Les Grands Buffets: o melhor buffet livre da Europa

Publicado em Comidinhas, Outras cidades

Se tem uma coisa que eu gosto de fazer nesta vida é comer. Dito isso, preciso dividir aqui uma das melhores e incríveis experiências gastronômicas que tive na minha vida: visitar Les Grands Buffets, na cidadezinha francesa de Narbonne (que, em breve, terá um post só pra ela).

Eu já tinha visto o local em um episódio do MasterChef da Espanha, há um ano. Quando recebi o convite para conhecê-lo, a ansiedade já tomou conta de mim. Sabia que era um buffet gigantesco e com alta qualidade. Confesso que dias antes já estava me “guardando” (no caso, comendo menos) para o grande dia.

De Barcelona, chegar em Les Grands Buffets é super fácil, confortável e tranquilo. A Renfe/SNCF tem trens de alta velocidade que ligam as duas cidades (e mais outras tantas, como Paris, Madrid, Marselha, etc) e a viagem dura apenas 2h.

Ao chegar, por fora, você não vai se impressionar com o restaurante, já que ele não tem nada demais. Porém, assim que você passar pela porta de madeira da entrada, vai ser só amor. Pros olhos e pro estômago.

Porém, já te garanto que você terá dois GRANDES problemas: manter qualquer tipo de coerência nos seus pratos e conseguir comer tudo o que quer. É IMPOSSÍVEL. As opções estão divididas em quatro grandes áreas: entradas, carnes (preparadas no momento), queijos e sobremesas. Entretanto, dentro delas tem várias miniestações, como embutidos, foie-gras (NOVE TIPOS), saladas, massas, mariscos, pães, etc. No começo, dá pra se sentir perdido com tantas opções, mas depois de criar a sua estratégia de comilança, tudo ficará mais fácil.

Duas das grandes atrações de Les Grands Buffet são a torre de lagostas e a variedade de queijo. Atualmente, são apenas QUARENTA E CINCO tipos de queijos à disposição. Confesso que meu objetivo era experimentar todos, mas, claro, não cheguei nem na metade.

Tudo o que comi (e olha que comi BEM) estava maravilhoso. Recomendo demais os queijos (todos! Coma o quanto aguentar), os camarões, o foie-gras brulée e o steak tartar de boi. Também me falaram muito bem do tornedor com foie-gras (lindo, é) e do coquille Saint-Jacques. Na sobremesa, não deixe de provar pelo menos um tipo de sorvete e se jogue nas fontes de chocolate (branco, ao leite e amargo)!

Ah, e não esqueça de experimentar os vinhos. Em Les Grands Buffets, eles oferecem vinhos apenas da região, custando o preço da bodega.

Ah, Paula, mas comer lagosta, ostra, foie-gras e queijos importados à vontade deve custar uma fortuna!” Pois, não. Para os adultos, 35,50 euros. Crianças até cinco anos não pagam e as de 6 a 10 anos, 17,90 euros.

Informação importantíssima: TEM que fazer reserva. Com o sucesso que fez com a aparição no MasterChef,  Les Grands Buffets está sempre lotado e chegar lá sem ter lugar é total furada. Aqui você consegue ver as datas disponíveis.

Mais – Durante a visita, ainda tivemos a oportunidade de conhecer uma das cozinhas do local e foi bem legal ver como eles funcionam durante o atendimento. Tudo muito limpinho, organizado e: com música. Isso mesmo. Cada parte da cozinha pode escolher qual música quer ouvir durante o seu serviço.

Participamos também de uma oficina de macarons e pudemos, literalmente, colocar a mão na massa. Tivemos que colocar os recheios nos macarons e depois fechá-los. Ah, claro, levamos o fruto do nosso trabalho pra casa. Delícia!

Resumindo: vocês PRECISAM conhecer, nem que seja em um esquema bate-volta. Será um dia mais que delicioso!

____

Gracias a Les Grands Buffets y a Tryptic Comunicació por la invitación y, sobretodo, por la disponibilidad y paciencia en explicarnos todo sobre el restaurante. Ha sido genial!

Curta o Viva Barcelona no Facebook: https://www.facebook.com/blogvivabarcelona
Siga o Viva Barcelona no Instagram: @blogvivabarcelona

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *