ou espanhola) que vai te contratar. Lembrando que para uma empresa espanhola contratar alguém aqui, ela tem que provar que nenhum outro espanhol pode exercer a função pela qual está te contratando. Um caso, digamos, um pouco mais raro.

Sobre o visto de estudante (mais informações sobre estudar na Espanha aqui), depois de pesquisar e ser aprovado no curso que você escolheu, seja ele em uma universidade ou escola de idiomas, é a hora da parte mais chata: o processo burocrático. E se você for ficar mais de 90 dias no país, você vai precisar passar por ele. Sorry.

Dica quente: Para evitar aquela correria e estresse (que não fazem bem a ninguém), assim que você decidir mudar de país, comece a separar os documentos, nem que seja aos poucos. No final de tudo, vai te ajudar.

O processo de solicitação de visto sempre é feito no Consulado da Espanha no Brasil. Se você já estiver aqui, por exemplo, e resolveu que quer ficar um tempo além do que os 3 meses, tem que voltar para o Brasil para iniciar o trâmite.

O meu processo foi feito no Consulado em São Paulo, mas sei que em Porto Alegre, Rio de Janeiro, Brasília e Salvador também têm um (aqui tem a lista das embaixadas e consulados espanhóis no Brasil). O que eles sugerem é começar o processo com três meses de antecedência da viagem, no máximo, e um mês, no mínimo. E atenção aos horários! O Consulado da Espanha recebe as solicitações de visto apenas das 8h15 às 12h15.

Documentos necessários para o visto:

1 – Formulário de solicitação preenchido (original e cópia) – está disponível no site do Consulado Espanhol (link aqui)

2 – Foto 3×4 recente, colorida e com fundo branco

3 – Passaporte (original e cópia) – Xerox da folha principal e o documento tem que ter validade de, pelo menos, um ano a partir da data de entrada do visto

4 – Documento de identidade RG (original e cópia)

5 – Documento que comprove a finalidade da sua estadia na Espanha (original e cópia) – No caso de um curso, é necessário mostrar a carta da universidade/escola falando que você está matriculado. A carta TEM que ter o tempo do curso (início e fim) e o curso TEM que ter, no mínimo, 15 horas semanais de aula. Esses itens são muito importantes constar na carta, assim como o valor do curso. Obs: a coordenadora do meu mestrado me enviou tudo isso tranquilamente, por e-mail. Normalmente, eles já estão acostumados com estrangeiros e conhecem o processo. Veja mais aqui

6 – Diplomas dos cursos superiores cursados no Brasil (original e cópia) – IMPORTANTE: o diploma tem que estar legalizado pelo Ministério de Relações Exteriores do Brasil (no final do post falo sobre isso)

7 – Documentos que comprovem que você tem como se manter na Espanha durante o tempo que vai passar aqui (originais e cópias) – Tudo que você tiver para mostrar que não vai ficar mendigando aqui é importante: última declaração de imposto de renda, extratos bancários dos últimos seis meses (poupança e conta corrente), faturas dos cartões de crédito dos últimos seis meses (importante ter o limite dos cartões visível), contracheque dos últimos seis meses, etc. Se não for você que vai se bancar, todos esses documentos do seu provedor, comprovação da sua relação com a pessoa e ainda declaração, com firma reconhecida em cartório.

8 – Seguro de saúde público ou privado (original e cópia) – pode ser de qualquer empresa que seja autorizada a operar na Espanha e com dois requisitos: o seguro deve cobrir translado de corpo em caso de morte e cobertura de 30 mil euros (ou 50 mil dólares)

9 – Atestado médico (original e cópia) – o médico brasileiro tem que ter o CRM e o atestado também tem que ser legalizado pelo Ministério de Relações Exteriores do Brasil. O modelo de atestado no site do Consulado (link aqui) e é apenas necessário para quem vai fazer curso de mais de seis meses.

10 – Atestado de antecedentes criminais (original e cópia) – tem que ser expedido pela Polícia Federal e também legalizado pelo Ministério de Relações Exteriores do Brasil. Se for um certificado expedido pela internet, tem que constar o número do passaporte, além do número do RG ou CPF. Também apenas para quem vai fazer curso de mais de seis meses. No site da Polícia Federal é muito fácil e rápido de fazer, basta procurar por atestados de antecedentes criminais. O link direto está aqui.

11 – Pagamento das taxas de visto – quando eu fiz, era de R$ 192 e o Consulado da Espanha aceita APENAS dinheiro

Depois de juntar todos esses documentos, é levar no Consulado e esperar. Boa sorte!

Legalização no Ministério de Relações Exteriores do Brasil – O serviço é gratuito e o grande problema é que você só consegue fazer pessoalmente se morar em Brasília. Se não for o caso, você vai ter que enviar para o escritório na sua cidade e esperar um tempinho a mais. Aqui neste site, tem exatamente como funciona e o que você tem que fazer.

Leia mais: como estudar na Espanha

Curta o Viva Barcelona no Facebook: https://www.facebook.com/blogvivabarcelona

Siga o Viva Barcelona no Instagram: @blogvivabarcelona

18 comentários para “Visto para a Espanha – como tirar o seu

      1. Ei! Obrigada pela visita e pelo comentário. Todos os documentos que têm alguma assinatura, como diplomas, certidões e até o atestado médico. Dá um pouquinho de trabalho, mas é necessário. Espero ter conseguido ajudar. Abraço!

  1. Ola. Estou com uma proposta de emprego na Espanha, da empresa que hoje trabalho atualmente no Brasil. Essa empresa esta realizando todos os tramites burocratísticos, porém gostaria de saber como faço para que minha esposa também possa morar comigo na Espanha.

    1. Olá Erick! Obrigada pela visita e pelo comentário. O visto da sua esposa será vinculado ao seu, provavelmente na categoria “Visto sem fins lucrativos”. Então, assim que o seu processo for aprovado, o dela também será, se estiver tudo certinho. Sei que vocês podem dar entrada nos dois processos (seu e dela) juntos no Consulado da Espanha de São Paulo. Como você disse que é a sua empresa que está cuidando disso, acredito que a melhor coisa a fazer, inicialmente, é falar com eles sobre a ida da sua esposa e ver se eles podem fazer o visto dela também. Se não for possível, entrar em contato com o Consulado Espanhol. Espero ter te ajudado. Abraço!

  2. muito esclarecedor seu texto! Voce lembra quanto tempo levou, desde que vc apresentou os documentos, ate a resolucao do seu pedido?

    1. Ei Priscilla! Tudo bem? Muito obrigada pela visita e pelo comentário! Na verdade, foi bem rápido. Eles pedem até três meses, mas o meu foi cerca de um mês apenas. O mais difícil, sem dúvida, é reunir todos os documentos certinho. Abraço!

  3. Olá, obrigado pelas dicas! Estou tendo problemas para conseguir o certificado médico, todos que tenho tentado dizem não fazer. Tem dica de lugar ou como procurar? Sou de São Paulo.
    Desde já, obrigado.

    1. Olá Alex! Tudo bem? Muito obrigada pela visita e pelo comentário. Que estranho isso porque logo no primeiro que tentei, consegui. Ele fica ali no Santa Cecília, em uma rua paralela à Albuquerque Lins. A especialidade dele eram exames médicos de trabalho, mas fez o certificado pra mim. O nome, infelizmente não lembro. Espero que tenha conseguido te ajudar, pelo menos com a localização. Boa sorte! Abraço!

  4. Oi! Obrigada pelas informações. Uma dúvida que tenho é se esse formulário é preenchido à mão ou se é preenchido pelo computador.

    1. Ei Amanda! Eu preenchi na mão mesmo, até porque tinha dúvida com alguns dos campos e deixei para completar lá, depois de perguntar para o funcionário que me atendeu no Consulado. Abraços!

    1. Olá Tyza! Tudo bem? Muito obrigada pela visita e pelo comentário. O formulário do Consulado não precisa ter reconhecimento de firma, mas todos os outros documentos, sim. Abraços!

  5. Olá Paula! Estou indo fazer doutorado sanduiche em Barcelona. Minha dúvida é em relação à carta. A carta que tenho é em papel timbrado, com os dados da instituição e do meu co-orientador estrangeiro, mas não possui carga horária. Você acha que ela é válida para o visto?

    1. Ei Leila! Muito obrigada pela visita e pelo comentário. Acho que o consulado da Espanha no Brasil pode acabar te pedindo um outro documento que contenha essa informação sim. Se você tiver, por exemplo, um documento mostrando as matérias e o tempo do estudo, pode ser que eles aceitem. Mas isso, claro, é com eles. Espero ter conseguido ajudar, de alguma forma. Abraço!

  6. Olá, amei o texto. Bom fiquei com uma dúvida, os documentos tem que ser primeiro traduzidos e depois sim apostilar?? Onde eu encontro a lista da tradução juramentada? Muito obrigada

    1. Ei Cinthya! Tudo bem? Muito obrigada pela visita e pelo comentário. Nesse processo de conseguir o visto para conseguir estudar aqui, não precisei traduzir nenhum dos meus documentos. O Consulado da Espanha em São Paulo aceitou tudo em português, o que facilita bastante. Espero que tenha ajudado. Abraços!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *