Born Centro de Cultura e Memória: pura história no centro de Barcelona

Publicado em Barcelona

Um dos bairros que não tem como não passar por Barcelona, principalmente quando se está acompanhando alguém que veio te visitar, é o Born, na área antiga da cidade. Uma das suas principais ruas é o Passeio do Born, super bonitinho, com lojas, restaurantes e bares dos dois lados.

Mesmo depois de uns meses aqui, sempre que chegava no final dele, encontrava um local que achava que era apenas mais um dos inúmeros mercados da cidade. Porém, era muito pouco movimentado para ser um mercado. Até que, uma semana, quis ver uma exposição sobre futebol e, quando entrei, me maravilhei. E foi ai que descobri que ali funciona o Born Centro de Cultura e Memória. E eu estava certa: lá ERA o antigo mercado do Born.

Além de maravilhoso por fora e por dentro (tem uma arquitetura lindérrima do século XIX), o local me impressionou muito porque, no centro dele, tem restos de uma antiga Barcelona. Ali, podemos ver parte do bairro Vilanova de Mar, da capital catalã de 1700.

É muito interessante. Com os mapas, fotos e explicações que estão por todo o espaço, a gente consegue ver direitinho como era a cidade, com ruas e as formas das casas e dos estabelecimentos, antes da Guerra de Sucessão (quando Barcelona foi arrasada pelas tropas de Felipe V, e, em 1714, a Catalunha anexada ao Reino de Castilha). Está muito bem conservado.

Na Europa, esse é o maior espaço urbano moderno com restos arqueológicos e que ficou enterrado durante anos pelo mercado do Born que funcionou ali até o ano de 1971. A reforma do Centro Cultural, que hoje tem 8 mil m2, levou 12 anos. A construção do mercado é de 1876, com o projeto de Josep Fontseré, e ele foi o primeiro de Barcelona que seguiu a moda da arquitetura de Paris.

A entrada para Born Centro de Cultura e Memória é gratuita (mais um motivo pra não deixar de ir), porém, há espaços com exposições temporárias e uma permanente (Barcelona 1700, com mais de 1.800 objetos recuperados na escavação) em que são necessários ingresso. Ah, dá para visitar caminhando a parte arqueológica, mas tem que pagar (aqui tem mais informações). No Centro também tem um café/restaurante, uma lojinha de souvenirs e uma biblioteca.

No site tem a programação atualizada das exposições e dos eventos realizados ali. Para quem gosta de saber mais sobre a história do lugar que está visitando, com certeza, uma passadinha pelo Centro Cultural Born vale muito a pena. De quebra, na saída, ainda dá pra comer em algum dos lugares super charmosos próximos do local. #ficaadica

Centro Cultural Born
End.: Praça Comercial, 12 – Born (linha 4 – estações Jaume I e Barceloneta ou linha 1 – estação Arc de Triomf)
De terça-feira a domingo, das 10h às 20h
Tel.: +34 932 56 68 51
http://elbornculturaimemoria.barcelona.cat/es/

 

Curta o Viva Barcelona no Facebook: https://www.facebook.com/blogvivabarcelona
Siga o Viva Barcelona no Instagram: @blogvivabarcelona

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *