La Xampanyeria (Can Paixano): o boteco de Barcelona que vende cava

Publicado em Barcelona, Comidinhas

Tem um lugar que tive a sorte e o prazer de conhecer logo na primeira visita a Barcelona, graças à indicação de um grande amigo: La Xampanyeria/Can Paixano. Com um clima total de boteco copo sujo, no cardápio, nada de cerveja. A especialidade do local são os cavas, que é o espumante produzido apenas na Catalunha (com o mesmo processo do champagne francês).

São várias as atrações do bar, que foi fundado no ano de 1969. Ele tem o pacote completo: é um butecão, bastante rústico, barato e onde o que interessa é a qualidade dos produtos servidos.

Atualmente (maio/18), eles vendem seis tipos de cavas: o Grand Reserva (o mais caro e seco), o Brut Nature (dos “normais”, o com mais qualidade), Brut (cava tradicional), Rosat (bem docinho e um dos mais pedidos), Grand Reserva Rosat (gama mais alto do rosè) e o Vinho Espumante Selecto (o mais barato, mas não por isso ruim). Os preços são extremamente convidativos, já que uma taça do mais barato sai por 1,20 euro. Vale destacar que eles também vendem garrafas, mas só até as 17h. Para quem estiver em grupo ou for dividir o mesmo tipo de cava com alguém, vale mais a pena.

Não sou muito fã de espumantes, mas um cava cai bem de vez em quando. Quando vou lá, peço o Brut, que, pra mim, tem a medida certa de gás, com açúcar e a secura. Mas se é a sua primeira vez no bar, minha recomendação é começar pelo Brut Nature, depois Brut, Rosat e Selecto para poder sentir a diferença de cada um deles. Depois disso, você terá o seu preferido!

Em La Xampanyeria, o primeiro pedido no balcão pode ser só de bebidas. Porém, a partir do segundo, você é obrigado a pedir algo para comer. Ao contrário das bebidas, as alternativas no campo da comida são muito diversas. Pelo que observei, o que mais sai mesmo são as linguiças espanholas, principalmente uma porção mista delas (o choriço é MARAVILHOSO). Mas tem porções de queijos, azeitonas, croquetas (pra mim, melhor item do cardápio) e sanduíches quentes (conselho: o hambúrguer com queijo e o com foie são ótimos) e frios. Os preços das comidas também são bastante justos e dá para sair muito satisfeito do bar gastando pouco.

Pode ser que o bar não agrade a todas as pessoas, principalmente pela “tosquice”, apesar da qualidade excelente de todos os produtos. Coisas importantes de saber: fica muuuito cheio nos fins de semana; o chão fica lotado de guardanapos porque as pessoas comem em pé e sem apoio; o atendimento é engraçado e um pouco confuso, já que não tem cardápio de papel e muito menos comanda (você chega, olha o cardápio de comida e bebida em quadros pendurados no teto e tenta conseguir falar com o atendente o que você quer. Só precisa pagar no final. O mistério aqui é como eles conseguem controlar o consumo de cada pessoa).

É bastante fácil chegar lá, já que fica pertinho da estação Barceloneta. O bar fica entre os bairros Barceloneta e Born e o Porto.

Ah, e se você quiser levar alguns dos produtos que bebeu ou comeu, no final do bar, ainda tem uma pequena loja com os produtos deles. Diversos tipos de cava, vinhos, carnes, embutidos e pescados.

Nova filial – agora a Can Paixano também tem uma unidade no Mercat dels Encants, que abre três dias na semana. Mas, sinceramente, não tem 10% do charme que é o bar na Ciutat Vella. Só vale a pena ir lá se você não conseguir ir no original.

Can Paixano
www.canpaixano.com
End.: rua de la Reina Cristina, 7
Tel.:  + 34 933 10 08 39
Segunda-feira a sábado, das 10h às 22h.

Quer mais dicas de bares em Barcelona?
Calle Blai – a rua dos bares
La Garrafa Dels Beatles – bar/museu em homenagem à banda
Pipa Club – o bar secreto

Curta o Viva Barcelona no Facebook: https://www.facebook.com/blogvivabarcelona

Siga o Viva Barcelona no Instagram: @blogvivabarcelona

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *