Excursão Girona e Museu Dalí

Publicado em Arredores
Museu Dalí
Museu Dalí

É com muita honra que hoje temos um texto de uma convidada muito especial: minha irmã! Ela e o namorado fizeram a excursão para Girona e Museu Dalí, em Figueres, quando vieram me visitar. Esse passeio é um dos muitos que dá para comprar com desconto e comodidade com a nossa parceria com a Oficina de Turismo de Barcelona (Clique aqui para comprar o tour).

Eles amaram e como algumas pessoas já me perguntaram sobre essa excursão, convidei a Marina para escrever sobre ela e te convencer a fazer também!

____

Visitei minha irmã e Barcelona por seis incríveis dias. Após ouvir a Paula falar tão bem de Girona e do Museu do Salvador Dalí, eu e meu namorado fizemos questão de incluir os dois passeios no roteiro. O problema é que cada passeio significava um dia a menos para aproveitar a cidade e nosso tempo estava apertado! Então, ela sugeriu uma excursão que conciliava esses dois passeios em um dia só. Com o blog, conseguimos comprar os ingressos com desconto, o que é sempre motivo de felicidade em uma viagem em euros!

A excursão sai às 8h30 da Praça Catalunya e eles pedem pra chegar com 15 minutos de antecedência. Como era sábado, tivemos o azar de perder o metrô assim que chegamos na estação e lá se foram mais dez minutos esperando o próximo. Nessa brincadeira, nosso tempo ficou contado e chegamos em cima da hora. Foi entrar no ônibus, conferir os ingressos, sentar e o ônibus saiu. O ônibus é bem confortável, tem ar condicionado e wi-fi (que funciona quando quer).

Logo na saída de Barcelona, o guia se apresenta (em inglês e espanhol), explica a programação e as regras da excursão (pontualidade sempre! Se estiver na hora de sair e a pessoa não aparece, eles presumem que o visitante resolveu ficar por conta própria) e fala sobre alguns pontos turísticos de Barcelona. Depois disso, dá pra tirar um cochilo gostoso.

Chegamos em Girona por volta das 9h50. Dez minutos para café e banheiro e o grupo é dividido em dois. Um tem um guia turístico falando em espanhol e o outro, em inglês. No meu caso, rolou um probleminha: enquanto eu tenho mais facilidade com o inglês, meu namorado prefere o espanhol. A gente ficou no impasse e resolveu acompanhar o grupo em espanhol.

A guia turística que nos acompanhou falava muito sobre curiosidades do local e menos sobre história (assunto de grande interesse do casal). Além do mais, sentimos que o passeio rendia pouco. Ela ficava muito tempo no mesmo lugar falando sobre coisas que não nos interessava. Depois de uns 40 minutos assim, decidimos nos aventurar sozinhos por Girona, o que foi incrível!

É muito legal passear pelas muralhas que cortam a cidade, conhecendo alguns jardins escondidos e vendo a mistura de construções modernas e antigas. Como tínhamos até as 13h (horário de saída do ônibus), decidimos visitar a Basílica de São Félix (7 euros com audioguia) e o museu que tem lá, com tapeçarias, pinturas, vestimentas, mobiliário e peças muito antigas, algumas datadas do século XI.

Preferimos almoçar um sanduíche dentro do ônibus a perder o tempo que tínhamos para passear pela cidade. Então, às 13h, pontualmente, o ônibus saiu para Figueres. Mais uma dormidinha e acordamos com o guia contando sobre a história de Dalí e o motivo de seu museu ser ali e ser do jeito que é.

Chegamos ao museu e o guia logo distribuiu as entradas (sem fila, nem nada!). Daí, ele deu duas opções: as pessoas podiam visitar o museu por conta própria ou poderiam acompanhá-lo nas primeiras salas, pois ele daria algumas explicações. E que explicações! O guia gostava mesmo de Salvador Dalí e de suas obras. Ele falou tudo em inglês e espanhol, interagiu com os visitantes e explicou as teorias existentes sobre as diferentes obras de Dalí. Logo depois, ele liberou a turma e pediu que estivéssemos até as 17h30 no local de encontro.

O tempo foi certo para conhecer com calma todo o museu, visitar a ala com as joias desenhadas por Dalí e ainda fazer um lanche em uma padaria ali perto. Confesso que no final as pernas já estavam doces e eu só queria um lugarzinho para sentar, mas o passeio valeu muito a pena!

De Figueres a Barcelona foram cerca de 2h (dormindo, pra variar) e o desembarque também foi na Praça Catalunya, pertinho do metrô e de lojas ótimas para umas comprinhas!

ATENÇÃO: Quando falei que o ônibus saiu pontualmente, era pontualmente mesmo. Eu e meu namorado chegávamos faltando uns 7, 5 minutos e todas as vezes fomos os últimos a chegar. Ou seja, atenção ao relógio!

Curta o Viva Barcelona no Facebook: https://www.facebook.com/blogvivabarcelona
Siga o Viva Barcelona no Instagram: @blogvivabarcelona
Siga o Viva Barcelona no Snapchat: blogvivabcn

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *