Bunker do Carmel

Publicado em Barcelona

Quando você acha que já entendeu e sabe o tanto que Barcelona é linda e maravilhosa, vem a sua irmã mais nova e te dá a melhor dica de todos os tempos. Foi assim que conheci o mirante mais legal da capital da Catalunha: o Bunker do Carmel.

O lugar é simplesmente sensacional, histórico e te dá uma vista 360º de Barcelona. Fica no topo do Turó de La Rovira, no bairro do Carmel. Lá de cima dá pra ver e identificar construções que são símbolos da cidade, como a Sagrada Família (impressionante a imponência dela, mesmo de tão longe) e a Torre Agbar, o Montjuic e o Tibidado, as ruazinhas todas simétricas do Eixample e, o que sempre me encanta: o mar grandão e azul. É muito lindo mesmo!

É um lugar que já está bastante conhecido entre turistas, mais ainda assim há dias e momentos de calma. Evite os fins de semana, principalmente na alta temporada, porque fica bem cheio e não dá pra curtir tão bem como nos outros dias da semana.

No dia que conheci o bunker, escolhi o fim da tarde para ver se conseguia pegar o pôr do sol lá de cima. Claro que foi uma sábia decisão, porém a bonita aqui deveria ter lembrado que, como é mais alto, naturalmente faz mais frio, e que a cidade estava com alerta de ventos fortes. Ou seja, me dei mal. 🙁  Apesar do vinho (não façam isso, crianças), não aguentei ficar até de noite, como era o planejado. MUITO vento e, consequentemente, muito frio. Algumas pessoas, inclusive, estavam com mantas para se proteger. Mas isso é fácil de resolver: olhe a previsão do tempo e vá preparado!

Fui a pé de casa e demorei cerca de 1h para chegar. Porém, o mais aconselhável é ir de ônibus (no fim do texto coloco quais), que te deixa bem próximo ao topo, e subir a pé o restante (não é muito, cerca de 10 minutos de caminhada).

Curiosidades e história – Falando em informações históricas, você deve estar curioso para saber o motivo do lugar se chamar bunker, né?

O local foi base de uma bateria antiaérea durante a Guerra Civil Espanhola, para defender a cidade dos bombardeios dos fascistas. Foi construído em maio de 1937, com quatro baterias de canhões, que ficaram no local até a década de 50, quando foram retirados para serem expostos.

Depois do fim da guerra, houve um movimento de favelização do local, onde várias pessoas construíram suas casas e ali ficaram até o começo da década de 90. Com os Jogos Olímpicos de Barcelona 1992, eles foram retirados de lá e realocados em outros espaços da cidade (com casa própria). Inclusive, dá pra ver no chão os resquícios dessas casas, com as divisões dos cômodos e azulejos.

Em 2011, o bunker do Carmel, depois de reabilitado, foi inaugurado como mirante e local histórico. Há ainda vários quadros com informações sobre o lugar, mas bem vandalizados.

O bunker do Carmel é um lugar para ficar horas e horas, observando cada pedacinho de Barcelona, sem se preocupar com o tempo ou que fazer longe dali. Ideal para ir sozinho, com amigos ou de casal. Meu conselho: vocês têm que levar algo para beber e uma comidinha e, ao chegar lá em cima, sentar com a(s) pessoa (s) e apreciar a vista, curtindo o momento. As fotos mais lindas da paisagem de Barcelona você vai conseguir aqui. Vai por mim.

Bunker del Carmel
Topo do Turó de La Rovira – bairro do Carmel
Para chegar,  melhor usar ônibus. As linhas recomendadas por outros sites são 24, 92, 119 e V17. Todas param próximo do topo e depois só é preciso uma pequena caminhada até lá em cima.

Curta o Viva Barcelona no Facebook: https://www.facebook.com/blogvivabarcelona

Siga o Viva Barcelona no Instagram: @blogvivabarcelona

2 comentários para “Bunker do Carmel

    1. Ei Sérgio! É possível ir de táxi até o Bunker sim. Ainda sobrará alguns poucos metros para subir a pé, mas fica beeem tranquilo. Pela minha pesquisa, demoraria cerca de 25 minutos para chegar até lá de táxi e a corrida fica de 15 a 20 euros, na tarifa normal. Abraços e obrigada pela visita!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *