Mercat La Boqueria

Publicado em Sem categoria

Acho que já deu para perceber que gosto muito de comida. E os lugares na Europa que qualquer apreciador da culinária vai amar, em qualquer cidade que for, são os mercados. São cores, cheiros, sabores e um milhão de opções. Eu acho uma delícia passear pelos corredores, prestando atenção em cada uma das “lojas” e produtos.

Aqui em Barcelona, o número de mercados é enorme (acredito que quase todo bairro tenha o seu) e, confesso, em sete meses aqui, já poderia ter ido em muitos mais. O mais famoso deles, e o mais cheio, é o Mercat La Boquería, que fica bem nas Ramblas. Ele foi o primeirão dos mercados municipais da cidade e foi inaugurado em 1840.

Pela sua localização, La Boqueria está sempre muito cheio. Mas, mesmo assim, considero um dos passeios que não se deve deixar de fazer na cidade. E mesmo com o tanto de gente, não fica insuportável. Você vai ver muita coisa interessante para comprar e, te garanto, vai ficar com vontade de experimentar outras tantas. De acordo com o site oficial, são mais de 300 vendedores.

Nessas muitas lojas, produtos bastante locais como queijos, azeitonas enooormes, comidas caseiras e típicas, mil tipos de jamon (presunto) e embutidos, vinhos, torrones, etc. E outros nem tanto, como a nossa amada coxinha, salgados brasileiros, balas e doces, muitas bancas de frutas, sucos e picolés naturais (as cores mais lindas!), frutos secos, carne e, claro, frutos do mar.

Com relação aos preços, até por estar em um lugar totalmente turístico, são para turistas. Ou seja, tudo ali vai ser mais caro do que em outros lugares da cidade. Principalmente as lojinhas que ficam mais próximas da entrada principal. Quando mais para o fundo, menor o preço. Mas pela minha experiência nos mercados de bairro e supermercados, ainda assim eles são mais altos. Porém, acredito que os produtos devem ser bem mais frescos.

A minha recomendação é ficar o tanto de tempo lá quanto os outros turistas (e seu saco) permitirem. Se não quiser sair de lá sem provar alguma coisa, eu iria nos picolés e sucos. Ah, e tem um cachorro quente bem básico, à esquerda da entrada principal, que é bem gostoso (3 euros, com uma salsicha caprichada, catchup, mostarda e cebola crocante). E não acho, definitivamente, que seja uma boa ideia ($$$) almoçar em algum dos bares e restaurantes que ficam no mercado.

Há alguns meses, tinha lido que iriam limitar o número de grupos de turistas nos fins de semana no mercado, mas até hoje não consegui saber se isso está sendo feito ou não. Como o visitei há pouco e estava beeem cheio, apesar de ser final de tarde, acredito que isso ainda não esteja acontecendo. Ou se está, não está muito bem.

História – O Mercat La Boqueria foi o primeiro dos mercados municipais de Barcelona e foi inaugurado em 19 de março de 1840, no dia de San José. Depois de quatro anos de obras, foi construído nos terrenos que antes eram ocupados pelo convento de Sant Josep.

Porém, a história desse mercado vem ainda de anos antes, do século XIII, quando no local se concentravam os vendedores ambulantes de carne.

Só em 1826 que o capitão geral da Catalunha decidiu regulamentar o mercado ambulante no local onde era o convento. Aos poucos foi se transformando em um lugar moderno e, em 1914, a cobertura metálica foi finalizada.

Mercat La Boqueria

http://www.boqueria.info/

Segunda-feira a sábado, das 8h às 20h30.

Las Ramblas, 91 – O metrô mais próximo é o Liceu (linha 3 – verde).

Curta o Viva Barcelona no Facebook: https://www.facebook.com/blogvivabarcelona

Siga o Viva Barcelona no Instagram: @blogvivabarcelona

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *