O suicídio é um mistério da vida

Falar sobre morte é sempre muito difícil, ainda mais quando essa morte acontece por suicídio. Pode existir algo que cause mais perplexidade em nós? 

O suicídio é sempre uma tragédia e, quase sempre, um mistério.

Não dá para saber ao certo o que se passa na mente e no coração de alguém que pensa em se matar. Talvez a única afirmação que eu possa fazer é que existe um enorme sofrimento, uma imensa desesperança e uma sensação de que não há saída para o que se sente. 

Como psiquiatra, converso sobre essas dores com meus pacientes quase diariamente. No início de minha carreira tinha uma enorme dificuldade (quase um pânico!) de falar sobre isso, como se, ao perguntar sobre suicídio, eu pudesse dar àquela pessoa uma má ideia. Com o tempo veio a experiencia e a óbvia constatação de que ninguém pensa em se matar porque alguém falou no assunto.

A ideia de dar fim à vida vai se entranhando na mente de quem sofre uma dor que pensa ser incurável. Falar sobre o assunto é, muitas vezes, a chance daquela pessoa se sentir vivo o suficiente para pensar em uma ajuda. Ouvir, entender a dor pela qual a pessoa está passando, sem julgar e sem definir que “tudo isso é uma besteira” já ajuda muito a quem está sem saída. Perceber que sua dor dói tanto porque está doente é um caminho para o tratamento. 

Mais do que isso, compreender o que se passa consigo é o início de uma esperança. Aquela dor que hoje parece insuportável pode ser uma fotografia de seu momento atual. Muitas e muitas pessoas que já pensaram em se matar (e até chegaram a tentar) conseguiram enxergar uma saída e deram uma novo significado à sua vida, hoje vivida de forma gratificante.

Se tudo está pesado para você, pense em conversar com alguém em quem confia. Se você for amigo de alguém que sofre, estenda sua empatia e acolha o sofrimento dele como algo humano e passageiro. Estamos todos no mesmo caminho e, às vezes, a luz se esvai. Mas um novo dia, repleto de luz e esperança, chega até nós.

Júnea Chiari

Médica Psiquiatra

2 comentários sobre “O suicídio é um mistério da vida

  1. Junea Chiari, o suicídio não é um mistério e sim um fenomeno tipicamente presente na raça humana. Desde 1981 tenho me interessado pelo tema. Minha esposa, também Psicóloga, se tornou Mestra em Psicologia Social pela UFMG Com o tema Suicídio entre Policiais Militares. Posso indicar a peça e lhe afirmar que é deveras complexo

    1. Oi Kleber, obrigada por seu comentário. Certamente, o suícidio é um “fenomeno”altamente complexo e presente em todas as culturas. Portanto tão humano e misterioso. Gostaria que pudesse me indicar a peça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *